Go-go dancing

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Go-go dancing.
Velma de madrugada praticando o go-go dancing

Cquote1.png Você quis dizer: Prostitutas rebolantes Cquote2.png
Google sobre Go-go dancing
Cquote1.png Dança gatinho! Cquote2.png
Go-go dancing sobre Rodrigo Faro
Cquote1.png Libera aí pa nois, profe! Cquote2.png
Velhinha do club da terceira idade da plateia querendo um show particular
Cquote1.png Ei robin, faz aquela dancinha sensual. Cquote2.png
Batman sobre Go-go dancing

Go-go dancers são prostitutas e bichichas que rebolam para o público para ganhar um trocado.

Até o chão chão chão chão chão chão[editar]

George Bush, exímio dançarino de go-go dancing

Os go-go dancers são os palhaços da noite. Eles ficam a madrugada toda em boates gays fazendo suruba entre si em com uma plateia da terceira idade (ou melhor idade como preferem ser chamados). Os gay musculosos e fortões passam a manhã dormindo e de tarde eles ficam na academia malhando os músculos. Quando chega a noitinha começa a suruba. Aparecem as velinha e os velinhos cheios de dinheiro para distribuir, prendendo notas de cinquenta na sunguinha deles. Quando eles recebem uma notinha de onça eles ficam geralmente de pau duro, o que facilita o boquete que os velinhos tanto desejam fazer mesmo que seja imaginário. Uma das artimanhas para incrementar as perfomances é dançar com uma cobra enrolada no corpo. Outra forma de conseguir entreter os idosos e o uso de fantasias eróticas. Eles se vestem de policial, Batman, usam fantasias medievais, fantasias de guerra e até de Power Rangers, piratas, imperadores romanos, samurais, gueixas, piloto de fórmula 1, professor aposentado, xerife, etc.

No mundo[editar]

Os go-go dancers surgiram na Europa Medieval quando o bobo da corte tinha que ficar dançando para o senhor feudal. No periodo colonial eles viraram marujos dançarinos, que divertiam os marujos fortões do navio muitas vezes terminavam a noite estuprados por muitos deles. Na época da ditadura eles foram militados pelos militares para divertir os quarteis militares nos intervalos das torturas dos presos políticos. Nos anos 90 eles se tornaram algo parecido com o que são no atual momento, bichas musculosas rebolantes.

Principais Hits das danças[editar]

Orangotango que não quer ouvir as músicas que eles dançam

It's ranning man[editar]

É sempre um rítimo frenetico embalado por classicos das decadas de 70 e 80. Sempre term que tocar I Will Survive e Its raning Man, essa última é obrigatória em todas as noites. Com o avanço das telecomunicações agora toca-se também os sucessos do coreano PSY e o Harlem Shake. Quando a fantasia é de policial ou militar eles até tocam um rock para incorporar melhor um personagem agressivo.

I Will Survive[editar]

É costume dos go-go dancers dançar em qualquer lugar que gere uma moedinha que seja. Se o telespectador não tiver dinheiro ele pode pagar com joias, bijuterias, esgoelamento de bem-te-vi, trabalho escravo, rubis, qualquer coisa vale. De reboladinha em reboladinha eles vão enchendo a cueca de ouro.

Heavy Metal[editar]

Quando a bunda deles começa a ficar dolorida de tanto rebolar eeles começam a sacudir as cabeças para cima e para baixo, cada vez mais rápido e mais rapido até quem tiver encherem a boca para cantar o refrão das músicas que é só a parte que eles sabem de cor. Ao final da noite eles vão embora da boate cambaleantes para suas caminhas e dormem de costas para aliviar a dor nas nádegas. muitas vezes algum dos idosos vai junto e eles dormem de conchinha. O amor é lindo!

Principais fantasias[editar]

Go-go dancers fantasiados para uma batalha medieval no oriente

É tipo um YMCA com o policial fodão, o guerreiro bárbaro, o marujo dos mares e o roqueiro drogado quando são meninos, e quando são meninas é a professorinha burra, a enfermeira caridosa, a índia pelada e assim vai, até fantasias de animais também são usadas.

Ver também[editar]

v d e h
Dança...