Giuseppe Garibaldi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Se não era esse Garibaldi que procurava, consulte Garibaldi (desambiguação)
Bushdestruiçãogolfe.jpg Este artigo é relacionado à história.

Se você vandalizar, o Cardeal Belarmino vai te pegar!

Macarraopre.jpg PORCA PUTTANA!!

Questo articolo è 100% made in Italia ed è sotto il controllo di Cosa Nostra! Perciò sta' bene attento a dove metti le tue manacce zozze o i nostri amici verranno a casa tua per spezzarti le gambine!

Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Giuseppe Garibaldi.


Garibaldi é um famoso viadão punheteiro italiano que por acaso participou da Revolução Farroupilha ao se juntar a uns gaúchos gays para assistir a globonovela Presença de Anita.

Segundo consta, ele seria tão livre quanto um pássaro, sendo por isso mesmo muito confundido com o pássaro Garibaldo, que por ter um nome muito parecido com o do mestre, é muito confundido com o mesmo.

História[editar]

Giuseppe Garibaldi ouvindo instruções de Bento Gonçalves.

Inicialmente, ele teve uma vida miserável na Itália, sendo que por conta do grande sofrimento nas mãos da Mama Camorra, ele resolve vir, bem antes de seus conterrâneos para um pardieiro chamado Brasil. Segundo consta, ele teria chegado em meio a uma virulenta guerra entre Portugueses e representantes da Inquisição Espanhola que estavam a todo custo se instalar nas terras do Rio Grande do Sul.

Em meio a tanta confusão, ele resolve se compactuar a Bento Gonçalves e ao Barão de Mauá na intenção de quem sabe trazer alguma liberdade, ao menos da dureza da Inquisição, aos viados rapazes alegres daquelas cercanias. Depois de um tempo, ele arranja um amante traveco de nome Anita, com a qual parte de volta para a Itália, depois de umas curtas e merecidas férias matando blancos e colorados por pura diversão no Uruguai. Chegando à península em forma de bota, mais precisamente na Sicília, Garibaldi se envolve de graça numa guerra com quem não tinha nada a ver, mas, que acaba na unificação da Itália e por levar milhares e milhares de italianos à morte, fazendo com que os bambinos pusessem a trouxa nas costas e se mudassem para onde a história teria começado, ou seja, o Brasil.

Um dos pontos mais curiosos dessa nova aventura é a mudança de pensamento que levou Giuseppe, um republicano convicto, a aceitar a monarquia como alternativa para a Itália unificada. Centros de pesquisa de todo o mundo (vá lá, dois ou três historiadores de Florença, torcedores frustrados da ACF Fiorentina que não tinham nada melhor para fazer) tentaram descobrir. Refizeram os passos do líder militar, remexeram em um porrilhão de documentos, até exumaram o cadáver do heroi... Chegaram à conclusão que não é possível determinar um motivo preciso porque Garibaldi vivia bêbado e tinha pouco controle de suas ações. Dessa forma, tanto ele poderia apoiar a monarquia como acabar fazendo umas outras coisas estranhas...

Garabaldi também foi um profícuo inventor, segundo a lenda, ele teria inventado o saiote que os soldados romanos usavam no tempos dos césares e, também, as lentejoulas que enfeitavam as vestes imperiais de guerra do César, daí a fama de grande líder militar do Garibaldi. Apesar do imperador Nero negar, foi também do Garibaldi a introdução dos babados nos vestidos desse imperador.

Apelido: lagartixa, devido a sua semelhança com esses lagartos trepadores de pele delicada, porém, revestida de tubérculos, é que Garibaldi além de muito franzino, tinha o rosto cheio de espinhas, poder-se-ía até dizer furuculento, e o corpo coberto de sardas . ÁHHHHHHHHAHAHHHHAHAHAHAHAGAGAHAHAGAGA


Outra lenda seria de que ele atualmente vive no Maranhão, com um pequeno clone, a qual deu o nome de Victor Rogério, este que devido a um erro,nasceu retardado e utilizando cuecas na cabeça