Grande Barda

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Superhomiii.jpg Este artigo é um super-herói.

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Midnightbliss Thor.gif
Admita! Você nunca imaginou que por trás daquela armadura ridícula se escondia essa baita gostosa

Grande Barda é uma heroína pouco conhecida da DC Comics que se esconde dentro de uma armadura feiosa, por isso todos acham que ela é uma baranga, quando na verdade é tão gostosa quanto a Mulher Maravilha, inclusive sendo muito parecida fisicamente com esta.

História[editar]

Ainda bebê, Barda foi separada de sua mãe e treinada por Vovó Bondade para ser uma guerreira com super-força, resistência, durabilidade e reflexos. Deu certo até ela conhecer e se apaixonar por Senhor Milagre, o filho adotivo de Darkseid, com quem fugiu de Apokolips, casou-se e teve uma filha. Na Terra, ambos afiliaram-se à Liga da Justiça, embora Barda fosse contra no início, pois queria ter uma vida normal. Não demorou muito para que surgissem comentários maldosos sobre um suposto caso entre Barda e o Super-Homem, então para evitar uma crise no casamento ela abandonou a Liga e juntou-se às Aves de Rapina a convite de Oráculo.

Por fazer parte dos Novos Deuses, Barda é tecnicamente imortal. Porém, nos quadrinhos qualquer personagem pode morrer, mesmo que seja um deus, e é o que acontece com ela, que acaba assassinada pelo Homem Infinito. Dizem que tal assassinato foi encomendado em conjunto por Donna Troy, Poderosa, Mary Marvel, Supergirl e (claro) Mulher Maravilha, todas com inveja porque Barda vinha ganhando cada vez mais espaço na DC. Aproveitando-se de sua morte, uma atriz pornô fracassada chamada Hot Gates tenta se passar por Grande Barda para dominar sua cidade (pelo menos não é o mundo), mas é detida pelo Batman. Também foram relatadas por acreanos aparições de uma bizarra versão masculina de Grande Barda, casada com uma não menos bizarra versão feminina do Senhor Milagre.

v d e h
Bem-vindo à DCclopédia!