Goron

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pimentamas.jpg Este artigo é queeeente!

Se quiser editar este artigo, entre numa geladeira, ligue o ar condicionado no máximo e beba uma coca-cola gelada. E não lute contra Blaze!

Cquote1.png Você quis dizer: Jô Soares? Cquote2.png
Google sobre Goron

Cquote1.png Aah... são aquelas batatas-rolantes! Cquote2.png
Vândalo indo escrever artigo sobre Goron

Cquote1.png Brother. Cquote2.png
Goron sobre Todos

Cquote1.png Uuuh...uh? Cquote2.png
Goron sobre Você
Goron é uma raça de um jogo da nintendo escrotinho onde um elfo de sei lá das quantas salva o mundo e uma princesa ninfomaníaca. Seres gordos, muito gordos, que possuem o costume de viver em lugares isolados e inospitos que cheiram mal, grandes vazios demográficos só para não pagar impostos ao pai de Zelda, e nem para o IBGE. A primeira aparição dessa raça feiosa foi no jogo Ocarina of Time, onde a mistura de um péssimo gráfico junto com a feiúra desses bichanos fizeram com que várias criancinhas ficassem com medo de dormir após jogar.

Características[editar]

Desprovidos de beleza, porém, continuam cantando alegremente com seus instrumentos de Capoeira.

A aparência de barriga de cachaça, mais o cabelo ralo e fosco igual ao pentelho de Epona, são as características mais marcantes dessa raça. Também possuem uma pele dura e aspera, e por isso gostam de colocar tatuagens de rena de quinta categoria - a pele deles é tão aspera que qualquer risquinho de caneta é capaz de marcar a carapaça de um Goron para sempre. Normalmente são bem musculosos, por frequentarem uma acadêmia cavernosa. A boca de um Goron é enorme e carnuda, e isso atrai uma fera chamada dodongo, que gostam de comer coisas beiçudas e feiosas; pelo óbvio, são lagartos gigantes que cospem fogo e andam sobre duas patas, e gostam de fazer com que sempre o mais gordo e que tenha mais patas sejam seu rei, assim sendo o King Dodongo. Os dodongos são os maiores medo de qualquer Goron, eles simplismente começam a ficar roendo as próprias unhas e tremendo aquelas pernas gordas e cheias de estria quando sentem que um dodongo está próximo. O mais triste de toda essa história é que os dodongos gostam de viver em lugares onde tem a fonte de alimentos dos gorons: pedras, dos mais diversos sabores - chocolate, baunilha e morango.

Apesar de serem obesos, não são sedentários igual a Anônimo. Os gorons tem o hábito de ficarem rolando como uma titica de galinha montanha abaixo, até bater em alguma parede, em pessoas inocentes ou cair no precípicio levando assim a morte! Pode parecer um hábito perigoso, mas é o único jeito que esses gordos tem de se proteger de monstrengos selvagens e de tentar peder umas calorias. O resultado desse meio de transporte durante as gerações fizeram com que campeonatos de virar bolota e sair rolando fossem realisados, assim todo dia 25 de qualquer mês, tem o campeonato de rolar montanha, e o prêmio para o primeiro colocado é um frango frito direto da Kakariko Village para variar a dieta, porque é um tanto cansativo só comer pedra feito um condenado.

Uma coisa que também representa os goron, é a mania de chamar tudo e todos de brother. A razão dessa gíria é o fato de assistirem tanto Big Brother Brasil. De tanto comerem pedra, a voz dos Gorons acabou ficando fanha, e esse erro foi passando de geração a geração, os deixando com uma voz estranhona e irritante. Então, nunca acorde um Goron ou fale com o mesmo com dor de cabeça, eles vão ficar gemendo e fazendo barulhos estranhos com a boca só para irritá-lo, ou apenas te dar um tapa de amigo que vai fazer você de cenoura e te enterrar no chão.

Aparições[editar]

Link após perceber que esta indo ajudar os Gorons, enquanto podia estar em um churrasquinho do reino com as amiguinhas de Zelda.

Dentre as poucas aparições dos Gorons, eles sempre apareceram do mesmo jeito: retardados, sempre reclamando das coisas ou chorando, ou dormindo, e parecendo que comeram uma panela de feijoada na noite passada para ficar com uma barriga de jamanta exageradamente grande. Também gostam de dançar forró e É o Tchan.

Cidade no quinto dos infernos[editar]

No jogo Ocarina of Time, os Gorons moram numa cidade escondida na catacumba infernal dos dondogos, os dinossauros maquíavelicos que gostam de comer gordinhos fedorentos Gorons. Por pena de Link, ele vai lá nessa cidade e canta uma musiquinha para o rei dos Gorons que estava de enxaqueca das brabas, de resultado ele começa a dançar feito uma macaca xita e revela que daria uma pedra muito preciosa para o jovem kokiri se ele matasse o dinossauro gigantesco comedor de Gorons que vive na caverna onde eles se alimentam. Então Link consegue derrotar o bichano, e ainda usa o esqueleto dele como enfeite de lustre na caverna. Assim, o rei dos Gorons, nomeia Link oficialmente um brother (não que seja muita coisa), e faz com que todos Gorons dê um abraço carinhoso nele.

Depois que vira adulto, logo depois de uma tentativa fracassada de comer a princesa, Link percebe que um vulcão próximo a cidade dos gorons está fedendo pra caralho. Então ele vai lá ver o que estava rolando, e descobre que todos os Gorons foram comidos pro um dragão vaginado chamado Volvagia. Então como sempre, Link derrota o chefão, e faz ele gorfa todos Gorons um por um, fazendo assim que a cidade voltasse ao seu normal.

Gelo, gelo, e Gorons[editar]

Já no outro joguinho que ninguém liga nomeado Majoras Mask, Link vai parar em um universo paralelo onde Gorons vivem em um lugar que gela os bagos. A sua missão nesse lugar é encontrar o termometro em uma caverna onde ocorre vários eventos de toureiro, controlada por um touro mecânico e mascarado gigante, e aumentar a temperatura, porque assim nem o Papai Noel aguenta tanto frio. O problema de tudo é entrar nessa caverna, que tem em sua entrada um Goron que comeu fermento demais e ficou do tamanho da Estátua da Liberdade. Então Link usa sua fantasia costumizada de Goron e canta uma musiquinha do terreiro mais próximo, fazendo com que o Goron dormisse e cometesse suícidio durante seu sonho. O resultado disso foi a morte mesmo.

No final Link consegue fazer com que a cidade dos Gorons esquente, e com que um bebê Goron mela-fralda ficasse limpinho, e realizasse seu sonho de entrar na corrida dos Gorons que antes foi impossibilitada por causa de tanto gelo no meio do percusso. Por causa disso, também foi realizado o jogo Need for Gorenpeedy, que foi cancelado pela Nintendo por ninguém gostar de gordos.

Os Gorons de Majoras são os mais feios: um velho corcunda e barbudo com uma boca enorme, um espírito de arrepiar o saco, e um bebê chorão.

Mais tatuados do que nunca[editar]

No jogo Twilight Princess, os Gorons mostram que gostam de se tatuar de verdade, fazendo com que todo o corpo virasse uma tatuagem. Além do mais, pararam de andar pelados por ai e viraram garotos propaganda da marca de cueca de lutadores de sumó Kisumomó, a mais capenga fabricada na China; e para piorar a situação, eles embraqueceram, perdendo a cor de amendoim japônes, e virando algo mais parecido com o Michael Jackson depois da cirurgia de mudança de cor.

O gráfico surrealista e 3D do jogo mostrou que o beiço dos Gorons ficou mais carnudo e feioso do que nunca, e que na verdade todo Goron tem olhos azuis. A verdade de tudo isso é que a Nintendo fez uma crítica a Igreja Católica ao dizer que Jesus é branquelo de olhos azuis, sendo que na verdade é um negão pixaim.

Representantes[editar]

Apesar de muitos membros importantes na raça goron, todos são praticamente iguais: gordos, marrons e com um beiço enorme. Dentre os gorons mais conhecidos se destacam:

Darunia: É o rei da cidade dos gorons, e sempre ajuda a mante-lá limpa, e parar os vândalos que ficam rolando para lá e para cá em lugares incovenientes destruindo patrimônios da cidade. Acabou morrendo depois de tentar ir fazer Volvagia cuspir seus brothers que viraram jantar, e virou um sábio de fogo, ensinando a Link uma canção brega que faz o pirralho se teleportar para o Templo do Tempo;

Link: Sim, existe um goron chamado Link, é o filho de Darunia! E esse nome um tanto original surgiu após o elfinho verde matar todos dodongos e fazer um churrasco com toda a galera goron, e mostrar para os barrigudos que com um dodongo e mais uma fogueira, dá para fazer um bom churrasco. Com isso foi nomeado um herói, e depois de Darunia parir, colocou o nome de seu filho de Link, em homenagem ao menino elfo churrasqueiro;

Bigoron: Um goron tamanho família que depois de cansar de comer e crescer ficou entalado numa caverna quando tentava voltar pra casa. Sabendo que não ia morrer de fome por ter muita banha, criou um estúdio de tatuagem goron, e uma loja de espadas, fazendo com que Link ficasse tentado e fizesse uma missão chata pra caralho pra conseguir uma espada bonificada;

Darmani: É um goron feioso pra caralho, que após comer uma baranga e morrer de aids, ganhou o hábito de ficar assustando os gorons que comem gelo. Até que Link o encontra, e segue ele até uma sauna luxuosa, e o fantasmão acaba virando uma máscara para a coleção de cueca do herói;

Velhaco: Um goron parente próximo de Hebe Camargo que depois de ter comido muita viagra pensando que era rémediio de dor de cabeça, fugiu de casa para não mostrar a potência para o seu filho, um bebê chorão de 2 anos de idade. Porém se esquece que lá fora tava fazendo um frio desgramado, e acabou virando picolé de goron;

Ver também[editar]

Zora

Deku

Kokiri