Gliwicki Klub Sportowy Piast Gliwice

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gliwicki Klub Sportowy Piast Gliwice
Escudo do Piast Gliwice.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Gliwicki Klub Sportowy Piada Azeda
Origem Bandeira da Polônia Polônia - Gliwice
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote Galinha
Torcedor Ilustre
Estádio Stadion Pileco
Capacidade 10.000
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Polonês
Divisão Ekstraklasa
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Gliwicki Klub Sportowy Piast Gliwice é um time de futebol de botão profissional do interior da Polônia, que eventualmente quebra um galho participando também das competições de futebol de gramado naquele país. É um clube poliesportivo, possuindo seus principais títulos na prática desportiva de comer frango assado. O time está sediado na antiga cidade eslava de Gleiwitz, formado sobretudo por nativos silesianos, o que explica a baixa qualidade futebolística, porque silesiano, por natureza, gosta é de sofrer. Também destaca-se no esporte de porradaria, o que é útil durante os encontros amigáveis com os torcedores vizinhos do Gornik Zabrze.

História[editar]

Fundação[editar]

Com o final da Segunda Guerra Mundial, Stalin expulsou um monte de polacos da cidade de Lviv para uma grande fazenda chamada Gleiwitz, ficou determinado que aqueles silesianos seriam plantadores de batata, e não seriam mais do que isso. Acostumados a uma vida de sofrimentos e tragédias, um grupo de pessoas daquela cidade decidiu formar dois times extremamente ruins, algo que fizeram com sucesso. Só que havia um problema, como eram dois times, um pelo menos ganhava do outro, então a tristeza nunca era absoluta, então uma ideal genial decidiu estabelecer a fusão entre o Piast e o Gliwice, e assim surgia o Piast Gliwice por 1945.

Como era um time extremamente ruim, e dedicou-se com bastante empenho a deixar o seu torcedor sofrendo, para sempre recordar a sofrida diáspora polaca de 1944, o Piast Gliwice nunca saiu da Série B polonesa.

O fim do comunismo não mudou muita coisa. A única diferença é que o Piast Gliwice decidiu ser o Legia Warszaw local e por isso tentou ser um time de militares, mas como ninguém conhecia essa cidade, virou no máximo um time de policiais aposentados. Sua vida ainda era ficar ali na segunda divisão.

O primeiro título[editar]

Até subiu de divisão uma vez, em 2008, mas sem nenhum título, então deixou-se rebaixar em 2010 para que no ano seguinte pudesse superar potências como Halymba Grunwald, Boletus Szczejkowice e Zryw Bzie para conquistar a segunda divisão da Polônia.

Uma vez na primeira divisão, conseguiu fazer sua participações pífias na Liga Europa, não decepcionando a tradição polonesa de jamais ir bem em competições europeias, e para tanto foi eliminado pelas maiores merdas possíveis, pelo Qarabağ FK e IFK Göteborg.

Finalmente o título que presta[editar]

Como não é nenhuma Premier League, o Piast Gliwice foi campeão polonês de 2018/19. Nada de mais, afinal só enfrentou adversários poloneses, aí fica fácil.

Torcida[editar]

Os torcedores do Piast Gliwice são chamados de galinhas porque são os únicos torcedores de toda Polônia que não gostam de churrasquinho, e comem apenas frango frito durante os jogos. Não a toa há esse pássaro amarelo no escudo do Piast Gliwice, que ao mesmo tempo é um símbolo do Movimento da Autonomia da Silésia e da preferência gastronômica local.

Títulos[editar]

  • Rebaixamento: 1 vez (2010/11)
  • Campeonato Polonês: 1 vez (2018/19)
  • Campeonato Polonês:Times Fodidos: 1 vez (2011/12)