Game of Thrones

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.jpg Este artigo é sobre o seriado da HBO, para a série de livros veja As Crônicas de Gelo e Fogo, e para o primeiro livro consulte A Game of Thrones.
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Alerta de spoiler: O artigo pode conter alguns spoilers, tais como o fato de que

Seus personagens favoritos ou morrem ou têm sua personalidade assassinada na última temporada.

Então leia por sua conta e risco, e não se esqueça de dar uma de Pattinson.
Game of Thrones

GOT1 ZrdAIrBF1zgHAnJ50WPGCw.jpeg

Gênero Medieval, pornografia e zumbis (A imagem descreve como seria o poster da série se ela fosse produzida por Caio Prado Jr)
Coleção A Song of Fire And Ice
Quem criou George R. R. Martin (ou Rick Martin ou então até mesmo RR Soares Jorge Martins, no Brasil)
Onde passa HBO
Faixa etária 70 anos (devido a putaria extrema)


Cquote1.png Você quis dizer: O Senhor dos Anéis Cquote2.png
Google sobre Game of Thrones
Cquote1.png Você quis dizer: Pior final de todos os tempos Cquote2.png
Google sobre Game of Thrones
Cquote1.png Você quis dizer: Bacanal sem glamour Cquote2.png
Google sobre Game of Thrones

Cquote1.png Isso não aconteceu nos livros! Cquote2.png
Nerd sobre Game of Thrones
Cquote1.png O Ned é um cara honrado. Espero que ele chegue a rei! Cquote2.png
Noob sobre Game of Thrones
Cquote1.png Reis e rainhas, guerreiros e renegados, mentirosos, lordes e homens honestos... todos amam peitos gratuitos. Cquote2.png
Uncyclopedia sobre Game of Thrones
Cquote1.png O problema não é com vossa senhoria... é comigo! Cquote2.png
Todos os personagens masculinos com mais de 15 anos de idade sobre suas esposas
Cquote1.png Eu fiz por amor! Cquote2.png
Cersei Lannister sobre fazer coisas erradas com seu irmão loiro bonitão
Cquote1.png Tornarei-me uma lady, casarei e terei 14 filhos com o belo príncipe Cquote2.png
Sansa Stark matando os direitos feministas
Cquote1.png Você cresceu entre atores, aprendeu seu ofício. Eu cresci entre putas. Agora deixa eu por a mão “aqui” e me dê 1 milhão de westero-dólares Cquote2.png
Puta sobre negócios
Cquote1.png Vou deixar um oco nesse seu rabo! Cquote2.png
Khal Drogo sobre deixar um Oco em Daenerys Targaryen
Cquote1.png Tenho que treinar em bater punheta com a outra mão. Cquote2.png
Jaime Lannister sobre sua mão de ouro
Cquote1.png Ele é corvo mas é meu amigo. Cquote2.png
Tiririca sobre Jon Snow
Cquote1.png Nem pago pau pra essas zueiras Cquote2.png
Theon Greyjoy sobre zueiras com Game of Thrones
Cquote1.png E morreu Cquote2.png
Didi sobre Game of Thrones
Cquote1.png Morri de novo Cquote2.png
Sean Bean sobre Game of Thrones
Cquote1.png O Septo do Baelor podia ser o congresso Cquote2.png
Comunistas sobre Game of Thrones

Não passou mas está quase lá.
Qualquer um depois de ver a última temporada.

Game of Peitos Thrones é um pornô uma série da HBO, adulterada baseada nas As Crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin (um escritor sadista que se alimenta das lágrimas de seus leitores). A série fala sobre o passado bucólico, pacífico e pastoril cinzento, sanguinário e injusto da humanidade na Idade Média, com direito a cenas de nudez, sexo, dragões, sexo com dragões, zumbis do gelo e tudo mais, e onde você não pode ter um personagem favorito porque ele vai morrer de qualquer jeito.

Onde Se Passa Essa Porra?[editar]

Essa história cruel e sádica se passa em Westeros, uma espécie de Europa 2.0. na Idade Média. Por lá existe tudo o que existe nos dias de hoje (desde maconha até relações incestuosas), mais lobos gigantes, dragões (dos dois tipos), zumbis, unicórnios, corvos de três olhos, acreanos, crianças élficas e madeiras sábias.(série patrocinada pelo Xvideos).Alem é claro de filiais do Starbucks.

  • Westeros está dividido em sete reinos que são governados pelo mesmo ditador-mor a partir de Porto Real, a capital dessa porra toda;
  • A moeda corrente é o westero-dollar, feita de ouro puro, e o westero-cent, feita de prata;
  • Existem duas grandes fantasias religiões: a Fé dos Sete - compostos pelo Pai (o cafetão), a Mãe (a cafetina), o Guerreiro (o cara que come), a Donzela (a novinha que o Guerreiro quer comer), a Velha (a Puta antiga), o Ferreiro (o coleccionador de brinquedos eróticos) e o Estranho (o papador de bundas) - e os Deuses Velhos do Norte, cujos adoradores fumam maconha e falam com árvores

Os Sete Reinos[editar]

Na adaptação brasileira, a disputa é pra ver quem toma o Trono de Tijolos e se torna o próximo mestre-de-obras.

O ditador-mor dos Sete Reinos de Westeros é chamado de rei (ou rainha). Cada um desses reinos é governado por uma família suprema que oprime as outras famílias menores e campónios anexados. A profissão de Rei dos Sete Reinos é segunda mais perigosa de Westeros, só perde para a Mão do Rei, que é o cara encarregado de bater punheta no pau real.

Reino do Norte: Winterfell (Casa Stark - Casa Bolton - Casa Stark)[editar]

Com capital em Winterfell, o Norte é o reino do politicamente correto e por isso, logo no primeiro episódio, há um desertor da Patrulha da Noite (uma seita de celibatários vestidos de preto devotada a guardar a Muralha, um iceberg estacionado que separa os Sete Reinos da Sibéria) que mostra toda essa retidão fugindo só para avisar o reino do reaparecimento dos zumbis do gelo. Lá faz frio o ano inteiro e neva até durante o Verão. Por lá só existem matas, lobos, corvos e maconheiros que falam com árvores.

Reino dos Rios: Correrrio - As Gêmeas - Correrrio (Casa Tully - Casa Frey - Casa Tully)[editar]

No início da série, a capital era Correrrio, mas agora são As Gêmeas graças à estupidez da Casa Tully. O Reino dos Rios são uma espécie de Veneza 2.0. ou barragens de Mariana, com rios, riachos e ribanceiras por todo o lado. Com tanto rio, existem muitas pontes e a mais afamada desse reino é pertença da Casa Frey, uns vira-casacas governados por um velho tarado.

Reino do Vale: Ninho da Águia (Casa Arryn)[editar]

Com Capital em Ninho da Águia, um castelo alto pra caralho, metido entre as nuvens, e com reputação de ser impossível de ser invadido. Como fica no corno de Westeros e por entre montes e montanhas, ninguém dá a mínima para esse reino e é governado pela Casa Arryn (cujo único sobrevivente é um moleque catarrento). Como não existem superfícies planas no Vale, todas as construções ficam encarrapitadas em penhascos íngremes através de milagres de engenharia (alguns impossíveis até nos dias de hoje). No interior do Ninho da Águia fica o Cu do Castelo a Porta da Lua, através da qual os prisioneiros são atirados porque a Casa Arryn se acha glamourosa demais para ter um carrasco apesar de ser um bando de gente chata.

Artefatos que você pode encontrar em Rochedo Casterly.

Reino das Ilhas de Ferro: Pike (Casa Greyjoy)[editar]

Ilhas chatas governadas por gente ainda mais chata, nomeadamente Balon Greyjoy que encascou com a ideia que quer ser rei. Não cresce nada naquela porra fedorenta a peixe podre por isso a Casa Greyjoy e seus vassalos se dedicaram a uma vida de pilhagem, saque e estupro. Em resumo, são os piratas dessa porra, do género dessa turminha da pesada vai aprontar confusão na Sessão Da Tarde! Mas aquelas ilhas perdidas no meio do nada não têm árvores, portanto onde essa gente vai buscar madeira para construir os seus navios é um mistério.

Só um dia normal nas Terras da Tempestade.

Reino do Oeste: Rochedo Casterly (Casa Lannister)[editar]

Esse é o reino onde se arruma ouro em qualquer lugar... até na bunda do Senhor do Rochedo Casterly, Tywin Lannister, que, segundo os ditos populares, caga ouro. Basicamente é só isso que existe no Reino do Oeste, que é uma espécie de Monte Carlo 2.0.: ouro que é usado para comprar e ferrar todo o mundo. É também a sede da Casa Lannister, um bando de loiros que praticam fornicações incestuosas, traições frequentes e assassinam reis.

O Mar Estreito que separa Westeros de Essos.

Terras da Coroa: Porto Real (Casa Targaryen - Casa Baratheon - Casa Lannister - Casa Targaryen - Casa Stark)[editar]

Com centro em Porto Real, o lugar onde o rei dos Sete Reinos descansa o traseiro. Fica junto ao litoral porque é necessária a proximidade com os fornecedores de caviar para a Fortaleza Vermelha (o castelo real feito com ossos e bosta fossilizada de dragão, uma argamassa eternamente durável), enquanto o resto da cidade é composta por uma favela gigante de pedintes, pobretanas, pé-rapados, gente pobre e faminta. Curiosamente, o Trono de Ferro é a peça menos valiosa do castelo, já que é feita de ferro ferrugento por ser composto por espadas ensanguentadas, entortadas e coladas com super-bonder dragon edition de forma a "parecer" com um trono... todos os reis possuem marcas de cortes na bunda por causa disso.

Reino da Campina: Jardim de Cima (Casa Tyrell - Casa Lannister - Casa Bronn)[editar]

É o celeiro de Westeros por ser a terra mais fértil do continente, logo isso significa agricultores explorados até ao tutano para alimentar todos os lordes de Westeros, especialmente os da capital. Local de jardins, campos verdejantes e outros horrores saídos da Uma Casa na Pradaria.

Reino das Terras da Tempestade: Ponta Tempestade (Casa Baratheon)[editar]

Mais um pedaço de terra inútil assolado por constantes tempestades e chuvadas.

Dorne: Lançassolar (Casa Martell)[editar]

O reino de Dorne é o que fica mais a sul de Westeros e é uma espécie de deserto gigante. Também é o melhor local para pegar um bronze, já que é o reino mais quente de Westeros, característica que contribui para que ele seja conhecido por sua putaria liberdade sexual. Com sede em Lançassolar é conhecido popularmente como "o Reino das Orgias Sem Fim", sendo governado pela Casa Martell, com conexões com a Sonserina. Como esse enredo é um complicado balaio de cobras libidinosas e vingativas, nem a HBO se quis adentrar muito.

Do Outro Lado do Mar Estreito: Essos[editar]

  • Vaes Dothrak: Sede dos Dothraki, uma cultura tribal obcecada por cavalos e governada por um Khal, que é um machão mas usa eyeliner;
  • Braavos: Sede da seita de assassinos mais conceituada da história que coleccionam pedaços de pele humana, os Homens Sem Rosto;
  • Myr, Volantis, Ashai: Antro de fanáticos do Lorde da Luz (R'hllor);
  • Baía dos Escravos: Composta por várias cidades que sustentam o comércio de escravos. Muda de nome para "Baía dos Dragões" quando Daenerys Targaryen chega lá e acaba com a prática;
  • Ilhas de Verão: Fantásticas ilhas habitadas por mulatas e negras gostosas.
  • Valíria: Ruínas e mais ruínas... mas ainda assim você pode pegar escamagris e se transformar n'O Coisa.
  • Terra das Sombras: Ninguém parece saber onde isso fica mas Jorah Mormont continua falando acerca delas.

Personagens[editar]

Casas de Game of Thrones[editar]

Casa Stark[editar]

Eddard: O inverno está chegando...

Descendentes dos Reis do Inverno, a Casa Stark gosta mesmo é do frio e seus membros se ferram sempre que viajam para Sul. Como seus membros valorizam a honra, a integridade, o dever e essas coisas acabam sendo fodidos desde o primeiro episódio. Gente rude e fria, que gosta de vestir pesados mantos de pêlo de lobo. Gostam mais de lobos gigantes do que de cães e, por isso, acabam adoptando uma ninhada.

  • Princesa Lyanna Stark: Irmã mais nova de Ned Stark, que morreu depois de parir "Jon Snow", o seu filho com o príncipe Rhaegar Targaryen. Meio machona, gostava de andar a cavalo e dar porrada nos seus irmãos. Há quem diga que participou secretamente no Torneio de Harrenhal e deu mais porrada nuns cavaleiros. Estava noiva de Robert Baratheon mas não queria casar com o porco. Para impedir o casamento, fugiu com Rhaegar e acabou casando com ele.
  • Eddard "Ned" Stark: Lorde do Reino do Norte, especialista em genética e em esconder o filho da sua falecida irmã, Lyanna. Possui uma ética e senso de justiça irreplicável, uma espada de 3 metros e a ingenuidade e estupidez de confiar em todo o mundo. Entre os seus passatempos favoritos encontram-se falar com árvores. A meio da primeira temporada empreende numa missão para descobrir com quem Cersei Lannister (a rainha) andou trepando.
  • Catelyn "Cat" Stark: Esposa fidelíssima e dignissíssima de Eddard, uma chata enche-saco que só perde a postura quando estão bastardos, anões ou mesmo bastardos anões na mesma sala do que ela. Aí, ela perde a racionalidade, rapta o anão e apronta confusão. Apesar de já ter tido 5 filhos, continua magra e comível.
  • Robb Stark: Filhote primogênito da ninhada Stark. Quer ser igual ao seu papai, pelo que se desconfia que tinha daddy issues. Seu lobo gigante, Vento Cinzento, era tão fodástico que o acompanhava para a batalha. Depois da cabeça de Ned rolar, vira Rei do Norte mas perde tudo por causa de uma vagina.
Passagem de "Sonsa" a "Sansa".
  • Sonsa Sansa Stark: Filha bobinha e ingénua de Ned, cujo maior sonho é ser rainha e ter uma dúzia de pirralhos piolhentos. Sua loba gigante, Lady, é morta a mando da rainha. Depois de descobrir que o seu "amado Joffrey" era um retardado psicótico, desejou se tornar esposa do "Cavaleiro das Flores", Loras Tyrell, mas esse era viado (com uma alcunha dessas, o que esperar...). Passa de "Sonsa" a "Sansa" quando se torna aprendiz de Mindinho, o Lorde Sith dessa porra que a começa treinado no Lado Negro da Força.
  • Bran Stark: Filho afeminado de Eddard, flagrou a rainha Cersei e seu irmão Jaime trepando, foi empurrado da janela por Jaime, fraturou a coluna, entrou em coma, ficou paraplégico, sonhou com um corvo de três olhos, quase foi morto por bárbaros e tem um futuro pouco promissor como sábio da montanha. Pode usar o corpo do seu lobo gigante, Verão, de vez enquando graças aos seus poderes satânicos.
  • Arya Stark: Filha machona de Eddard e reencarnação de Lyanna Stark. Começou como uma menina de espada que fazia o Joffrey gritar e agora se tornou numa serial killer especializada com selo de qualidade de Braavos. Empreende numa demanda vingativa pela sua família assassinada. Por causa de Joffrey, teve de mandar embora sua loba gigante, Nymeria. Apesar de preferir as artes da luta, também é conhecida pelos seus dotes culinários, especialmente pela sua sopa de doninha e tartes Frey.
  • Rickon Stark: Filho mais novo de Eddard e Catelyn... só isso, já que não fez nada de importante. A única coisa interessante acerca de Rickon é que tem um lobo gigante chamado Cão Felpudo que tem o diabo no couro. Tem uma alta dose de demência que é tanta que o impede de correr em zigue-zague quando está prestes a ser morto por uma seta.

Afiliados[editar]

Jon Snow... meus parabéns...
  • Jon "Jão das Neves" Snow/Príncipe Aegon Targaryen: Apresentado como o bastardo de Ned Stark com alguma puta de taverna, na verdade é o filho legítimo de Lyanna Stark com o príncipe Rhaegar Targaryen, fazendo dele o herdeiro Targaryen ao Trono de Ferro. Sofreu bullying durante sua infância inteira e desenvolveu mommy issues por nunca saber quem foi sua mãe. Decide ir congelar os tomates para a Muralha e virar patrulheiro só para não ter de levar com mais olhares furiosos de sua madastra mazona, Catelyn. Tem um lobo gigante chamado Fantasma que lhe serve de cobertor durante as noites geladas. Foi assassinado por seus irmãos da Patrulha da Noite mas Melisandre ressuscitou-o. Após reconquistar Winterfell tornou-se Rei do Norte e iniciou uma relação incestuosa com sua tia, Daenerys.
  • Hodor: Hodor, Hodor, Hodor, Hodor, Hodor, Hodor, Hodor, Hodor, HOLD THE DOOR, HOLD THE DOOR, HOLD THE DOOR, Hodor.
  • Osha: Selvagem que invade a Mata dos Lobos e tenta matar Bran, mas acaba ficando como escrava servente em Winterfell. Só lá está para cuidar de Rickon, fugir com ele e depois ser morta pela Casa Umber, que vende Rickon à Casa Bolton.

Casa Lannister[editar]

A Casa Lannister são os milionários da série: gente de cabelo loiro e olho verde, que gostam mesmo é de uma vida de luxo e de poder, nem que para isso tenham de passar por cima de tudo e de todos.

Cersei e sua expressão facial habitual.
  • Tywin Lannister: O patriarca fodão da Casa Lannister a quem só interessa proteger sua família e matar todo o mundo que se atravesse no seu caminho. Dizem que caga ouro. Odeia todo o mundo. Odeia Tyrion, despreza Cersei e vive desapontado com Jaime. Sua actividade favorita é comprar os outros lordes para fazerem o seu trabalho sujo. Cersei herda sua expressão facial, de eterno desprezo. Acaba morto por Tyrion quando está na privada dando uma cagada. No fim, descobre-se que afinal ele não cagava ouro...
  • Rainha Cersei Lannister: Rainha Regente dos Sete Reinos e leoa da família Lannister. Começa o seriado como a vítima de violência doméstica até que decide dizer tchau para o recalque e mandar matar o rei gordo e cachacheiro, Robert Baratheon. Todo o mundo sabe que tem uma relação incestuosa com seu irmão gêmeo, Jaime, mas ninguém abre a boca com medo do “empacotamento real” (Ned fez isso e deu no que deu). É uma loira gostosa, MILF, manipuladora e com sobrancelhas tortuosas eternamente em posição de desprezo. Teve três filhos com seu irmão: um moleque pentelho, um gordo e uma menina que não dá ouvidos. Mata todo o mundo que lhe fizer frente e durante seu reinado ordenou a separação do Estado e da Igreja, com a explosão do Septo de Baelor.
  • Jaime Lannister: Orgulhoso e vaidoso cavaleiro da Guarda Real que quebrou todos os votos que fez, por trepar com sua irmã gêmea e por matar o rei que jurou proteger. Por isso é xingado por todo o mundo de Westeros, que lhe chama o "Regicida". Atira Bran Stark de uma janela, fere Ned Stark e mata uns quantos soldados, até que é feito cativo por Robb Stark e aí inicia sua fase de redenção. Depois de lhe cortaram a mão direita (e entrar numa fase emo porque já não consegue bater punheta manejar a espada de jeito), os fãs da série começam gostando dele, mesmo que tenha quase cometido infanticídio, estuprado sua irmã em frente ao cadáver do filho de ambos... e ser um escroto de modo geral.
  • Tyrion Lannister: Irmão mais novo de Cersei e Jaime, e ódio de estimação de seu pai, Tywin Lannister. É um dos personagens baba-ovado da série. Como é anão, toda a sua massa corporal foi para o cérebro, pelo que é mais inteligente do que os outros. É um trollador nato, esbofeteador de Joffreys e consumidor assíduo de prostitutas, por quem acaba sempre se apaixonando e casar com elas. Apesar de ser baixinho e feio pra cacete, Tyrion sempre conseque transar com mais de 4 mulheres de uma só VEZ, coisa que indica que ele tenha altos niveis de testosterona pois nem mesmo Kratos consequiu esta façanha.
Joffrey falando a verdade
  • Rei Joffrey Baratheon-Lannister: Loirinho escroto e psicótico, filho bastardo de Cersei e Jaime (apesar de ser publicamente conhecido como filho do rei Robert). Sua personalidade de merda atribui-se à má combinação genética causada pelo incesto (ou ao fato de tanto seu pai como sua mãe serem dois filhos da puta, mesma). De fraca inteligência, mandou decapitar Ned e insultou seu avô, Tywin, várias vezes. Entre seus passatempos favoritos encontram-se encher o saco de quem assiste isso, maltratar sua ex-noiva, Sansa Stark, e matar prostitutas. Se tornou Rei dos Sete Reinos quando sua mãe mandou empacotar o gordo que julgava ser seu pai. Depois de quebrar o noivado com Sansa (mas regressar sempre para pedir um striptease), casa com a gostosa Margaery. Mas como ninguém (especialmente a avó de Margaery) gosta de um guri chorão e birrento, acaba sendo morto no seu casamento com veneno e tarte de pombo seca.
  • Rei Tommen Baratheon-Lannister: Loirinho bobão e ingénuo, também filho bastardo de Jaime e Cersei, que é o Joffrey no Mundo do Contra. Como é uma anta sem-sal, é manipulado por todo o mundo. Chega a Rei dos Sete Reinos após a morte de seu irmão doidão. Casa com Margaery e passa suas noites trepando com ela, até ficar viciado em sexo. Depois de Cersei acabar com a raça dos Tyrell e da Fé Militante, Tommen se mata porque sabe que não voltará a transar com a gostosa Margaery.
Tommen oficializa o nome de "King's Landing".
  • Princesa Myrcella Baratheon-Lannister: Loirinha patty, boazinha e que cresceu gostosa. Também é filha bastarda de Cersei e Jaime, e fica contente por saber que seu pai é Jaime e não o gordo abusador Robert. É tudo o que uma princesa deve ser, por isso não dura muito. É mandada para Dorne, para casar com Trystane Martell, o herdeiro de Doran. Os dois se dão muito bem, passeando pelos jardins e se comendo pelos cantos. É morta por Ellaria Sand como vingança pela morte de Oberyn Martell, seu amante.

Afiliados[editar]

  • Grande Meistre Pycelle: Pertencente ao Pequeno Conselho, é velho tarado e espião da Casa Lannister. Finge ser velho e cacético mas tem sempre uma prostituta no seu quarto.
  • Qyburn: É o Doutor Frankenstein da série. Foi expulso da Cidadela por suas experiências em tentar reavivar mortos. Entretanto fica afiliado com Cersei Lannister e torna-se a sua Mão. É quem reaviva o zumbi Montanha.

Casa Baratheon[editar]

O Rei Robert era tão gordo que os meistres tiveram de lhe elaborar um Tronos-de-rodas para ele se deslocar.

Como a sede da Casa Baratheon é Ponta Tempestade, que é considerada uma fortaleza invencível e impossível de conquistar, os homens da Casa baixaram a guarda e, por isso, todos os seus herdeiros ou são filhos do vizinho ou bastardos. Ou suas noivas fogem com outros homens.

  • Rei Robert Baratheon: Tornou-se o Rei dos Sete Reinos por ter derrubado a Casa Targaryen e morto o príncipe herdeiro ao Trono de Ferro, Rhaegar, como vingança por este lhe ter ficado com a noiva, Lyanna. Nunca largou esse chifre e, portanto, jurou matar todos os Targaryen. Gosta de bancar o emo, dizendo que Lyanna era o "amor de sua vida"... mas passados 17 anos ainda se lembra dos seios da puta Bessie mas já nem se lembra do rosto de Lyanna. É um porco em forma de gente, gordo, cachacheiro e espancador e estrupador de sua esposa, Cersei. Sua vida se resume a prostitutas, pinga e a gerar bastardos. Foi morto por um javali (que também é uma espécie de porco, quer dizer, nem os próprios suínos o querem por perto) enquanto caçava na Mataderrei e bebia um tinto forte e especial enviado por Cersei.
  • Renly Baratheon: Baratheon verdadeiro, honra o animal símbolo da sua casa, o veado. Gosta de roupas extravagantes, veludos e cetins, perfuminhos, flores, tem um amante viado, uma Guarda Real arco-íris (à qual pertence uma guarda-costas traveca) e, apesar de ter uma esposa gostosa gosta mesmo é de queimar rosca. Apesar de ser o irmão mais novo de Robert, encascou que devia ser rei. Morre esfaqueado por uma sombra demoníaca parida por Melisandre, a "Mulher Vermelha".
Stannis the Mannis.
  • Stannis Baratheon: Para todo o mal, era o herdeiro ao Trono de Ferro, por se encontrar a seguir a Robert na linha de sucessão e os filhos de Cersei serem bastardos com Jaime. No fundo, ninguém em Westeros quer que ele seja rei. Rígido, calvo e durão, é um um enche-saco sem-graça e hipócrita que diz não querer o trono mas também não abdica dele. Apesar de ter aguentado o cerco de Ponta Tempestade e esmagado a frota dos Homens de Ferro no passado, acabou perdendo a Batalha da Baía da Água Negra. Foi para a Muralha para tentar esmagar os selvagens enquanto toma bons vinhos. Também virou fanático do Senhor da Luz, trepando seguindo conselho de Melisandre. Foi arder nos Sete Infernos graças à guarda-costas traveca de seu irmãozinho Renly.
  • Selyse Baratheon: Esposa bigoduda e orelhuda do Stannis. Baranga, anta sem-graça e fanática do Senhor da Luz, é uma chifruda passiva que não descansou enquanto seu marido não estivesse trepando confiando em Melisandre. Não é comida há anos, uma vez que Stannis só lá foi uma vez para gerar uma filha e acabou desistindo. Acaba se matando porque não consegue viver com o fato de ter mandado sua única filha para a fogueira.
  • Shireen Baratheon: Filha feiosa de Stannis, com orelha grande e metade do rosto destruído pela escamagris. Boatos dizem que a mãe de Shireen fez um pacto capiroto com o Senhor da Luz na esperança de diminuir o bigode e, em troca, sua filha seria feia. No fim, Shireen é feia e Selyse continua com seu bigodão. Seu passatempo favorito é ensinar Davos Seaworth a ler. É desprezada por ambos os pais. Stannis diz que ela é sua filha e herdeira mas passados uns episódios está a queimá-la viva na fogueira em sacrifício ao Senhor da Luz para ganharem a batalha de Winterfell.

Ex-Afiliados[editar]

Jon Snow não sabe mesmo nada.
  • Melisandre: É uma sacerdotisa fanática ao serviço do "Sinhô da Luze", também conhecida como "Mulher Vermelha". Pensa que sabe tudo o que vai acontecer porque tem visões no fogo, mas 99% das vezes interpreta mal o que as chamas dizem: desde logo achar que Stannis é o "salvador da pátria" e que Shireen tem de ser sacrificada para ganhar uma batalha que nunca chegou a acontecer. Usa sua habilidade enquanto parideira de sombras para acabar com os inimigos de Stannis. Sua actividade favorita é mandar queimar pessoas na fogueira. Quando conhece Jon Snow fica obcecada e só pensa em dar sua xereca para ele. Sua única decência foi ressuscitar Jon Snow. Depois é exiliada por Davos como paga por ter assassinado Shireen.
  • Sor Davos Seaworth: Conhecido como "Cavaleiro das Cebolas", é Mão-Sem-Metade-dos-Dedos do Rei Stannis. Tem sete filhos mas dizem que a esposa dele é uma baranga. Tem uma paixão e lealdade absurda por Stannis, mas quando descobre que seu rei anda trepando Melisandre fica cheio de recalque e tenta rasgar a cara da mulher, o que o bota numa prisão. Depois de Stannis virar presunto, torna-se aliado de Jon Snow.
  • Gendry: O filho bastardo de Robert Baratheon. É ferreiro e consegue sobreviver à "purga dos bastardos reais" ordenada por Joffrey. Torna-se um man candy para Arya, que se baba observando seus músculos. Melisandre trepa com ele e tenta matá-lo mas é salvo por Davos. Esteve a remar durante várias temporadas até que regressou para se juntar a Jon Snow.

Casa Targaryen[editar]

Daenerys Targaryen com seu figurino habitual.

É a Casa com a história mais fodástica do seriado inteiro: Aegon o Conquistador e suas irmãs-esposas, Rhaenys e Visenya, conquistaram Westeros e uniram os Sete Reinos com os seus três dragões. Os Targaryen começaram a perder o seu poder quando os dragões morreram. Gente de cabelos platinados e que gosta de vestir preto. Como consequência da prática do incesto para manter a linhagem pura, a maioria de seus membros são papo de doido.

  • Aerys II "O Rei Louco" Targaryen : O último rei Targaryen no Trono de Ferro que foi assassinado à espadada por Jaime Lannister, seu Guarda Real. Velho cacético, psicopata e tresloucado que tinha um grande fascínio por pirotecnia. Quando não gostava de alguém, mandava queimar vivo.
  • Príncipe Rhaegar Targaryen: O herdeiro ao Trono de Ferro, com tendências emo e que gostava mais de tocar sua harpa do que matar gente. Ficou conhecido como "O Último Dragão" e um bando de gente estava apaixonada por ele, incluindo Cersei Lannister. Apesar de parecer meio abiolado, se apaixonou e fugiu com Lyanna Stark, se divorciando de sua esposa, Elia Martell e deserdando seus filhos. Graças a escutar mais seu pinto do que sua cabeça, levou Westeros a uma guerra que conduziu quase a Casa Targaryen à extinção.
  • Rei Viserys Targaryen: O filho do meio do Rei Louco, com a morte de Rhaegar foi coroado o usurpador rei legítimo de Westeros, mas teve de dar o fora para o exílio. Completamente psicótico, dado a xiliques e com uma frustação maior do que o seu pinto, vive surrando na sua irmãzinha, Daenerys, mas também se diverte agarrando os peitos dela. Tem inveja da irmã e de tudo que é dela, começando por Khal Drogo e terminando no decote das dançarinas bárbaras. Afinal, deveria mesmo estar com raiva, porque tudo o que a irmã dele tem foi obra do próprio Viserys, que arranjou o casamento. No fim, Khal Drogo lhe oferece a coroa dourada que lhe prometeu.
Quando a crush gosta de morenos barbudos.
  • Rainha Daenerys Targaryen: Conhecida como "delícia prateada", é a irmãzinha de Viserys. Seu irmão não descansou enquanto não a vendeu para um troglodita em troca de um exército. Aprendeu as artes do sexo com suas criadas, comeu coração de cavalo cru para se tornar um membro honorário da tribo, deu à luz um menino-dragão e chocou três ovos de dragão. Tornou-se a "mãe de dragões", comprou exércitos, libertou cidades e agora quer "trazer a paz" a Westeros através de "fogo e sangue". Passou 90% do tempo nua até botar uma cláusula no contrato em que só faria cenas de nudez absolutamente necessárias. Cada vez que se apresenta todos os seus títulos são recitados: mãe de dragóes, quebradora de correntes, a não-queimada, lambedora geral do Conan, a pomba gira, certificada pelo Ibama para cuidar de lagartixas, (...) - e ficamos por aqui senão deixávamos esta página com demasiado entulho.

Afiliados[editar]

  • Khal Drogo: Marido de Daenerys. Gosta da porta dos fundos e tem sobrancelha de rapper. Ele é muito macho apesar de ter o peito depilado e usar lápis no olho, e mesmo com isso, de longe você vê que ele é másculo, quase sente o cheiro. Quando você olha para ele, cresce barba em você. Como todo homem-que-é-homem, ele é curto e grosso, usa old spice (o desodorante com partículas de cabra macho), fala pouco, quase como se não dominasse sua língua materna.
  • Daario Naharis: O mercenário que se apaixonou por Daenerys, prometendo que o seu pinto coração era dela.
  • Jorah Mormont: Senhor supremo da Friendzone. Vive se babando por Daenerys desde a 1ª Temporada ainda que tenha mais do dobro da idade dela. Teve de a ver pegar Khal Drogo e Daario Naharis... e agora Jon Snow.
  • Verme Cinzento: É o comandante fodão dos Imaculados, mas que foi capado na sua infância. Apesar de não ter pinto, ainda tem uma língua e dez dedos para pegar Missandei.

Casa Tyrell[editar]

Margaery Tyrell: a gostosa de 16 anos que é interpretada por uma atriz de 30.

É a Casa mais gay de Westeros (os seus membros estão tão expostos a flores e perfumes que seus homens são todos aboiolados) e onde a personagem mais fodástica é uma velha de 90 anos.

  • Olenna Tyrell: Conhecida como a "Rainha dos Espinhos" é a diva suprema da série, sendo a única pessoa que samba na cara da Casa Lannister e não recebe o "empacotamento real". Apesar de ser uma velha decrépita, ainda lacra todo o mundo. Mesmo quando está bebendo o veneno que Jaime Lannister lhe dá, Olenna dá o fora em grande estilo, lacrando cersei lannister.
  • Rainha Margaery Tyrell: É a gostosa neta de Olenna e irmã de Loras. Banca a ingênua e a doce, mas é uma manipuladora nata que sabe manobrar as pessoas para conseguir o que quer: ser rainha. Apesar de seu ar inocente, é uma vadia inveterada, tendo sido comida por meio mundo excepto por seu marido boiolas e seu segundo marido psicopata. Acaba casando com Tommen, a quem controla através da sua vagina predadora. Cersei acaba com a raça dela por estar lhe roubando o lugar de Rainha de Westeros.
  • Sor Loras Tyrell: Conhecido como o "Cavaleiro das Flores", sua alcunha já faz adivinhar as suas verdadeiras inclinações. Apesar de todas as garotas morrerem de amores por ele, Loras gosta mesmo é de puxar de empurrão.
  • Mace Tyrell: Lorde supremo de Jardim de Cima, é um gordo inútil e só ali está para ser pai de Margaery e Loras, porque todo o mundo sabe que, na verdade, quem manda lá no sítio é a Olenna.

Casa Greyjoy[editar]

Livro biográfico de Theon Greyjoy brevemente à venda.

A Casa Greyjoy foi em tempos uma Casa temida que aterrorizava Westeros com suas pilhagens e estrupos. Contudo, os reis Targaryen ameaçaram fazer deles churrasco e essas práticas pararam. Na história mais recente reduziram-se a um bando de chorões, revoltas fracassadas e são cagados e xingados pelas outras Casas.

  • Balon Greyjoy: Com um historial de revoltas falhadas, Balon é uma anta e um escroto. Encascou com a ideia de que deveria ser rei (de novo) e voltou a juntar mais uma humilhação às suas outras. Pai de Theon e Yara, era o governador-geral das Ilhas de Ferro até ao seu irmão Euron ter regressado e o ter atirado de uma ponte.
  • Theon Greyjoy: Herdeiro de Balon Greyjoy, foi levado como refém por Ned Stark durante uma das rebeliões falhadas de Balon. Cresceu em Winterfell juntamente com os manos Stark e Jon Snow. Apesar disso, desenvolveu daddy issues e trai os Stark para ganhar a confiança do escroto que tem como pai. À custa disso, vira prisioneiro e brinquedo de tortura do psicopata Ramsay Snow Bolton. Foi preciso Ramsay cortar-lhe a pila para se começar a aperceber das suas escolhas de merda.
  • Yara Greyjoy: A irmã fodona e lésbica de Theon. Com requintes feministas, quer ser a primeira mulher a governar as Ilhas de Ferro. Mas seu título é usurpado por Euron Greyjoy, seu "tio malvado".
  • Euron Greyjoy: Maquiavélico e sedento por poder, Euron quer ser rei de Westeros e, por isso, faz-se aliado de Cersei Lannister. A sua personagem era demasiado fodástica nos livros, pelo que a HBO preferiu transformá-lo num vilão de segunda categoria.

Casa Tully[editar]

Os Tully são uns babacas do género Stark mas sem lobos gigantes, que valorizam a honra, o dever e todas essas coisas que dão sono. Como são metidos a honestos, se fodem a meio do seriado

  • Hoster Tully: Pai de Catelyn e Lysa Tully. Era um escroto filha da puta, que obrigou Lysa a abortar, a vendeu para um velho mas ainda diz valorizar a honra. Morreu lunático, ninguém quis saber.
  • Brynden "Peixe Negro" Tully: O cara mais fodástico que a Casa Tully jamais produziu mas que só dura um punhado de episódios.
  • Edmure Tully: O irmão mais novo de Catelyn e Lysa, mas, ainda assim, o herdeiro a Correrrio. Ninguém sabe se está morto ou vivo pois está a apodrecer numa masmorra dos Frey desde a 3ª Temporada.

Casa Arryn[editar]

Na Reversal Russa, Você faz Robert Aryrn voar!

Os Arryn sempre foram uma Casa orgulhosa... até Jon Arryn ter sido empacotado e a tresloucada Lysa Arryn ter ficado ao encargo.

  • Jon Arryn: O pai adoptivo de Ned e Robert Barantheon. Era mais velho do que o Capeta, mas, mesmo assim, Hoster Tully casou sua filha Lysa com ele. Descobriu o segredo dos Lannister mas acabou por ser assassinado por Lysa a pedido do Mindinho para iniciar as lutas entre os Stark e os Lannister.
  • Lysa Arryn: Irmã louca de Catelyn Stark. Senhora do Ninho da Águia, é uma psicótica tresloucada que vive obcecada por Mindinho desde a sua adolescência. Mina o seu filho birrento e amamenta o garoto apesar desde já ter 8 anos de idade. Só para não aturar os berros dela enquanto transavam, Mindinho a atirou da Porta da Lua.
  • Robert Arryn: O filho retardado de Jon e Lysa Arryn e herdeiro do Ninho da Águia. Birrento e com xiliques psicopatas, sua grande diversão é mandar seus prisioneiros "voar" através da Porta da Lua.

Afiliados[editar]

Casa Martell[editar]

A única cena das "Serpentes da Areia" que vale a pena assistir.

Os membros dessa Casa são conhecidos por terem duas sedes: por vingança e por sexo.

  • Princesa Elia Martell: Primeira esposa do príncipe Rhaegar Targaryen, com quem tinha um casamento sem graça. Conhecida por ser boazinha, adorar crianças e ser uma doente crónica que quase morreu nos seus dois partos. Acabou brutalmente assassinada e estrupada por Gregor "Montanha" Clegane a mando de Tywin Lannister.
  • Príncipe Doran Martell: É o Príncipe de Dorne, pai de Trystane e irmão mais velho de Oberyn e da falecida Elia. Está preso a uma cadeira de rodas e, ao contrário de seu irmão e amante, não quer vingança nem guerra com os Lannisters. Por isso, é assassinado à facada por Ellaria Sand.
  • Príncipe Oberyn Martell: O vingador da série! Come tudo o que anda, é bissexual assumido e viciado em sexo. Tem 8 filhas, que são conhecidas pelas "Serpentes da Areia". Regressa a Porto Real para acabar com a raça do Montanha pelo o que fez à sua irmã, mas acaba sendo morto por não usar a porra de um capacete.
  • Príncipe Trystane Martell: Herdeiro a Lançassolar, só está ali durante um punhado de episódios para comer Myrcella. Acaba sendo morto por Obara Sand como ato de vingança gratuita.

Afiliados[editar]

  • Ellaria Sand: Amante de Oberyn Martell e mãe de várias das suas filhas. Entra numa espiral de vingança após a morte deste, assassinando todo o mundo. Acaba presa numa masmorra até morrer por Cersei Lannister como paga por lhe ter morto a filha, Myrcella.
  • Tyene "Bad Pussy" Sand: Enche-saco 1 (seus seios gostosos são sua única redenção)
  • Obara Sand: Enche-saco 2
  • Nymeria Sand: Enche-saco 3

Outras filiações[editar]

  • Petyr "Mindinho" Baelish: Um dos conselheiros do rei, sendo o Mestre da Moeda no Pequeno Conselho. Em paralelo geria "casas de prazer" de luxo, que forneciam todos os sexos possíveis e imagináveis. Na recepção do seu bordel era comum encontrar duas putas fingindo fazer tendo sexo para entretenimento do espectador. É obcecado por Catelyn Stark desde a sua adolescência e, por isso, deixou que seu marido recebesse o pior corte de cabelo da história. Depois de trair todo o mundo, seu fim veio às mãos de Sansa, Arya e Bran Stark.
  • Lorde Varys: Também pertencia ao Pequeno Conselho, como "Mestre dos Segredos". O personagem mais sem saco da trama (literalmente, visto ser eunuco). Um dos poucos personagens que sabe que não é preciso ter uma privada para se jogar o Jogo dos Tronos. Adora passarinhos e o seu jogo não é sabido.
  • Sandor "Cão de Caça" Clegane: Começa o seriado como o "cão" de Joffrey, mas na segunda temporada manda o rei se ir fuder e tomar no cu, enquanto se torna numa das personagens favoritas de quem assiste isso.

Temporadas[editar]

Resumo dessa porra.

1ª Temporada (2011)[editar]

Uma das melhores cenas da 1ª temporada.

Com a primeira temporada arrancam três histórias em simultâneo:

Nos Sete Reinos: Eddard Stark mora sua vida tranqüila e gelada em Winterfell (mistura de winter com hell) junto com sua mulher e cinco filhos, quando é convidado por livre e espontânea pressão para ser conselheiro do Rei Robert, o porcalhão que governa os Sete Reinos. Antes de partirem um dos filhos de Eddard é empurrado da janela e fica paraplégico por flagrar a rainha transando com seu irmão gêmeo. Futuramente isso vai causar a decapitação de Boromir Eddard. É a lei dos Sete Reinos... Antes disso ocorrer, a esposa de Eddard captura o duende Lannister, personagem mais popular de Game of Thrones e maquinador de todas as guerras da série, e o leva para ser executado pela lady louca no Ninho (o que não acontece, e o duende volta para mais traquinagens). Ao mesmo tempo, Sansa Stark, a filha bobinha de Eddard, prepara os espartilhos e maquiagem para casar-se e parir os filhos do filho-problema de 15 anos da rainha dos Sete Reinos.

Muito noob pensou que Ned ia acabar como rei.

Na Muralha: Jon Snow, o filho-fora-do-casamento de Eddard Stark, decide deixar a família para se tornar um power ranger patrulheiro na Muralha, um exílio onde mulher não entra. Quem vai pra Muralha também não pode nunca mais sair nem olhar para as regiões abaixo do pescoço de uma mulher, sob pena de decapitação. Só que ele não vira patrulheiro, ele vira camareiro e não está gostando nada disso.

No Leste: Viserys Targaryen, descentente honorável do último rei dos Sete Reinos, decide honoravelmente vender Delícia Prateada Daenerys, sua irmã de 13 anos, para um bárbaro dothraki de 2 metros de altura em troca de um exército bárbaro para invadir os Sete Reinos e ficar com o desconfortável trono de ferro. Só que a delícia e o bárbaro se apaixonam (o único amor de verdade na série) e vão ter um filhinho e viverão juntos para sempre. Fim? Game of Thrones não é bem uma história sobre finais felizes... (Drogo é levemente ferido em uma luta, Daenerys pede para uma bruxa que ela "salvou" para cuidar do ferimento, mas ferimento infecciona e Drogo fica a beira da morte, a bruxa por ordem de Daenerys faz uma magia para salvar Drogo que acaba deixando ele em estado vegetativo e mata o bebê de Daenerys, a mesma sem escolha mata o marido e decide cremar o corpo junto com a bruxa responsável pela sua morte, e os ovos de dragões. Daenerys tenta se matar entrando no fogo, amanhece e no meio das cinzas ela está viva e com 3 dragões cobrindo o corpo pois os ovos se chocaram, as chamas não a mataram, ela era um dragão o tempo todo, apos isso éla aceita um convite para a play boy e acaba causando paz nos sete reinos!)

2ª Temporada (2012)[editar]

O fedelho filho da puta mais odiado dessa série.

Nos Sete Reinos: Tyrion é nomeado Mão do Rei por seu pai, apesar deste o odiar, e leva sua amante ex-prostituta Shae para Porto Real. Depois de Ned ser executado devido à sua própria estupidez, Robb declara guerra ao Trono de Ferro e aos Lannisters, deixando seu irmão paraplégico de 8 anos encarregue de proteger Winterfell. Claro que isso dá merda e logo são traídos por Theon Greyjoy que, para agradar ao pai asqueroso que o odeia e depois de quase pegar sua própria irmã Yara, conquista Winterfell. Bran e Rickon fogem com a ajuda de Hodor e a selvagem Osha, partindo em direção da Muralha. Stannis the Mannis, um general grosso que nao sabe sorrir, também declara guerra ao Trono de Ferro e revela que Joffrey é o bastardo incestouso de Cersei e Jaime. Aliado a ele se encontra a gostosa feiticeira vermelha Melisandre que tem fetiche de queimar gente na fogueira. Joffrey, o fedelho psicopata com xiliques de histeria, manda matar os bastardos de seu pai (do meio dos quais se salva Gendry) e passa seu tempo torturando Sonsa, prostitutas e animaizinhos indefesos. Entretanto, também Renly Baratheon (que honra sua casa por ser literalmente viado) também se declara rei, com o apoio da ambiciosa Casa Tyrell. Arya, a única Stark inteligente, se salva por fingir ser um garoto, conhecendo Gendry e Torta Quente, vai pra Muralha com um patrulheiro que promete a deixar em Winterfell mas acabam capturados pelos Lannisters em Harrenhal, até se tornar copeiro de Tywin Lannister (que não sabe sua verdadeira identidade). Aí Arya conhece um assassino misterioso chamado Jaqen H'ghar, que lhe promete três mortes por salvar sua vida: ela logo revela sua estupidez Stark e mata três soldados aleatórios em vez de mandar matar Tywin e terminar a guerra, salvando sua mãe e irmão. Catelyn tenta trazer os irmãos Baratheon para a causa de Robb mas os dois a mandam ir tomar no cu. Stannis e Melisandre fazem magia para matar Renly, com a feiticeira a parir uma sombra bizarra. A machona Brienne declara vingança e vai com Catelyn, que a manda regressar a Porto Real com o prisioneiro Jaime Lannister para trocar por Arya e Sonsa. Myrcella é mandada para Dorne por Tyrion e Cersei declara vingança. A frota de Stannis chega a Porto Real para invadir mas é humilhada por Tyrion e seu Fogo Vivo. Os vira-casacas Tyrell se aliam aos Lannisters e ganham a batalha, querendo casar a gostosa Margaery com o psicopata Joffrey.

"Game of Thrones" era conhecida pelas suas frases icónicas.

Na Muralha: Os patrulheiros chegam à favela de Craster, um velhaco nojento que estrupa suas próprias filhas e dá os filhos de oferenda pros Caminheiros Brancos. Sam, o amigo gordo de Jão das Neves (porque isso é um plágio do "Senhor dos Anéis" mesmo) logo quer transar com uma das filhas de Craster, Gilly, que está grávida. Entretanto, Jão captura Ygritte, uma selvagem ruiva fogosa que só faz cu doce e que marca a série com a conhecidíssima frase "Sabe de nada, inocente". Mas como é burro acaba caíndo numa armadilha e sendo feito prisioneiro pelos selvagens. No Punho dos Primeiros Homens, os patrulheiros veêm o exército dos Caminheiros Brancos pela primeira vez e Sam mija-se de medo.

No Leste: Daenerys, seus dragões e fileira de (quase nenhuns) aliados (incluíndo seu "amigo" Jorah) andam pelo Deserto Vermelho morrendo, procurando ajuda e comida. Entretando chegam a Qarth, uma cidade de luxo mas com uma política de emigração de ferro, que não a deixam entrar. No entanto, seus dragões chamam a atenção de Daxos, um dos líderes da cidade, que lhe permite a entrada porque a quer pegar. Conforme estava visto, os dragões desaparecem e a delícia prateada descobre que foi Daxos e sua criada Doreah. Ela se aventura na Casa dos Mortos onde tem visões que não vão servir para nada. Recupera os dragões, fica com o ouro e parte para Astapor.

3ª Temporada (2013)[editar]

Fãs da Casa Stark depois de ver o episódio do "Casamento Vermelho".

Nos Sete Reinos: Margaery faz caridade em Porto Real para ficar bem vista e junto com a sua avó foda, Olenna, começam a estudar maneiras de manipular o fedelho psicopata Joffrey. Petyr "Mindinho" Baelish quer pegar Sonsa e propõe ajudá-la a escapar mas a anta recusa porque Margaery promete que ela vai casar com seu irmão viado Loras, mas acaba casando com Tyrion por ordem de Tywin. Bran conhece Jojen e Meera Reed que falam do "Corvo dos 3 Olhos", que vive além da Muralha e que ele tem de conhecer por causa de suas visões. Meera e Osha envolvem-se em luta de gatas por dominância. Bran decide ir pra além da Muralha com Jojen, Meera e Hodor, enquanto Rickon e Osha vão para a Última Lareira da Casa Umber. Davos é aprisionado por Stannis após tentar matar Melisandre mas logo é solto. Brienne e Jaime continuam viajando pelas Terras Fluviais e claro que isto tudo dá merda e Jaime acaba perdendo sua mão porque os Boltons não estão para aturar suas arrogâncias e é retornado a Porto Real. Robb Stark faz cagada atrás de cagada enquanto rei do Norte: casa com um gostosa aleatória chamada Talisa (traindo a aliança que fez com a Casa Frey), ignora os conselhos da sua mãe, caga na guerra e vai ao funeral do avó louco e executa o patriarca Karstark (perdendo o apoio da Casa). Arya, Torta Quente e Gendry são capturados pela Irmadade sem Banners, liderada por Beric Dondarrion, que já foi ressuscitado não-sei-quantas-vezes pelo sacerdote cachaceiro Thoros de Myr. Beric se envolve num duelo com o Cão de Caça e acaba morto mas é ressucitado outra vez. Entretanto, o Cão de Caça rapta Arya e quer a devolver ao irmão nas Gémeas. Gendry é comprado pela bruxa gostosa Melisandre que o leva para Pedra do Dragão pra transar e fazer um bizarro ritual de sangue que envolve sanguessugas e promete a morte dos usurpadores Robb, Balon e Joffrey. Davos liberta Gendry antes que Melisandre acabe o serviço e este fica remando durante quatro temporadas. Theon é raptado e torturado por estranhos, perdendo Winterfell: mais tarde seu torturador é revelado ser Ramsay Snow, bastardo do patriarca Bolton, que tem fetiche por cortar picas, mas não é feminazi porque tortura e mata mulher também. O burro eterno Robb faz outro acordo com Walder Frey, tentando conquistar sua aliança mesmo depois de o ter traído: o seu tio Edmure casará com uma das suas mil filhas chamada Roslin, que afinal é gostosa. Durante o casamento, Walder Frey, em aliança com as Casas Bolton e Lannister, massacra a Casa Stark, matando Robb, sua esposa gostosa e sua mãe, Catelyn: tudo isso porque Talisa queria homenagear Ned Stark com o filho e todo o mundo sabe que todas as personagens de Sean Bean morrem. O Cão de Caça e Arya chegam nas Gémeas e veêm o massacre, fazendo Arya virar assassina e morrer por dentro. Stannis é o único cara que leva a sério a ameaça dos Caminheiros Brancos e parte para o Norte para ajudar a Patrulha da Noite.

As Casas Frey e Bolton organizam casamentos que são de morrer.

Na Muralha: A Patrulha da Noite avisa os Sete Reinos da ameaça dos Caminheiros Brancos mas ninguém dá a mínima para o Apocalipse porque o Trono de Ferro é mais importante. Jão das Neves conhece Mance Rayder, o "Rei-para-lá-da-muralha", que exige sua lealdade contra a Patrulha da Noite. Entrentanto transa com Ygritte e a "beija lá em baixo" apesar da guria não tomar banho faz séculos. Os patrulheiros regressam à favela de Craster e Gilly tem um menino que será carne pra Caminheiro, mas Sam se arma em herói e os salva, levando-a para Castelo Negro. A caminho, se cruzam com um Caminheiro Branco e Sam descobre que vidro de dragão (uma espécie de vidro mesmo) mata os Caminheiros (isso só terá relevo na 7ª temporada). Alguns patrulheiros se revoltam e matam Craster e Jeor Mormont, se apoderando do sítio. Rayder ordena Jão e alguns selvagens escalar a Muralha e invadir Castelo Negro, mas Jão traí os selvagens e Ygritte tem xiliques por ter sido abandonada no altar (ou achava ela).

No Leste: A delícia prateada Daenerys chega a Astapor onde engana um esclavagista (que vira churrasco) e liberta um exército de soldados escravos chamados "Imaculados", que escolhem se aliar a ela em libertar a "Baía dos Escravos" da escravatura. A ela se alia, também, o guerreiro Barristan Selmy (que é velho mas ainda é foda), Verme Cinzento e Missandei. Entretanto, Daenerys descobre que a cidade de Yunkai contratou os "Segundos Filhos", uma trupe de mercenários para acabar com a sua raça, mas um dos generais, Daario Naharis, ganha tesão por ela e mata os outros dois líderes, conquistando a equipe pra o lado dela.

4ª Temporada (2014)[editar]

Finalmente, um bom acontecimento nessa porra!

Nos Sete Reinos: O patriarca Lannister derrete o espadalhão ancestral da Casa Stark, "Gelo", e a transforma em duas espadas: uma que dá de presente pra Jaime e outra pro fedelho filho da puta Joffrey. Pode chorar à vontade porque "Gelo" nunca vai voltar a existir. O príncipe Oberyn Martell, fodelhão veterano, chega em Porto Real pra o casamento real de Joffrey com Margaery, mas na verdade está ali pra acabar com a raça do Montanha, que assassinou e estrupou sua irmã, Elia Martell, a mando de Tywin, quando o Rei Louco foi morto durante a Rebelião do rei gordo. O patriarca Bolton, agora Guardião do Norte, critica seu bastardo Ramsay por ter torturado Theon Greyjoy, mas este logo mostra o resultado de sua experiência. Mais tarde é legitimado Bolton pelo papá. Em Pedra do Dragão, Melisandre bota mais gente pra fogueira antes de partir para o Norte. Tyrion envia a enche-saco Shae pra Pentos para a proteger. Jaime treina com Bronn para usar sua mão esquerda em combate de espada mas isso é apenas pretexto pra piadas sexuais. Se realiza o casamento real de Joffrey com Margaery e o fedelho acaba morrendo envenenado, para deleite dos fãs. Contudo, Cersei bota as culpas em Tyrion, que acaba preso. Em seu julgamento, Tyrion quer um julgamento por combate porque sabe que está tudo viciado. Oberyn Martell vai ser seu campeão mas se ferra porque não usou capacete e Tyrion é condenado à morte, mas Varys o salva e partem pra Essos, mas antes Tyrion mata Tywin na privada. Jaime pede a Brienne pra proteger Sonsa e Arya e devolvê-las a Winterfell. Sonsa é salva por Mindinho e enviada pra Ninho de Águia, onde conhece sua tia louca, Lysa, que casa com Mindinho que cedo se torna viúvo após matar Lysa. Sonsa, contudo, ajuda Mindinho e proclama sua inocência. Arya e o Cão de Caça continuam viajando pelas Terras Fluviais, numa dupla engraçada. O caçula Tommen, futuro rei, começa a ser manipulado por Tywin e Margaery. Brienne encontra Arya com o Cão de Caça mas esta se recusa a ir com ela, partindo pra Braavos. O Montanha está morrendo por causa da lança envenenada de Oberyn, mas Qyburn o transforma no Frankenstein.

Oberyn Martell: herói lendário e especialista em venenos. Morre por não ter usado um capacete.

Na Muralha: Os selvagens se preparam pra atacar Castelo Negro e Ygritte está obcecada em acabar com a raça de Jão das Neves depois de este a ter deixado. Na Patrulha da Noite, Jão dá informações sobre os selvagens pra seus colegas, que logo o chamam de traidor. O gordo Sam teme pela segurança de Gilly em Castelo Negro e a bota pra trabalhar de cozinheira num bordel. WTF. Entretanto, recebem notícia dos patrulheiros rebeldes na favela de Craster e Jão vai lá acabar com a raça deles. Bran vê Jão mas escolhe continuar pra Norte. É revelado o esconderijo secreto dos Caminheiros Brancos mas não pense demais nisso porque não vai ter qualquer relevo no enredo. Os selvagens invadem Castelo Negro mas acabam derrotados. Ygritte vira presunto e Jão chora. Entretanto chega Stannis, que aprisiona Mance Rayder.

No Leste: A delícia prateada encasca que quer conquistar e libertar Meereen, a última das três grandes cidades escravas, contudo seus dragões estão precisando de ser domados. Consegue e crucifica 163 esclavagistas por terem feito o mesmo a crianças escravas. As outras duas cidades de Yunkai e Astapor voltaram à escravatura e a delícia prateada decide ficar em Essos e botar ordem no sítio antes de ir pra Westeros. Daenerys descobre que Jorah estava a espiando e manda-o pra o exílio como punição pela sua traição. Drogon está ficando incontrolável e Daenerys prende Rhaegal e Viserion nas masmorras da fortaleza pra castigo mesmo que não tenham nada a ver com as bostas do irmão.

5ª Temporada (2015)[editar]

Morre um filho da puta e logo aparece outro pra tomar seu lugar.

Nos Sete Reinos: Cersei lembra de uma profecia que uma bruxa lhe deu na infância: será rainha até chegar outra mais jovem e mais bonita que lhe roubará o trono, mas não pense demais nisso porque não interessa. Ocorre o funeral de Tywin e é revelada a existência dos Pardais, uma seita religiosa enche-saco e que irá encher o saco até à próxima temporada. Mindinho viaja com Sonsa até ao Norte onde a casa com Ramsay Bolton, que logo a estrupa na noite de casamento e vive infernizando a sua vida e nem Theon a ajuda a escapar (ninguém mandou recusar a ajuda de Brienne). Margaery e Tommen casam e esta tenta manipular o guri contra Cersei, que por sua vez decide encontrar com o Alto Pardal, um clone do Papa Francisco e começa dando-lhe mais poder até convencer este a aprisionar Loras por viadagem e Margaery por tentar proteger o irmão. Jaime e Bronn chegam em Dorne pra recuperar a princesa Myrcella, que anda beijando o príncipe Trystane pelos cantos do castelo. Conhecem as irritantes "Serpentes da Areia" que, juntamente com a mãe Ellaria, querem vingar a morte de Oberyn. Entretanto, Doran aceita devolver Myrcella a Porto Real mas Trystane tem de ir junto, já que estão de casamento marcado. Ellaria envenena Myrcella e as Serpentes da Areia matam Trystane, fazendo Cersei declarar vingança. Os planos de Cersei com os Pardais dão merda quando ela própria é presa e fica à beira da loucura. Cersei é obrigada a caminhar nua pelas ruas de Porto Real como expiação e leva com merda na cara por parte da população (que a odeia).

Não se explica o inexplicável.
A qualidade da estória começa indo pelo cano abaixo a partir da 5º Temporada.

Na Muralha: Stannis quer o apoio dos selvagens pra conquistar Winterfell mas Mance se recusa e acaba na fogueira. Também quer legitimar Jão como um Stark mas a anta recusa porque diz que seu lugar é na Patrulha da Noite, congelando os tomates. Nem a sedução de Melisandre funciona nele. Entretanto, Jão é eleito Lorde Comandante, que logo propõe uma aliança com os selvagens pra proteger todo o mundo dos Caminheiros Brancos. Jão viaja com Tormund até Durolar pra negociar mas logo são atacados pelos Caminheiros Brancos e pelo Rei da Noite, o seu líder. Melisandra manda a filha de Stannis pra fogueira pra derrotar os Boltons mas isso só dá merda, resultando no suicídio da esposa e o desertar das tropas. Stannis the Mannis é executado por Brienne como vingança pela morte do viadão Renly na 2ª temporada. Jão manda Sam e Gilly pra Sul para o gordo ir estudar pra se tornar um meister e descobrir mais sobre como derrotar os Caminheiros Brancos. Jão regressa para Castelo Negro com os selvagens sobreviventes e logo é esfaqueado por Thorne, o guri Olly e outros como traitor, sendo deixado pra morrer.

No Leste: Varys convence Tyrion a ir até Meeren e conhecer a delícia prateada e apoiar a sua pretensão ao Trono de Ferro. Entretando surgem os "Filhos da Harpia", seita a favor da escravatura e contra Daenerys que irá encher o saco até à temporada seguinte. Arya chega em Braavos e na "Casa de Preto e Branco" dos misteriosos e psicopatas assassinos chamados "Homens sem Rosto", que roubam literalmente a cara de pessoas e funcionam como hitmen. Contudo, Arya mata o pedófilo Meryn Trant como vingança pessoal e os Homens sem Rosto fazem-na cega como punição por sua estupidez. Entretanto, Jorah rapta Tyrion e vivem muita porra até serem capturados por esclavagistas e Jorah pegar escamagris. A delícia prateada decide reabrir os campos de combate pra agradar à população de Meereen mesmo sendo conta. Entretanto Verme Cinzento é ferido e Barristan Selmy vira presunto. Jorah reencontra Daenerys e oferece Tyrion pra ela. A delícia prateada fica com o anão mas manda exilar Jorah de novo, que aparece em Meereen de novo e acaba salvando a delícia prateada durante outro ataque dos Filhos da Harpia. Quando está tudo indo pelo cano abaixo, aparece Drogon que transporta Daenerys dali pra fora, deixando os outros sozinhos. O dragão quer dormir mas Daenerys quer regressar a casa, mas entretanto aparecem os Dothraki. Varys chega em Meereen e governa a cidade com Tyrion, Missandei e Verme Cinzento, enquanto Jorah e Daario partem procurando pela fonte das suas tesões.

6ª Temporada (2016)[editar]

É uma cilada, Bino!

Nos Sete Reinos: Theon e Sonsa conseguem escapar de Winterfell e matam Myranda, que vai servir de comida de cão. Ramsay manda seus homens perseguir Sonsa e Theon, que são salvos por Brienne, que os leva até Castelo Negro. Entretanto, Cersei faz funeral pra Myrcella e declara vingança em todo o mundo. Em Dorne, Doran é assassinado por Ellaria Sand, que toma o controlo do sítio juntamente com suas filhas histéricas. O gordo Sam visita sua casa com Gilly e são insultados pelo seu pai asqueroso, que o odeia e deseja sua morte. Sam parte para a Cidadela mas antes rouba a espada ancestral da sua casa que não vai servir pra porra nenhuma. Cersei continua sendo renegada pelo Conselho Real e planeia sua vingança. Em Winterfell, Lorde Umber entrega Rickon Stark e Osha pra Ramsay, que logo mata a selvagem e faz Rickon prisioneiro, escrevendo carta pra Jão. Mindinho vai buscar os Cavaleiros do Vale pra ajudar Sansa a recuperar Winterfell. Theon chega a Pyke e apoia sua irmã Yara para governar as Ilhas de Ferro mas entretanto chega Euron, mais um vilão genérico, que mata seu irmão Balon e rouba a coroa da sobrinha. Mindinho encontra Sonsa e jura sua lealdade mas Sonsa já não é tão sonsa e não acredita nele depois da sua traição, mas o mantém por perto porque se está transformando em Cersei. Sonsa manda Brienne numa missão fracassada de pedir o apoio de Brynden "Peixe Negro" Tully, que está ocupado conquistando Correrio dos Freys. Os Lannisters e os Tyrell tentam salvar Margaery de caminhar nua das ruas mas ela é mais esperta e já manipulou Tommen a fazer uma aliança com a Fé. Sonsa e Jão não têm homens suficientes pra reconquistar Winterfell e então Sonsa trai a confiança de Jão e escreve a Mindinho por ajuda. Vão tentar reconquistar o castelo na mesma e Ramsay mata Rickon. Jão se passa e ataca, a batalha mais fodástica da série inteira, "Batalha dos Bastardos", começa. Jão e seus homens quase morrem quando chegam os Cavaleiros do Vale num plágio descarado do "Senhor dos Anéis" com os Cavaleiros de Rohan. Os Stark ganham a batalha e Ramsay é comido pelos seus cães, a mando de Sansa. Entretanto, Theon e Yara se aliam a Daenerys, assim como a Casa Tyrell e os Martell. Cersei faz separação do Estado e da Igreja e explode o Septo de Baelor com Fogo Vivo, impedindo o seu julgamento e matando o Alto Pardal, Margaery, Loras, o gordo velho Tyrell e mais uma carrada de personagens. Depois de perder sua tesão, Tommen se suicida, dando um novo significado ao nome "King's Landing". O Cão de Caça, que afinal sobreviveu porque é um favorito dos fãs, se junta à Irmandade sem Banners e partem pra Norte. Arya chega às Gémeas e mata Walder Frey, mas antes faz-o comer uma tarte feita com a carne de seus filhos. Cersei auto se coroa rainha dos Sete Reinos e ninguém está feliz com isso. Melisandre é banida de Winterfell por ter feito churrasco de Shireen.

Encontre alguém que olhe pra você do mesmo modo que Cersei olha seus inimigos morrendo.
We could have had it all...

Na Muralha: Jão das Neves é encontrado morto por Davos, que logo o traz pra dentro do castelo com Edd, Fantasma e outros aliados que tentam convencer Melisandre a ressuscitar o cara, mas ela está em tamanha crise existencial que até retira seu colar de juventude eterna, revelando ser Dercy Gonçalves. Throne assume o comando da Patrulha da Noite e confessa ter morto Jão por traição de andar transando com selvagens. Bran chega à caverna do Corvo dos Três Olhos e aprende a ver o passado: no fundo isso só serve pra confirmar Jão das Neves como filho de Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen. Melisandre consegue ressuscitar Jão e logo chega Sonsa com Brienne, que tenta convencer o meio-irmão a reconquistar Winterfell, mas Jão está em crise existencial (outra vez) após a execução de Throne, Olly e outros cujo nome ninguém lembra. Após receber a carta de Ramsay sobre Rickon, Jão decide reconquistar Winterfell e convence os selvagens a aliar-se a ele. Juntamente com Sansa, vão de casa em casa do Norte tipo mendigos pra conseguir ajuda. O Rei da Noite encontra a caverna do Corvo dos 3 Olhos por burrice de Bran e chega arrasando o sítio, matando o antigo Corvo de 3 Olhos, o lobo gigante Verão, uma data de Crianças da Florestas e até Hodor (que ficou louco por culpa de Bran), enquanto Meera e Bran escapam e são salvos pelo ex-machina Benjen Stark, que agora é meio-Caminheiro Branco.

No Leste: A delícia prateada é levada pelos Dothraki até um Khal Drogo genérico chamado Khal Moro, que logo a manda pra Vaes Dothrak onde devia ter ido quando se tornou viúva e onde vai receber julgamento. Arya continua a ser carne pra canhão dos Homens sem Rosto. Recebe uma segunda oportunidade de matar uma inocente actriz cachacheira chamada Lady Crane, que logo recusa e os Homens sem Rosto mandam uma assassina pra a matar. Arya acaba matando sua assassina e decide regressar a Westeros. Entretanto, Varys descobre que Yunkai e Astapor estão financiando os Filhos da Harpia e tenta fazer alianças fracassadas. Daenerys encontra Jorah e Daario e decide queimar todos os Khals dentro de uma barraca e se tornar a líder dos Dothraki, provando-se a mais forte. A delícia prateada descobre que Jorah tem sífilis escamagris e diz pra ele encontrar uma cura e depois regressar pra ela. Daenerys dá chute na bunda de Daario Naharis e parte pra Westeros, com o apoio das Casas Greyjoy, Tyrell e Martell.

7ª Temporada (2017)[editar]

Daenerys passa a temporada inteira a exigir a Jão pra a reconhecer como rainha mas vai ajudá-lo no fim só porque tem tesão por ele.

Nos Sete Reinos: Nas Gémeas, Arya massacra a Casa Frey e sai sorrindo. Tem ideia de seguir pra Sul pra matar Cersei até que reencontra Torta Quente que lhe diz que os Starks recuperaram Winterfell e decide voltar a casa. Entrentanto, Jão tem uma explosão de correio com cartas de Cersei, Daenerys e Sam (que está na Cidadela limpando merda) e decide viajar pra Pedra do Dragão para conhecer Daenerys e fazer aliança com ela porque a ilha tem muito vidro de dragão. Sonsa não concorda até Jão a deixar encarregue do sítio. Daenerys chega a Pedra do Dragão e se emociona. O Cão de Caça começa a ter visões no fogo e se converte à religião, acreditando na ameaça dos Caminheiros Brancos. Cersei faz aliança com Euron Greyjoy (que parece uma personagem bosta saída de um filme qualquer do Tim Burton) que envolve casamento e transa. Com uma estratégia de merda por parte de Tyrion, Daenerys concorda em atacar Rochedo Casterly com os Imaculados (que dá merda) e mandar os Martell e Greyjoy pra Dorne (o que também dá bosta), ao invés de atacar Porto Real e conquistar logo a Fortaleza Vermelha. Melisandre chega e fala de uma profecia que envolve Daenerys e Jão das Neves, chamado "O príncipe que foi prometido": não ligue porque isso não vai dar em nada. Cersei reúne os lordes dos poucos reinos que tem para se aliarem a ela contra Daenerys. Jão conhece Daenerys e rola um clima até que ela exige sua aliança contra Cersei e Jão quer sua aliança contra os Caminheiros Brancos por causa de seus dragões. Daenerys não acredita na ameaça e Jão faz de tudo pra a convencer (até desenhos nas cavernas). Qyburn desenha armas pra matar os dragões. Entretanto, Ellaria, Yara e as Serpentes da Areia são capturadas por Euron, que as leva até Cersei, que logo aprisiona Ellaria e a Serpente enche saco 1 por terem morto Myrcella. Theon em vez de salvar sua irmã salta do barco e vai pedir ajuda a Daenerys. Entretanto, Sam miraculosamente cura Jorah, que regressa pra Daenerys e logo fica com ciúmes de Jão. Jaime conquista Jardim de Cima e envenena Olenna, que confessa ter morto Joffrey. Arya regressa a Winterfell e logo entra em tensão com Sansa numa rivalidade estúpida que se alarga o resto da temporada e resulta na morte de Mindinho por traição. Cersei promete ao Banco de Ferro o pagamento da dívida e encomenda os serviços da Companhia Dourada. Daenerys decide se vingar da armadilha Lannister em Rochedo Casterly e a morte de Olenna, pega em Drogon e batalha contra Jaime, Bronn e os Tarly com os Dothraki, vencendo a batalha e executando o pai asqueroso de Sam e seu irmão bobo por traição. Noutra estratégia sem sentido, Tyrion diz pra Jão ir Além da Muralha buscar um Caminheiro Branco pra convencer Cersei da ameaça, o que a anta faz, juntamente com Jorah.

É, você não está enganando ninguém, Jão das Neves.

Entretanto, Davos foi a Porto Real buscar Gendry, que logo aceita ir com Jão. Farto de limpar merda, Sam vai embora da Cidadela, a caminho de Winterfell, onde logo encontra Bran e falam sobre a verdadeira identidade de Jão das Neves: seu nome é Aegon Targaryen porque a criatividade é pouca. Em Porto Real, Jão, Daenerys e compania apresentam o Caminheiro Branco pra Cersei e aceita ajudã-los na grande batalha mas depois revela pra Jaime que os traiu ao contratar a Companhia Dourada. A caminho de Winterfell, Jão resolve ir transar com Daenerys por alguma razão, enquanto é revelado que ela é, na verdade, sua tia.

Na Muralha: O Rei da Noite e os Caminheiros Brancos têm muita pressa em invadir os Sete Reinos que esperam não sei quantas temporadas para o fazer. Quando Jão e Jorah chegam na muralha, encontram Tormund, que se a Irmandade sem Banners e o Cão de Caça prisioneiros. Juntos vão pra além da Muralha pra capturar um Caminheiro Branco e claro que isso dá merda e se não fosse por Daenerys tinham morridos todos. Viserion é abatido pelo Rei da Noite com um lançamento de seta incrível. Jão quase morre mas Benjen ex-machina aparece de novo, se sacrificando. Emocionado por Daenerys ter vindo ao resgate, Jão jura sua lealdade a ela, reconhecendo-a como rainha. Depois de ser estabelecido que os Caminheiros Brancos têm receio de água, por alguma razão, alguns foram ao fundo do lago gelado botar correntes no dragão morto para o trazer à superfície e ser ressuscitado pelo Rei da Noite, que o usa pra mandar abaixo a Muralha e invadir os Sete Reinos.

8ª Temporada (2019)[editar]

Cquote1.png Você quis dizer: Bosta autêntica Cquote2.png
Google sobre Game of Thrones

Reação dos fãs a esse final de merda.

Na última temporada, os roteiristas resolveram dizer foda-se e trollar os fãs com o final mais sem sentido e estúpido de todos os tempos, que apaga tudo o que vinha sendo preparado nas temporadas passadas: as profecias, mistérios, personagens, etc. Desde o início da série que se vinha escutando que o "Inverno está chegando" e que iria ser o pior de sempre, a maior ameaça, o Apocalipse, e esse Inverno é derrotado numa noite e numa única batalha de bosta, com uma estratégia de merda que só serviu para dizimar os exércitos da delícia prateada (supostamente os Dothraki morrem todos no terceiro episódio mas no último regressam à vida, aparentemente), onde não se vê porra nenhuma a não ser que tenha o ecrã no brilho máximo. A profecia do "princípe que foi prometido" é deitada pela janela fora e Arya Stark é quem mata o Rei da Noite mesmo que o enredo dela não tenha nada a ver com os Caminheiros Brancos e justificam isso com uma frase aleatória dita uma vez.

Batalha de Winterfell: a bosta mais anticlimática de sempre.

Os Stark são os novos Lannisters, a passar por cima de tudo e de todos e traindo todo o mundo só para sair por cima e a cuspir em tudo o que Ned defendia. O Norte agora é um lugar cheio de racistas e xenófobos que só não gostam dos exércitos da delícia prateada e da dita cuja porque são estrangeiros e pessoas de cor. Jão das Neves, agora revelado como Aegon Targaryen e herdeiro ao Trono de Ferro não faz porra nenhuma a temporada inteira, limitando-se a dizer bostas como "minha rainha" e semelhantes: não interessa que seja o herdeiro, não interessa que seja o "príncipe que foi prometido", nada interessa no seu enredo e vai congelar os tomates para a Muralha de novo. Arya sofre amnésia e se esquece que seu irmão favorito é Jão das Neves e se alia com Sansa (a irmã que ainda na temporada passada queria assassinar por traição e que sempre a tratou abaixo de cão) contra ele e que é uma assassina treinada que tinha uma lista de pessoas que queria matar (quando diz que reconhece um assassino quando vê um. O RLY?). Só está ali para matar o Rei da Noite, ser o pau-mandado de Sansa e transar Gendry numa das cenas de sexo mais nojentas da série (e isso é dizer muito). No final, vai-se embora e vira pirata só para não representar concorrência à sua irmã maléfica. Sansa é a nova Cersei, traindo até seu próprio irmão para conseguir seus objetivos e manipulando todo o mundo e só acaba como rainha do norte por falta de opção e num final que nenhuma pessoa inteligente queria. No final o Norte é independente por razão nenhuma (já que há um nortenho no Trono de Ferro), mas possivelmente vão construir um murro a separar dos Seis Reinos já que a Casa Stark é a favorita de Donald Trump. Bran é revelado como o grande vilão da série, permitindo que Daenerys queimasse Porto Real só para se tornar rei no final numa merda sem sentido dele ter a melhor estória ou porra semelhante. WTF. Mas não sente suas expetativas subvertidas? Não, é só estúpido mesmo.

Nem os produtores deram a mínima para essa bosta de temporada.

Estava esperando pelo confronto entre Cersei e os Starks e Targaryens? Então vai se foder porque os Lannisters não têm nada para fazer. Lena Headey ganha o dinheiro mais fácil da sua carreira, limitando-se a olhar por uma janela até Cersei morrer esmagada por um teto como dano colateral da batalha em Porto Real na morte mais anticlimática de um vilão de todos os tempos (e mais uma profecia que foi pelo cano abaixo). A Companhia Dourada (depois de ser publicitada como uma verdadeira ameaça) é derrotada em segundos. Jaime alia-se aos Starks e Targaryens para lutar contra o Rei da Noite e transar Brienne mas depois se arrepende e regressa a Porto Real para morrer ao lado de Cersei. Tyrion também sofre de amnésia e agora é muito preocupado com o povinho depois de ter dito nas temporadas passadas que desejava que Stannis tivesse morto a população de Porto Real e se vira contra Daenerys. No seu próprio julgamento tem direito a fazer monólogo e dar bitaites sobre o próximo rei dos Sete Reinos porque nada nessa porra faz sentido. Se se sentir chateado, não se preocupe porque os roteiristas também não.

Você esperou 8 temporadas para ver esse final de merda.

A delícia prateada Daenerys Targaryen sofre um dos maiores casos de assassinato de personagem de sempre, traindo tudo o que a personagem representa. Agora os roteiristas querem que você acredita que ela sempre foi louca e que matar esclavagistas e estrupadores é errado (mesmo que a maioria dos personagens desse seriado sejam senhores feudais que exploram o povinho e estrupadores). Porque o que é melhor de que uma rainha louca (Cersei)? Duas rainhas loucas! Daenerys está louca porque: acredita que Sansa está conspirando contra ela (o que é verdade), Tormund gaba Jão por montar num dragão contra o Rei da Noite (o que ela própria fez), pede pra Jão não revelar sua verdadeira identidade porque vão tentar matá-la para o botar no trono (o que é verdade), executa Varys por traição após a tentar envenenar para botar Jão no trono (o que é verdade). Daenerys está louca, mas aparentemente perdoa as traições de Jão, Tyrion e Sansa, só executando Varys. Depois queima Porto Real numa bosta sem sentido só para justificar sua morte às mãos de Jão no episódio seguinte. Perdeu todos os seus exércitos no terceiro episódio, mas estes miraculosamente ressuscitam no último. Até o raio do dragão está fora de personagem: ao invés de matar o cara que assassinou sua mãe, derrete o Trono de Ferro e os roteiristas querem que você acredite que um dragão tem capacidade de pensamento complexo de compreender que "o poder corrompe" ou alguma bosta do género.

Recepção[editar]

Game of Thrones ao pé da letra

A saga foi recebida com entusiasmo. Quer dizer, primeiro tem os acordes de abertura, uma coisa bem infantil, com casinhas de lego crescendo pela tela, etc. Mas a série é bem feitinha, mostra a verdade nua e crua; fala um pouco sobre magia, nada exagerado; e agrada ambos os sexos.

Mas principalmente, seu maior trunfo, são as cenas pornográficas com os atores sujos e sem maquiagem. Elas agradam todo mundo, tem pra todos os gostos. Para os heteros tem a Daenerys Targayen e seu macho tribal. Para as lésbicas, tem as prostitutas do Mindinho. Para os gays tem Renly e Loras. Para os incestuosos tem a Casa dos Lannisters TODA! Tem estupro, hardcore, dança com mulheres tribais sem camisa, bruxas, zumbis, bárbaras sujas de cabelos emaranhados, porno-amamentação, pedofilia, ou seja, tudo o que tem na Roma antiga tem aqui, só que com glamour zero. Só não tem elfos, orcs, ou druidas para agradar os nerds e jogadores de tibia é claro. Isso parece surtir efeito. O ibope que o diga. Até hoje a Globo se arrepende de não ter brigado para rodar a série no Brasil e estragar a história com a Deborah Secco como Daenerys.

Foi a série mais influente da Década de 2010 (com paródias, memes, músicas, etc.) mas a sua última temporada foi uma bosta tão grande e sem sentido que se tornou num dos piores finais de uma série televisiva de todos os tempos e perdeu logo sua influência.

Resumo[editar]

É um resuminho bem simplificado mesmo da primeira temporada de Game of Thrones da HBO, na forma de um RPG. Tem todos os personagens importantes e é bem informativo, se estiver com preguiça de ler o artigo todo.

Afiliados[editar]

v d e h
Valar Morghulis!!!