Grande Conspiração Judaico-Bolchevista

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Judeu0.jpg Cadê o moedinha?

Este artigo é judeu! Ele odeia alemães, foi escolhido por Javé e não come lagosta porque é caro e anti-kosher. O autor deste artigo provavelmente é contador e deve estar cuidando da lujinha.

Hammer and sickle.png Este artigo foi aprovado pelo Conselho de Proteção à Moral da Família Soviética como sendo livre de conteúdo subversivo.
Verdade.
Verdade.
Este artigo contém...

VERDADES!

(pelo menos foi o que a Veja disse)

Material verídico: Use com moderação.
Josef Stálin era Judeu

A Grande Conspiração Judaico-Bolchevista foi uma tentativa de queimar ainda mais a rosca o filme dos judeus. Segundo o grande intelectual, escritor, poeta, mágico-ilusionista Sergay Nilllus, a maçonaria era uma conspiração judaico-maçônica, que juntamente com o os comunistas tinha a intenção de dominar o mundo. O mais curioso de tudo isso é que Hitler, 60 anos depois, ao usar tal coisa, se mostrou muito a frente do seu tempo, tendo em vista que ainda não existia a Desciclopédia para propagar essas ideias absurdas e descabidas.

No Wikipedia.png QUEBROU A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Grande Conspiração Judaico-Bolchevista.

Para fazer tais afirmações ele se inspirou em outro livro chamado Biarritz, também conhecido como Protocolos dos Sábios de Sião, que pode-se dizer, é um pioneiro da Desciclopédia em matéria de informação livre de conteúdo e sem sentindo.

A História dos Protocolos dos Sábios de Sião[editar]

O texto seria uma ata redigida em reunião de judeus, maçons, rosa-cruzes e bolcheviques, realizada em 1807 com o intuito de destruir o cristianismo aliada a outras sociedades secretas. Foi redigida por Eric Cartman durante reunião entre seu arqui-inimigo Kyle com o capeta, e descreve como os judeus dominam absolutamente TUDO no universo (até o seu cú). E até hoje a judeuzada tenta e tenta e tenta provar que o livro é mentiroso, mas basta ler um par de páginas pra gente entender toda a merda em que vivemos e como esse povinho é responsável por tudo.

"Pequena" lista de judeus comunistas[editar]

  • Olga Benário:Judia russa agente da KGB que ajudou o luís prestes a tentar transformar o Brasil num CUbão e fuder com todos nós.
  • Salomon Morel:Chefe de um gulag que torturou uma caralhada de russos com vodka barata e mesmo assim recebeu asilo em Israel depois da Segunda Guerra mundial.
  • Vladmir Herzog:Esse até onde sabemos não fez nada grave, mas acabou se fudendo e foi enforcado pelos militares brasileiros ou pode ter se matado.
  • Naomi Klein:Feminazi canadense retardada e metida a economista.
  • Fidel Castro:Sim senhores e senhoras, o guerrilheiro viciado nos charutos cubanos era um judeu marrano e o partido comunista de cuba nasceu numa reunião em uma sinagoga de Havana.
  • Idel Jakobson:Judeu estoniano que era da NKVD e tentou enfiar a foice e martelo no cu do povo da Estônia.Matou 1200 pessoas.
  • Rosa Luxemburgo:Mais uma feminazi da velha guarda que tentou dar um golpe na alemanha.Criou um grupo baderneiro pra tentar fazer a alemanha oriental surgir antes da hora mas peidou pra muzenga quando os freikorps alemães derrotaram os vagabundos.
  • Vladmir Lenin:Pensava-se que era um tártaro da criméia, mas o pai dele era um rabino que traçou uma mina desse povo e nasceu esse infeliz.Foi abandonado ainda cedo e adotado por um russo.Um dos principais líderes bolcheviques que derrubaram o exame papa nicolau czar Nicolau na Rússia.
  • Leon Trotski:Bolchevique clássico.Acabaria tomando na jabiraca mais tarde quando o Stálin mandou picaretarem ele no México.Uma coisa é certa: Mesmo sendo um filho da puta o cara era macho pra ter coragem de comer o dragão que era Frida Kahlo.
  • Allen Ginsberg:Hippie malucão nascido nos EUA que foi o pai dos Beatniks.Era pedófilo e fez um [ironia|belíssimo]] poema sobre o próprio cu e outro de como desejava fuder sua mãe que estava em coma.
  • Mátyás Rákosi:Ditador da hungria comunista.Era odiado pelo povo mas o tio stálin gostava do seu fantochinho.
  • Genrikh Yagoda: Conhecido como o "Hitler Judeu".Maior assassino em massa da história.Fez ponta no holodomor mas como a ucrânia é um país irrelevante atualmente todo mundo só lembra dos supostos 600000000000000000000000 trilhões de judeuzinhos no holoconto cujo o culpado teria sido um emo austríaco que queria ser pintor.
  • Oscar Niemayer: Arquiteto centenário possível parente distante de Dercy Golçalves que ajudou a construir umas bostas no maior covil de ladrões do Brasil a.k.a Brasília.
  • Wilhelm Reich:Escreveu um livro dizendo que todo fascista/nazista seria um viadão enrustido, embora ele mesmo queimava a rosca e queria que todo tipo de transa fosse liberado.Foi preso por vender supostas "caixas de orgônio" que seriam uma espécie de viagra mas eram na verdade [Lico de Cair Pinto]].
  • Robert Oppenheimer: Cientista e líder do projeto manhattan pra desenvolver a bomba atômica.Famoso por repetir uma frase dos hindus lá que diz "eu so agora o destruidor dos mundo todo tá ligado e dadinho o caralho, meu nome agora é dona morte" , ou algo parecido.
  • Ernő Gerő:Outro judeu húngaro que matou gente pra caralho.

Todos esses dados podem ser confirmados no livro "O doce veneno do escorpião" "Under the sign of the scorpion"

Desfecho[editar]

Como qualquer cidadão pode observar, todas essas táticas são extremamente eficazes, e foram muito bem sucedidas: basta pegar o extrato do seu banco e ver a taxa de juros que está pagando, ou assistir qualquer filme da Disney.

Ligações externas[editar]

[1] História dos Protocolos