Gauntlet

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Gauntlet é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Freeman enfia o pé-de-cabra em algum headcrab.

Luva
Galante.png
Logotipo da série
Gênero labirinto do Fauno visto do alto
Desenvolvedor Cabeça de Flecha
Publicador Warner Bros. Interactive Entertainment
Plataforma de origem Fliperama
Primeiro lançamento Gauntlet (1985)
Último lançamento Gauntlet (2014)

Gauntlet é uma série de jogos de fantasia para o público nerd-raiz, joguinhos de Atari caracterizados por ausência massiva de enredos, algo proposital para estimular a imaginação dos nerds. Quando você chega em casa após um dia difícil no qual sofreu bullying a manhã inteira. Você não tem namorada. Você só tem uma garrafa de 2 litros de Sprite e uma fita do Led Zepplin. Você pode vestir seus suspensórios e mergulhar no clima nerd dos anos 80 jogando qualquer jogo de Gauntlet.

Jogabilidade[editar]

Os jogos de Gauntlet são difíceis! A ideia é sugar suas fichas e torrar o salário de seus pais no fliperama, por isso esses jogos são mais difíceis que um padre se comportar num playground. Nestes jogos você sempre está ali controlando um grupo de quatro vagabundos que entraram numa casa de swing em busca de uma diversão e devem encontrar o seu quarto perambulando por corredores aleatórios (a dungeon) sem razão aparente procurando absolutamente NADA. Espancando todas as prostitutas, drogados, cafetões, mendigos e proxenetas que encontra pela frente. Também devem espancar pessoas que estão na casa de swing procurando fetiches que podem ser considerados crime, como pedofilia e sexo com cocô, normalmente são os chefões.

Sempre controlamos os vilões, afinal que monstro não atacaria quatro pessoas estranhas entrando em sua casa tentando pegar seu tesouro enquanto matam a sangue frio todos seus parentes enquanto devoram a sua comida? Tudo sobre esses jogos é a missão repetitiva e irritante de perambular nesses corredores hostis alegremente vestido (o que aparentemente era popular nos anos 80) tentando obter o nível 100.

Os jogos de Gauntlet, portanto, se constituem basicamente pelo união de quatro nerd tetudos que se juntam ao redor do videogame fazendo piadas sexuais sobre o valkirie enquanto o mago corre atrás dela, tudo enquanto descontam nos monstros do jogo as frustrações da vida real, fazendo bullying em todos inimigos.

Jogos para arcade[editar]

Tesouro, seios, agressão sexual e comida! Se você gosta de algum desses elementos, Gauntlet é o jogo para você!
  • Gauntlet (1985) - O primeiro jogo dessa repetitiva saga, lançado para Arcades, tinha como objetivo falir os nerds e assim apagá-los da humanidade, visto que na década de 80 essa raça desprezível estava começando a surgir e deveria ser contida. Infelizmente o plano não deu certo. Muitos nerds conseguiram chegar ao nível 100.
  • Gauntlet II - Simplesmente não dá para ver nenhuma diferença do jogo acima. Claramente foi lançado apenas para vender mais máquinas de Arcade.
  • Gauntlet Legends - Um Arcade que ficou tão esquecido que precisaram relançar o jogo para PS1 e N64. Foi a primeira tentativa de um Gauntlet com enredo, mas ninguém entendeu nada.
  • Gauntlet Dark Legacy - Novas classes para escolher foi a novidade dessa versão. Agora podemos escolher uma marombada do cross-fit, uma gostosa do Instagram, um anão e um bobo da corte. Foi lançado para dezenas de consoles numa tentativa desesperada de popularizar a série que ninguém conhece.

Jogos para consoles[editar]

  • Gauntlet (1988) - Versão do jogo de 1985 só que lançada exclusivamente para NES e adaptado para o público do console. Nessa versão devemos combater uma horda em quantidades excessivas de porra ambulante.
  • Gauntlet: The Third Encounter - Versão do jogo no qual você controle o mascote da Android, andando num chão de pedra sem nenhum objetivo aparente.
  • Gauntlet III: The Final Quest - Jogo lançado para consoles comercializados apenas no Acre, como Commodore 64, ZX Spectrum e Amstrad CPC. Tinha toda uma capa que fazia parecer um livro de D&D, para enganar os trouxas, já que ninguém nunca teve os consoles para qual esse jogo foi lançado.
  • Gauntlet: Seven Sorrows - O título lançado para PlayStation 2, a última opção de RPG, tendo pelos menos uns 30 RPGs melhores para jogar antes desse negócio.
  • Gauntlet (2014) - Após um longo hiato, a Warner adquiriu os direitos da franquia Gauntlet, mas sem saber o que fazer com isso, doou o jogo para os mesmos produtores de Magicka (Arrowhead Game Studios) criarem um clone do próprio jogo, só que com um bárbaro, um elfo e uma peituda a mais ao lado de um mago, surgindo assim o Gauntlet de 2014.
v d e h
Gauntlet logo.png