Grisões

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Grisões são um bando de montanhas quaisquer lá no sudeste da Suíça. Se os ricos brasileiros vão em Gramado ver "frio" lá em Grisões os mais ricos do mundo vão dar uma caminhadinha para refletir um pouco da essência dos milhões.

História[editar]

Grisões, basicamente falando.

Um dia italianos, franceses e alemães decidiram criar uma estância de férias nas montanhas. Estava criado Grisões. No século XII suíços loucos e capitalistas, vendo que a região era lucrativa e potencialmente rica, anexaram ela a confederação, contribuindo para um enriquecimento ainda maior da cidade. A região também é famosa pela produção de relógios cuco e chocolate suíço com mão de obra barata, cerca de 30.000 dólares americanos semanais, salário que os suíços acham muito humilhante para condição trabalhista. Se você é comunista, se ferrou, nunca vai ir para lá. Mais tarde os ricos resolveram se reunir lá em Janeiro para discutir se iriam continuar a colocar seus bilhões na Suíça. Estava criada Davos

Geografia[editar]

Como calor é coisa de pobre, em Grisões é bem frio: Na primeira metade do ano neva, na outra metade faz frio sem nevar. Nas montanhas, mesmo no Verão neva. Na onda de calor do dia 30 de Fevereiro de 1945, a temperatura em Grisões chegou a 15ºC causando morte de cidadãos locais acostumados com as temperaturas sempre negativas. Sempre foi difícil medir a temperatura mínima do local, dizem as más línguas que temperaturas de -70ºC podem ocorrer no inverno sem maiores problemas. Chuck Noris classificou na sua escala o clima como friuzão de altitude.

Economia[editar]

O desavisado correspondente da desciclopedia esqueceu seu carro no tempo é...

A economia se baseia na venda de chocolate e relógio, e em pensões que os sanatórios onde os emos ricos se internam com ordens dos pais mauricinhos para que lá respirem um ar puro. Grisões é onde os ricaços vão para esquiar. Então, enquanto tu vai lá na lage assar teu churrasquinho barato, o Príncipe Charles vai fazer as caminhadas reais pelas florestas da região. Em Davos, principal cidade do cantão, ocorre o maior encontro anual de imperialistas filhos da puta que com os impostos do povo vão esquiar um pouquinho para relaxar. Você, pobre leitor da Desciclopedia é um idiota que paga seus políticos também para darem uma passadinha por lá!