Glasgow

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Kilt.JPG
Thws artekille ys Scotch!!!

Este artigo é Escocês!!!
Usa Kilt, bebe whisky, toca gaita-de-foles, é fã do David Coulthard e é primo do Duncan MacLeod!!!
Se você traiu William Wallace, caia fora daqui!!!

Fatbastardaaa.jpg
Clique e venha fazer parte de nosso projeto!!
Projeto DesSociedade

Este artigo de C. Humanas ganhou nota C, sendo considerado Razoável, podendo melhorar.

Visite a discussão do artigo ou o projeto e Conheça-nos

Glasgow, também aportuguesada pouco frequentemente no matutês como Glásgua ou Glasgou, é a maior cidade da Escócia, e a terceira mais populosa do Reino Unido. Seu nome completo é City of Glasgow ("Cidade de Glasgow" pra quem não sabe inglês), e forma a mais populosa das 32 Autoridades Unitárias da Escócia. A cidade se situa às margens do rio Clyde, nas Lowlands centro-ocidentais. O nativo da cidade é chamado, em inglês, de Glaswegian, nome que também designa o dialeto peculiar e deformado drasticamente usado no local.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Típica habitante de Glasgow descendente de fãs de zelda.
Glasgow provando de sua ridícula arquitetura improvisada.

A colonização de Glasgow foi a mais estranha da Europa. Para começar os romanos chegaram á chegar à ilha britânica em 24 a.C; chegando á Escócia em 16 a.C.e pelo fato de haver diversos nativos usadores de saia e fãs de Zelda; dificultou a entrada dos romanos no território escocês. Quando os romanos Penetraram (ui!) em Glasgow em 24 (mensagem subliminar) d.C; os romanos encontraram apenas colônias e mais colônias de doentes duendes e Elfos jogadores de Zelda. Porém o exército dos jogadores de Zelda estava fraco pelo fato de uma recente guerra contra os fãs de Os Vingadores.

Assim os romanos uniram-se ás tribos do norte para iniciar a colonização. Em 2 de novembro de 16 d.C os romanos uniram dois das sete tribos espalhadas pelas montanhas escocesas do norte. Eles uniram os fãs de Zelda com os de Pokémon; formando a tribo Kyentsk. A tribo unida ao norte decidiu invadir a tribo dos fãs de Naruto; que travaram uma guerra. De um lado elfos de verde e cabelo loiros com seus arcos e flechas e monstrinhos; e do outro Narutards nerds com seus mangás como escudo e suas Shuriken de plástico como arma. Os Kyentsk massacraram os Narutards; dividindo o reinado em 4 províncias; dentre elas Glasgow. Após a conquista de mais uma província; as dos fãs de Pokémon; as províncias estavam definidas: Paisley para os fãs de Os Vingadores, Clydebank para os de Star Wars, Edimburgo para os de Pokémon; e Glasgow para os de Zelda; (o que explica a grande quantidade de loiros na cidade).

Todas as províncias citadas até hoje são cidades escocesas. Com 4 dos 7 povos conquistados os romanos conquistaram os fãs de Harry Potter e Cavaleiros do Zodíaco; pondo-os nas províncias de Greenock e Mothrwell. O 7° Reinado nunca foi conquistado pelo fato de ele ser dos fãs de Dragon Ball Z. Porém quando quase todos os povos conquistados estavam os fãs de Star Wars que decidiram conquistar os fãs de Os Vingadores da Irlanda do norte. Porém após uma luta árdua na toca dos gatos e após a heróica vitória das províncias os ingleses começam a invasão da escócia.

[editar] O inicio da expansão econômica

E muito difícil se perder em Glasgow.(Ou Não)
Escocesa prestando homenagem á estatua dos almirantes.
Os arredores de glasgow denunciam a poluição iminente.

Glasgow foi um centro mercantil de grande importância a partir do século XVI. Depois do Tratado de União de 1707, mercadores escoceses organizam expedições comerciais marítimas às zonas colonizadas pelos ingleses. Em breve Glasgow tornar-se-ia um centro da importação de tabaco das colónias americanas. Em 1727, 50 navios por ano faziam a viagem até às colónias americanas, acostando em Chesapeake Bay. Em 1741 Glasgow tinha um volume de negócios de 7 milhões de libras por ano em tabaco. Em 1752 eram já 21 milhões. Em 1771 o comércio atingiu um extraordinário montante de 41 milhões de libras, perfazendo mais de um terço das importações escocesas e dois terços das exportações. Esta foi a "idade de ouro" de Glasgow. Quase metade do comércio americano de tabaco estava na mão de escoceses como William Cunninghame, Alexander Spiers e John Glassford, os três maiores. Suas três empresas chegaram a controlar mais de metade do comércio de tabaco de Glasgow. A maioria dos comerciantes eram originários das Lowlands.

Glasgow é umadas cidades mais visitadas no reino unido; até hoje não sabem por quê.
Arco de clyde segundos antes da descoberta de uso de amianto nas bases

Há quem diga que a vantagem de Glasgow no comércio do tabaco perante outras cidade tem a ver com a localização geográfica.

Rio Clyde; o rio que atravessa Glasgow. Realmente indentico ao Rio Tietê.(Ou não)

Uma viagem de um barco mercante no século XVIII até Charleston, South Carolina ou Annapolis, Maryland era duas a três semanas mais curta do que uma outra partindo de Londres ou Bristol, o que tinha repercursões na estructura de custos (mais baixos), e no retorno do investimento.

No entanto, em contrapartida, o comércio com o continente europeu de reexportação do tabaco (o mais lucrativo) é mais longo a partir de Glasgow do que de Londres, o que contraria a vantagem inicial.

Mais importante parece ser o apurado sistema financeiro. Entre 1740 e 1770 foram fundados 6 novos bancos em Glasgow para financiar este comércio. Os empresários de Glasgow têm modestas exigências quanto à redistribuição dos lucros. Apenas 5%. O resto, uma boa parte do lucro era reinvestido no negócio. O resultado foi que o comércio do tabaco de Glasgow se tornou uma das indústrias mais fortemente capitalizadas do Reino Unido (e do mundo) no século XVIII.

Adam Smith, professor na Universidade de Glasgow entre 1751 e 1764 era amigo do comerciante de tabaco John Glassford, que o informava dos eventos nos EUA e que também se mostrava interessado no progresso de "A riqueza das nações"

Esta nova riqueza comercial criada em Glasgow tinha um correspondente interesse na educação e na ciência. A maioria dos filhos de comerciantes frequentavam a universidade, liam grego e latim. Em 1790 mais de metade dos alunos da Universidade de Glasgow eram de famílias de comerciantes e industriais, em comparação com apenas 8% na Universidade de Cambridge.

[editar] Mais sobre A cidade

Uma pobre garotinha de Glasgow aprendendo as normas de cultura da cidade.

A cidade de Glasgow oferece vários museus (a maioria com entrada livre) entre os quais Kelvingrove Art Gallery and Museum, Museu dos Transportes, Museu da Gaita de Foles e várias colecções privadas como a Burrel Collection. As suas margens completamente renovadas exibem o melhor da arquitectura moderna, quer no segmento residencial e de escritórios, quer em equipamentos de lazer; apesar claro de os traficantes terem ficado em Londres.A cidade é também conhecida pelos seus extensos e numerosos parques, com destaque para Glasgow Green, na margem do rio, e Kelvin Park, na zona do campus universitário. Os pubs assumem-se como um elemento fundamental da vida de Glasgow, ou não fosse Glasgow a cidade com maior diversão nocturna na Escócia. Destaque final para as compras, extensas zonas comerciais, parte delas exclusivamente reservadas a peões, revelam o grande dinamismo económico da maior e mais importante cidade escocesa.

[editar] Futebol

Futebol escocês tem uma enorme rivalidade, concentrada em seus rivais.

O futebol de glasgow; se pode levemente se considerar "escasso" pelo fato de ter apenas dois minúsculos clubes lutando entre si por uma mísera vaga. Tai clubes são: Celtic e o Rangers. Os torcedores do celtic e do rangers se amam se odeiam grandemente; pelo fato do celtic ser o time dos católicos escoceses e o rangers dos protestantes escoceses.

Por serem dois times de viados muito disputados apenas entre si; os torcedores do celtic jogam magia negra nos do rangers e os do rangers jogam uma macumba saravá nos do celtic. Esse é o provável motivo de nenhum dos dois clubes nem sairem sequer da 1° fase da copa UEFA.

[editar] Rangers

Rangers joga seus jogos em casa em Ibrox,um dos melhores banheiros, situado na cidade de Glasgow. Também conhecido como Castelo de Greyskull, Inferno, e "The Big Lavvy", abriga 52.000 hunos. Diz a lenda que algumas músicas que sejam da extrema-direita, racista ou material altamente intolerantes são cantadas pelos membros da casa de apoio nos jogos em casa, mas este fato ainda não foi comprovado. Ele foi construído com base nas ideias do projeto de Adolf Hitler, Satanás, e Guilherme de Orange, e desde então tem sido provado que tem a maior concentração de ódio, racismo e intolerância no mundo, um fato de todos os envolvidos com o clube estão muito orgulhosos de tal fato.

[editar] A influencia dos ídolos

Uma visitante de Glasgow não vendo a hora de voltar pra casa amando o local.
Um escocês com raiva do time não ter pasado da 1° fase da copa UEFA.

A grande influencia escocesa em Glasgow é mais especificamente direccionada ao herói e ídolo nacional William Wallace. William para quem não conhece-o já foi citado no filme Coração Valente com Mel Gibson onde ele é um meliante que vive como vagabundo camponês nas altas das montanhas escocesas do norte e fica puto da vida quando a mulher dele é levada pelo rei.Quando a esposa de William foi levada; o tal virou um verdadeiro "desgraçado da cabeça" fazendo coisas loucas e borbulhando de raiva perante o absolutismo do rei até então predominante Eduardo I. Segundo rumores ainda não confirmados o raro e leve motivo de o rei eduardo querer as mulheres escocesas era o simples fato de elas....serem gostosas; coisa que as inglesas não eram. O fato do rei eduardo ter bom gosto e preferir aquelas mulheres de saia curtinha e com uma meia-calça branca fazia toda a inglaterra se revoltar; aliás; ele estava ao mesmo tempo rejeitando as inglesas que apesar de pálidas, magras e cheias de normas eram INGLESAS. Assim; Eduardo deixou um pouco de lado a ideia mas a retomou logo pois ele não aguentava ficar fora do verdadeiro puteiro denominado escócia. Assim após o rei pegar uma das mais gostosa do reino a senhoria Ághata Wallace; wallace endoidou. Aliás; ele não queria cuidar dos seus 9 filhos sozinhos. Assim ele arquitetou um plano de revolução contra o rei dominante inglês. William no fim conseguiu finalmente se sair vitorioso dessa batalha contra o ei eduardo usando suas boas e ótimas táticas.

Enfim; a história do tal cavaleiro europeu medieval é enorme; e no fim só se sabe que ele finalmente conseguiu libertar a Escócia das mãos do rei inglês Eduardo I e foi morto sozinho esquecido pelo povo e aprisionado numa torre num castelo europeu medieval.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas