Guarará

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
"Biblioteca Municipal de Guarará". Essa biblioteca não deve ter aquelas bibliotecárias gostosas que a maioria pensa.

Guarará é uma cidade em Minas Gerais que tem um artigo colossal na Wikipédia mas mesmo assim não fala porra nenhuma, só fica enchendo linguiça. No fim de tudo descobrimos que é só mais uma cidade onde um ET mora, pelo menos um fajuto que parece com o ET de Varginha e descobrimos também que a cidade é uma cidade microscópica que mal deve ter uma pizzaria.

Cidade[editar]

A cidade, ao que tudo indica, é como tantas outras: um cemitério com muitas vagas e túmulos de carolas que sobreviveram anos por lá, fábricas de coisas que só devem ser um alçapão ou algo assim e um parque onde provavelmente os playboys da cidade se encontram para fazer "batalhas de som" assim incomodando os velhos-carolas que estão dormindo em frente a praça.

Guarará também é uma cidade de gente emburrada pois é quase certo que quando você passar na frente de um "bairro nobre" local sempre haverá um velho ou um caipira olhando o movimento de fora pela varanda ou pela janela. Isso reflete muito sobre o que a cidade deve ser: uma chatisse, pior do que Araponga e sem turismo.

A economia se baseia na plantação de milho e feno, pois são só essas coisas que crescem por lá mesmo.

Outro fato é que ninguém sabe o mistério da prefeitura, não se sabe se ela foi abduzida ou se ela mudou de lugar para uma pastelaria e agora o gabinete é lá, enfim, não se sabe.

Serviços[editar]

A única foto que foi achada, além da biblioteca, de guarará
  • Educação: Guarará tem educação sim! Ela trabalha ensinando os caipiras e nativos de Guarará a usar o mouse e o teclado o bastante para eles descobrirem o Orkut e fazer Guarará passar vergonha, então quando ver alguma foto de uma baranga tirando a foto ao lado de uma geladeira, fale "Mas é de Guarará!".
  • Esporte: A única conexão de Guarará com o mundo exterior é o esporte, lá há um "pseudo-estádio" que é um de sexta categoria oferecido por um clube local e que ainda está caindo aos pedaços, é usado para o treinamento do Guararense Futebol Clube e para peladas, o Guararense encerrou suas atividades um ano após a cidade ter se emancipado.
  • Projetos Sociais: O fazenda esperança é um dos projetos que não dá certo em Guarará mas tem só por ter mesmo, ele só serve para fazer as fazendas pararem de usar agrotóxicos, tem o projeto de inclusão digital e um outro projeto que pouco importa o nome.

Como chegar[editar]

Depois de Bicas (melhor ver como se chega a bicas) há Guarará, acontece que a cidade é mais conhecida por ser um hotel ou só uma cidade para fazer um lanchinho, talvez ninguém pare lá mesmo, então você poderá ser o primeiro da BR-267 a resolver parar de propósito em Guarará. Geralmente paravam para trocar um pneu ou algo imprevisto.