Goiaba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Goiaba
Goiabas reunidas.
Goiabas reunidas.
Classificação científica
Reino: Plantinhas
Superdivisão: Plantas com esperma
Divisão: Anjo esperma
Classe: Eudissecotia
Subclasse: Rosinhas
Ordem: Micose
Família: Mitando
Gênero: Psyduck
Espécie: Goiaba
Psyduck regurgitava

Cquote1.png Eu faço rocambole com elas... Cquote2.png
Didi Mocó sobre Goiabas
Cquote1.png Goiaba robada é mais gostosa! Cquote2.png
Chico Bento sobre Goiabas
Cquote1.png Vai Chico! Bota na minha brusa e vamo corrê! Cquote2.png
Zé lelé sobre comentário a cima
Cquote1.png Quem robô minhas goiaba?!? Cquote2.png
Nhô Lau sobre Goiabas
Cquote1.png Rocambole é o que eu faço com o cu da sua mãe. Cquote2.png
Goiaba sobre Didi Mocó
Cquote1.png Esse aí é cabra ômi, si pudessi Matarrá mil Cquote2.png
Jeremias sobre Goiaba
Cquote1.png Sou eu Cquote2.png
Bixinha do High School Mudical sobre ele mesmo
Cquote1.png Caaaaaralho mano, o cara roubo minha goiaba. Cquote2.png
Cara que mora nas quebrada sobre a goiaba roubada

Goiaba é um fruto destinado ao público homossexual, pois está quase sempre bichado.

História[editar]

Nos primórdios do Universo, os dodôs tentaram pela milésima vez, dar uma demonstração de que não eram tão completamente inúteis. Para tal objetivo, criaram a mais maravilhosa de todas as frutas. Sua intenção inicial é que ela fosse capaz de hipnotizar qualquer mulher, subjugar qualquer líder e quem sabe, rejuvenescer sua avó.

Como todo e qualquer ato dos dodôs, ele não alcançou seu objetivo. As goiabas fugiram de seu controle e criaram inteligência, mas não uma inteligência convencional.

A inteligência e o pensamento[editar]

As goiabas criaram o pensamento. Mas nunca pensaram. Pois pensar, é um ato da inteligência, e a inteligência das goiabas nunca precisou chegar a tamanho esforço. Por sinal, as goiabas eram tão inteligentes, que não precisavam falar, nem comer (pois já eram comida) e muito menos tentar evoluir construindo civilizações e arranha-céus, pois já eram evoluídas até o limite. Aliás, as goiabas eram seres tão evoluídos que não precisavam de felicidade, nem muito menos vida social, por sinal, viviam em constante estado de nirvana, pois sua inteligência suprema as deixavam em condição de pureza eterna.

Alguém comeu a maçã que Deus lhe deu, e ganhou todo o conhecimento sobre o bem e o mal. Mas sabia ele, após comê-la, que na verdade a maçã era uma goiaba, e que, de fato, ele não a havia comido, nem podia, pois uma goiaba não seria devorada assim tão fácil. Na verdade, o tempo foi distorcido, durante a dentada, e automaticamente as goiabas, transmitiram uma informação vital para sua sobrevivência, A MATERIALIZAÇÃO DA FORÇA. Através de Chuck, e, é claro, com seu consentimento, as goiabas conseguiram transmitir sua inteligência e salvar seu planeta a Terra da destruição total, graças a proteção de Chuck.

Deus x Goiabas[editar]

O homem goiaba.

Enfurecido com a força que as goiabas ganhavam, e com a proteção que elas recebiam, apenas porque ele estava de bom-humor, claro, Deus inventou a goiabeira, uma máquina horrível de aprisionamento, assim as goiabas nunca mais teriam o direito de ser livres. Um ninja tentou impedi-lo, mas como este estava muito ocupado causando o Big Bang, seu Roundhouse Kick errou o alvo e acerto a antiga Láctea, hoje conhecida como Via Láctea, devido ao buraco causado pelo RoundHouse Kick.

A milionésima parte da energia do RoundHouse Kick que acertou a goiabeira foi suficiente pra que esta concebesse às goiabas o direito de saírem livres após maduras. Seres com vida média de 10¹²³¹²³ anos, as goiabas resolveram reduzir a sua juventude e aumentar sua velhice drasticamente, assim ficariam maduras em apenas alguns meses e logo ficariam livres. As goiabas para se libertar, tinham que liberar uma certa energia material, que elas jogavam em forma de fruta no chão, confundindo todos fazendo-os pensar que a fruta esbagaçada no chão seria a verdadeira goiaba. Porém, as frutas que caíam no chão eram tão poderosas que adubaram o solo e criaram as primeiras florestas.