Galpão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Exemplo de galpão organizado.

Cquote1.png Experimente também: Empilhar sacos Cquote2.png
Sugestão do Google para Galpão
Cquote1.png Dá pra mim de uma veeeez!!! Cquote2.png
Romeu sobre cena do galpão.


Galpão é um depósito onde se guarda o que pode ser útil, mas nem sempre o que está armazenado em um galpão tem serventia, ou seja, também pode ter no galpão, conteúdo inútil, tipo esse artiguinho aqui.

Depositando[editar]

Depósito de... é... sei lá...

Não é só depositar coisas assim, tem que ter as condições básicas de higiene e adaptação. Por exemplo em um depósito de mexirica não pode haver junto, coisas do tipo, cobras, mandioca, milho... que acabarão por danificar a mexirica. Bananas também são sensíveis e não costumam gostar de ser esmagadas, embora suportem bem alguns apertos. Tudo isso dentro do galpão se testemunha. Quem armazena as coisas deve estar ciente e observar.

Nos celeiros, quando aparecem pragas do tipo ratos ou baratas, o dono deve ir lá e dar uma varridinha retirar todo o conteúdo até acabar com as pestes filhas da puta, o que não é tão difícil, pois os bichos já estarão meio tontos de tanto agrotóxico. Nem todas as pestes ingerem coisas produzidas diretamente por humanos, senão eles já estariam erradicados, os mais espertos evitam a ingestão de substâncias tóxicas. Após retiradas as pragas, antes de reutilizar o galpão ele deve estar mais preparado para ue se evite novas infestações, e os produtos retirados, foram perdidos... ao menos aqueles em que haviam restos deixados mais evidentemente.

Os grãos, assim como as bananas, não suportam ser esmagados, a não ser mesmo aqueles que tem que ser esmagados á fim de virar óleo, então nos depósitos, ele não podem ter um empilhamento acima do razoável, isso de grãos uns subindo nos outros só dá certo mesmo em comemoração de vitórias esportivas, se assim não for sempre é estranho e também pode ser doloroso para os grãos.

Não combinam[editar]

Tipo de porcaria guardada em galpão.
Continuando as coisas que não combinam juntas em um galpão, não são tantas assim, mas sempre existem pessoas abusadas que acabam por colocar coisas que não combinam em nada em um mesmo galpão. Tipo flores junto com cigarros. Quem quer apreciar o perfume acaba sentindo lembrando do bafo daquele amigo/colega/professor/parente que lembra uma latrina defumada. Ou mesmo no laboratório descobrem que a propriedade medicinal da flor acaba por também dar câncer, o que faz a florzinha inocente chorar pela acusação injusta, até que descubram o engano.
Galpão ou depósito perfeito para mafagafos.

Não combina, por exemplo um depósito de gente, mas nesse caso é o contrário de outros produtos, o problema é justamente por serem iguais demais, mas assim mesmo a macacada toda se acha muito diferente, de modo que é um festival de porrada não importando a idade dos humanos que estiverem num mesmo depósito, os bebês costuma puxar os cabelos e morder assim que têm coordenação motora para isso e os primeiros dentinhos. Os adultos costumam agredir com as partes que conseguirem. Na verdade a mãe Terra é um grande depósito de tudo que é coisa estranha, mas não seria uma boa se ela fosse em forma de galpão. Os humanos são os que mais sofreriam e fariam mais sacanagens em qualquer que seja a forma uns com os outros. As fêmeas são um pouco melhores juntas, mas também dá problema embora menos. O fedor de um depósito de gente também costuma ser maior, é preciso ao menos dois banhos em 24 horas para que seja suportável. Os humanos mesmo vão em depósitos para objetivos diversos, estudar, trabalhar, fazer galpões... Mas eles são os mais difíceis de se encontrar condições favoráveis para o armazenamento.

Armazenar também[editar]