Goiana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Goiânia
"Não é capital do Goiás"
Bandeira de Goiana.png
Bandeira
Aniversário 5 de maio
Fundação 5 de maio de 1570
Gentílico goiamuns
Lema Sempre em ruínas
Prefeito(a) PMDB, Terezinha Teixeira Coelho, Ivete Sangalo (dona da Orla) Irmã neiva (dona da escola de trombadinhas freiras), Jeremias
Localização
Localização de Goiânia
Estado link={{{3}}} Pernambuco
Mesorregião Interior Pernambucano (apesar de estar no litoral, foi expulso da Região Metropolitana do Recife por ser muito ruim)
Microrregião Ainda bem que não é Paraíba
Municípios limítrofes Condado, Itaquitinga, Itambé, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Itapissuma, Caaporã, Pedras de Fogo e Pitimbu
Distância até a capital 62 Km (tanto de Recife como João Pessoa, pode escolher) quilômetros
Características geográficas
Área Não disponível
População Não disponível
Idioma analfabetês, nordestinês, pernambuquês, paraibanu, pernambucu-Paraibanu, goianensi, i eticetera
Densidade hab./km²
Altitude metros
Clima Calor de matar
Fuso horário UTC
Indicadores
IDH
PIB R$
PIB per capita R$

Cquote1.png Vila dominada pela cerveja Sol Cquote2.png
Jeremias
Cquote1.png Eu moro na capital de Góias Cquote2.png
Guria rica e loira moradora de Goiana
Cquote1.png Tô com frio, estamos a 30ºC graus Cquote2.png
Goianense sobre o tempo no inverno em Goiana

Goiana (auto-proclamada "Nova York Pernambucana") é uma falha geográfica (terra de ninguém) onde políticos podem fazer a festa com verba pública sem serem denunciados por nada, que não é a capital de Goiás, mas sim uma mulher que nasceu naquele estado que nem sabe que Pernambuco existe, sendo a origem do nome da cidade um grande mistério, acreditando-se que seja por vergonha de ser considerada nordestina, e desejar um dia ser anexada pelo Centro-oeste.

História[editar]

Pedacinho de brejo semi-abandonada no caminho entre Recife e João Pessoa, é tão ruim que até a BR-101 faz questão de passar longe da cidade. O nome da cidade é uma homenagem de quando os nordestinos descobriram um casal de Goiás que estava de viagem para a Europa, então disseram: "oxe, oia pá li que goiana gostosa", inaugurando oficialmente a metrópole, que é agora também chamada de "Nova York pernambucana".

Geografia[editar]

Goiana tem uma localização bem atípica, sendo renegada pela Região Metropolitana do Recife por ser considerada ruim demais, e por mais que localiza-se no litoral, é chamada de "cidade do interior", embora interior não tenha nada.

A cidade em si está no meio de um brejo, longe da praia e longe de tudo. Ponta das Pedras que é a praia e a única coisa boa do território, mas quem mora lá nem sabe que o distrito-sede Goiana existe, e todos se comportam como se já fossem um município separado, tanto que em 2007 criaram a Reserva Extrativista Acaú-Goiana (um brejo enorme que agora não pode ser destruído para a construção de estradas) para separar a Ponta de Pedras de Goiana.

Economia[editar]

A economia local é baseada em tráfico de bode, lavagem de dinheiro e cana. Os principais produtos exportados são cana-de-açúcar, coco, mais cana, um pouco de cocaína, e eu já disse cana?

Idioma[editar]

O sotaque dos goianenses é tão acentuado que pode ser considerado um idioma próprio ininteligível com o pernambuquês. Os goianenses possuem um dos sotaques mais insuportáveis do país, segundo o IBGE, caracterizado pelo excesso de palavras com chiados. Exemplo: "Eu torço pro IxXxpó", "IxxXxqueci o IxXxxqueiro na IxxXxxcada". Nem os habitantes suportam tanto chiado e tentam a todo custo minimizá-los ficando calados deixando a cidade as vezes num silêncio mortal.

Turismo[editar]

Os principais pontos de interesse estão fora de Goiana, como uma Praia Suja. Dentro da cidade as opções são apenas uma igreja velha Igreja Velha, e uma praça onde só aparecem gente se for com drogas. Os principais pontos de interesse são:

  • Pontas de Pedra = Sujeira
  • Carne de Vaca = Sujeira
  • Catuama = Sujeira
  • Barra de Cama = Sujeira e Lama
  • Centro istóricu = Prédio velho
  • Centro Comercial = Lixo