Galo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Para outros significados de galo, consulte: Galo (desambiguação)


Galo
Cantar-de-galo.jpg
Classificação científica
Reino: Aquele mesmo.
Filo: Filo todas as galinhas.
Classe: Tem muita apesar de não voar.
Ordem: No galinheiro.
Família: Bem grande.
Género: Masculino.
Espécie: várias.
Nomenclatura Binominal
Sei lá


Cquote1.pngExperimente também: Frango Cquote2.png
Sugestão do Google para Galo
Cquote1.pngExperimente também: Atlético-MG Cquote2.png
Sugestão do Google para Galo
Cquote1.png Por que essa droga ainda não virou comida? Cquote2.png
Você sobre o canto esganiçado e estridente do galo do vizinho.
Cquote1.png Sempre é comida quando você não está em casa. Cquote2.png
Galo sobre sua "mulé".
Cquote1.png Eu entendo de galinhas. Cquote2.png
Galo ainda sobre sua "mulé".


Galo é o macho da galinha, apesar dela não gostar que diga isso mas, é assim. Daí vem você com aquela perguntinha de sempre: Se já existe o artigo frango porque esse artigo agora? Camarada: Frango é frango mas, galo é o cara e, para um frango ser galo antes de virar comida, ele tem que provar que é bem macho e vai fazer muitas galinhas botarem. Pergunte para a sua mãe e ela te explica, isso nem foi uma tentativa de ofensa.

Tabela de conteúdo

[editar] Como surgiu

Galo confuso ao ver outros pintos pela primeira vez.

Fique claro que quem nasceu primeiro não foi nem o ovo, nem a galinha, foi o galo e, logo descobriu que não voava e sim, dava uns pulos um pouco maiores, isso o deixou com muita raiva, haja vistas que quem teve raiva primeiro também não foi nenhum cachorrinho sem vacina e sim, o galo mas, então ele batia as asas e nada e então saiu aquele som estranho, deixando claro que ele também não era uma ave que cantava bem, mas como os humanos chamaram aquilo de canto, ele até se consolou um pouco e resolveu ficar mais junto aos humanos garatujando para não ser comido.

Perceba porque galos desconfiam até de coelhinhos kawai.

Sem cantar nem voar decentemente, o galo ficou a ave mais territorialista conhecida mas, não quis cometer a indecência de cagar (isso mesmo que você leu) em tudo igual aos pombos mas, achou outras formas de chamar a atenção, uma delas foi sair pegando todas as cloacas de galinhas que encontrava, na verdade nem existiam galinhas ainda mas, ele pegava as aves que eram menos inadequadas, daí sim surgiram as carnudas galinhas. O galo ganhou respeito como queria mas, elas nem tanto.

Ele saiu então, marcando território, batendo as asas que, ninguém mais tirou sarro dele não voar de tão posudo que ficava. Subia onde achava alto mas, ao mesmo tempo seguro, já que o ar ele não ganhava mesmo, e batendo as asas, todo classudo, mandava aquele som , que mesmo quem mora em metrópolis das mais urbanas já deve ter ouvido algumas vezes. Isso porque esses sem vergonhas se reproduzem que é uma beleza e, como para os humanos são dos mais úteis, acabam apreciando a petulância dessas avezinha sem vergonhas.

[editar] Correndo atrás das galinhas

Galo se sentindo após pegar sua família muitas galinhas.

Se os galos não fossem como fossem, as galinhas seriam ainda mais desrespeitadas e, nem só ser considerada uma ofensa das maiores mas, poderiam mesmo já estar extintas mas, os galos estão sempre dispostos e amam uma cloaca. Querem marcar o território de qualquer forma e a principal é a reprodução, por causa disso as galinhas botam ovos todos os dias e, os galos nunca cansam.

Galo após ir arrumar as penas na sua amiga franga.

Nem é bom ter muitos galos, tipo, pra cada galo é bom ter ao menos umas três galinhas, no mínimo senão dá briga daquelas. Falando nisso os humanos malvados também aproveitaram esse jeito impositor do galo para promover lutas entre eles e ainda cobrar ingresso. Nese caso, chega uma hora que nem os galos gostam, mesmo sendo fodões mas, os humanos são malvados e mereciam umas bicadas daquelas, mas os galos não dão porque quem dá moral pra eles são as pessoas mesmo e, isso alimenta o ego dos galos. Se acha que animais não têm ego, reveja essas suas ideiazinhas de emo, pois a única diferençe é que a maioria dos outros animais sabe a hora que tem deixar o ego prá lá em nome do bom senso. Isso até os galos costumam saber.

Quando tem mais galinhas eles nem costumam brigar. Se uma está ocupada eles vão atrás de outra, de boa, sem problemas. Só tem briga pelo território na falta de galinhas mesmo. Talvez já de propósito é que eles corram mais do que elas, e e bom até porque as galinhas podem não mandar aquele canto nos ouvidos que os galos mandam mas, fazem um barulho fodido quando querem fugir, mas, felizmente os galos correm mais e as alcançam logo, nem é preciso ir muitas penas pelos ares. Não é qualquer franguinho que se torna um galo. Ele já tem que ser posudo pra ser candidato a galo ao invés de virar frango empanado ou algo assim. Desde cedo já tem que ir treinando aquela pose de eu sou muito macho e mostrar que adora pegar galinhas e é bom nisso, daí sua vida se prolonga por bem mais tempo.

[editar] Força do pinto galo

Galos unidos na causa heterossexual.

Eles só pegam alguma galinha força mesmo quando a crista aparece, antes disso apesar de serem pintos saudáveis, não passam de frangos e, para piorar alguns frangos se tornam frangas... mas daquelas que jamais serão galinhas e, você já entendeu, isso ocorre em todas as espécies, não tem jeito, mesmo entre os galos, corrigindo: Entres os frangos, porque quando se tornam galos eles não podem mais virar algo que não sejam machos... a diferença é que as frangas que não são necessariamente fêmeas usam a crista como bandana fashion, os galos usam para atrair galinhas e ficarem mais posudos.

A revolta de um galo com sua crista escalpelada.

Essa crista dá uma ilusão de imponência ao galo, mas ela não tem nada a ver com nada, ele poderia sobreviver muito bem sem ela, por ordem no galinheiro, pegar as galinhas, depenar as galinhas e fazer canja... a crista não interfere em nada, nem no andar, na corrida, no canto, no voo, nas pisadas irritantes, no bater das asas, enfim em nada, mas os galos acham que a crista é tudo em suas vidinhas, eles andam com ela em riste, um querendo ser mais fodão do que o outro, mas não sabem que ela é só um daqueles adornos que a natureza põe nos bichos (inclusive nos humanos), por mero capricho, pois eles pegariam as fêmeas do mesmo jeito.

Eles acham que a força está mesmo na crista e se você quer matar um galo de depressão, é só realizar uma malvada amputação em sua cabeça, tipo um escalpo. Os galos terão a sensação de que não podem mais nada das coisas citadas no parágrafo anterior, que como explicado, não tem porra nenhuma a ver com nenhum dos atos do bicho... e agora voltemos às frangas, aquelas mesmo que são frangas, sem serem fêmeas. Elas sofrem menos sem a crista, a não ser se sentirem menos adornadas, mas uma franga que se preza sempre dá um jeito de se enfeitar, coisas que não ocorre com os galos machos mesmo, nem que eles tivessem frescura para se enfeitar, eles continuariam achando suas imponentes
Um galo bem idiota corajoso.
cristas insubstituíveis... mas também não vamos chegar a dizer que a crista equivale ao caralho dos humanos... mas podemos dizer que equivale a perder musculatura e aumentar a lamúria.

Os pés de galinha não são como os dos galos, embora a maioria pense que eles são a mesma coisa, mas não o são, os pés dos galos são mais possantes tanto que eles os exibem batendo no chão antes de bater as asas e mandar aquele grito estridente chamado de canto. Esses pés são usados também quando eles são obrigados a brigar, porque eles brigam até pouco pelas galinhas, já que sempre tem bem mais galinhas do que galos e o território nem precisa ser tão disputado, mas esses pesinhos santos, só vão com esporas no lombo dos outros quando são obrigados. Os galos são colecionadores, e o que eles mais gostam de colecionar, nem preciso citar, porém quem coleciona pés de galinha nem são eles os campeões, são as peruas, que costumam gostar tanto de ter pés de galinha que os realçam com maquiagem, em geral as peruas tem montes deles, os galos nem conseguem ter tantos assim.

[editar] Canto do galo

O artista que pintou esse canto, quase morreu a bicadas.

Aquele barulho irritante que, como já citado, mesmo sendo da metrópole, todo mundo conhece, serve para duas coisas: Despertador que não precisa nem de luz nem de pilhas nem de bateria, mas caiu em desuso devido a ter mauitas outras opções mas, continua não precisando disso tudo já citado. E também serve para cantar as galinhas porque todas as fêmeas do mundo animal são mais exigentes do que as humanas e exigem ao menos um atrativo.

Galo sendo pintado nu, sem permissão.

No caso dos galos, se dá melhor com as galinhas aqueles que têm uma crista bonita, penas vistosas, porém nada precisa ser muito espalhafatoso, tipo um pavão e, mais importante de tudo: O canto também atrai as galinhas por isso é outra coisa que os frangos precisam saber logo pra não virar empanado ou algo do tipo. O bater das asas é importante mas, mais ainda o canto que se segue, ajuda também bater os pés legal, o canto é como se fosse uma cantada, deve ser bem feito. Os extintos Dodôs deveriam ter convivido um pouco com galos, para aprender algumas coisas e, talvez existissem até hoje.

Ele tem classe e está esperando você parar de olhar para cagar.

Falando em dodôs, os galos primitivos desenvolveram tudo isso para suprir a vergonha de não voar e não ter aquele canto melodioso e, acabou dando certo apesar de continuarem sem voar nem entoar nada muito impactante mas, o que ajudou mesmo esses galos primitivos a, erguerem a cabeça bem erguida, desenvolverem atrativos e não se sentiram tão estranhos e ridículos, foi ver aquelas aves aberrantes conhecidas como avestruzes. Ao olhar aquilo, os galos até se animaram e, se não fosse isso, talvez eles, as galinhas e, claro, os frangos nem existissem.

Caso você esteja se sentindo uma loser por ter levado inúmeros foras, ter broxado ou coisas assim, pode imitar um galo porque eles são todos os donos da área e pegadores de galinhas. Então treine o canto de modo a se sentir galo, não se incomode por ele ser animal irracional, até porque se lembrar de suas notas nem vai achar muito diferente, suba em algum lugar bata as asas e cante igual a um galo. Pode saber que vai se sentir melhor, principalmente se algumas pessoas olharem pra você de olhos arregalados: É o efeito.

[editar] Galeria depenada

[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas