Granola

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Zetsu rosto.PNG Este artigo faz parte do incrível mundo Vegetal Folhoso

Este vegetal foi certificado pelo Greenpeace sendo livre de agrotóxicos e outras pragas nocivas.


Granola é um elemento típico da dieta natureba. A granola consiste em uma amálgama de castanhas e frutas secas adicionadas à aveia caramelizada.

Reação de um ser humano ao ver uma tigela de granola com aveia. Não é legal. Para quem faz. Mas para quem vê...

A granola (gran, em latim: grãos; ola: movimento que as torcidas de futebol fazem, ou seja, uma ola de amálgama misturada à aveia caramelizada) surgiu por volta de 4.300 a.C. no antigo Império Democrata Persa-Libanês, durante a campanha de invasão ao Canadá conduzida pelo Imperador Marchex II. Devido ao clima ríspido e pouco elegante, as provisões das divisões avançadas mostraram-se propensas à hipotermia, restando aos soldados apenas a aveia caramelizada e uma amálgama de castanhas e frutas secas. E foi assim que o império persa-libanês foi derrotado, sobrando apenas os cavalos, que se recusaram a comer aquela porcaria. Dias depois da derrota, os persas libaneses decidiram que quando um povo vizinho fosse visitá-los, seriam recebidos com um pote de porcaria, ops quis dizer iguaria.

Atualmente, a granola representa a mais importante fonte de nutrientes e fibras adocicadas do mundo utópico onde todos possuem alimentação saudável e praticam exercícios fisicos regularmente (depois de terem vomitado, é claro!)

Onde se encontra[editar]

  • Mercearias
  • Supermercados
  • Cantinas de escola (isso aqui não é privado, tá?)
Esse esboço é diferente dos outros.
Mas ainda assim ele precisa de uma ajuda sua, editando-o.
Pão do Bowser.jpg Este é um artigo gastronômico.

Super Mario garante: "Todas as torradeiras tostam este artigo!"