Grande Cisma do Oriente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Grande Cisma do Oriente foi o evento que dividiu a igreja cristã em Igreja Católica Romana e Igreja Católica Ortodoxa, basicamente a diferença entre FIFA 11 e Pro Evolution Soccer 2011, na prática são a mesma coisa, muda só a barba.

A cisma[editar]

Imagens da Quarta Cruzada com a Igreja Católica Romana e seu exército invadindo a base de operações da Igreja Católica Ortodoxa em Constantinopla.

Ninguém se preocupa com as três primeiras cruzadas, mas a Quarta Cruzada é quando o papa romano Leão IX estava com inveja das barbas do Patriarca de Constantinopla (Papa Grego). Ele também estava com ciúmes porque o Império Bizantino não estava passando pela Idade das Trevas e não estava mergulhado num longo século de atraso científico e intelectual, enquanto todo o ocidente estava.

Assim, o papa constituiu um exército enorme e o enviou para o espaço para a Estação Espacial de Constantinopla (Death Star), hoje caída e renomeada de "Istambul". Quando todos os cruzados latinos chegaram a Constantinopla, eles invadiram os muros da cidade rapidamente usando desentupidores de privada como ventosas, fato que deixou o patriarca bizantino louco.

Os bizantinos responderam com seu poderoso exército de ninjas que tinham a habilidade de planar, soltar fogo pelas narinas e atirar cebolas fritas em seus inimigos de uma só vez. Esmagados pelos ninjas bizantinos ortodoxos, os cruzados latinos romanos que tinham apenas umas machadinhas bateram retirada de volta para Roma.

Depois de tudo isso, quando o imperador e o patriarca estavam felizes pelo sucesso da operação, foram conquistados pelos turcos e agora o Império Bizantino virou o Império Otomano. Ninguém se importava mais sobre isto, e toda a atenção foi para a Rússia.

Diferenças[editar]

Diferenças que levaram à cisma:

  1. Os católicos romanos adoram três estátuas em três dimensões, enquanto os católicos ortodoxos adoram duas imagens bidimensionais em vez disso, exceto para a Santa Cebola que aparece em 3 dimensões. Alguns ortodoxos adoram até quatro imagens tridimensionais da Santa Cebola, mas esta é muito controversa na igreja, e vista por muitos como heresia modernista.
  2. Alguns ortodoxos adoram o Calendário Juliano, alegando que o Calendário "Novo" é uma heresia.
  3. A arte sacra católica romana esta presa no século XVII, enquanto a arte sacra ortodoxa é universalmente presa em um estilo do século IX.
  4. Os católicos romanos usam somente pão sem fermento para a massa em que eles comem Jesus, enquanto os ortodoxos orientais usam apenas pão levedado para comer Jesus.
  5. A Igreja Ortodoxa adora a cebola; Os romanos adoram o Papa.
  6. Os ortodoxos orientais têm barbas enquanto os romanos ocidentais são carecas.