Guaporé

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Serjão entrevista.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!


Guaporé Fim do Mundo
Espanha Basca.JPG
Bandeira
Guaporé não sei o que
Hino Guaporé de Merda
Local link={{{3}}} Estados Unidos do Sul link={{{3}}} Rio Grande do Sul
Idioma Bahtchêles, Colones
Geografia
Clima Serrano
Locais de referência Arco das Bostas
Economia Falida
Produtos exportados Sutiã
Política
Governo
Nuvola apps core.png
PV
Atual prefeito
Nuvola apps core.png
Zé Lelé
Vice-prefeito
Nuvola apps core.png
Chatôncio
Mídia
Cidadãos ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Viado, Zé Ruela
Esporte símbolo Bocha, Esporte colono
Santo local São Cuapore

Cquote1.png Você quis dizer: Guaporéville? Cquote2.png
Google sobre Guaporé
Cquote1.png Tem X-Corola? Cquote2.png
Cidadão sobre Bellini
Cquote1.png Issso no eziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Guaporé
Cquote1.png Foi lá que o cão botou para nóis bebe! Cquote2.png
Jeremias sobre Guaporé
Cquote1.png èuaropauG Cquote2.png
Armando Davi sobre Guaporé
Cquote1.png Você traiu o movimento maconheiro, véio Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Casagrande
Cquote1.png Moro de aluguel, ganho R$450, mas tenho um Audi ! Cquote2.png
Agroboy sobre Guaporense
Cquote1.png Isto é uma vergonha ! Cquote2.png
Boris Casoy sobre Rótula do centro e ruas de Guaporé
Cquote1.png Vámo prra Serrrafa hojé? Cquote2.png
Coloninho tradicional sobre querrendo i prra Sérrafina
Cquote1.png Hoje vou no Gemelli! Cquote2.png
Cidadão guaporense sobre o que fazer na noite em Guaporé
Cquote1.png Porco dio! Essa chuva me estraga a seca. Dio can!! Cquote2.png
Colonão de Bento sobre Guaporé
Cquote1.png Tá, tá! Já comeram então vão embora! Cquote2.png
Gemelli sobre seus clientes
Cquote1.png Botei suspensão a rosca e pelicula espelhada! Cquote2.png
guaporense sobre seu Corsa
Cquote1.png Não tem mais pão, desculpa. Cquote2.png
Belina sobre falta de pães no Belini
Cquote1.png Podem entrar na água, mas não podem se molhar! Cquote2.png
Paulo sobre Piscinas do Clube
Cquote1.png Nhúúú, nhoáh nhi-ín...iou-úow ! Cquote2.png
Muda mais lenta sobre a gestão atual de Guaporé
Cquote1.png Vendi minha casa para comprar um Duron 800 Cquote2.png
Cidadão incompetende sobre Computador comprado na Suprimatica
Cquote1.png Com limão e gelo é 50 cents a mais, a torrada deu R$ 15,00 Cquote2.png
Galiassi sobre Fregueses querendo limão, gelo e uma torrada
Cquote1.png Tem Latinha? Cquote2.png
Furadeira sobre Guaporé
Cquote1.png Não tem nada para faze aqui! Cquote2.png
população 3 pessoas de Guaporé sobre a cidade.
Cquote1.png se falemo Cquote2.png
cidadao obeso guaporense se despedindo no msn.

Guaporé é uma cidade com cerca de 18 milhões de habitantes localizada no centro-sul da República Rio Grandense.

Guaporé é uma cidade altamente feia, que pretence a Bento Gonçalves, mas conseguiu independência devido as divergencias, mas se sabe que é uma merda.

A maior diverssão é ir a Bento.

A cidade é fabrica de sutiã.

A cidade[editar]

A 12.030 metros de altitude, Guaporé tem como principal chamarisco a grande quantidade de entretenimento, sempre disponível à toda população. Além é claro, da beleza de suas paisagens, cujo maior destaque é a bonita vista do lixão. Lá nasceu apenas uma pessoa famosa: Renato Portaluppi, famoso atacante do Grêmio e técnico do Fluminense, mas ele tem vergonha de admitir que nasceu em Guaporé e diz ter nascido em Bento Gonçalves.

A Igreja Matriz, totalmente construída de LEGO e Durepox por Emilio Zanon !!!

A cidade só é conhecida por levar seu nome na música Vamos Fugir interpretada por 82,365% dos artistas vivos. Sabe-se que a música não faz referência a Guaporé-RS e sim ao antigo nome de "Rondônia" mas mesmo assim, sempre que tu estiveres em outra cidade e perguntarem de onde tu és, deves responder: "Guaporé, aquela da música..." Se mesmo assim não souberem, desista, tu não conseguirás explicar onde é. Guaporé, assim como a ilha de lost, não tem coordenadas geográficas.

A cidade é composta por lambe-lambes (extintos no inverno mas surgem no verão, assim como o axé que eles dançam); super maconheiros, presentes o ano inteiro; modelinhos (que também dançam); pessoas comuns que não dançam; putinhas; crias; coloninhos; metidinhas e galera do "auto rebaxado". Claro que não podemos esquecer dos pre-potentes que se tem em peso na cidade, que cheiram cocaina no Trip Bar e tem raiva dos viados e dos maconheiros.

A cidade é internacionalmente reconhecida como a Cidade Status. Sendo ela a cidade com a população mais ignorante do Sul do País. Para ser alguém em Guaporé, você precisa - nessa ordem - de apenas 3 coisas: 1º Carro: Não importa se você ainda não terminou de pagar, não pagou/pagará, ou pagou com dinheiro lavado. Se todo guaporense comprasse somente o carro que pode pagar, no domingo à tarde só haveriam carros 1.0 com mais de 15 anos de uso desfilando. 2º Diga que tem dinheiro: Independentemente de quantas dívidas você tem. Inverta o sinal do extrato bancário, pague uma cerveja para aquele bando de amigo inútil sangue-suga que você encontra na praça no domingo à tarde e assim ninguém saberá o quão pé-rapado você realmente é. 3° Aproveite a vida: Demonstre que tudo está bem. Beba, use drogas, coma as menininhas de 15 anos (mesmo que você já tenha 30), passe o domingo inteiro subindo e descendo a Rua Guilherme Mantese no seu carro não pago, rodando sertanejo, funk, funknejo (obrigando todos que tem bom gosto musical à ouvir) e bebendo. Aproveite oque há de melhor na vida, pois se ignorância é bênção, Guaporé é o Reino dos Céus.

"Vamos fugir, deste lugar, baby. Vamos fugir..."

Ponto Turístico[editar]

Autódromo "internacional" de Guaporé sediando uma corrida feminina de motos. O saldo de mortes foi de 33 participantes e 45 espectadores que inutilmente estavam tentando se proteger das barbeiragens.

Existem muitos lugares a se conhecer em Guaporé como o Cristo que se você conseguir chegar lá você conhece, difícil é chegar apesar que agora estão asfaltando graças ao Antoninho que realmente é a única atraçao turística com valor nessa cidade. Mas o asfalto continua uma bosta.

Há também o Autódramo que é um autódromo Internacional que de Internacional não tem nada. Se der sorte existe.

O Kartodramo que é uma pista para criancinhas aprenderem a andar de bicicleta nos fins de semana.

Praça das pombas que só tem titicas no chão (bombardeamentos diários).

Aquele prédio na entrada da cidade em insentivo a colônia que acabou virando shopping de joias e langerie, como se não tivesse lojas para vender isso em guapore, é ali que resolveram colocar a Mostra Guaporé, para ver se alguém de fora vai... mas ninguém vai.

A praça central onde a Igreja se localiza bem em frente, como toda cidadezinha interiorana, também tem a prefeitura e o Café América (bodega) onde há reuniões para falarem mal das pessoas ao redor da praça (principalmente políticos e doutores).

Na praça podemos encontrar uma grande quantidade de skaitistas do estilo "eu não tenho família", emos, aspirantes de emos, metaleiros frustrados com suas roupas pretas procurando ratos mortos para comer e sangue de skaitistas para beber, menininhas rebeldes que dizem ir para missa mas vão dar um rolé na praça e fumar cigarro, maloqueiros e vileiros virantes de bancos-da-praça, principalmente na sexta -feira, entes do XV de Novembro que fazem um estardalhaço de madrugada.

Há também a fruteira do Manquinho onde você encontra várias frutas e legumes por menos de R$ 1,00 e você pode ir a qualquer hora, ele fica aberto 24 horas (mentira). OBS: ele cobra boletos do Banrisul

Não podemos deixar de fora as boates como a Radical, Mata Tropical, Bombacha, Águia Azul, Perdidos na Night e Chalana agora seven, lá você encontra diversas barangas por preço de banana, mas sua banana cai alguns dias depois.

Autódromo Internacional(regional) de Guaporé: Palco de belíssimas provas automobilísticas, excluindo a Fórmula Truck, com as belas condições do asfalto, excluindo um público estimado em 60 mil pessoas. Sua pista foi inaugurada em 1223, com 3.000080Km de extensão. É considerado pela crítica esportiva como o autódromo mais horrível do País. E lá tinha a Mostra Guaporé (agora transferida para a estrada na cidade) que todo mundo vai só para dar uma volta mesmo para ter alguma coisa nova para fofocar. Quem mais usa o autódromo são os super-maconheiros e os fura-mina.

Museu Municipal: Com sua área de 10 x 10, se localiza no centro da cidade, e os horários de visitação são de terças a sextas, das 08:30h às 11:30h e das 13:30h às 17:00h. Aos sábados e domingos não atendem pois o museu é grande demais, e para um grupo ver todas as obras de arte expostos nele, levaria umas 12 horas no mínimo. Louvre passa vergonha.

Tem o clube de caça e pesca de Guaporé onde todo mundo sabe que existe mas ninguém é sócio, com sua "pesqueira" de esgoto do Santo André, a açude proporciona uma divertida pescaria à toda família, pode ser, inclusive, a última pescaria da família, morta por intoxicação alimentar.

Clube União Guaporense proporciona festas gratuitas aos seus sócios depois que o Caio Zanon deixou de ser presidnte não presta mais, e não há festas no clube. Apenas 3 por ano, Noite Rosa/Azul, Clicada no ânus e Festa a Fantasia, onde todos os homens vão de mulher e todas mulheres vão bem vagabundas.

AGA: Assossiação Guaporense de Automobilismo, tá tão fudida quanto sua sede. Tem 2 piscinas para o pessoal mijar e se trocarem xixi, as mulheres gostosas tomam banho de sol, mas como os olhares dos gordos e suados homens de Guaporé são tão "quentes", elas acabam de desassociando e indo para o Camping de Serafina.

Paludo: Toda loja, mercado, boteco e tudo mais que encontrar por lá ( isso se encontrar algo )

Bairro Ilustre[editar]

Vila Verde: Certamente o bairro mais ilustre de Guaporéville, no bairro só residem ricos, maravilhosos, lindos, melhores que você. Pobre não entra!

História[editar]

Originalmente a cidade de Guaporé era apenas uma aldeia indígena da tribo Aquicodáoanos Dumatomato. Tribo esta, que não satisfeita em dominar o mercado de vendas de balaio resolveu criar uma cidade. Criou-se então a cidade de "Vale Deserto City", mas como nomes indígenas já não estavam mais na moda, e não eram mais considerados fashion pelos índios, o nome passou a ser Guaporé, que na língua Tupi significa "Aonde eu fui me enfia Puta que pariu merda de cidade isso é um cú".

Mais tarde, os italianos (talian dio can) vieram e não fizeram nada demais, ficam em casa coçando o saco, vão para bodega na tardinha para tomar uma pinga enquanto suas mulheres ficam falando mal uma das outras pelas janelas. Talvez seja por isso que a cidade é tão desenvolvida...

Ninguém sabe de onde surgiu a Lingerie e a Semi-Jóia de Guaporé.

Grupos e/ou Quadrilhas[editar]

Abaixo uma breve lista dos grupos de imbecis jovens de Guaporé:

A estação ferroviária, também conhecida como "rancho da pamonha" é um dos principais redutos de maconheiros.
  • Maconheiros: Admiradores de nada e a famosa Erva-Mate-verde de fumar, frequentam os pontos mais escuros da praça, autódromo e ferrovia. Gastam seus últimos neurônios discutindo assuntos utópicos nos bares da cidade. A imensa maioria se considera incompreendida, não tem internet e jura ser a nova encarnação de Che Guevara. Não raramente comparecem na Imvis para matar a larica na madrugada.
  • Metaleiros: Também conhecidos como discípulos do Diabo Mattielo. Usam roupas escuras, mesmo no verão escaldante, estão na fase "Iron Maiden" da vida toda, sua faixa etária varia de 12 a 35 anos. Não bebem e tem medo da sociedade Guaporense (com razão). Vivem dizendo que ser metaleiro não é gosto, é estilo de vida e são muito bizarros em meio aos outros grupos.
  • Músicos de Várzea: Em sua maioria integram bandas de garagem, que sempre são desconhecidas. Apresentam-se em quermesses e shows de baixo custo da Podium, Pub`s, bodegas etc. Portam-se como superstars onde quer que estejam. ( 99,3% deles também fazem parte do grupo dos Maconheiros ) Mas também temos musicos profissionais da cidade, que vão embora por que essa porra de cidade não dá nem uma expectativa para ninguém.
  • EMOs: Adolescentes ou nem tanto, que adoram chamar atenção de alguma forma. Fortes tendências homossexuais suicidas. Escrivinham em blogs sobre sentimentos tristes e choram.
  • Lambe-Lambes: Um dos blocos grupos mais odiados pelos demais. Não possuem estilo próprio e ressurgem a cada verão seguindo um modismo diferente e igual aos demais. Suas únicas características imutáveis são a forma afeminada calorosa com que se cumprimentam, não faltando beijos e abraços ( mesmo entre indivíduos do mesmo sexo) e sua adoração por música ruim alta (sertanojo) e cerveja, quando raramente há algum heterossexual assumido, este é muito admirado pelas patricinhas de plantão.
  • Pitboys de Bailão: Como o nome já diz, são os adoradores de pica briga. Costumam andar somente com os namorados amigos, provocam a todos e veem provocações nos atos mais banais. Raramente são vistos na companhia do sexo oposto. Se você tiver problema com algum destes, basta fazer chegar aos ouvidos de seus pais, pois em sua maioria, são filhos de pais abonados. Os famosos playboys !
  • sisis: meninas metidinhas q se acham gostosonas, vivem na frente das festas, sempre se exibindo, se acham acima da média, esnobam os caras gente boa pois o negócio delas é ficar com os cheradores metidos a playboys q tratam elas igual as puta de zona (quando tem corridas no autodromo elas dão preferencia aos pilotos (mecanicos q se dizem pilotos).
  • Vileiros ou "Pirrigosos": Habitam as crateras zonas periféricas de Guaporé, não se misturam com os demais grupos. Raramente frequentam a área central, e quando o fazem, chegam a pé ( em bandos, aos gritos) ou utilizam carros com mais de 15 anos, tocando CD's de 12 anos, com o pior da música certaneja podres ornamentados com acessórios de baixo custo ( lâmpadas forradas com papel colorido, adesivos e muita massa plástica ). É o grupo mais violento, sendo inclusive o tormento dos 'Pitboys de Bailão'. O que mais me indigna é como Guaporé uma cidade pequena e com tantos empregos e oportunidades tenha no seu território meros ratos que acham que mandam na nossa cidade e estão aqui só para desgraçar a imagem da nossa terra. Isso mesmo vocês são MEROS ratos, que acham que podem tudo e com todos. E por que isso acontece, simplesmente porque são uns merdas, e não tiveram educação em casa. Na maioria das vezes a mãe é uma puta que faz programa para sustentar seus filhos e os pais vivem nos bares, bebendo até gastar seus miseros reais. Aí a revolts é grande, e suas crias se revelam. Vocês um dia, vão sofrer na pele, tudo que já fizeram por aqui, seus inúteis!
  • Doutorzinhos da Mamãe: São os novos porto-alegrenses, ou seja, estudantes que passam seus dias na capital. Logo na 1ª semana em meio à civilização, acabam falando em "ti-ti-ti". Jamais perdem a oportunidade de comparar Guaporé com "Pôrtuh". Quando formados, retornam a Guaporé e dedicam o resto de suas existências patéticas a ter um carro maior e mais caro que o do vizinho.
  • Mauricinhos e Paty`s: Quando não integram o grupo acima, tentam parecer que sim. Andam muito bem vestidos, fazem carnês estilo 'bíblia' em lojas de roupas e geralmente trabalham em alguma fábrica com serviços manuais. A auge de sua existência é ser notado dançando freneticamente na Podium, Canharia Maltaria e demais 'bailões' da região. Alguns conseguem ser mais chatos que os Lambe-Lambe`s.
  • Papa-Maria-Gasolina: São os inúmeros viciados em carros, ou quaisquer veículos automotores que chamem a atenção. Ultimamente são encontrados aos bandos de 14 HOMENS X 2 MULHERES às sextas no `Posto da Faixa'. Desprovidos de qualquer senso de coisa alguma, jogam fora aplicam os seus ordenados nos 'possantes'. Com som, lâmpadas, rodas, volantes, assoalhos estilo 'chão de fábrica' e qualquer coisa que possa somar alguma vantagem na disputa pelas Maria-Gasolina. São a alegria do Detran com suas multas, além de serem diversão para os agentes de trânsito locais. O principal requisito para figurar neste grupo é possuir um "Golll na fixa" e achar que está andando em uma ferrari enzo.
  • Skatistas: São responsáveis pela sobrevivência da Malhação, fenômeno Charlie Brown Jr. e outros lixos modismos do gênero. Em Guaporé, ao contrário de outras cidades, os sktistas são medrosos, magricelas e nada habilidosos. Grande ferramenta de autoafirmação de alguns adolescentes com baixo rendimento escolar e com dificuldades junto ao sexo oposto. Costumam estar no eixo praça-igreja e fogem ao menor sinal da presença dos Pitboys de Bailão e Vileiros.
  • Atletas de Potreiro: São os numerosos jogadores de pelada, corredores de maratona centro-autódromo, fãs das academias engolidores puxadores de ferro de 1Kg e ciclistas de descida. Integrantes do sexo feminino caminham diariamente até o autódromo, com blusas presas à cintura para esconder a retaguarda. Adoram campeonatos de futebol, cerveja suplementos alimentares e uma boa fritura. A exemplo dos Lambe-Lambe`s ressurgem a cada verão, durante o inverno escondem-se em suas casas, chegando a pesar cerca de 115Kg entre maio e julho.
  • Grupo dos 'Não fedo e não cheiro': É o grupo formado por você pessoas que não se enquadram em nenhum do grupos acima. Pessoas com estilo próprio, que seguem sua vida de forma 'menos rotulada'. Não raro a presença de retardados também neste grupo. Faixa etária geralmente superior aos 25.
  • "Boleiros": Normalmente tomam banho juntos. Uma mistura de playboy/vileiro/mauricinho e lambe-lambe. Se acham os melhores viados, adoram pegar as putinhas da cidade, que são de muita classe uu,taloco.Não raro a presença de retardados também neste grupo. Faixa etária geralmente de 14 anos aos 18/19, alem de gerarem confusoes com os vileiros e pitboys de bailão geralmente não conseguem brigar sozinhos entaum se reúnem para sair nos fight (geralmente acabam apanhando tudo junto) e podem serem mencionadas com as iniciais G,P,G entre outro.


  • "Academicos dos pau mol"* Famosissima academia da cidade, do lado do hospital, a mesma reúne diariamente 459 alunos no mesmo horário ( um calor dos infernos, um fedor de suvaco e progesterona de javali). Vulgo academia dos pau mole, ma mole! Sem esquecer que quando toca na radio a propaganda do clube "La BOMBONERA" todo mundo acha que é propaganda da academia .
  • "Povo GLS"* Exatamente todos os jovens entre 12 e 20 anos fazem parte desse grupo, ou são bi, ou são homossexuais! Alguns indecisos, mas logo vão sair pegando o pessoal beesha! Normalmente se encontram na psy, e dançam no palquinho!

Economia[editar]

A maior fonte de renda da cidade é a venda de balaios na rodoviária. Em segundo plano aparecem o setor de joias, moda intima e arco-e-flechas-super-potentes da Tomeber. Existe também um mercado em crescimento na cidade, a venda de botes infláveis. Dizem que é cidade de classe Média-alta, mas os super-carros de R$ 150.000,00 são todos esquemas de um custo médio de R$ 5.000,00 que tem que ser trocado a cada 2 anos se não tu fica a pé na rua se a polícia te para. Por isso o constante troca-troca de carros no Trip Bar. Todo o dinheiro é gasto no Geméli, para provar seu poder aquisitivo de comer uma Pizza de strogonoff. Então não sobra para a gasolina, uma explicação do por que os carros andam tão devagar no bobódramo-de-Guaporé, que andam na lenta na subida para não gastar combustivel, e em ponto-morto na descida.

Curiosidades[editar]

  • Segundo pesquisa da BV Financeira, 98% dos veículos Audi A3 fabricados entre 1997 e 2002 estão na cidade de Guaporé.
  • Conforme pesquisa de seguradoras, outros 98% de veículos Audi A3 vendidos como sucata, batidos ou capotados, foram recuperados e estão emplacados em Guaporé.
  • Novas pesquisas confirmam: 100% dos veículos Audi A3 emplacados em Guaporé, estão com mais de 24 prestações pendentes junto aos financiadores. Este fenômeno se torna visível ao observarmos uma maior quantidade de Audi A3 do que Gol, Fusca e Brasília estacionados nas ruas.
  • Outros automóveis também se destacam pela quantidade:
  • Chevette: 80% de todos fabricados estão em Guaporé, os outros 20% encontram-se espalhados próximos à Penitenciária de Charqueadas (RS), Alvorada-RS e demais cidades perigosas do Vale dos Sinos e grande Porto Alegre.
  • Opala: Cerca de 92% deles estão em Guaporé, sendo facilmente encontrados nos bairros Santo André, Vila Verde I e II e arredores. ( Os demais 8% foram utilizados em eventuais desmanches para manutenção dos 92% citados )

Atividades[editar]

Guaporé se destaca no cenário mundial pelo alto número de atividades oferecidas as jovens. Os habitantes da cidade se deparam com duvidas em cada final de semana, afinal é difícil escolher um programa já que a cidade possui diversas opções, das quais podemos citar: Ir beber na praça, ir na praça beber, ir para a praça para beber ou simplesmente ir a praça e ficar rodando em círculos e é claro, beber em outro lugar como as danceterias (Bostium, Mataraia, 15 que já morreram e 1° de Abril e o Feijão o novo PUB que já fechou) E não podemos deixar de fora o Parquinho que quando vem a guaporé lota e é claro, o ponto mais visitado: a fruteira do manquinho onde os jovens se divertem e após o manquinho fechar (ops ele não fecha!!)eles vão a di tálian onde levam tampões e ouvem que acabou o pão más acabam comendo maionese onde o Gemelli põe um toque especial e põe toque nisso não sei se vocês me entendem hehehe. Acho que ultimamente o bobódramo é o mais visitado, onde tem uma extensão de 200m onde 250 carros com uma pessoa cada, se empilham nesse local e ficam dando "O"'s.

Além disso a cidade ainda dispõem de cinemas, teatros, quadras poli-esportivas e a principal delas a igreja universal onde você vai e reza e canta e dança e ao fim você doa 300 reais a jesus e não se emporta pois a lavagem cerebral já foi feita... Existe mais atividades mas fica dificil citar todas aqui, pois tem pouco espaço.

Parque de fora[editar]

Normalmente aparece de 2 a 5 vezes por ano, originalmente era montado perto do 1° de abril, mas agora o local esta sendo usado para a construção de mais uma igreja pentagonal da ditadura de Deus! O parquinho sempre tras os seus "Aviões bate bate", que sempre param de funcionar durante o passeio, ou estão quebrados em alguma coisa, e sempre com o seu custo baratisimo de 3 reais o ingresso de 1 minuto; Mas o parquinho em si é uma bosta, não tenho oque comentar mesmo, a única coisa de boa nele é a BIG TOWER, sim, é o mesmo projeto do Beto carreiro mas com 100 cm de altura, esta a venda na loja de conveniencia que eles montam la por aproximadamente 200 cruzeiros.

Geografia[editar]

Guaporé está situada no meio esquerdo da faixa conhecida como "ah lá pá puta que pariu", no sudoleste do nortoeste da Argentina do Norte. Em sua parte mais alta, a cidade está á 2 metros do nível do mar, em sua parte mais baixa também, o que gera estupefação de todos os geólogos ao redor do globo.

Ao centro-sul da cidade localiza-se o "Morro do Cristo", considerado pelo Guinness Book como o maior formigueiro do mundo, chegando á incrível marca de 150 metros de altura e 690 metros de diâmetro.

Joga no Maps Google, e tu não acha nunca.

Autódromo Internacional[editar]

Ao contrário do que muitos pensam, inclusive o nome, o Autódromo Internacional de Guaporé não é Internacional. Talvez nem regional seja e se bobiar nem autódromo é.

O Autódromo é da época do Faraó extremamente moderno, construído no ano de 1745 pelos padres jesuítas e seus amiguinhos camaradas, os índios.

Com uma pista de 300.000,600 km de extensão, o circuito de Guaporé já foi palco de vários eventos internacionais, tais como o... o,... aquele...hmm... enfim. Se o nome diz que é internacional, confiaremos no nome.

Acredita-se que o mesmo foi usado como campo para teste de mísseis e minas terrestres no ano de 1939 pelos Nazistas, devido à imensa quantidade de crateras desníveis presentes no decorrer desta obra prima.

No meio da semana vira Fodódromo, nos fins de semana vira Fumódromo, quando poem som automotivo naquele lugar vira chatódromo (não é possível distinguir sons).

É legal a Formula Truck. Quando tem. Só não tem onde estacionar, onde sentar, onde acampar, onde ficar...

Faculdade[editar]

Guaporé tem a incrível sorte de possuir em seu território (não bem em seu território) um campus de faculdade. Por pouco esse campus não pertence ao território de outra cidade, afinal o prédio foi construído no extremo do pequeno municipiozinho.

Porém, essa problemática locacional foi compensada com um belíssimo espetáculo de vida e história. Das janelas das saulas de aula avista-se vestigios de uma civilização, provavelmente uma cruza de Incas e Maias, perpetuando seus costumes e ritos.

Toda semana os aborigines soltam no ar cerca de 3 trilhões de borbolotas-morcegos, que já possuem tal estágio de pensamento que frequentam aulas de faculdade. Amarilda foi a primeira borboleta-morcego a conseguir um diploma de nível superior, formando-se em direito no ano de 2005.

Esses habitantes, muitos plantadores de milho, pensaram em investir no potencial universitário e contruíram um belo condominio fechado com 3 canabinhas, ainda desabitadas.

Ninguém faz faculdade em Guaporé, as pessoas vão para Porto Alegre ou viajam muitíssimas horas de ônibus até Passo Fundo ou Lajeado, tem uns que fazem na Casca, mas Casca é tão ou mais ruim que Guaporé.

A UCS envia para o Núcleo de Guaporé apenas professores que ganham uma promoção, ao sairem da área da limpeza no Campus Caxias do Sul, vão para Guaporé trabalhar como professores.

Qualquer pessoa que tenha dinheiro em Guaporé é considerado um ótimo administrador e pode complementar sua renda dando aula na UCS.

Mas lembrando, não se conhece nem um Guaporense que faça faculdade no Núcleo de Guaporé. E os professores, são péssimos ótimos profissionais, que ensinam muito bem, sim, muito bem, é claro, são guaporenses natos. E os que foram jogados fora de Caxias e vieram para esse grande Núcleo, são melhores ainda.

Fatos Marcantes[editar]

  • Em Guaporé foi onde ocorreu o episódio do Búfalo manteve família refém por 8 horas.
  • Onde o anão vestido de palhaço entro no bar do João Lenon e matou oito.
  • Onde ocorreu a chasina onde morreram 7 mulheres de febre amarela e uma vaca de dengue.
  • Em Guaporé foi onde o "Homem Aranha" tentou roubar, digo, salvar uma família no terceiro andar de um prédio mas obrigado a se atirar pela janela pelo morador que não queria ser salvo e iria lhe dar "um tiro nos peito" caso não pulasse. O Homem Aranha quebrou as duas pernas e teve outras fraturas pelo corpo.
  • Onde Jeremias José tomou o seu primeiro gole de Pingos De Prata.
  • Onde Adolf Hitler Morreu, e agora jáz na britola.
  • Alguns Estoriadores afirmam que guaporé foi a parte superior do jardin do Eden.
  • Cidade onde um futuro controlador de voo que irá derubar 2 aviões ( ou mais ) viveu.
  • Cidade onde existe uma grande quantidade de mafagafos e mafagafinhos.
  • Onde Árabes se escondem do seu Deus Alá para poderem roubar dos colonos pobre coitados.
  • Descida pro Carrero.
  • Construção do Terminal de Passageiros do Aeroporto, utilizando um orçamento de quase 2 bilhões de reais, atualmente um dos mais equipados e modernos do Brasil, embora nunca tenha sido utilizado e se encontre próximo a um galinheiro do local. Verdade verídica.(Fonte: INFRAERO)
  • Construção do Pórtico, em 2003, em homenagem ao aniversário de 802 anos de emancipação, pintado na cor 'Amarelo-Patrola',tornou-se um dos pontos mais perigosos e ridículos da cidade. É ponto de visitação de turistas de todo o mundo, por apresentar 'tartarugas' em forma de 'Y' nas suas passagens.
  • É a cidade onde a densidade demográfica é de 0,001 habitantes/km².
  • Foi palco do grande combate entre um cidadão e o próprio Capeta, realizado em moinho próximo à cidade, sendo a luta vencida por nocaute pelo Sr. Capeta, em 1923.
  • Foi em Guaporé que Bob Marley experimentou maconha pela 1ª vez, durante um Retiro Religioso realizado no Seminário.
  • Maior cidade da América Latina ( Conforme eles )
  • Guaporé na 2ª guerra mundial fabricava tanques e armas para os nazistas.
  • A alternativa em dias de chuva da Área 51 é o aeroporto de Guaporé, que inclusive mantém relatos de moradores que viram ETs se embriagando junto com fusileiros americanos.
  • Onde a torre Eifel 2 será construida
  • GUAPORÉ foi onde meu irmão Fabiano Adroaldo Inéia morreu em 2006, com uma morte completamente estranha.
  • Foi onde meu meu irmão Cristian Inéia Garcia foi tentar a sorte, mas não foi bem recebido, acabou voltando à PoA não aguentou a melancolia e acabou se matando enforcado.
  • É onde mora a família mais falça do planeta, os Generoso, mais presisamente a família da Teresa Generoso.
  • É a cidade onde falso se escreve falço e precisamente se escreve presisamente.
  • Em 2010 um fato marcante esta acontecendo, o Natal Luz (imitando gramado) resolveu tirar os enfeites de saco de touro do ano passado e colocar as bolas. O natal conta o presepio de lego no meio da praca e da rua coberta no antigo cachorrao falecido do baixinho. Esse ano teve varias apresentacoes na rua coberta, como corais da regiao e teatros mas nem um atingiu o público do KLB, ou do chitaozinho e xororo( que a prefeitura municipal esta pagando a parcela de número 294 das 1053x)
  • Única cidade do Brasil a protestar a favor da cura do câncer.

História Deus x Guaporé[editar]

(texto escrito em 1994)

Depois de seis dias exaustivos, na frente do monitor, Deus terminou seu trabalho. Estava pronto e armazenado em seu HD o seu universo online, com céu, terra, mar, animais, Guaporé, Dois Lageados e União da Serra. No dia seguinte, o sétimo, decidiu Deus que faltava algo a sua criação virtual. Não sabia exatamente o que, talvez mais uma espécie de girafa, ou um porco de outra cor, ou quem sabe uma aranha com menos pernas. Indeciso, fez o Guaporense, uma criatura meio estranha, que, ao contrario dos vírus, não se aperfeiçoou com o tempo, basta que se diga que votou 2 vezes no Fernando Henrique e que permite que o Fernando Alvez ainda trabalha na policia militar.

Ele, o todo poderoso, viu que o Guaporense não era lá grande coisa, mas, convencido de que Deus nunca erra, resolveu não destruir simplesmente o Guaporense, mas sim consertar as coisas. Quem sabe uma atualização... Vendo Deus que o Guaporense estava solitário no inferno, digo, no paraíso, decidiu dar-lhe uma companhia, e de uma costela, fez para o Guaporense um computador, criando a imagem e semelhança de sua própria maquina, só que com menos memória e sem multimídia, por que para essa montoeira de colonos filho da puta e fedorentos de asa... ah, digo, para essa Gguaporençada, já seria mordomia demais...

Deus proibiu o Guaporense, no entanto, de provar o fruto proibido. Mas o Guaporense não resistiu, pois Deus esqueceu que em sua terra havia o fodódromo, digo, o Autódromo Internacional de Guaporé. Mesmo assim, o pecado foi contornável, e deus não deu bola, e fez de conta que não viu nada. No entanto, o homem foi tentado novamente, e desta vez por uma serpente bem pior: O Fernando Postal, e por este motivo instalou o Windows 90 e alguma coisa pois não me lembro bem em que ano ele foi eleito o “dirigidor” de Guaporé, afinal, a memória dos que não são Guaporenses mas moram aqui pode ser afetada pelo vírus. Deus, ao se sentir contrariado, naturalmente expulsou o Guaporense do inferno, digo, do paraíso, mas manteve a serpente uma atitude copiada até hoje pelos petistas. Um detalhe, desgraça pouca é bobagem, só assim para explicar que boa parte dos Guaporenses votou em o Antonio Brito.

Passou-se um bom tempo, o Guaporense foi crescendo, multiplicando e os problemas aumentando. Antes de desistir completamente de sua criação, Deus lançou vários planos econômicos, sendo o mais radical de todos, o dilúvio, que não trouxe outra coisa se não só criticas a sua administração. Decidido a economizar tempo e espaço, digitou o apocalipse e deu “enter”.

Hoje, Deus parou com essa mania de criar mundos e galáxias, e passa o dia jogando no computador com personagens menos violentos, como por exemplo... Dragões que cospem fogo e tem meleca que sai da boca e do corpo, e como minhocas gigantes que engolem e trituram tudo o que houver pela frente, mas o pior é que Ele se confundiu, e ainda por cima anexou Guaporé a Serafina Correa, fazendo a capital do aultofodobilísmo, da hospitalidade (hospital Manoel F. Guerreiro esta sempre lotado), das semi jóias de meninas entre 11 e 17 anos que servem como travesseiros para os pilotos, que tendo-as a sua disposição fazem uma ótima mostra de como são virís, machos, mal educados e ainda por cima, vejam só! Ainda são chamados de pilotos (Só se for de éguas, vacas, cadelas e burras...).

E retornando ao assunto, ainda Guaporé é chamada de capital do amor perfeito pois nunca se ouviu falar de tantos estudiosos que receberam o premio Nobel da perfeição por estudarem e decifrarem os mistérios de tantos cornudos e cornudas existente no local... Por isso, “amor perfeito”.