Ghostface (personagem)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jason voorhees.jpg Este artigo é sobre um(a) ASSASSINO!

Este(a) louco(a) sadomasoquista provavelmente esquarteja suas vítimas, sofre de problemas mentais ou foi violentado(a) pelos pais. Se vandalizar o artigo, Freddy Krueger irá lhe fazer uma visitinha de noite!

Night creature.JPG Ghostface (personagem) surgiu das trevas!!

Vamos mergulhar o mundo nas trevas!!

Puro osso.gif
Ghostface em sua infância.

Cquote1.png Você quis dizer: Puro-Osso? Cquote2.png
Google sobre Ghostface (personagem)
Cquote1.png Você quis dizer: Dona Morte? Cquote2.png
Google sobre Ghostface (personagem)
Cquote1.png Experimente também: Nerd psicopata Cquote2.png
Sugestão do Google para Ghostface (personagem)
Cquote1.png O assassino está atrás de mim! Cquote2.png
Sidney Prescott em todos os filmes sobre Ghostface.
Cquote1.png Estamos aqui mais uma vez, onde um adolescente foi assassinado... Cquote2.png
Gale Weathers sobre Ghostface.
Cquote1.png Hoje eu vou te matar! E dessa vez eu falo sério! Cquote2.png
Dewey Riley em mais um filme sobre Ghostface.
Cquote1.png Não é aquele personagem do filme "Todo Mundo em Pânico"? Cara, eu sou muito fã dele. Cquote2.png
Patty poser sobre Ghostface.
Cquote1.png CALA A BOCA, SUA DESGRAÇADA! JAMAIS OUSE SE REFERIR AO NOSSO MESTRE DESSA MANEIRA! Cquote2.png
Nerd psicopata sobre citação acima.
Cquote1.png Olá. Qual é o seu filme de terror favorito? Cquote2.png
Ghostface ligando pra você.

Ghostface é a nomenclatura dada a um seleto grupo de nerds psicopatas que vivem perseguindo a Sidney Precott na franquia de filmes Scream, conhecida no Brasil como Pânico.

História[editar]

Cquote1.png Olá, Sidney! Qual o seu filme de terror favorito? Cquote2.png
Uma família de Ghostfaces indo para a ópera após terem massacrado alguns adolescentes burros.

Ghostface, desde pequeno, nunca foi uma pessoa normal. Seu pai era astrônomo e sua mãe era engenheira química, e por conseguinte, isso se refletia em sua vida pessoal: ao invés de ser um garoto como todos os outros, que adora brincar de carrinhos da Hot Wheels e com a linha de brinquedos do Max Steel, Ghostface costumava ficar horas e horas em casa brincando com Kits de Física, miniaturas de animais e revistas da Coquetel, revelando-se um mestre do Sudoku e de Problemas de Lógica desde pequeno.

Com o tempo, Ghostface foi crescendo. A primeira vez que pisou dentro de uma sala de aula, já virou foco das zoações das outras crianças por usar uma gravata borboleta, camisa pra dentro da calça e um óculos fundo de garrafa. Logo, Ghostface passou a ser uma pessoa muito tímida, só abrindo a boca para resolver aquele cálculo impossível de Matemática que qualquer criança normal teria dificuldades em resolver. Um outro fator, é que Ghostface era um exímio conhecedor de Literatura Clássica e apreciador de Música Erudita. Enquanto todas as demais crianças se agarravam a contos infantis idiotas como Branca de Neve, Chapéuzinho Vermelho e Peter Pan, Ghostface se destacava por ler apenas obras de Mary Shelley, H.P. Lovecraft, Bram Stoker, Sir Arthur Conan Doyle, William Shakespeare, Robert Louis Stevenson, Goethe e Stephen King.

No quesito música, Ghostface também se diferenciava das demais crianças: enquanto a maioria delas desde a infância eram iniciadas no mundo da roda de macumba do Axé, da prostituição do Funk, do boteco de esquina Pagode, do lixo musical Pop, do gueto Hip-Hop, e do Sertanojo; Ghostface era um adorador assumido de Música Clássica, Jazz, Nerd Metal, Ópera, New Age, Space Music e Música Fúnebre. Além disso, Ghostface, pra completar, era um completo fracasso nas aulas de Educação Física. Era uma desgraça em vôlei, futebol, handebol, basquete, tênis de mesa, atletismo, natação, esqui, iatismo ou peteca. Os únicos esportes no qual Ghostface se destacava eram o xadrez e o cubo mágico.

Ghostface protegendo seu precioso quarto de nerd de qualquer um que ouse manchar qualquer coisa com suas imundas impressões digitais.
Ghostface revelando-se na verdade um grande apaixonado pela Sidney, que ao invés de matá-la, sonha mesmo é em levá-la para a cama (e só depois matá-la).

Tudo isso contribui para que Ghostface passasse a infância toda sendo um alvo perfeito para bullies, playboys, pattys, atletas, valentões, funkeiros e demais reprovados no teste de QI, que movidos pela inveja, faziam do jovem Ghostface um verdadeiro saco de pancadas, além de roubar o dinheiro do seu lanche todo santo dia. Esse tipo de atitude contribuiu para que Ghostface desenvolvesse sérios problemas mentais relacionados ao trauma de infância, como paranoia, esquizofrenia, fobia social, e posteriormente, psicopatia. Porém, de início, seu trauma se configurou numa personalidae antissocial. Vendo-se obrigado a fugir dessa realidade, Ghostface passou a afogar suas mágoas ficando em casa 24 horas por dia acompanhado de toda a sua coleção de mangás e quadrinhos do Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Homem-Aranha, Capitão América e etc.

Ghostface também procurava refúgio em longas e demoradas sessões de RPG, porém, em pouco tempo começou a ser alvo de constantes ameaças de morte por parte dos outros gamers e RPGistas, já que ele sempre conseguia zerar os jogos mais difíceis e alcançar os levels mais altos de qualquer game em que punha suas mãos, além de ser um apelão e nunca deixar nenhum outro jogador vencê-lo, muitas vezes parecendo que usava cheats.

Foi então que Ghostface, que àquela altura já estava revoltado com tudo e com todos, se deparou com um programa na televisão: Cine Trash. O programa em questão era apresentado por uma estranha criatura medonha e demoníaca que se auto-intitulava Zé do Caixão, que passaria a ser um de seus maiores inspiradores. Foi acompanhando esse programa que Ghostface entrou em contato com seus maiores ídolos: Michael Myers, Jason Voorhees, Freddy Krueger, Leatherface, Pinhead, Chucky, Alien, Anaconda e Predador. Ao passo que os demais de sua idade ficavam horas e horas assistindo ao programa do Bozo, o jovem Ghostface ficava horas assistindo ao programa em questão.

Certa vez, Ghostface assistia a mais um filme da série infinita conhecida como Sexta-Feira 13, quando sua mãe acordou de madrugada, e pensando que seu filho assistia ao Cine Privé devido as cenas de sexo explícito, desligou a TV e ainda deu uns tapas em Ghostface. Foi então que tudo mudou: extremamente revoltado, Ghostface pegou uma faca da cozinha e matou sua própria mãe, ingressando de uma vez por todas na carreira de Serial Killer. Vestindo uma fantasia que encontrou na gaveta da sua avó, Ghostface passou a se vingar de todos aqueles que lhe fizeram mal e roubaram seu lanche durante os tempos de escola, mostrando do que um nerd é capaz quando chega a ponto de revoltar-se contra a sociedade.

Seus métodos[editar]

Ghostface vendo quem será o próximo da lista que receberá um telefonema.

Ghostface, como já deve ter ficado claro, tem uma grande preferência por assassinar pattys, playboys, bullies, funkeiros, atletas, valentões, playssons e noobs. Se uma pessoa se encaixa em alguma dessas características, pode apostar que já está na lista negra e dessa noite não passa.

Contudo, Ghostface gosta de seguir um certo padrão para assassinar as pessoas: ele adora se esconder em algum canto qualquer. O engraçado é que ele nunca é descoberto, pois foi treinado peloes maiores ninjas do planeta. Em seguida, tem o costume de telefonar para a pessoa fingindo ser um anunciante de algum prêmio ou algum vendedor desocupado. Quando a pessoa atende, é aí que começa a festa: Ghostface, inspirado pelo Show do Milhão, começa a fazer diversos questionários para o infeliz em questão. Se a pessoa errar, morreu. Se acertar, tem o direito de responder à mais uma questão, e tentar adiar sua morte mais um pouco.

Como sobreviver ao Ghostface[editar]

  • O primeiro de tudo: jamais seja um adolescente e fique em casa sozinho por mais de 10 minutos depois das 20:00h das noite. Algo em comum entre as vítimas de Ghostface, é que todos não passam de adolescentes rebeldes e sem cérebro, que atendem perfeitamente ao perfil das pessoas que caçoavam de Ghostface quando ele ainda era um nerd normal. Bem, não tem como um nerd ser normal, mas você entendeu o que eu quis dizer.
  • A segunda forma de evitar o Ghostface: more bem, mas bem longe mesmo de Woodsboro. Woodsboro é o principal foco de ataque de Ghostface. Tanto é que nas últimas décadas, a população daquela pobre cidade vem decaindo, uma vez que todos os anos inúmeros adolescentes misteriosamente aparecem mortos pelas ruas da cidade. É claro, não adianta você morar longe de Woodsboro e passar a viver em Crystal Lake, Texas, Haddonfield e Springwood. Caso não saiba, Ghostface não é o único assassino no mundo.
  • Jogue todos os seus CD's de Funk, Pagode, Pop, Axé, Forró, Sertanejo e Hip-Hop no lixo (pode fazer isso caso não tenha medo do Ghostface também, seus ouvidos agradecerão). Ghostface adora assassinar pessoas com gostos musicais ruins. Prova disso é que nenhum metaleiro até hoje já foi alguma das vítimas de Ghostface. Ao que tudo indica, ele próprio é um metaleiro disfarçado.
Um forte candidato ao cargo de futuro Ghostface (ou não).
  • Jamais, em hipótese alguma, assista "Facada". Curiosamente, Ghostface esfaqueia qualquer um que já tenha visto ou que tenha conhecimento desse filme. Provavelmente pelo fato de sentir-se ofendido com pessoas que assistam um filme que não passa de uma cópia tão descarada dele.
  • Outra dica: nunca seja fã da fracassada série "Todo Mundo em Pânico". Ghostface detesta o filme pelo mesmo satirizar a ele e aos seus maiores ídolos. Inclusive, os produtores de "Todo mundo em Panico" foram assassinados por Ghostface, que não gostou nem um pouco de ser transformado numa bicha enrustida em um filme de Comédia de quinta categoria que consegue ser mais sem-graça do que Zorra Total e A Praça é Nossa juntas.
  • Você pode tentar assassinar o assassino. Geralmente dá certo... Mas lembre-se: você terá apenas um curto período de tempo até que Ghostface retorne para novamente tentar acabar com a sua raça.
  • Seja o assassino. Se após matar o assassino anterior você se tornar o sucessor do mesmo, sem sombras de dúvidas ficará vivo por um bom tempo. Até que a Sidney te mate novamente e venha um outro indivíduo para tomar seu lugar. Quesito mínimo para se tornar o novo Ghostface: assista todos os filmes de Terror já lançados até hoje e seja um nerd um carteirinha.

Ver também[editar]

Ghostface depois que acabou o filme passou a vender chocolate nas ruas.


v d e h
Qual é o seu filme de terror favorito?
Ghostface sorvete.jpg


v d e h
Logo Terror.png
Boris-Karloff.png