Getulismo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
40967074 nikita.jpg Este artigo é relacionado à história.

E foi feito na imprensa de Gutemberg.

60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Getulismo.

Getulismo é um sistema religioso que atribuia poderes quase divinos ao único gaúcho macho de Pelotas - Getulio Vargas ( um FDP).

História[editar]

Sua saga começa quando perdeu a eleição de Miss Universo de 1930, por duas polegadas a mais. Irritado, ele foi montado por seu cavalo e ameaçou que iria sentar no obeslisco no final da Av. Rio Branco, na capital do Rio de Janeiro. Como ninguém queria limpar o objeto fálico, lideraram um movimento contra o machão. Só que o Estado de São Paulo ameaçou dete-lo, mas os gays de São Paulo apoiaram a passagem de Getulinho, criando o movimento abre alas (Hoje conhecido como a Parada Gay ).

Graças a este apoio inesperado, Vagá entrou triunfante no baile do Scala "Gala Gay" e foi recebido como herói! E ganhou o título de Miss Universo perpétua.

Getulinho só perdeu o título, quando terminou a Segunda Guerra Mundial, pois Chuck Norris decretou a democracia a todos os povos. Pois, afinal, macho só pode ter um!!!

Método usado no getulismo

Deprimido, o único macho de Pelotas, tentou mais vez ser Miss Universo, qual não foi a surpresa que Getulinho Vagá ganhou de novo. Foi um alvoroso. Assim surgiu um culto ao único macho de Pelotas - o Getulismo. Era uma época livre, leve e solta. Porém as "forças ocultas", que não viam graça nenhuma nessa purpurina toda, orquestraram um golpe final contra todos estes "machos". Nasce então o UDN ( União dos Dei-Não ) que queria limpar a sujeirada de purpurina (Por isso, surgiu o Mito da Vassora de Bruxa anos mais tarde). Tramaram tanto, mais tanto, que conseguiram uma situação constrangedora para o único macho de Pelotas. Saiu com Dercy Gonçalves.

Sem como provar do contrário e preocupado com o sua reputação no "reduto", resolve se fundir ao Universo se transformando em Purpurina (Afinal, só os cidadãos de Pelotas têm este poder). Na derradeira despedida, foi feita uma parada gay especial para aquele que deu tantas alegrias ao povinho abaixo do Equador...