Girar pra caralho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Experimente também: Girar o caralho Cquote2.png
Sugestão do Google para Girar pra caralho

Bailarinos possuem uma técnica especial para não tontear.

Girar pra caralho é... Puta que o pariu, será que precisa explicação? Desculpa pelo palavrão, mas o nome já diz (agora sim, mais calminho), girar bastante, mas não é tão simples assim, poucos conseguem girar um pouquinho que seja, sem ficar tontos. Se você achava que girar um pouquinho mais que um skatista ou um bailarino era só coisa da ficção, está enganado. Há mesmo criaturas na realidade que giram mais do que pomba-gira, sem que fiquem tontas.

Quem gira[editar]

Isso já resolve tudo.

Tudo teve início com o Saci; ele e seus amigos gostavam de ficar brincando de pião humano (?) quando não tinham ninguém para incomodar. Falando nisso, em rodeios também há os giros, mas os caras caem antes de ficarem tontos. Apesar dos giros já serem algo respeitável, nisso quem se sai melhor mesmo é o touro que, apesar de estar girando com seu pobre saco sendo apertado, sai bem menos tonto que o peão, e ainda consegue dar mais uns giros de boa.

Voltando ao Saci, ele gostava de girar, mas como nunca o que um Saci faz é à toa ou só por fazer, ele tinha um motivo: É para provocar redemoinhos, mas eles nunca são muito grandes, embora sempre causem algum incômodo, como por exemplo, erguer a saia da sua tia, quando ela está sem calcinha, um Saci sempre dá um jeito de descobrir essas coisas. Os Sacis são uma espécie de eras e eras, eles devem ter sido os primeiros a girar pra caralho de fato.

Outros que giram bem são os Demônios das Tasmânia, parentes do Taz, que muito melhor do que os cachorros correndo atrás do rabo, giram ao redor da presa e atacam quando é mais adequado. O Taz gira só para satisfazer sua tara, pode reparar que ele rasga toda a roupa e/ou arranca os pelos da vítima, e isso já diz muita coisa sobre o giro tarado do Taz, assim que ele começa a girar, os demais personagens já colocam as mãos tampando a bunda, as personagens fêmea, tipo a Lola Bunny, tampam na frente e atrás.

Também é possível girar embaixo d'água.

Indo para um giro mais inocente, pode-se dizer que as pomba-giras, giram mais do que a suposta inventora desse giro, a espanhola (sem malícia), nem girava tanto, era apenas uma dança com giros normais, tipo a da ala da baianas. Já as entidades pomba-gira, costumam girar até pegar em alguém, até mesmo no lombo de um cara, segundo seu primo me contou. As fêmeas humanas costumam ter um giro melhor que o dos skaytistas e dos bailarinos homens, por isso é que tem bem menos bailarinos e não por ser coisa de gay, pode acreditar. Assim mesmo o girar pra caralho humano, não é dos melhores da fauna, embora ganhem de alguns, ou pelo menos não passem ridículo, tipo cachorro correndo atrás do rabo, melhor nem falar muito sobre giros de cães. Outro tipo de giro imbecil, são mariposas girando ao redor de lâmpadas, achando que com isso irão achar a luz do dia antes do tempo, acabam achando outra luz.

Ver também, mas sem ficar tonto[editar]