Gizmondo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Broken Mirror.jpg Credo, larga de ter azar!

Este artigo traz relatos de uma criatura azarenta que só se estrepa no dia-a-dia.

Um pé na jaca, o outro na lama e a cara enfiada numa bela bosta de vaca.

Parece perfeito... mas é uma tremenda cilada.

Gizmondo foi uma tremenda de uma furada e de uma enganação barata feita pela Tiger Telematics (não, não é a Tiger Electronics) em março de 2005 como uma tentativa mal-sucedida de tentar fazer um N-Gage menos pior (mas ficou foi bem mais pior... sim, é possível).

O dono dessa josta, Stefan Eriksson, teve que correr pra não ser preso (mais uma vez, é claro) após soltar essa tremenda BOMBA no mercado dos games. PIOR: tem quem ainda ache do caramba essa merda e faça sites em homenagem a esse videogame... vish, mal gosto é pouco pra definir issaê...

Decretaram falência em fevereiro de 2006 após o fracasso retumbantemente retumbante dessa merda. Ainda teve um produtor dizendo que ia levar o projeto com ele pra fazer um Gizmondo 2 (se for parecido com esse, melhor desistir enquanto pode). Mas graças a descoberta que o Stefan era um chefão do crime organizado, simplesmente a ideia parece ter sido enterrada de vez.

Qual o motivo de tanto ódio com esse console[editar]

Tentativa de suicídio do criador dessa plataforma, Stefan Eriksson.

Como um videogame portátil, esse troço tinha mó cara de coisa bonitinha, feito perfeitamente pra competir com o Game Boy ou com o Nintendo DS ou até com o PSP. Só que o console era muuuuuuuuuito caro. Muito mesmo. Alias, melhor contar a melhor parte do babado: ele nem era tão caro assim. Contradição? Não não, é que a Tiger lançou DUAS VERSÕES QUASE QUE EXATAMENTE IGUAIS EM TUDO (inclusive na ruindade), exceto num detalhe básico que qualquer mané que hospeda um site na Wikia de grátis ou que baixa no 4Shared ou no Mediafire sem conta premium sabe bem: ANÚNCIOS. SIM, a versão mais barata do console vinha RECHEADA de anúncios por todo o canto, chamados de smart adds (que de espertos não tinha NADA!). Se você não quisesse ficar vendo esses spams malditos teria que desembolsar muitos mais dólares do bolso pra descolar a versão sem anúncios dessa porra. Mas sinceramente: nem valia a pena, até porque merda por merda é melhor a mais em conta (pra falar a verdade, merda por merda eu prefiro dar descarga e que a merda vá à merda!).

O console teve míseros QUATORZE JOGOS! Isso mesmo, menos até que o Virtual Boy (que teve 22 jogos) ou o Apple Bandai Pippin (com 18 jogos). E todos ruins pra caralho. Nem as versões de FIFA Football 2005 e Richard Burns Rally salvaram-se (na verdade isso se chama SE DESGRAÇAR como jogo).

O console ia ruim e em 2006 alguns babacas da empresa ainda fizeram a MERDA de divulgar uma versão widescreen do console, achando que com isso poderiam melhorar a merda, mas na verdade foi ainda pior, porque BEM ANTES de lançar realmente você anunciar um produto é algo no mínimo perigoso, principalmente se o antecessor já tiver vendendo mal pra cachorro. E assim, muitos que talvez pudessem comprar o Gizmondo normal desistiram à espera do widescreen que devido às más vendas do antigo nem saiu do papel, pois a Tiger teve sua bengala arrancada e acabou virando tapete de pele no chão da FBI, deixando na mão um monte de produtores de jogos, que planejavam mais uns 30 jogos (até versão do Age of Empires ia rolar - e ainda bem que ficou só no "ia").

Em 2008 Carl Freer, um dos criadores do Gizmondo, anunciou que ia rolar o segundo Gizmondo, já com uma outra empresa ai com a ajuda de um amigo sueco, Mikael Ljungman. Mas passou o ano e nada... No fim de tudo, o site da nova empresa, Media Power, sumiu, o amigo sueco do Carl foi em cana (mais um, esse Gizmondo dá zica, só pode!) e graças a Deus essa merda nunca saiu do canto.

Jogos[editar]

Todos deprimentes, serão listados aqui apenas pra algum doido escrever os artigos deles por respeito (ou não):

E sim, só tem esses mesmos, graças a Deus!

Especificações técnicas[editar]

E mais merda nenhuma, esse troço é um lixo, cara!

Ver também[editar]

Zeebo.jpg

Gizmondo foi uma invenção que fracassou.

E provavelmente era de má qualidade.


Clique aqui para ver outras coisas que não prestam.