Gamprin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma das movimentadas avenidas da comunidade.

Gamprin é uma cidade/comunidade/fenolândia minúscula de Liechtenstein. É a terceira menor do país, tendo o mesmo tanto de população que se tem em qualquer cidade no meio do Mato Amazonas, e é importante para fazer quantidade para o seu país.

História[editar]

A história da comunidade se resume à sua importância para um reino insignificante e inútil (o adjetivo inútil é usado em casos como quando o país não possui um exército, aí na hora de guerra é só se render para o país rival) tudo começou durante a fundação de Gamprin por um lenhador chamado Digão.

Digão teria fundado um bordel que não havia feito sucesso pois qualquer país da europa oriental era mais conhecido do que um no meio do nada, além da fama da mulher da europa oriental.

Este fundador foi-se embora mandando a europa para bem longe, os que ficaram lá foram as ex-empregadas que trabalhavam no local.

Resolveram transformar a cidade em uma padaria e chamou alguma atenção, até hoje aquela é a única padaria do Liechtenstein e como nesse país tudo é perto de tudo a população compra pães nessa padaria. A cidade ganhou sua importância quando o "rei" do país passou a comprar pãezinhos no recinto e também quando disse: "Esse pastel é bem gostoso!".

Apesar de que o rei do Liechtenstein não é melhor do que um mendigo francês pedindo esmolas.

Atualidade[editar]

O rei local convida vários presidentes de países emergentes em visita ao Liechtenstein para tomar um café por lá, mesmo assim a padaria continua apertada e pior do que qualquer outra do terceiro mundo. Importantes tratados de "cessar fogo", "rendição", "paz" e outros importantes para evitar a extinção do país foram assinados aqui.

Foi aqui também que certa vez a padaria mesmo salvou o país da extinção. Um comissário da ONU que tinha um voto decisivo na eliminação do país foi comer na padaria um rocambole e acabou morrendo engasgado.

Pontos turísticos[editar]

Tumbleweed01.gif

Isso foi uma piada não é? Há uma toca que contam que a Alice do país das maravilhas entrou lá. Devem falar isso pelo fato de todos que entraram no buraco jamais voltaram.