Gaurama

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Estação de Gaurama, muito movimentada e em ótimas condições. Mendigos de noite usam o local como dormitório.

Gaurama é uma das cidades do Rio Grande do Sul que ficaram com um generoso pedaço de todo aquele bolinho de municípios que tem na região de cima. Gaurama é conhecida como "Princesinha do Uruguai". Você deve estar pensando: por que esse cara está puxando o saco dessa cidade? Não estou puxando o saco dessa cidade, apenas estou mostrando o porquê dela ter esse nome ridículo. Ela é conhecida assim por ser uma cópia (ainda por cima, mal feita) do Uruguai, tendo o mesmo cheiro e desconhecimento que o Uruguai. Assim é justo xingar a cidade com esse nome.

História[editar]

Pré-emancipação[editar]

Após a fundação da cidade, Erechim teria ficado muito orgulhosa de si mesmo por ter fundado seu segundo distrito, e escolheu uma função bem inútil para mostrar ao distrito quem é que mandava em quem. Gaurama tinha a função de ficar plantando aipim o ano todo e assim enviar tudo para Erechim. Plantar aipim parecia ser algo muito fácil, mas isso é só mito: plantar aipim tem que ter habilidade.

Cquote1.png Ah! Vai se fuder! Cquote2.png
Alguém sobre minha preocupação com o plantio de aipim

Enfim, o distrito acabou adquirindo uma raiva imensa de Erechim que quando foi atormentada com a palavra "emancipação" acabou tendo ataques epilépticos muito fortes e perdeu metade de seu território antigo.

Cquote1.png Malditos italianos e alemães! Cquote2.png
Prefeito de Erechim sobre os causadores da emancipação

Pós-emancipação[editar]

Gaurama então se emancipou e poderia viver uma vida sem precisar plantar aipim para sua cidade/chefe/cafetão. Porém, quem comandava Gaurama não sabia nada de administração, e o distrito que antes era uma vilazinha de nada virou uma bela porcaria. Quem mora nessa cidade acha que mora em Erechim, acha que Gaurama é um bairro de Erechim. A cidade tem o maior indice de quebra molas por km do mundo. O índice de visitas por lá é de menos 15% por carros que entram no Rio Grande do Sul. Em outras palavras, desde que se emancipou a cidade contribuiu para baixar a economia e turismo do Rio Grande do Sul.

Fim[editar]

Estão querendo pôr um fim na cidade, mas ninguém ainda achou ela para poder fazer os habitantes assinarem o abaixo-assinado.

Ver também[editar]