Gaijin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
XDragoon ReiDoFogo Camp-697x1024.jpg

Made in Nihon Brasil! @[email protected]

Este é um artigo kawaii com tecnorogia japonesa brasileira >F!!
Na opinião dos otakus, esse artigo é sugoi! :~
Mas se vandalizar, vão matar você de hemorragia nasal ó_o

Este artigo pode (ou não) apresentar texto escrito em japonês. Se você só estiver vendo ��� ou algo similar, ajoelhe-se e agradeça AGORA a Jeremias pela inabilidade de seu computador exibir esses desenhos de tatuagem feiosos e tão incompreensíveis (coitadinhos!).

Gaijin de cuecas realizando um ritual de dança ocidental.

Cquote1.png Eu fui proibido de entrar em um bar gay em Hokkaido na semana passada só porque eu era gaijin! Cquote2.png
Oscar Wilde sobre gaijin
Cquote1.png George Bush não liga para os Gaijin Cquote2.png
Kanye West sobre gaijin
Cquote1.png Quengas não convidam nós gaijins para entrar em prostíbulos. As pessoas dizem que é por causa da barreira da língua e do medo de DST, mas eu aposto que é porque se elas nos deixarem entrar, as prostitutas se aposentam. Da mesma forma que Michael Jordan se aposentou depois de vencer o campeonato com uma área destruída vaginal. Cquote2.png
gaijinsmash.net sobre Michael Jordan gaijins em puteiros.

Gaijin (em garranchos: 外の国家に居住している人々) são pessoas da terra de Gaikoku (向こう) que vão para o Japão para morar, trabalhar ou como turistas. A palavra significa "vida inferior bárbara bastarda comedora de porcos", e supõe-se ser referente a todos os estrangeiros inclusive os chineses e corianos. Entretanto, este artigo focará mais os gaijin brancos.

Fatos Gerais[editar]

Exemplo de gaijin não-branco

Aham...onde estávamos mesmo? Gaijin geralmente se enquadram numa dessas categorias:

1. Professores de Inglês - usualmente vão ao Japão para ganhar dinheiro e perseguir mulheres ao mesmo tempo. Na maioria dos casos, eles falam somente algumas palavras em japonês e não estão interessados na cultura japonesa. Eles também pensam que o inglês é uma língua divina que deveria ser falada em todos os lugares( mesmo que seja feio e pareça um velho no banheiro). Se sentem ofendidos quando se dirige a eles em japonês.

2. Fãs de Anime (Otakus) - estão obcecados por animação japonesa, especialmente pelo tipo que preenche suas fantasias doentias. Eles encontram-se atraídos por imagens de estudantes japonesas em uniformes sailor sendo atacadas por algum horrível monstro com tentáculos vindo do espaço. Eles também colecionam calcinhas usadas de estudantes. Podem ser vistos usualmente em convenções de anime babando sobre modelos japonesas, e podem ser identificados por sua plumagem. Abaixo veremos uma típica conversa otaku. Note como eles misturam palavras como "kawaii", "chan" e "desu" em todas as frases, mesmo sem fazer ideia do que significam.

  • Otaku 1: Ei princesa Chihara, você não acha a Naomi-chan tão kawaii desu?
  • Otaku 2: Naomi-chan kawaii desu.
  • Otaku 1: Tãaaaoooo kawaii...
  • Otaku 2:Desu.

Perceba também que otakus dão uns aos outros apelidos japoneses, como "Princesa Chihara" e "Fukmihado". Eles se recusam a responder pelos seus nomes de nascimento.

3. Marinheiros Americanos - na maioria das vezes se comportam como porcos, matam mulheres japonesas (após estuprá-las, é claro), roubam lojas, causam brigas e problemas, e destroem o Japão em geral. São como miniaturas do Godzilla, mas com um péssimo penteado. Como a maioria não consegue uma mulher decente, eles vão para Roppongi e pegam putas infectadas com DST. Apesar de tudo isso, eles não estão sob autoridade japonesa, então eles dão uma "saidinha" de seu superior. Por isso a população de Okinawa protesta diariamente contra a presença de bases norte-americanas.

4. Japanófilos (ou Wapanese) - pessoas que estão obcecadas com qualquer coisa japonesa. Eles adora a "Terra do Sol Nascente", acreditam que o Imperador é divino, que o Japão deveria governar o mundo (em oposição à Inglaterra). Uma de suas muitas razões de virem para o Japão é casar com uma garota japonesa, embora acreditem que eles deviriam ser os únicos estrangeiros altorizados a casarem com elas, e todos os outros estrangeiros deveriam ser chutados para fora do Japão

5. Chapanês - Este grupo de pessoas é considerado apenas como semi-gaijin, como são amarelos. Chineses querem ser japoneses, tanto para evitar sweatshops quanto para apenas divulgar a raça chinesa pelo país.

6. Brasileiro - Eles vão para o Japão apenas para roubar todo o dinheiro no país. Todos eles são uma mistura de pessoas japonesas com todas as outras etnias que existem no mundo (Brasil é a terra do sexo, não esqueça). Eles obtêm um visto para jogar futebol de rua profissional, mas tudo que fazem é comprar produtos de 100 yens e mandar para o Brail comoa s novas tendências acontecendo no Japão.

Problemas no cotidiano[editar]

Para um japonês eles têm olhos grandes, as características faciais bonitas e, aparentemente, podem ter cabelo loiro, enquanto gaijin tem olhos pequenos, cabelo espetado preto e características faciais feias como você pode ver na foto acima.

Comida[editar]

Gaijin são geralmente ditos de comer somente hambúrgueres e pizza, e nunca aderindo nenhuma das cozinhas avaliáveis do lugar que estão

Monoteísmo[editar]

Gaijin têm uma versão muito estranha sobre a religião, muitas vezes acreditando que haja um, e somente um, deus/deusa, todas as evidências do contrário tendem a ser ignoradas. Alguns japoneses têm, naturalmente, sido levados para essa crença, resultando em seitas estranhas tais como Tenrikyo e cristianismo.

Vida amorosa[editar]

Uma gangue de gaijins devastando Tóquio e catando as fêmeas japonesas
Gaijin mergulhando no mar tentando pegar uma garota japonesa

Comunicando com gaijin[editar]

Gainjin são criaturas perigosas e imprevisíveis, logo, tentar alguma interação face a face não é recomendado. Sinta-se livre para falar na frente deles como se eles não pudessem te ouvir, na maioria das vezes eles nem podem já que não conseguem entender nada mesmo. Porém, se você achar que o seu contato com um gaijin deve envolver mais do que olhar para eles de uma larga distância, você precisar usar o ingrês.

Veja também[editar]

Ligações externas[editar]