Gladiformers

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Frank2.gif Este artigo é sobre uma MÁQUINA!

Ela sabe brincar, pular, cantar, destruir, esmagar e no futuro vai escravizar a humanidade e dominar o mundo, então cuide muito bem dela e não vandalize este artigo!


Cquote1.png Você quis dizer: Transformers made in Brazil Cquote2.png
Google sobre Gladiformers
Cquote1.png Se eu pudesse matava mais de mil! Cquote2.png
Jeremias sobre Gladiformers
Cquote1.png Esse narrador é a minha cara. Cquote2.png
Luciano Huck sobre Narrador
Cquote1.png São robôs gladiadores Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Gladiformers

Julius Drive, o protagonista fodastico do filme pronto para meter porrada em qualquer emo-boiola que aparecer

Gladiformers - Robôs Gladiadores é um filme brasileiro super original que serviu de inspiração de plágio dos Transformers mesmo estes tendo surgido há mais de 30 anos atrás deste. Foi criada pela brilhante empresa Video Brinquedo que há anos já trabalha desenvolvendo outros filmes que constantemente são plagiados por empresa norte-americanas.

História[editar]

Mensagem subliminar no logotipo do filme

O filme se passa no tempo em que Cybertron ainda existia, os Decepticons entediados pegaram a AllSpark e a usaram para criar uns escravos gladiadores com o culto nome de Gladiformers capazes de se transformarem em carros (sabe lá pra quê?) para quando irem a arena virarem robôs e se matarem. O protagonista desta poha é Optimus PrimeJulius Drive, um bichão vermelhão e estiloso que se diz ser príncipe para se infiltrar na pancadaria e ganhar o cinturão de ouro. Além disso há outro cara só que do mal chamado MegatronMagnum Tutor que é um típico fodão que quer vencer tudo na porrada dando mais sentido a história deste filme.

Personagens[editar]

Julius Drive[editar]

É o primo de Optimus Prime. Diferente do seu irmão é um bicho fodástico pintado de vermelho-sangue e banhado de ouro com dois chifres na testa que pensa que é um príncipe. Logicamente por ser o protagonista é o que sempre vence, porém este cara mal luta já que todos seus oponentes são um bando de azarados lesados que se destroem sozinhos nas lutas. No final do filme ele se torna mano do Magnum Tutor e ganha o cinturão.

Magnum Tutor[editar]

Magnum Tutor, o caminhão do bofe em forma robô

Qualquer semelhança entre ele e Megatron é mera conhecidência. É o mais foda e macho da equipe e faz pose de vilão por ser o maior e o mais poderoso da arena. Tem um nome de uma marca de sorvetes além de poder se transformar num caminhão do caveirão do bofe. Ele também tem um ajudante Mora Jarte que só presta pra morrer mesmo no começo do filme. No final do filme ele se torna adversário de Julius, porém como todo adversário dele é pé-frio Magnum não escapa e acaba morrendo, mas ressuscita para participar do filme seguinte.

Mora Jarte[editar]

O ajudante de Magnum Tutor. É o mais imprestável tanto que só serviu pra morrer no começo do filme já que Magnum estava cheio da boiolice dele e o mandou se ferrar. Além disso é o único que se transforma numa nave o que contradiz mostrando que ele possivelmente é um Decepticon falido.

Korjo Displo[editar]

Um brutamontes doidão que parece um gorila e adora meter porrada em todo mundo. Foi ele quem matou o emo do Projeto Um, mas acabou sendo destroçado por Magnum Tutor e mandado pro submundo dos robôs.

Patrion Tokal[editar]

É o maquinista (não de trem ô lesado) que fez o Projeto Um, mas depois acabou se falindo e mandado pra este torneio meter a maior pancadaria. Só prestou pra matar Mora Jarte e depois virar pé-frio e se estraçalhar todo lutando com Julius Drive.

Narrador[editar]

É um carinha narigudo que mais parece Luciano Huck careca e só fica anunciando as batalhas nos escândalos. No final do filme após a morte de Magnum ele dá um jeito de encarnar a alma dele em seu corpo para imitar a voz dele.

Ver também[editar]