Gaiola das Popozudas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Garota hentai.gif TAAARAAAAADO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!


Emblem-sound.svg.png Gaiola das Popozudas
Gaiola Popozudas.jpg
Agora eu sou solteira e ninguém vai me segurar
Nome Gaiola das Popozudas
Origem Bandeira do Brasil Brasil
Sexo Feminino
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Buzanfa
Gênero Funk e Thrash Metal
Influências Mulher Melancia e Dadaísmo
Nível de Habilidade Baixo, ruim, pobre... Péssimo
Aparência Gostosas
Plásticas Mais de oito mil
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Posar para a Revista Playboy
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Qualquer um

Cquote1.png Você quis dizer: Gaiola das Vagabundas Cquote2.png
Google sobre Gaiola das Popozudas
Cquote1.png Você quis dizer: Gaiola das Prostitutas Cquote2.png
Google sobre Gaiola das Popozudas
Cquote1.png Você quis dizer: Galinheiro? Cquote2.png
Google sobre Gaiola das Popozudas
Cquote1.png Experimente também: Mulher Filé Cquote2.png
Sugestão do Google para Gaiola das Popozudas
Cquote1.png Invejo sua voz Cquote2.png
Cantora Lírica sobre Valesca Popozuda
Cquote1.png Fiz o teste pro grupo, mas não passei porque me acharam "muito recatada" Cquote2.png
Bruna Surfistinha sobre Gaiola das Popozudas
Cquote1.png É a mais autêntica manifestação da sexualidade intensa, sincera e promíscua dos trópicos... é lindo... Cquote2.png
Caetano Veloso sobre Gaiola das Popozudas
Cquote1.png Me sinto humilhado pela poesia delas. Se estivesse vivo, morria de novo! Cquote2.png
Machado de Assis sobre a poesia das músicas da Gaiola das Popozudas

Apresentação[editar]

O mentor intelectual de Valesca Popozuda

Gaiola das Popozudas é um pseudo-grupo musical carioca criado lá pelas bandas do Novo Milênio, durante a ascessão (?) do estilo musical, favelado plagiado do americano, Funk. Nos últimos anos, tem sido um tremendo sucesso em diversas zonas do estado do Rio de Janeiro, sendo reverenciado por especialistas como um dos maiores expoentes do prosti-funk na atualidade, sendo que isso não tem nada haver com a sua música totalmente poética e de cunho emo-sentimental, mas muito mais pelas suas integrantes metidas a vocalistas e dançarinas que (Jesus, apaga a luz) não passam de um grupo de gostosas.

A Seleção das Dançarinas[editar]

As atuais integrantes da Gaiola das Popozudas (mas logo, logo alguma delas vai sair)

Logo no seu auge, o grupo contava com quatro belas putas dançarinas, sendo que somente uma delas era a metida a cantora, que subiam ao palco, trajando mini micro saias e mínimas calcinhas (ou nenhuma calcinha, no final das contas), fazendo com que simplesmente faltasse somente mostrar o útero de cada uma (mas contanto que tivesse cliente gente suficiente para vê-las, isso pouco importava, o que vale é o cachê no final das contas).

Atualmente somente três são suficientes para exercerem o papel de satisfazer todo o público masculino que aparece em peso aos shows dessa turminha de gostosas que aprontam altas confusões que até Deus duvida, o que é bem lógico, já que somente mulher que vai para o show delas deve ser lésbica ou, no mínimo, bissexual. Elas levam a macharada ao delírio com seus passos aprendidos nas mais distintas escolas parisienses de dança do Brasil, tais como o "De 4 Escancarada", "De Frente Arreganhada", "Panorâmica da Chechênia" e o "Tapa de Rachada", tudo aprendido com o mestre Carlinhos de Jesus.

Essas moças mulheres são escolhidas mediante rigoroso critério artístico e um teste-do-sofá, só para variar um pouco, onde elas tem que mostrar toda a sua desenvoltura sexual em danças clássicas de salão, entre elas podemos destacar o balé, o axé, o arrastapé e o cabaré, sendo que as mais renomadas escolas de dança do mundo sempre desejam que uma de suas garotas acabem indo parar na Gaiola das Popozudas, pois sabem que, no final, essa sim é a profissão do futuro, fazendo com que um dos critérios de eliminação seja, claro, a gostosura beleza.

Mas como nem tudo que é bom dura para sempre, o elenco de dançarinas muda com frequência, ficando sempre nesse meio termo, entre de quatro e três integrantes gatas, já que constantemente alguma delas conhece um bom cliente que pague bem novo amigo estrangeiro, rico (de preferência), que a convida para morar na Europa, ou em algum lugar com o IDH bem mais elevado do que as da terras brasilis e assim mais um Concurso Público duelo é travado para novas integrantes.

Valesca Popozuda - A melhor delas[editar]

Valesca inocentemente pegando sua Bíblia que caiu no chão, enquanto fãs maldosos aproveitam para lançar olhares indiscretos

Todas as integrantes podem ir e voltar do time de gostosas, mas a única mesmo que não pode jamais sair de lá é a integrante fixa, e cafetina nas horas vagas a vocalista Valesca Popozuda' (que, sinceramente, honra o seu belo nome). Dona da voz suave e delicada além de nazalizada, ao melhor estilo fanho, Valesca é uma ex-frentista (hoje está de costas e de bandinha) que iniciou sua carreira artística no grupo Freiras cegas ninjas tocadoras de piano de Acapulco "Princesas de Petrópolis, sendo que saiu pelo óbvio, só faltava para ela ser cantora.

Valesca Popozuda, mostrando o porquê do apelido, na Revista Playboy

Uma dama de vocabulário sofisticado, troglodita poliglota em mais de oito mil línguas (de língua ela entende bem), senhorita Popozuda é uma das principais compositoras da nova geração, sendo suas canções disputadas com vigor por artistas como Adriana Calcanhoto, Maria Rita e Chico Buarque. Suas letras de maior êxito até o momento, colocam poetas, como Machado de Assis e Tomás Turbano Antônio Gonzaga, no chinelo, como: "Agora eu sou piranha", "Tô com o cu pegando fogo" e "Fiel é o caralho", além da já clássica "A porra da buceta é minha".

Muito tímida e casta, Valesca logo roubou da cantora Sandy o título de "virgenzinha" do Brasil. Apesar disso, Popozuda assombrou todo o mundo ao aceitar um convite da Revista Playboy para posar nua, em 2009. Todos consideravam ser mais fácil Sandy estrelar um filme pornô, por exemplo, do que Valesca exibir suas partes íntimas em uma sessão de revista para punheteiro masculina. Popozuda justificou o ensaio com uma monografia intitulada "10 motivos para posar nua". As principais razões foram: doar o cachês para crianças africanas e irritar Fernanda Young (que mais tarde também saiu e vendeu muitas poucas revistas).

No mesmo ano, Valesca foi pela primeira vez rainha de bateria, na escola de Samba Porto da Pedra (que, pra variar, perdeu o Carnaval desse mesmo ano). Entretanto, fez questão de salientar que a palavra "pedra" não tem qualquer tipo de proximidade com seus hábitos de consumo. Alguns concorrentes do grupo, visando desestabilizar seu sucesso, levantaram falsas suspeitas sobre a feminilidade de Valesca Popozuda. Eles insinuavam que, na verdade, a vocalista seria um travesti, tendo o seu pênis sido retirado por Photoshop nas fotos da Playboy. Apesar de se sentir ofendida, Valesca topou fazer um exame para comprovar seu sexo, o mesmo realizado por Edinanci Silva. O resultado foi positivo: Valesca é mesmo travesti mulher.

Recentemente, Valesca voltou a praticar equilíbrio de copo na bunda. Com o popozão turbinado, ela promete competir nesta modalidade nas próximas Olimpíadas. O Cirque du Soleil a convidou para ser uma das atrações especiais, com tal feito, que ficaria conhecido como "Popozão Equilibrista". O convite, não foi aceito, uma vez que Valesca não sabe falar francês. Ela reconhece que antes de aprender este idioma, precisa aprender o seu próprio.

Recentemente, foi perguntada sobre como ela lida com os homens que se aproveitam de sua ingenuidade. Valesca respondeu que nem imanginava que os homens a olhavam de forma tão maliciosa e disse ainda que sua dança deve ser apenas encarada como diversão e não como castidade. Além disso, disse que já está comprometida a Mr. Catra e que ele é forte e durão

Acima de tudo, Valesca diz que frequenta os cultos da IURD ao lado de sua eterna amiga, a ex-oca Cleycianne, que vive aconselhando-a a largar essa vida mundana de mulher oca. E ainda fornica com o ânus pergunta ao varão Mr. Catra como ele consegue manter sua esposa submissa, apesar dela ser bastante prestativa para os homens nos cultos.

Shows internacionais[editar]

Em 2011, Valesca anunciou que o seu grupo irá se apresentar no exterior. Entre os países pelos quais o grupo passará, está o Egito e a Líbia. Valesca sabe que nesses países, os homens tem fama de serem garanhões tarados e por isso, está fazendo aulas de árabe para mostrar que não é mais uma das piranhas que passam pela vida deles.

A Fazenda[editar]

Convidada por Britto Jr., Valesca atualmente pode ser vista no pograma A Fazenda. Com sua castidade a salvo, ela promete cantar os louvores compostos por sua amiga, a ex-oca Cleycianne, citar alguns trechos da Bíblia, entre outras boas atitudes de uma boa mulher cristã

Galeria de Músicas[editar]

Poesia pura, cada música composta pela trupe de gostosas, ou por aqueles caras metidos a escritores, tem um passado de sua composição. As mais conhecidas são as seguintes:

O nosso querido Presidente encarando Valesca (ou não)
  • Agora eu Sou Solteira - O maior sucesso da Gaiola das Popozudas;
  • Agora eu Sou Piranha - Criada quando ficaram solteiras e ninguém queria elas;
  • Funk do Lula - Apoiado pelo Presidente Molusco;
  • Larguei o Meu Marido - Quando deixou de lado aquele cachorro, sem vergonham;
  • Cachorrona - Quando decidiu dar uma de ex-marido;
  • Late que Eu to Passando - Sucesso novelístico;
  • Boto ou Não Boto? - Não me pergunte o quê!;
  • Meninas Super Poderosas - Criado durante um momento de Guria Retardada;
  • Se marcar Eu Beijo Mesmo - Jesus!
  • Comece a Rebolar - criada durante um programa show;
  • Não Sou Mais Menina - Primeira menstruação é digna de Hit;
  • Fruta tá na Feira - Pra atacar as mulheres frutas;
  • Otário pra Bancar - Falando para o quê que os homens servem;
  • Quero Beijar a Noite Inteira (Hoje eu Vou Beber) - Em um momento puta (só pra quebrar a rotina pura);

Ver também[editar]


Bernardinho nervoso jpg.jpg Please STOP the music!

Este artigo se trata de cantores, bandas ou músicas cantadas muito, mas MUITO mal.