God of War

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de God Of War)
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg God of War se trata de um jogo virtual (game)

Enquanto você lê, alguém mata a Bruxa do 71.


Deus da Guerra
Gódi of Uór logo.png
Llgo clássico da saga na mitologia grega
Gênero Esmaga-botões
Desenvolvedor Senta Lá Monica
Publicador Sony Computer Entertainment
Plataforma de origem PS2
Primeiro lançamento God of War I (2005)
Último lançamento God of War Viking (2018)
Cquote1.png Experimente também: Asura's Wrath Cquote2.png
Sugestão do Google para God of War

Cquote1.png Parece um lenhador! Cquote2.png
Você sobre novo visual do Kratos
Cquote1.png Aperte Button-square.png,Button-square.png,Button-triangle.png para zerar Cquote2.png
Super dica do Google sobre um complicadíssimo Combo Zerador do God Of War
Cquote1.png Vai tomar no cu, filho da puta! Vai se fuder! Caralho! Puta que pariu! Cquote2.png
Jogador ao cair num buraco em God of War
Cquote1.png Esse tipo de jogo é a causa da atitude agressiva dos jovens hoje em dia. Cquote2.png
Matéria do jornalismo da televisão sobre God of War
Cquote1.png BOM DA GUERRA MANU!!! Cquote2.png
Noob traduzindo God of War
Cquote1.png Eu já zerei! Cquote2.png
Criança Retardada sobre God of War
Cquote1.png Eu quero ser igual ao Kratos quando crescer! Cquote2.png
Criança retardada (de novo) sobre God of War
Cquote1.png É de futebol ou tiro? Cquote2.png
Brasileiro sobre God of War
Cquote1.png Lixo, GOW e seriado do Chaves é a mesma coisa! Cquote2.png
Jogador Hardcore sobre God of War ser repetitivo
Cquote1.png ZUS! Cquote2.png
Kratos
Cquote1.png Muito massa o Gúd of har! Cquote2.png
Noob que nem sabe pronunciar o nome do jogo direito sobre God of War

God of War (pronuncia-se Gódi Ofiuór, que em brasileirês significa Bom de Guerra) é uma aclamada série de jogos de ação/aventura/pornô que consiste basicamente em forçar jogadores, geralmente crianças de 8 a 15 anos de idade mental, a massacrarem os botões Button-square.png e Button-circle.png. Franquia criada por David Jaffe com a ajuda da Senta Lá Monica e apadrinhada pela Sony para ter um exclusivo para seus consoles. É um jogo que exige muita inteligência, pois você precisa ser extremamente inteligente para ficar apertando Button-square.png,Button-square.png e Button-triangle.png durante 10 horas de jogo.

Jogos[editar]

  • God of War I - Primeiro jogo da série no qual somos apresentados à Kratos, um guerreiro com gravíssimos distúrbios mentais e vítima de diversos problemas psicológicos. Sofre de insônia por ter matado a própria esposa e filha após um acesso de fúria e desde então trabalha para os deuses com a promessa de que terá seus pesadelos removidos. Passa o jogo inteiro procurando a Caixa de Pandora, para então ficar gigante e ter uma luta de tokusatsu contra Ares, o Deus da Guerra, matá-lo e tornar-se o novo deus da zoeira.
  • God of War II - Jogo que conta o que Kratos fez após tornar-se o Deus da Guerra, que foi começar uma jornada para exterminar militantes do FEMEN (mulheres que ficam com os peitos de fora protestando em locais impróprios) e como muita gente tentou em vão impedi-lo. Após matar Gretchen, Rita Cadillac e Preta Gil, volta no tempo e só não mata Zeus porque Athena se intrometeu.
  • God of War: Betrayal - Só um lixo caça-níqueis para celular Nokia. Ninguém normal se submeteu a jogar tosqueira tão grande.
  • God of War: Chains of Olympus - Prequel do primeiro jogo conta a história de uma pequena missão na qual Kratos deve resgatar o Sol que foi sequestrado, desafiando todas as leis da astronomia vigentes. No final descobre que a culpada de tudo foi uma cafetina cantora de funk chamada Anitta, a quem Kratos não tem dó de enfiar a porrada até matar.
  • God of War III - Talvez o jogo mais badalado da série porque é uma verdadeira carnificina de Deuses. Putaço com os deuses, Kratos começa a assassinar um por um, cada um por um motivo específico (gordofobia, racismo, homofobia, antissemitismo, etc). Os deuses do Olimpo, mesmo sabendo que Kratos já havia matado Pérsefone, Ares e as três irmãs do destino e que portanto não deveria mais ser subestimado, ao invés de confrontá-lo todos juntos e parar de dar presentinhos em formas de armas e magias, decidem enfrentá-lo todos separadamente e depois terminarem cada um deles todos esquartejados, até o último chefão Zeus ter a cara amassada para fazer suco de tomate.
  • God of War: Ghost of Sparta - Mais uma história de tragédia familiar, jogo que se passa entre o primeiro e o segundo, conta a história do irmão de Kratos que fora sequestrado em seu lugar quando eram crianças e que estava sob tortura eterna do Marilyn Manson, que aliás é o último chefe do jogo.
  • God of War: Ascension - Após já ter matado todos deuses existentes da mitologia grega, precisaram fazer uma prequel da prequel para contar a história do início de carreira de Kratos, assim os chefes poderiam ser monstros e deuses menores.
  • God of War (2018) - Como ao longo dos sete jogos anteriores Kratos exterminou 95% de toda a mitologia grega, sobrando vivo só a Afrdoite praticamente, Kratos viajou para a Lapônia para começar a avacalhar com os deuses nórdicos.

Jogabilidade[editar]

Todo God of War é a mesma coisa, Kratos tem consigo um par de cutelos amarrados a correntes. A arma muda de nome (Blades of Chaos, Blades of Athena, Blades of Exile, etc) mas sempre continua a mesma coisa. As magias são sempre em quatro categorias: Uma com ataques à distância (com raios ou um arco mágico), outra com uma cabeça decepada de alguém, outro que evoca almas dos mortos, e finalmente um que gera algum tipo de tornado ou choque eléctrico.

O que melhor chama atenção na série é a brutalidade dos golpes, empolgando jovens nerds que amam ver sangue jorrando e cenas fictícias de estupro e assassinato brutal. Entre as várias possibilidades de brutalidade, podemos abater bois gigantes enfiando cutelos em suas gargantas, estripar centauros fazendo-os cagar a partir do bucho aberto, arrancar no braço asas de harpias, arrancar cabeças de górgonas, quebrar a coluna de sereias deixando-as tetraplégicas, arrancar os olhos de ciclopes, então estuprar o oco do olho arrancado, estrangular o ciclope que teve o olho arrancado, difamar seu cadáver e cagar em cima de seu corpo moribundo, e ainda repetir esse processo com toda a sua família inteira, inclusive os cachorros.

Os jogos oferecem um sistema de upgrade no qual Kratos deve vandalizar, quebrar toda a mobília e artesanato grego reunindo orbes vermelhas que simbolizam o nível da AIDS no personagem. Portanto fazer sexo com putas sem camisinha e estuprar inimigos também sem devida proteção é outra forma eficiente de reunir tais orbes. Com eles o jogador pode pausar o jogo e no menu comprar novas habilidades para suas armas.

O reboot da série, God of War (2018), foi o único que trouxe alguma inovação e modificação para o sistema de jogabilidade da série. Agora Kratos tem um filho catarrento e mimado para interagir, usa machados, enfim, ficou mais frescurento.

Personagens[editar]

Deuses

  • Kratos - O grande personagem principal dessa porra toda. É um guerreiro skin-head, racista, misógeno, fascista, nazista, machista, gordofóbico, idosofóbico e matador de Papai Noel. Após ser traído pelos deuses, começa a trilhar seu caminho para se tornar o Deus da Sony. Ele nunca vai se molhar, nunca vai suar, você jamais o verá com fome ou sede, afinal Dionísio também morreu, e nunca precisa dormir, afinal Morfeu cometeu suicídio.
  • Ares - Deus da guerra, aparentemente o mais odiado do Olimpo porque em God of War I praticamente todo o Olimpo o trai pelas costas dando itens especiais para Kratos superar seus obstáculos. É também o deus da Loreal Lux Color, sempre formoso com aquele cabelão brilhoso.
  • Athena - Deusa da Burrice, responsável pelo Olimpo ter caído porque não teve a capacidade de dar um conselho correto sequer para seus comparsas deuses. Ela comumente tenta dar conselhos para Kratos, mas só enche o saco e pulamos seu papo toda a vez que aparece. Normalmente ela é só uma estátua falando um bocado de merda em inglês (nunca vi gregos falarem inglês), mas após ser morta em God of War II torna-se um fantasma que continua sendo chata pra caralho.
  • Zeus - O deus dos deuses, o Bom Velhinho que celebra com os humanos todo dia 25 de dezembro. Quando aliado de Kratos o presenteou com a magia "Zeus Furry" que serve para tacar choque nos inimigos distantes. Quando passou a ser inimigo o "presenteou" com a "Blade of Olympus" que suga a energia de Kratos, assim permitindo-o matá-lo na maior covardia, nada que Kratos não pudesse voltar no passado para corrigir. Chefe do Olimpo e vilão da história em God of War III, apesar da pose se caga de medo de Kratos.
  • Poseidon - Deus dos Mares, no primeiro jogo é um aliado de Kratos, ajudando dando para ele a sua magia "Poseidon's Rage", além de ceder a sua filha virgem. Porém, depois que a Caixa de Pandora é aberta liberando no Olimpo o Poder do Cagaço, ele se volta contra Kratos e em God of War III é o primeiro chefão a ir pro saco. Kratos o mata tentando usar a cabeça de Poseidon para quebrar uma pedra, e após se cansar disso, joga PlayStation com a cara do deus dos mares apertando L3 e R3 ao mesmo tempo.
Só apertando o Button-circle.png? Um nerd nunca conseguiu sexo tão fácil na vida.
  • Afrodite - Deusa da Putaria, do Amor e da Beleza, é a primeira e única deusa a fazer Kratos mais feliz. Por ser só a deusa da putaria, não ajuda muito no primeiro jogo, na verdade aparece só para pedir que Kratos matasse a Medusa. A sua grande participação sem dúvidas é em Gof of War III momento em que Kratos come Afrodite, botando mais um chifre no Hefesto. Hoje em dia Afrodite ganha a vida fazendo vídeos pornô com o nome artístico de Tori Black, e fazendo bicos de prostituta garçonete.
  • Ártemis - Deusa da caça, dos animais, da natureza... - Assim como a Atena, é deusa de muita coisa. Se torna aliada de Kratos e dá pra ele uma peixeira gigante no primeiro jogo. Foi a única deusa sensata, que ao perceber a insanidade de Kratos, recusou-se aparecer em God of War III.
  • Hades - Prefeito perpétuo do Hell de Janeiro, mostra-se aliado de Kratos no primeiro jogo, dando para ele a magia "Army of Hades" mesmo depois de Kratos ter matado a sua esposa Pérsefone que era muito gostosa e cafetina do inferno. Só no God of War III Hades se toca do que Kratos tinha feito com a sua mulher e então tenta matar o espartano com garras presas em correntes que podem arrancar sua alma, as "Claws of Hades", mas é ele quem acaba tendo a alma arrancada por Kratos, que usa as garras para invocar crânios farejadores com gripe. Fica puto quando tem o seu saco de pão arrancado de sua cabeça, que usava para esconder sua feiura colossal.
  • Reia - Ex-mulher do titã Cronos e principal responsável pela queda do ex-marido, já que, contrariando o esposo, deixou o filho Zeus viver entregando para ele comer uma pedra mágica, fudendo assim com todos os outros titãs. É um grande mistério como Cronos conseguiu ter relações sexuais com Reia, não existe ainda algum hentai sobre isso, já que comparado a ele, Reia não é nem uma pulga.
  • Lahkesis - A primeira irmã do destino a aparecer no jogo, aparece primeiro em forma de estátua falando que o Kratos não pode mudar o destino, sempre distraindo os jogadores nerds punheteiros por estar ali com uma teta de fora na maior libertinagem. Aparece também quando você acaba de fuder os tradutores, e como sempre ela sempre falando um monte de coisa sem sentido. Mais tarde aparece em pessoa falando que você não pode mudar o destino (que mulher chata) e diz que você vai morrer... Porém ela é estrupada e derrotada.
  • Atropos - Após Kratos derrotar Lahkesis, ela invoca a sua irmã negona Atropos! Depois a mesma leva Kratos ao passado, bem no momento em que Kratos estava lutando com Ares, ela tenta destruir a ponte em formato de espada (ui!) porém, falha miseravelmente porque Kratos é racista e não pensa duas vezes em matá-la.
  • Clotho - Uma gordaça escrota e nojenta. Para você ter uma ideia, ela é tão gorda que esta entalada num buraco. É cheia de peitos murchos e braços pelancudos, e em algumas partes do corpo possui catapora nível 5! Ou seja: é pior que a tua bisavó depois de acordar. Kratos fica com nojo dela (embora sendo cabra-macho) e penetra um machado na cabeça dela.
  • Hermes - Viadinho metido a engraçaralho que é a o Deus do WhatsApp e das mensagens instantâneas. É metido a ser o The Flash, mas toma um tiro de balista por ser muito retardado, ficando manco e sendo vítima fácil de Kratos, que o transformou no deus das vagas preferenciais de estacionamento.
  • Hélios - O Sol em pessoa, como todos os demais deuses é bem retardado e outro que se deixa tomar tiro de balista. Tem a morte mais chocante de toda a saga quando Kratos arranca a cabeça dele como se fosse feita de amoeba, e ainda usa de lanterna depois disso.
  • Hefesto - O Deus dos Cornos Mansos, é um gigante feio que é casado com Afrodite sendo condenado a viver no quarto ao lado da esposa diariamente precisando escutar as putarias que ela faz com outras pessoas. Hefesto é o responsável por criar as armas e os brinquedinhos sexuais de todos deuses, foi também o construtor da Caixa da Pandora e criador da Pandora em si.
  • Hera - Esposa oficial de Zeus, é a deusa mais inútil de todo o Olimpo porque só aparece bêbada e deixa todo o trabalho de lutar contra Kratos com Hércules (vencedor do primeiro BBB), apenas para ser morta por ele de modo ridículo mais tarde, é visível como Kratos não tem vontade de matar a megera pois sabe que estaria fazendo um favor à Zeus.

Titãs

Você se fudendo para apertar Button-l1.png e Button-r1.png com rapidez, e ao mesmo tempo com cautela para não quebrar o controle.
  • Cronos - O chefão de todos os titãs, após ter matado o seu pai Urano foi amaldiçoado com a profecia de que seu filho o mataria. Ao invés de fazer o mais sensato, que seria inventar a camisinha e se precaver, continuou metendo na Reia (que hentai mais hardcore deve ser essa cena) e foi se tornando pai de Zeus, Poseidon, Hades etc, e sua ideia incrível era que ele comia os próprios filhos, gastronomicamente falando para evitar de ser traído, mas como é burrão numa dessas comeu uma pedra ao invés do bebê Zeus, que cresceu e se vingou dele. Derrotado, teve como castigo ter que carregar o Templo de Pandora preso nas costas, até Kratos encontrar a Caixa de Pandora e usá-la. Desde então, ele vive no Tártaro, até Kratos aparecer, fazer a cutícula dele, roubar seu cálculo renal para fazer uma arma doida.
  • Gaia - Mãe Terra, na verdade é uma inútil que está ali apenas para narrar a história de Kratos porque ele nunca tem nada para fazer. É no começo uma aliada e conselheira de Kratos, uma puta que tem os seios que são uma montanha do tamanho de uma montanha! Ela também só fica enchendo o saco o jogo inteiro só porque é a bisavó de Kratos! Em certo momento ela enche o saco e tenta matar Kratos e Zeus juntos, mas os dois entram no corpo dela e fazem ela morrer de infarte.
  • Atlas - Titã da resistência que foi condenado a carregar o mundo em suas costas, sendo ele a prova cabal e definitiva da teoria da terra plana. Cansado das baboseiras dos terraplanistas ela tenta destruir o mundo em God of War: Chains of Olympus, ma sé impedido por Kratos.
  • Titãs que aparecem atrás de Gaia numa só cena - Só servem pra irritar Gaia numa cena. Tem um de fogo que pelo menos esmaga Hélios, mas só também.

Humanos

  • Oráculo - Nós não estamos falando daquela velha do filme Matrix, de uma foice do Priston Tale, muito menos da Betty, a Feia. Em God of War, o Oráculo é uma puta que não usa sutiã (não existia naquela época) e usa roupa transparente. Ela fala que o Kratos tem que achar a "Caixa de Pandora" para derrotar seu ex-deus favorito.
  • Coveiro - É um velho maluco que de algum jeito pode ver o futuro, e que aparece cavando um túmulo do qual é aquele de onde Kratos sai do inferno. Há boatos de que ele era Zeus disfarçado antes de trair Kratos no God of War II, mas o E-Farsas e os Mythbusters comprovaram que não.
  • Esposa e filha do Kratos - Aparecem em alguns flashbacks e na luta contra os clones. Foram mortas pelo próprio Kratos acidentalmente quando o mesmo estava dando um fatality em uns figurantes.
  • Prometheus - Um homem velho com cara de doido que prometheus te ajudar mas só fudeu com tudo. Na Mitologia foi responsável por presentear a humanidade com fogo. Foi castigado, sendo preso no dedo do meio de Tifão (o titã vagabundo que fica sentado com as geleiras nas costas) e condenado eternamente a ser comido (ui!) por uma águia todos os dias, se curando a noite. Kratos faz o favor de cremá-lo e tirá-lo dessa situação.
  • Theseus - Um viadinho que na mitologia original matou o Minotauro, coisa que no jogo foi o Kratos que fez, então ele fica sem ter um ato heróico em seu currículo, o que faz ele odiar Kratos. Ele se parece com o Sadan Hussen de armadura e desafiou Kratos para ver quem era o guerreiro mais forte de toda a Grécia. Claro que Kratos o derrotou facilmente e ainda bateu a porta dez vezes na cara dele.
  • Alrik, o Rei dos Bárbaros - No jogo o Rei dos Bárbaros é ressuscitado e busca vingança contra Kratos... Porém o mesmo é Ownado por Kratos e ainda tem o Barbarian Hammer enfiado no toba.
  • Perseu - Na mitologia original é o cara que mata a Medusa, mas no jogo como é Kratos quem fez isso, ele é só um viadinho que está eternamente preso numa sauna gay, momento em que ele esbarra com Kratos (o pior erro de sua vida) e acaba achando que ele é um teste. Nem precisa dizer que ele foi ownado depois disso.
  • Ícaro - Velho maluco e drogado (recebe drogas das negas do destino) que, infelizmente (para ele), entra no caminho de Kratos. Seu pai foi o criador de uma asa que pode ser usada por homens. Não é aliado, mas suas asas se tornam, após Kratos "carinhosamente" tirá-las de suas costas.
  • Soldado desconhecido do exército - Soldado desconhecido do exército de Kratos. Só ajuda quando está morto.
  • "General" Gordo do GOW (Cara da chave) - É o general do navio que Kratos aparece no God of War I, ele só serve para morrer. Aparece primeiro sendo "comido" pela Hydra Principal, depois na garganta do monstro. No final do GOW1 está no Submundo pendurado numa coluna humana gigante. No God of War II aparece na parte do Rei Bárbaro (Gordo que perdeu o pescoço e tem um pônei gigante) quando ele invoca dementes acéfalos soldados mortos... Esse cara é um coitado mesmo.

Inimigos

  • Cyclops - Bichos magros e sarados gordos e bombados, que são a causa da morte de muitos noobs no jogo. Enxergam mal (por só terem um olho) e são extremamente idiotas. São as principais vítimas do sadismo de Kratos e seu quick time event.
  • Medusa - Uma baranga, puta tão feia, mas tão feia, que se alguém olha para ela fica paralisado (Xuxa) e morre sangrando pelo (peito).
  • Harpias - Bichos chatos que não passam de gurias retardadas com asas e ficam dando gritinhos de gurias retardadas louca (O RLY?).
  • Soldados zumbi: Bichos esqueléticos e com anemia (Não sabe quem são? Então você nunca jogou God of War!).são fracotes mas são um dos principais assassinos de noobs.
  • Minotauros: Filhos de uma vaca com um Zoofilia, ou de uma mulher com um boi. São chifrudos e pensam que são bárbaros, por isso usam armas como machados e martelos.
  • Hidra: Cobra gigante com um número desconhecido cabeças enormes, que tenta "comer" Kratos.
  • Sirenes: Vadias putas que cantam canções desafinadas no deserto idênticas ao som de uma sirene (de bombeiro, policial, etc). Algumas em God of War 2 tem o peito para fora e pensam que são ciganas. As sirenes no God of War 3 invocam almas do inferno e ficam invisíveis.
  • Sátiros: São chatos e frescos com pernas de cabra, também conhecidos como ninjas viados (literalmente).
  • Cérbero: cachorros (literalmente) de três cabeças. Fêmeas são verdes e de alguma forma tem filhos pela boca. Machos são roxos e não cospem filhotes, cospem fogo e pensam que são dragões . Aparece somente um cérbero realmente macho em God of War 2, que acaba sofrendo uma lavagem estomacal feita por Kratos, e junto com a janta do bicho aparece o Golden Fleece.
  • Euryale:Irmã da medusa, mais feia que a irmãzinha (Xuxa²). É gordona e tem tetas murchas, alem de comer o Kratos sem piedade quando ele tenta fazer uma caridade (sexo).Depois da luta contra Kratos, euryale perdeu a cabeça (literalmente, obviamente)
  • O Homem da Cédula de Real Colosso de Rodes: Faz um "jurado de morte" a Kratos pelo fato dele dar uma "mãozinha" de no mínimo meio quilômetro de largura para ajudar os espartanos na luta do início do jogo. Kratos fica paralisado, mesmo com uma túnica mais dura que a própria estátua. E a mesma vai andando sempre cheia de marra, seguindo o Kratos e querendo rir dele porque ele tinha levado um choque que fez ele voltar ao tamanho normal. Kratos lutou contra a estátua como se não houvesse amanhã, senão seria rebaixado a "faxineiro do Olimpo" de novo. Nota: Com certeza essa parte do jogo deixou as pessoas que jogaram o GoW 2 putas da vida: Kratos para parar a estátua só danificando a parte interior, quando ele consegue isso, ele fica tão embalado (mesmo enfraquecido usando a espada de Zeus contra Zeus... demonstrando a verdadeira inteligência de um ex-faxineiro) que quando sai da estátua, do nada fica 110% fudido e nem consegue atacar, como se tivesse bebido todas. Zeus o mata com a espada dele, é foda o cara virar Deus e morrer assim.

Polêmica[editar]

God of War gerou muita polêmica por ser um jogo muito do caralho bom. Especialmente por conter muita violência, cenas de nudez e sexo violento. Sexo tão violento que nem o cameraman aguenta olhar, virando a câmera.

God of War 2, seguindo seu antecessor, chegou com muita polêmica. Dessa vez não foi pela violência ou pela nudez (que aumentaram inclusive, no vídeo que segue depois que Zeus mata Kratos, aparece o Ares, e ele vira uma lora gostosa com o cu de fora!), mas sim pelo seu final. Já que Kratos NÃO MATA Zeus e MATA Athena no final, a conclusão da história só sairá para PS3.

Os produtores foram convencidos pelo próprio demônio (que participou da produção dos dois games), e fizeram isso pra vender mais do novo console. Mas o real objetivo é influenciar assaltos e roubos, porque só assim a grande maioria dos jogadores poderá ter um PS3.

v d e h
God of War logo.png