Hajime no Ippo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Hajime no Ippo
The Fighting - New Challenger
Ippotitle.jpg
Pode vir
Gênero Esporte, Boxe, Shonen Ai
Mangá
Autor George Foreman Grill Morikawa
Divulgação Academias de Boxe
Onde sai Japão, Afeganistão e Eurásia
Primeira publicação Muito antiga!. Ainda não se acharam as datas exatas.
N° de volumes Infinitos
Anime
Dirigido por Statoshi Nishimura
Estúdio Badhouse
Onde passa Japão, Pangéia
Primeira exibição 2000
N° de episódios 76 + Alguns
Filmes Apenas um
OVAs Dois

Cquote1.png Queria pega esse marrudo!! Cquote2.png
Maguila sobre Ippo

Cquote1.png Esse cagão treino 3 meses e ganho de um cara que luta boxe a vida toda!!! Cquote2.png
Todos sobre Ippo

Cquote1.png num é qui esse bixim é bom!! Cquote2.png
Popó Freitas sobre Ippo

Cquote1.png Na União Soviética Ippo bate em Você Cquote2.png
Reversal Russa sobre Ippo

Cquote1.png Essa galerinha vai encarar desafios eletrizantes e aprontar muita confusão para mostrar quem é o campeão... Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Hajime no Ippo

Cquote1.png Miyata-Kun!!!! Sugoooooooooi!!! *¬* Cquote2.png
Ippo sobre Miyata

Cquote1.png Achava que no começo do anime ele era meio... bem... você sabe... "jeitoso". Atualmente continuo na dúvida. Cquote2.png
Miyata sobre Comentário Acima

Cquote1.png Ele é só o décimo colocado no Rank das Filipinas Cquote2.png
Masaru Aoki sobre Paddy Magramo

Cquote1.png Eu venci o Karasawa mais rápido do que você. Cquote2.png
Manabu Itagaki se achando porque venceu Karasawa 2 segundos mais rápido que Ippo, veja que diferença absurda.

Cquote1.png Dani. Cquote2.png
Ginpachi Nekota falando

Cquote1.png Só tem isso de mulher no anime? Cquote2.png
Você depois de assistir ao anime

Cquote1.png Aumente seu Pênis por um real!!! Cquote2.png
Spam na Caixa de E-mail de Ippo

Cquote1.png Funciona mesmo!!! Os resultados apareceram rapidamente!!! Cquote2.png
Ippo após clicar no Spam acima

Hajimes.gif

Hajime no Ippo é um típico anime de luta greco-romana boxing (ou "Bocuxingu", como os próprios personagens pronunciam), esporte que, segundo o anime, é muito popular entre os japoneses. Existem tantos boxeadores japoneses no anime que nos faz pensar até que se trata

Coisas que faltam no anime para deixá-lo mais interessante

de uma ficção científica que precisa de CGs de última geração para tornar o esporte mais popular que o karatê ou Kenjutsu no país.

Uma de suas principais características é a falta inescrupoulosa de mulheres e um excesso grotesco de homens com sombracelhas de taturana. As poucas mulheres que podemos ver no anime tem uma cara estranha igual (às vezes até pior) a de todos os lutadores e com pouquíssimos "atributos" aparentes, salvo alguma exceções (Pouquíssimas).

Nesse anime também podemos ver as torcidas mais vira-casaca de todos os tempos. Muito espertinhos eles sempre torcem pra quem está ganhando, pouco importando se o perdedor é alguém próximo da família. Caso você assita algum episódio aleatório, para saber quem está vencendo basta prestar atenção no nome de quem a torcida grita e pronto: Você estará mais que contextualizado.

A História[editar]

Geralmente as histórias de anime sempre começam por causa de uma garota infeliz que conquista o coração de um cara. Como Ippo é um nerd que tem dificuldades de se comunicar com pessoas do sexo oposto (e muitas vezes com pessoas do mesmo sexo) não é o nosso caso.

Ippo, Takamura e Aoki: Viadagem no vestiário

A história começa mesmo quando ele resolve chamar os seus amigos para passear debaixo da ponte para ser humilhado e surrado por eles. Eis que surge Takamura para acabar com a palhaçada. Takamura vê que o moleque tem talento como boxeador, mas não vai pra frente por ser um tremendo bunda-mole (mais cagão que o Shinji de Evangelion)e então resolve passar uns vídeos pornôs escondidos em capas de vídeo de lutas de boxe pra ver se ele dá algum tipo de alegria pra mãe viúva.

Despertado seu interesse pelo halterofilismo "bocuxingu", não se contenta em ser um praticante e já quer de cara se tornar um grande campeão com o corpo mais escultural. Daí pra frente o anime acompanha a rotina do nosso protagonista, desde as viadagens no chuveiro até as lutas realizadas por ele, rumo ao tão sonhado título.


Protagonistas[editar]

Ippo e seus amigos de escola
  • Makunouchi Ippo - Infeliz personagem principal do anime. Makunouchi Ippo é meigo bem tímido e tem dificuldade de se relacionar com outras pessoas (sejam elas do sexo oposto ou não) devido ao pouco tempo disponível já que este não desgruda da barra da saia da mãe nem quando ela vai dar trabalhar.
    Pinto com forma de tromba genérica de elefante: Efeito inverso derivado da utilização excessiva de Anabolizantes.

Vivia apanhando dos amigos (?) sem revidar uma vez sequer (nem mesmo quando xingavam sua mãe)... Apanhava tanto que só faltava pedir bis. Ao conhecer Takamura (Que espantou os "amigos" do Ippo com pesco-tapas) ficou conhecendo de perto o boxe, suas regras, os praticantes e, principalmente, os corpos esculturais dos campeões que o inspirarou a decidir seguir pelo mesmo caminho e ter um corpo tão atlético e escultural quanto um capeão de verdade deve ter.

Depois de ingressar na carreira do boxe, vemos como o personagem muda ao decorrer da história: Por meio de uso de Anabolizantes o personagem não só define os musculos como desenvolve uma tromba de elefante mutante no meio das pernas regando o ex-bilauzinho com água morna do chuveiro.

Ippo (enrolado no colchão) fazendo grandes amizades na academia onde treina

Na academia onde treina não faz amizades muito diferentes das que tinha na escola (a única diferença é que eles não chingavam a mãe dele), conquista o coração a simpatia do treinador e, de quebra, se apaixona morre de amores admira um grande rival: Ichirou Miyata (ou Miyata-Kun para os íntimos).

Destaque para as lutas do Ippo onde ele sempre apanha mais do que bate com saudade dos antigos amigos e só acaba ganhando maior parte das lutas para não ficar feio pra academia em que treina e pro anime.

Basicamente o Ippo é um personagem corno como você!!!


Takamura em seu "passa-tempo" preferido atrás do sofá
  • Mamoru Takamura - Alto, moreno e forte é o personagem mais fodão do anime e campeão mundial WBC dos pesos-médios . Nunca perdeu uma luta, derrotando mais de mil. Também serviu de inspiração para muitos personagens lutadores de boxe do ginásio como Aoki e Kimura. É um grande amigo de Jiraiya (de Naruto), tanto é que é como se fosse um irmão mais novo já que suas personagens e aparências são muito parecidas.

As coisas que Takamura mais gosta são: mulheres, boxe, mulheres, amigos, vídeos pornográficos (tanto que a casa dele é cheia de lenço), mulheres, mulheres e etc... Gosta tanto de mulheres que não perde tempo de dar uma "ajudinha" ao amigo Aoki quando este está com sua namorada ridícula na praia.

Takamura reforçando sua amizade com Ippo.

Quando adolescente seu passatempo preferido era coçar o saco e tirar os pentelhos debaixo da unha... e bater em alguns colegas de sala nas horas vagas (Bem ao estilo dos amigos do Ippo). Eis que em uma dessas horas vagas conheceu Genji Kamogawa (o Treinador) que, após apalpá-lo por alguns instantes, decidiu levá-lo ao seu ginásio para torná-lo um homem com o corpor mais escultural de todos um verdadeiro campeão de boxe.

Muito carismático, sempre que entram alunos novos no ginásio já arruma logo um jeito de espancá-los ou humilhá-los em público para fortalecer a amizade.

Aoki e Kimura se preparando para a foto
  • Tatsuya Kimura e Masaru Aoki - Como os dois são os melhores amigos e não desgrudam mais um do outro é impossível mencionar os dois separadamente. Suspeita-se de que há algo muito estranho nesta amizade. Estão sempre cochichando pelos cantos e bolando algum plano mirabolante de levar Takamura para o lado rosa da força. Tatsuya gosta de alimentar um peixe dragão dourado nas horas livres enquanto Aoki tem uma estranha mania de paquerar mulheres feias (coisa que não falta nesses desenho)

Essa dupla de miolo-mole são indiscutivelmente os piores boxeadores já vistos no anime, só não sendo superados por aqueles figurantes sem sal como o Boy Arate ou Nefma Ozca que são derrotados de forma violentíssima apenas para aumentar o suspense do enredo. Durante os treinos tudo ocorre bem, os socos são certeiros e com um bom nível de técnica, mas na hora do quebra-pau lutam de forma ridícula e se mostram mais desengonçados que Jeca-Tatu!

Aoki fazendo um bico como palhaço pra poder pagar as contas

Na época da escola o passatempo preferido dos dois era andar de moto (sem carteira de habilitação) e bater em alguns vagabundos... Aoki coçava o saco nas horas vagas. Assistir aula que é bom mesmo, nenhum dos dois assistia... Mas tanto faz já que ambos viraram boxeadores "profissionais". Dessa forma só precisam saber ler e escrever o próprio nome.

Sempre dão conselhos ao Ippo (Nem sei porque, ja que ele lutar melhor que os dois juntos) e nunca entendem o que se passa numa luta precisando que o Takamura, Fuji ou algum outro entendedor de boxe lhes expliquem com detalhes.

Aprenda a economizar gasolina na sua casa
  • Genji Kamogawa - Treinador milagroso e dono do ginásio. Responsável por descobrir talentosos corpos esculturais como Takamura, por exemplo. Com sua vasta experiência em boxe ensina diversos golpes aos seus discípulos como o Gazelle Punch, Veado Punch, Corno Punch, entre outros.

Tem uma mania terrível de apalpar os seus alunos para ver se seus músuculos estão "flexíveis" ou então "rígidos"... muito suspeito, mas ninguém reclama. Também força seus alunos a fazerem uma série de exercícios pesados nas posições mais bizarras e até mesmo subindo nas costas dele se necessário por falta de dinheiro para comprar os pesos ideais (E também para economizar os gastos com gasolina).

Quando mais jovem ele tinha cabelo e era um grande boxeador, tinha apenas um rival a altura onde se enfrentaram cinco vezes com um total de duas vitórias, duas derrotas e um empate: o homem-gato Nekota-chan. Em 1947 venceu um boxeador praticamente invencível, Ralph Anderson, galegão sargento do exército dos EUA e forte pra cacete, mas foi derrotado por Kamogawa no Round 8 com dois socos devastadores, ele quebrou as duas mãos depois disso e se aposentou do boxe e seguiu carreira como treinador.


  • Haruhiko Yagi - Responsável pelas finanças do ginásio. Vendas de ingressos, posteres, camisas, lavagem de dinheiro, aquisição de mateiral... Tudo é com ele.

Em um dos momentos difíceis do ginásio, suspeitou-se de que ele andou desviando uma grana "por fora" para fazer uma cirurgia plástica naquele nariz ridículo e transplantes de córneas ilegais. Mas como ele continuou chapoca e com óculos fundo de garrafa no decorrer do anime, deu-se o caso por encerrado.


Miyata e seus incríveis talentos como boxeador
  • Tomoyuki Shinoda - Ajuda a treinar principalmente Aoki e Kimura, o que pode explicar muitas coisas como o fato de ele quase não aparecer no anime ou nunca citarem uma de suas lutas no seu tempo de boxeador. Para treinar aqueles dois, só sendo um treinador muito ruim mesmo.


  • Ichirou Miyata - Principal rival de Ippo e um dos prováveis amores também. Seu cartel tem 28 lutas, 26 vitórias (22 K.O), 1 empate e apenas 1 derrota (Ryo Mashiba...). É o atual campeão da OPBF, depois que venceu o australiano 🇦🇺 Arnie Gregory (ganhou cagado mas ganhou). Seu pai (que até hoje ninguém sabe o primeiro nome, chamado apenas de Miyata Senior) também era boxeador, mas quando perdeu o título da OPBF em '78 pra Randy Boy Senior ficou choramingando a derrota igual a um emo e se aposentou do boxe. Por praticar boxe desde pequeno era conhecido como um verdadeiro talento do esporte, um garoto prodígio. É tão talentoso que já perdemos as contas de quantas vezes ele foi humilhantemente nocauteado no decorrer do anime. Se tratando de força física, é um fracote, seu ponto forte são os contra-golpes, para compensar a falta de força.

Tornou-se grande rival do Ippo por perder uma vez pra ele em um treino qualquer. Ficou tão triste que saiu correndo e chorando para o ginásio do papai onde treinaria para um dia enfrentá-lo em uma luta oficial.

Durante o anime ele passou mais tempo viajando para os países da Ásia do que treinando, o que pode explicar suas derrotas e empates posteriores.

  • Manabu Itagaki - Jovem talento do boxe que é muito veloz e ganhou o apelido de "Chronos" por causa disso. Seu cartel até o momento tem 17 lutas, 15 vitórias (10 K.O) e apenas 2 derrotas. Apesar do cartel bom, é um lutador de poucas glórias, nem sequer conseguiu se tornar o campeão japonês ainda, sendo seu maior feito ter vencido Karasawa 2 segundos mais rápido que Ippo.

Adversários[editar]

Mais um boxer derrotado por Ippo

Durante a sua carreira de halterofilista boxer, nosso herói se depara contra diversos personagens ao qual se vê obrigado a derrotar. São eles:

  • Hayami Ryuichi (Ryuichi Hayami, no Japão o sobrenome é dito antes do nome, vai saber porque) - Lutador consagrado no anime por conseguir fazer uma coisa que poucos conseguiram: trazer mulheres para o anime. Porém, após sua derrota nunca mais elas apareceram. Ele conseguiu o feito de perder 10 lutas seguidas.

Seu principal golpe é o Shotgun, que é uma das maiores apelações no anime. Gosta de dar uma de bonzão nas lutas, mas no fim das contas só acabou se fodendo.

  • Ponchai Chuwatana - Boxeador da Tailândia 🇹🇭 que foi a primeira vítima do Dempsey Roll de Ippo. Já conseguiu vencer Jimmy Sisphar, o melhor lutador tailandês.


"Boo!" - Mashiba assustando um bunda-mole.
  • Ryou Mashiba - Discípulo direto do Vegeta. Aprendeu de maneira eficaz como subestimar o adversário, tratar todos como vermes insolentes e sorrir sarcásticamente. Perdeu os pais quando pequeno e, desde então, quer ter um corpo escultural para fazer programa e arrecadar muito dinheiro para fazer com que a irmã deixe de trabalhar em um bordel com faixada de padaria.

Seu principal golpe é o Flickr Jab, que consiste em tirar fotos dos oponentes sendo espancados por ele e postá-las nesse site para satirizá-los até o seu próximo confronto, onde tiraria mais fotos dos oponentes espancados para colocar no seu álbum virtual. Lutou com Ryuhei Sawamura (de quem tinha ódio) em 21 de Abril de 1996 em Tóquio na sua sétima defesa do título de campeão japonês (JBC) dos pesos leve júnior (super-penas). Foi a luta mais sangrenta e violenta de Hajime no Ippo, acabou no 6° Round quando Mashiba nocauteou Sawamura mas sem a autorização do juiz e Mashiba perdeu por desclassificação. Foi punido com 1 ano sem lutar, voltou em 27 de Abril de 1997, na luta pelo título da OPBF agora dos pesos leve (subiu 1 categoria de peso) contra o tailandês Aaron Domingo. Após uma luta difícil, Mashiba venceu no 10° Round.

  • Takeshi Sendou - Um sadomasoquista que tem por objetivo apenas "apanhar e bater" de caras fortes. Ao ver a surra que Makunouchi dá no Mashiba logo pensa: "Puxa! Eu tenho que apanh... ops digo... lutar contra esse cara!". Quando adolescente (quase igualmente a todos os personagens do anime) era mais um delinquente líder de uma gangue de escola para defender os fracos e oprimidos (não seriam os fracos e oprimidos os que apanhavam da gangue dele?...). É conhecido em sua região como Rocky de Naniwa, por não ter perdido uma luta (Até conhecer o Ippo).

Seu principal golpe é o Smack, que são fortíssimos movimentos braçais seguidos de beijinhos carinhosos. Muito utilizados na luta contra o Ippo para tentar quebrar sua guarda, só que como ele era meio bundão e tinha uma tendência a dmirar fortemente corpos esculturais não colou e por isso perdeu a luta. Ganhou o apelido de "Matador de Mexicano" após vencer vários adversários mexicanos consecutivamente (Jose Ramirez e Jose Nargo por exemplo). Seu treinador, Yanaoka, colocou Sendo pra lutar com mexicanos para ganhar experiência para ter condições reais de enfrentar os dois lutadores mexicanos mais fortes: Alfredo Gonzalez e claro o mais forte de todos, Ricardo Martinez (super-campeão mundial WBA).

  • Paddy Magramo - Lutador das Filipinas 🇵🇭, aparece no episódio 10 de Hajime no Ippo: New Challenger e luta contra Aoki. Aoki o subestima por ser apenas o décimo colocado no Rank das Filipinas, e Aoki ainda se intitula o 'Caçador de Cachorros', mas quase se fode quando Magramo o derruba logo no 1° Round, mas Aoki se levanta e dá o famoso Soco do

Sapo e também derruba Magramo. No final das contas Aoki venceu por pontos e é tão escroto que ainda ficou se achando como se tivesse ganhado no 1° Round.

  • Jackal Ito - Lutador de cabeça rapada e que parece um marginal (de acordo com Takamura), além dos olhos que parece olho de habitante do Egito Antigo, têm o apelido de 'Omyama' vai saber o motivo. Lutou contra Aoki no Torneio Classe-A e venceu por nocaute em Setembro de '92, mas 5 anos depois, em Setembro de '97, Aoki se vingou e venceu Ito na decisão por pontos (pra variar).
  • Jose Ramirez - Um dos boxeadores mexicanos 🇲🇽 que lutaram com Takeshi Sendo. Ranqueado em vigésimo terceiro na WBC. Lutou contra Sendo em 25 de Maio de 1996 em Osaka. Sendo venceu no 7° Round.
  • Jose Nargo - Outro boxeador mexicano que enfrentou Takeshi Sendo. É o campeão nacional mexicano. Ele tem cabelo comprido e vive de olhos fechados (¡¿wtf?!) e tem o apelido de "Garanhão Mexicano" (¿a quem será essa referência?). Lutou contra Takeshi Sendo em 12 de Junho de 1998, perdeu no 8° Round.
  • Alfredo Gonzalez - É o segundo melhor lutador mexicano somente atrás de Ricardo Martinez. Tem o apelido "Metztli" e "Deus da Morte" e tem uma namorada chamada Lisa. Já lutou contra Martinez duas vezes e obviamente levou uma surra nas duas (sendo essas as únicas derrotas no seu cartel). Tem 22 vitórias (18 por K.O) e apenas as duas derrotas. Se não fosse por Ricardo Martinez, Alfredo já seria o campeão mundial, o coitado é um rei sem coroa. Lutou contra Ippo Makunouchi em 21 de Março de 1998 em Tóquio numa luta preliminar ao título mundial. Após uma luta intensa, derrotou Ippo no 7° Round. A luta entre ele e Takeshi Sendo ainda está em andamento até o momento que isto está sendo escrito, a luta está ocorrendo na Cidade do México e a data da luta ainda não foi mencionada vai saber o motivo.
  • Takeshi Ryūzaki - Lutador que tem cabelo black power e bigode. O autor copiou o visual do ex-pugilista japonês Yoko Gushiken, que foi campeão mundial da WBA na categoria peso mosca-ligeiro, e também é igualzinho ao Apollo Creed. Lutou contra Kimura no Torneio Classe-A e venceu em Setembro de '92 (no mesmo dia da luta de Aoki contra Ito). 5 anos depois, em Setembro de '97, Ryūzaki lutou com Kimura de novo e dessa vez perdeu na decisão por pontos (também no mesmo dia da revanche de Aoki contra Ito pra completar a vingança dos dois). No jogo Victorius Boxers: Ippo's Road To Glory do PlayStation 2, têm um easter egg maluco envolvendo esse lutador. Na luta entre o Kimura e o Ryūzaki (você controla o Kimura), se você empatar a luta, você desbloqueia todos os lutadores restantes do jogo, falo isso por experiência própria.
  • Boy Arate (ou Allade) - Lutadorzinho de bosta das Filipinas que perdeu pra Aoki em '93. Aparece no episódio 68 da primeira temporada do desenho.
  • Nefma (ou Nefuma) Ozca - Boxeador filipino que lutou contra Tatsuya Kimura em 30 de Agosto de '93 em Tóquio. Kimura venceu com 1:25 do 5° Round por nocaute.
  • Porn Morocotte - Lutador tailandês 🇹🇭 com nome pornográfico que lutou com Kimura. O nome foi mudado pra Pone pra não ter mais "polêmica". Kimura ganhou dele no último round por K.O (PQP ganhar só no último round de um bostinha com um nome escroto desse!!)
  • Fumito Makino - Boxeador feio pra caramba da Sayama Boxing Gym que tem uma certa rivalidade com Manabu Itagaki já que o enfrentou duas vezes. A primeira foi em 14 de Outubro de 1994 (na estreia de Itagaki), Makino já chegou na luta se borrando de nervoso, pois já tinha perdido suas duas primeiras lutas e o treinador Sayama disse que se perdesse aquela luta Makino teria que sair do ginásio. Pra não perder de jeito nenhum, ele resolveu trapacear e venceu Itagaki por nocaute com 1:13 do 1° Round deixando Itagaki puto da cara. Em Setembro de 1995 veio a revanche na semifinal do Torneio Rookie King dos Novatos (com Makino usando os Flicker Jabs, golpe de Ryo Mashiba), Makino tinha conseguido nocautes em sequência mas nessa revanche Itagaki venceu no 2° Round.
  • Kyosuke Imai - É o maior rival de Manabu Itagaki, a rivalidade entre eles é tão grande que eles mal conseguem se cumprimentar. Seu grande objetivo é enfrentar Ippo Makounochi. Lutou com Itagaki em 1995 na final do Torneio Rookie King dos Novatos, Itagaki venceu na decisão após ser salvo pelo gongo no último segundo. Em 21 de Março de 1998 veio a segunda luta entre eles, valendo o cinturão vago (Que pertencia a Ippo) de campeão japonês dos penas. Em apenas 55 segundos aconteceu de tudo e Imai venceu Itagaki por nocaute o derrubando 3 vezes.
  • Naomichi "Hammer Nao" Yamada - Nasceu em 03 de Dezembro de 1974. Já foi membro do Ginásio Kamogawa, era muito feio e tinha uma cara de bolacha estufada (com bochechas estilo Kiko) e é boa gente. Sofria muito bullying por ser desajeitado e meio mongol, ganhou o apelido de "Geromichi" por sempre cair tanto. Nos roadworks, sempre ficava atrás de Ippo (seu senpai) na corrida. Teve que deixar o ginásio devido a mudança de seus pais, mas não deixou de praticar boxe. Passou a ser treinado pelo treinador Hachinohe, mudou completamente a aparência, com o apelido (Ring Name) de 'Nao Hammer', ficando mais magro e a cara mucha de bochechas secas e uma luta sua com Ippo foi anunciada, os membros do Ginásio Kamogawa não acreditaram que ele era mesmo o Naomichi. Ippo parecia receoso quanto a ele. A luta aconteceu em 20 de Agosto de '94 em Tóquio. Ippo venceu no 2° Round.
  • Arnie Gregory - Boxeador da Austrália e até então o campeão da OPBF dos penas. Galego, forte e tem o apelido de "Crocodile" por caçar e comer crocodilos na Austrália. Seu empresário era Mr. Sakaguchi, o anão filipino. Lutou contra Ichiro Miyata em 25 de Abril de '94 defendo seu cinturão. Miyata, na cagada, venceu Gregory no 4° Round com 1 minuto e 34 segundos.
  • Jason Ozuma - Negão da piroca lutador dos EUA que veio passear no Japão pra apanhar nas lutas. Era treinado por Hachinohe. Lutou com Ippo Makunouchi em Junho de 1991 em Tóquio. Depois de 3 vitórias, Ozuma perdeu pra Ippo no 2° Round.
  • Randy Boy Jr - Boxeador das Filipinas filho de Randy Boy Senior (que venceu o pai de Miyata quando era boxeador) que foi o campeão interino da OPBF. Tem o apelido de 'Asura', é uma pessoa arrogante que se acha o fodão e superior aos outros. Quando está perdendo uma luta, fica full putaço e com os olhos largos e vermelhos de raiva. Ganhou o título interino dos pesos-pena da OPBF após vencer o tailandês Banai Jakkuim em Junho de '96. Lutou contra Ichiro Miyata, o atual campeão da OPBF em 15 de Abril de '97 em Yokohama, na luta da unificação dos títulos, Miyata venceu no 7° Round.
  • Katsutaka Imae - Lutador japonês da categoria dos pesos-leves. Tem uma namorada feia pra caralho chamada Sachiko (ela parece o Naomichi). Enfrentou Masaru Aoki em 13 de Abril de '95 em Tóquio na sua terceira defesa do título de campeão japonês JBC dos leves. No começo achou que Aoki era um palhaço por usar técnicas ridículas, mas depois viu que estava enganado, pois Aoki até que conseguiu fazer uma luta decente. Foi nessa luta entre os dois que Aoki usou o "Desvio do Olhar" pela primeira vez (na primeira vez, todo mundo na arena olhou pro lado). Aoki usou essa técnica três vezes e funcionou duas. A luta terminou com um empate na decisão. No ano seguinte, Imae perdeu o título de campeão japonês para Oshima Sochi. Em '97, lutou contra Shinobu Iga no torneio Classe A, foi destruído no 1° Round.
  • Shinobu Iga - Lutador muito sério, não gosta muito de falar e vive com a cara morta, quase nunca demonstrando emoções. Num dos raros momentos em que fala, chamou a namorada de Aoki, Tomiko, de feia (sendo bem sincero). Suas primeiras 4 lutas ele venceu na decisão, mas daí em diante foi colecionando nocautes, o primeiro em Imae, depois lutou com Aoki em Novembro de '97 na final do torneio Classe A, venceu no 7° Round. Em '98, disputou o título de campeão japonês contra o campeão Oshima "Prince" Sochi, venceu no 6° Round. Na luta seguinte, em 20 de Outubro de '99 em Tóquio, lutou contra o conterrâneo Ryo Mashiba (campeão) pelo título da OPBF, mas a luta não durou muito e Iga perdeu no 3° Round com 1 minuto e 56 segundos, conhecendo a sua primeira derrota. Seu treinador era Kurita Baron.
  • Oshima "Prince" Sochi - Lutador que tem esse apelido porque o consideram "lindo" mas ele tem é cara de viado. Se tornou o campeão japonês depois de vencer Katsutaka Imae em '96. O galego chega no ringue se achando e com um monte de mulher gritando por ele e dando flores (igual a Ryuichi Hayami). Lutou com Shinobu Iga em '98 na sua defesa do título. No Round 6, levou um baita soco (um plano de Iga que funcionou) e caiu duro no chão (primeira derrota) e Iga se tornou o novo campeão japonês dos leves.
  • Alexander Volg Zangief - Filho de uma mãe cruel o bastante para batizá-lo com o nome de um personagem igualmente russo do Street Fighter. Complexado com esse drama, viajou para o Japão para fazer carreira no boxe. É burro o suficiente pra ir até lá sozinho sem compreender tão bem o japonês e mais burro por querer fazer carreira lá... se fosse um país como a Jamaica ou o Afeganistão até ia, mas boxe no Japão?

Quando pequeno, saiu de casa para comprar sopa pra mãe doente e ficou perdido no meio da neve. Desesperado e sem saber pra onde ir, começou a ver coisas aleatórias como neve, arvores, Snow Flakes e um lobo uivando. Ao ver este último, já estava delirando de tanto frio que decidiu fazer boxe.

Como o país que mora faz frio quase o ano inteiro, ele delirou quase o ano inteiro com a ideia maluca de ir para o japão para fazer carreira. Quando luta contra o Ippo e posteriormente contra o Sendo recebe golpes tão fortes que o faz cair na real e voltar ao seu país.

Girulito: Objeto que serviu de inspiração para o Cork'Screw-u' Atack.
  • Discípulo puxa-saco de Date Eiji - Às vezes chamado pelo nome (Keigo Okita), mas poucos os personagens que se importam com esse detalhe, até mesmo o próprio Date. Aparece como se fosse um adversário a altura, mas não passa de um buxa-de-canhão. Perde tanto tempo bajulando o Eiji que nem sequer consegue desenvolver um estilo próprio de luta. Aparece para lutar uma vez e (pasmem) perde pro Ippo. Lutou contra Iwao Shimabukuro em '94 no Torneio Classe-A e perdeu a luta com 32 segundos do 1° Round.
  • Arman Alegria - Lutador filipino com um nome um tanto estranho que enfrentou Tatsuya Kimura em 14 de Outubro de '94 em Tóquio. Apesar do nome, o final da luta foi triste pra ele pois Kimura venceu na decisão (pra variar).
  • Shinji Kanzaki - Lutador totalmente aleatório que lutou contra Tatsuya Kimura em 20 de Abril de '92 em Tóquio. E adivinha, Kimura venceu na decisão.
  • Snake Thomas - Lutador indonésio que tem uma cobra tatuada no peito (daí o apelido). Lutou com Masaru Aoki em 11 de Julho de '93 em Tóquio. Inacreditavelmente, Aoki venceu por nocaute no 1° Round.
  • Kenta Kobashi - É um boxeador Out-Fighter da Otaku Ôh táxi! Ōtaki Boxing Gym, seu treinador é Yasuda. É um lutador bem xarope, das 17 lutas que teve, tem 15 vitórias e só 2 derrotas, mas das 15 vitórias só tem 1 mísero nocaute, pois é um lutador que só fica cozinhando a luta, em fogo brando. É muito clincheiro e só quer levar a luta pra decisão pois sabe que irá vencer, pois é um covarde pra lutar do jeito macho. Lutou com Ippo Makunouchi em Agosto de 1991, nas Quartas-de-Final do Torneio Rookie King dos Novatos, e lutou do mesmo jeito de sempre, clinchando, dando socos no momento certo e cozinhando o adversário. Iria vencer a luta, você ouviu bem, iria, mas Ippo acertou um soco certeiro que derrubou Kobashi, que ainda se levantou mas caiu de novo, e Ippo venceu cagado a luta no 4° Round (último) com 2 minutos e 58 segundos, mais 2 segundos e Kobashi venceria. Em 1994, baixou 1 categoria de peso e disputou contra Ryuichi Hayami o título de campeão japonês dos pesos-pena junior (super-galo), Kobashi venceu por nocaute no 8° Round e foi campeão japonês, o único nocaute da sua carreira.
  • Banai Jakkuim - Lutador tailandês que lutou com Randy Boy Jr na disputa do título interino da OPBF em Junho de '96 e perdeu.
  • Ponsa Kureck (também chamado de Honsa Kreku) - Lutador tailandês 🇹🇭 não-recorrente que lutou com Masaru Aoki em 15 de Abril de 1997 em Yokohama. Aoki passou a luta inteira tentando encontrar o momento certo de atacar fugindo do adversário. Kureck venceu na decisão.
  • Aaron Domingo (em tailandês: แอรอนโดมิงโก)- Lutador tailandês (é estranho um tailandês com o sobrenome de Domingo) que lutou contra Ryo Mashiba (que estava voltando aos ringues depois de 1 ano de suspensão após desqualificação na luta contra Ryuhei Sawamura) em 27 de Abril de 1997 em Tóquio. Ele até então era o campeão da OPBF dos pesos leves. A luta foi intensa, Domingo também chegou a trapacear com cabeçadas, Mashiba venceu no 10° Round por T.K.O (nocaute técnico) e foi campeão. Em algumas traduções, Aaron Domingo teve seu nome traduzido errado como "Domirego" e depois foi corrigido.
  • Iwao Shimabukuro - Boxeador e pescador de Okinawa. Negão baixinho, parrudão e MUITO musculoso, tendo o apelido de "Ryukyu Warrior". Em 1994, lutou contra o discípulo puxa-saco de Eiji Date: Keigo Okita, no torneio Classe A. Iwao só precisou de 32 segundos para vencê-lo. 1 ano antes, perdeu uma luta para Ryuhei Sawamura na decisão. Em 21 de Março de 1995, lutou contra Ippo Makunouchi (foi o primeiro adversário menor do que Ippo) em Tóquio na disputa do título de campeão japonês dos penas (quarta defesa de Ippo). Foi o primeiro boxeador a vencer o Dempsey Roll, quando Ippo mandava os golpes, ele devolvia. Mas mesmo assim, Ippo o venceu no 7° Round. Depois da luta, Iwao se aposentou do boxe pra continuar pescando seus pargos em Okinawa.
  • Ryuhei Sawamura - Lutador da cidade de Nagoya conhecido como "Owari Dragon". É um velho conhecido de Takeshi Sendo. Seu golpe mais conhecido é "As Balas", golpeando o adversário como se estivesse atirando. Teve uma infância conturbada, seu padrasto era alcoólatra e agredia a mãe de Ryuhei e ele, o que levou Sawamura a esfaquear o padrasto para proteger a mãe. Vivia se metendo em brigas de rua extremamente sangrentas em Nagoya e sempre dava uma surra em todo mundo. Seu treinador era Karil, que sempre se decepcionava com as barbárias violentas de Sawamura. Era um boxeador muito forte que ganhava as lutas na maioria por decisão porque gostava de brincar com os oponentes vendo-os sangrando e agonizando durante as lutas. Em '94 venceu Iwao Shimabukuro na decisão. As duas primeiras derrotas foram por desclassificação, numa delas ele ficou com raiva do adversário e meteu uma cotovelada na fuça do bicho. Em 15 de Junho de 1995, lutou contra Ippo Makunouchi em Tóquio (Dragon Slayer!) na disputa do título de campeão japonês dos pesos-pena (quinta defesa de Ippo), no dia anterior, ele tentou agredir Kumi quando Mashiba queria pegar a moto de Sawamura, deixando Mashiba obviamente puto da cara. Foi uma luta difícil e tensa, e Sawamura ainda ficou fazendo provocação olhando pra Ippo inclinando a cabeça pro lado. No 7° Round, Ippo, com os músculos acabados, nocauteou Sawamura que até trocou o olho e foi pro hospital. Em 21 de Abril de 1996 em Tóquio, agora como peso-leve júnior (super-pena), enfrentou seu grande inimigo, Ryo Mashiba, pelo cinturão da categoria. Foi uma luta extremamente sangrenta, violenta e com todas as trapaças possíveis. Acabou no 6° Round, Mashiba golpeou Sawamura sem parar e sem a autorização do juiz, Sawamura caiu de mal jeito pra fora do ringue (não sei como ele não quebrou as costas) e Mashiba obviamente foi desclassificado. Depois o treinador de Sawamura mostrou o cinturão de campeão pra ele, mas ele não ligou muito e foi pra casa na sua moto e no caminho sofreu um acidente contra um caminhão, foi hospitalizado e obrigado a se aposentar do boxe. Além de trabalhar como construtor de obras, também virou treinador e com a cara com cicatrizes marotas.
  • Takuzou Karasawa - Boxeador que quando o autor foi fazer ele, pensou: "Esse aí vai ser um fracassado." O pobre Karasawa só serve de saco de pancada, entra no ringue pra apanhar. Lutou contra Ippo Makunouchi em 03 de Outubro de 1995 em Tóquio na disputa do título de campeão japonês dos penas (sexta defesa de Ippo). Karasawa é tão ruim que Ippo nem precisou usar o Dempsey Roll para vencê-lo, acabando com a luta no 2° Round com 2 minutos e 15 segundos. Em Setembro de 1997, aparece mais uma vez pra ser humilhado (com a aparência um pouquinho diferente) desta vez lutando contra Manabu Itagaki, Itagaki venceu no 2° Round com 2 minutos e 13 segundos (e Itagaki ainda ficou se achando porque venceu 2 segundos mais rápido que Ippo, é muita imaturidade). Depois de 5 derrotas, 1 empate e apenas 6 nocautes (o número total de vitórias é desconhecido), Karasawa se aposentou do boxe para não passar mais vergonha no ringue.
  • Sim Rex - Lutador filipino com nome de cachorro que lutou com Tatsuya Kimura em 15 de Abril de '97 em Yokohama (no mesmo dia da luta de Aoki contra Kureck). No 5° Round, houve um choque acidental de cabeça entre os dois que os feriu e a luta não pode continuar e a decisão ficou na mão dos juízes. Por decisão unânime, Rex venceu a luta.
  • Arman Garcia - Lutador filipino que enfrentou Masaru Aoki em 20 de Abril de 1992 em Tóquio. Aoki venceu no 7° Round.
  • Malcolm Gedo - Ex-campeão filipino que parece o Freddy Krueger e lutou contra Ippo Makunouchi em 15 de Fevereiro de '97 em Tóquio. Numa luta épica Ippo venceu no 8° Round. Também já perdeu pra Randy Boy Jr. Em 1998 lutou com Antonio Guevara e perdeu o título de campeão filipino na decisão.
  • Donnie Sultan - Lutador filipino que enfrentou Miyata em Outubro de 1996. A luta não valia título, apenas uma preparatória para a luta de Miyata (campeão da OPBF) contra Randy Boy Jr (campeão interino da OPBF, pois Miyata ficou um tempo sem poder lutar porque tinha fraturado os dedos). Miyata venceu Sultan no 1° Round.
  • Antonio Guevara - Lutador filipino. É sobrinho de Che Guevara, tem cara de bonzinho mas faz parte da Milícia Filipina Comunista que se opõe ao governo do país. Lutou contra Ippo (que estava 10 meses sem lutar) em Janeiro de 1999, a luta foi muito intensa e os dois estavam quase se matando. A luta terminou no 4° Round, Guevara, na sorte, acertou um golpe de esquerda e neutralizou o novo Dempsey Roll e Ippo foi nocauteado.
  • Michael Gehon - Mais um figurante bucha de canhão que só serviu pra encher linguiça, tanto que nem tem o rosto revelado (o personagem aparece brevemente) e sua nacionalidade é desconhecida. Lutou com Tatsuya Kimura em 12 de Setembro de 1996 em Tóquio. Kimura venceu no 5° Round.
  • Jimmy Sisphar - Lutador fodão da Tailândia, tem um olhar forte e com um cartel de 46 lutas, 38 vitórias, 38 por K.O e 8 derrotas. Seu soco mais forte é o "Punho de Deus", no qual ele se lança contra o oponente e dá um soco que parece uma marretada. Lutou contra Miyata em 15 de Julho de 1992 em Bangkok, Tailândia, Miyata venceu no 4° Round. Sua última luta foi em 01 de Agosto de 1996 contra Ippo Makunouchi em Tóquio, dessa vez tava com cabelo comprido e a cara toda cortada de cicatriz devido a avançar nos adversários tão baixo que muitas vezes batia a cabeça. O "Punho de Deus" que ele deu em Ippo foi tão forte que Ippo literalmente virou de ponta cabeça. Ippo venceu no 4° Round.
  • Medgoen Dachboy (em tailandês: เม็ดเงิน) - Boxeador tailandês que foi treinado pelo empresário filipino anão Mr. Sakaguchi. A filha de Dachboy, Maria estava doente e Dachboy estava lutando para conseguir salvar a vida dela com o dinheiro oferecido por Sakaguchi. Ele tem a esclera dos olhos escura e a íris clara. Lutou contra Ichiro Miyata na disputa do título da OPBF, Miyata fazia a sua quarta defesa do título. Miyata venceu a luta no 5° Round e após a derrota Medgoen disse uma frase em tailandês para Miyata: "Xya Bhae" (pronúncia: Ia bê), que significa 'não perca'.
  • Padawan Yoda - Boxeador que lutou com Aoki em 1996 (a luta aconteceu no capítulo 743 do mangá). É obviamente uma referência ao Mestre Yoda de Star Wars, até a cara é do mesmo jeito. Aoki venceu ele por K.O no 9° Round.
  • Bull Ushida - Lutou contra Aoki na sua estréia no Torneio Classe-A. Ele espanta por ter olhos enormes e abuticados (esbugalhados). Aoki venceu a luta com o famoso Soco do Sapo. Ele aparece no episódio 45 da primeira temporada.
  • Alex Harker - Personagem não recorrente e totalmente aleatório que lutou contra Itagaki (capítulo 743 do mangá). Itagaki venceu a luta no 1° Round. Sua nacionalidade não é mencionada.
  • Hiroshi Nishimura - Lutou com Kimura no Torneio Classe-A (no mesmo dia da luta de Aoki contra Ushida). Seu rosto não é revelado, apenas no jogo Victorius Boxers: Ippo's Road To Glory do PlayStation 2 (não sei se nos outros games). É um personagem não recorrente. Perdeu para Kimura na decisão por pontos. Aparece no episódio 45 da primeira temporada.
  • Kyoshi Sakura (¡¿Isso é nome de homem?!) - Foi o primeiro adversário da carreira de Mamoru Takamura no boxe, lá em 1986 quando Takamura só tinha 17 anos e ainda era de escola (ele continua com a mesma cara até hoje). Só faltava o personagem ter um cabelo rosa por causa desse nome mas aí seria demais. Takamura só precisou de 25 segundos para derrotá-lo.
  • Yi Yon Su - Lutadorzinho da Coreia do Sul 🇰🇷 radicado no Japão. É bem sorridente (estilo Colgate) e é tão feio que dá até dó. Quando viram o nome dele no cartaz da luta, Aoki achou que ele era holandês (puta merda!) já que ele é muito burro e não percebeu que aquilo não era nome de europeu. Seu cartel tem 27 lutas, 18 vitórias, 9 K.O e 9 derrotas. Muitos o consideram "durão", mas o cara perdeu quase 10 lutas, só tem metade das vitórias por nocaute e ainda chamam ele de durão? Lutou contra Ippo Makunouchi em Tóquio em 20 de Dezembro de 1994 (pouco antes da luta de Takamura e Hawk), Ippo usou o Dempsey Roll logo de cara (deixando Kamogawa cagando de nervoso por usar o Dempsey Roll tão cedo), Ippo só precisou de 32 segundos para fazê-lo cheirar a lona (caiu igual a uma jaca mole).
  • Che Joun Bong - Lutador da Coreia do Sul. Sexto ranqueado na OPBF, 16 lutas, 13 vitórias (10 K.O) e 3 derrotas. É um trapaceiro descarado como lutador, usando faltas em vários momentos. Lutou com Ichiro Miyata em 27 de Janeiro de 1996 em Tóquio (na quinta defesa de Miyata do título da OPBF). Durante a luta, ele e Miyata trocaram porrada igual dois cachorros numa briga de rua. A luta acabou no 4° Round quando Miyata, puto da cara após tantas faltas do sul-coreano, conseguiu nocauteá-lo. Miyata disse que aquela foi sua pior luta.
  • Luisito Ico - Boxeador filipino com o nome patrocinado pelo jogo ICO, que serviu de saco de areia pra Ichiro Miyata na luta pelo título da OPBF em 1998 em Tóquio (sétima defesa de Miyata do título da OPBF). Ico foi nocauteado no 1° Round e quando chegou em casa foi jogar ICO no PlayStation 2 pra ver se esquecia do vexame.
  • Keith Lycaon - Mais um boxeador estadunidense com nome de animal selvagem (e de personagem da mitologia grega) que enfrentou Mamoru Takamura. Licaão lutou com Takamura em Janeiro de '99 em Tóquio, na disputa dos títulos mundiais da WBC e WBA dos pesos-médios, chegou na luta se achando o fodão já que afirmava que o "mundo inteiro já sabe sua fraqueza" e que Takamura é um 'campeão nu', todavia após dar um baita soco em Takamura (que não serviu de nada), Takamura manda um soco poderoso na fuça do americano que caiu capotando, defendendo com sucesso seus títulos unificados e a luta acabou ali, no 1° Round.
  • Bryan Hawk - Boxeador estadunidense, galego e negro ex-campeão mundial WBC (World Boxing Council) dos pesos-médios júnior que perdeu o título para Mamoru Takamura. Seu treinador era Miguel Zale. É um lixo de pessoa, esse puto safado provocou Takamura dando um soco fraquinho no queixo dele na entrevista coletiva e deu um tapa em Kamogawa. Quando está em estado de ecstasy, fica com os olhos vermelhos parecendo um demônio uma empolgação fora do natural (a ponto de querer matar). A luta entre ele e Takamura foi em 20 de Dezembro de 1994, foi uma luta épica e nela Takamura despertou uma fúria desumana. Hawk perdeu no 8° Round por K.O e cuspiu uma cachoeira de sangue que assutou até o juiz, ele se apoiou no corpo do juiz ao fim da contagem e Takamura foi campeão mundial. Logo depois da luta, Hawk se aposentou do boxe.
  • Ricardo Martinez - Personagem mais foda de Hajime no Ippo, mexicano super-campeão mundial WBA, que tem um cartel que só Chuck Norris pode superar: 68 lutas, 68 vitórias, 64 por K.O. É o grande carrasco de Eiji Date, vencendo o japonês duas vezes (em 1988 e 1994). Na primeira vez, no Estádio Azteca, Date perdeu no 2° Round e ficou com uma baita cicatriz no nariz. Date se aposentou depois da primeira luta mas 3 anos depois voltou ao boxe. Em 1994, teve a revanche, agora no Japão. Ricardo venceu Date (que estava com 30 anos e o cabelo comprido) no 10° Round. Date terminou a luta com a costela quebrada, a mão direita quebrada, a boca quebrada e o calção cheio de sangue. Se Rock Lee lutasse contra Ricardo Martinez, levava a maior surra da vida.
  • Michael Goat - Lutador estadunidense que tem "bode" no nome e enfrentou Mamoru Takamura na disputa dos títulos mundiais unificados da WBC e WBA dos pesos-médios em Janeiro de 1999. Goat foi destroçado e nocauteado no 2° Round e ficou com a cara de quem foi ao inferno e voltou.
  • Hiroshi Yamanaka - Foi o adversário da primeira luta de Masaru Aoki lá em 1988 e também era sua luta de estreia. Aoki venceu por nocaute. Talvez ele seja parente da família Yamanaka (de Naruto).
  • Junichi Hotta - Foi o primeiro adversário de Tatsuya Kimura (no mesmo dia da estreia de Aoki e Yamanaka). Kimura venceu por nocaute no 2° Round.
  • Bonchai Chuwatana (NÃO confundir com Ponchai Chuwatana) - Boxeador tailandês bucha de canhão que lutou contra Mamoru Takamura em 20 de Abril de '92 em Tóquio. A luta não valia título, só serviu pra Bonchai ser nocauteado no 3° Round com um soco matador de Takamura.
  • Tetsuya Kawashi - Mais um bucha de canhão figurante que só serviu de saco de areia e não resistiu aos punhos de Ryo Mashiba (luta em Agosto de 1991 em Tóquio, era a quinta luta de Mashiba como profissional).
  • Akira Tomonaga - Foi o primeiro adversário de Eiji Date (luta provavelmente em 1983 em Tóquio). Ele é citado no capítulo 183 do mangá numa lista com o nome dos outros boxeadores que enfrentaram Date. Na luta, Date venceu por nocaute no 1° Round.
  • Date Eiji - Grande campeão japonês. Seu primeiro oponente foi Akira Tomonaga provavelmente em 1983 e ele venceu no 1° Round. É tão bom, mas tão bom de briga que tem direito a ter um puxa-saco no ginásio em que treina. Antes de se casar, decidiu partir pra cima do campeão mundial Ricardo Martinez. Acabou levando a maior surra da sua vida e procurou dividir o colo da esposa com o filho recém-nascido para chorar as mágoas. Anos mais tarde, volta ao cenário do boxe pra tomar outra grande surra novamente do mesmo cara. Entra em coma e vira treinador após a sua recuperação.

Seu principal golpe é o Corck'screw-u'-atack que lembra muito um ataque de pirulito de rosca.

  • Ralph Anderson - Galegão sargento do exército dos EUA que luta boxe. É muito forte, tem 1.87 m e chegou no Japão pra tocar o terror junto com seus amiguinhos militares. Era treinado por Miguel Zale, que também era soldado (atualmente está bem velho e com moicano e é o treinador de Wally, antes treinava Bryan Hawk). Tudo o que ele quer é surrar os machos e comer mulheres. Chegou no Japão e lutou com vários lutadores, inclusive Dankichi Hama, e mandou todos eles para o hospital literalmente, e cada lutador que vencia colocava uma caveira no calção. Lutou contra o amigo de Genji Kamogawa, Ginpachi Nekota em 1947 (todas as lutas dele foram nesse ano), Nekota estava indo bem até o 4° Round quando Anderson trapaciou e deu um soco ilegal chamado Rabbit Punch (Soco do Coelho). Depois disso Nekota ficou debilitado e o galego deu a maior surra que Nekota poderia levar na vida. Kamogawa subiu no ringue e levou Nekota desacordado nos braços e prometeu vingança a Anderson. Nekota levou tanta porrada que ficou doente. Finalmente chegou o dia da vingança, Kamogawa já tinha machucado os punhos com um treinamento insano de dar socos num tronco de árvore até enfiá-lo no morro. Foi uma luta épica, Kamogawa levou porrada a luta inteira mas aguentou firme, não importava quantas vezes caia ele sempre se levantava. No 8° Round Kamogawa ainda levou um Chopping Right (golpe que Mashiba usa) na cara mas aguentou firme e deu dois socos devastadores (os únicos que ele acertou a luta toda) em Anderson que voa do chão e cai se contorcendo de dor e a luta acabou com Zale levantando o braço de Kamogawa que quebrou as duas mãos depois dos socos e ficaram sangrando. Anderson se aposentou do boxe após a luta.
  • David Eagle - Boxeador estadunidense e também outro boxeador que Takamura enfrentou que tem nome de animal. Seu apelido é "Golden Eagle" (Águia Dourada). Galego, alto e forte e até então campeão mundial WBC dos pesos-médios. A luta entre ele e Takamura ocorreu em 27 de Agosto de 1995 em Yokohama. Foi uma luta épica, com direito a supercílio rasgado de ambos os lados e Takamura ficando cego devido ao sangue do supercílio rompido caindo no seu olho esquerdo mas mesmo assim no 8° Round Takamura mesmo cego (e com Kamogawa se preparando pra jogar a toalha) desferiu golpes sem enxergar nada e nocauteou Eagle e continuou socando pois não sabia se Eagle já estava no chão e foi parado por Kamogawa e então após o fim da luta os dois se cumprimentam e são aplaudidos. Após a luta, Eagle se aposentou do boxe.
  • Roland Hiyas - Boxeador que lutou contra Eiji Date provavelmente em 1984 em Tóquio (na quarta luta de Date como profissional). Não se sabe nada sobre ele, sua nacionalidade é desconhecida (provavelmente filipino). Na luta, Date venceu por nocaute no 3° Round.
  • Ronald Duck - Boxeador estadunidense que lutou contra Mamoru Takamura (na terceira defesa de Takamura do título mundial WBC dos pesos-médios) em 15 de Abril de 1997 em Tóquio. Tem um cabelo Dreadlocks e seu nome é uma referência (entre várias outras) de George Morikawa ao Donald Duck (Pato Donald), com a primeira letra trocada pra evitar processo da Disney. Numa luta bem difícil, Takamura quase se fode mas conseguiu vencer no 10° Round.
  • Eleki Battery e Papaya Dachiu - Vocês devem estar se perguntando porque esses dois lutadores estão citados juntos. Eles são de países e categorias diferentes mas têm uma coisa em comum. Eleki Battery é o campeão das Filipinas 🇵🇭 dos pesos-leves júnior (super-penas) e fazendo jus ao nome tem um penteado com o desenho de um raio em referência à uma bateria e Papaya Dachiu é o campeão da Indonésia 🇮🇩 dos pesos-leves e também fazendo jus ao nome tem um penteado que junto com a cara tem literalmente uma cara de mamão (já que George Morikawa adora fazer personagens com nomes sugestivos e forçados). Aí você pergunta, o que eles têm em comum? Simples: Battery lutou contra Tatsuya Kimura e Dachiu lutou contra Masaru Aoki. Antes da luta dos dois, quando eles descobriram quais seriam seus oponentes eles ficaram rindo igual loucos um da cara do outro (enquanto Ippo e Itagaki se seguravam com todas as forças e com a barriga doendo pra não rir) devido aos nomes ridículos dos seus adversários. Mamoru Takamura aproveitou a situação pra fazer uma aposta: Quem perdesse a luta teria que usar o penteado do oponente e isso causou meio que uma balbúrdia entre eles (depois Takamura sarcasticamente fez uma alteração na aposta que no caso era se não vencessem pagaria, ou seja, se empatasse, já era. Eles lutaram na mesma noite em Yokohama, a data é 27 de Agosto de 1995. O primeiro foi Kimura, durante 7 rounds ficou fugindo até que ele de leve acerta um golpe no abdômen de Battery e o filipino cai no chão. Então o ponto fraco dele foi descoberto e Kimura passou a desferir golpes somente no abdômen de Battery, mas não conseguiu nocauteá-lo nos 3 rounds seguintes e a decisão terminou em empate. Logo depois foi a vez de Aoki, ele sofreu com o forte soco de Papaya que era o chamado 'Coconut Punch' (Soco do Coco) e ainda é cheio de truques, mas depois a luta se equilibrou e Aoki ainda fez o 'Desvio do Olhar' porém Papaya também usa essa técnica então não deu certo e os dois se olham de volta e levam um baita susto. A luta também terminou empate. Como não venceram tiveram que pagar a aposta. Como o cabelo de Aoki não é muito grande o penteado ficou muito pequeno e ele surtou quando viu. Mais tarde Kimura também cumpriu a "promessa" só que ele fez o corte do lado da cabeça e bem pequeno e disfarçável. 7 meses, em Março de 1996, depois eles lutaram de novo contra os mesmos na mesma noite outra vez em Yokohama. Kimura começou primeiro de novo, dessa vez Battery tinha fortalecido o abdômen (e no calção tinha um sinal de - e + em referência à uma pilha, pqp!) e foi em vão os golpes que Kimura acertou nessa região, ele ainda conseguiu acertar um Dragon Fish Blow em cheio mas também não adiantou e a luta terminou empate novamente. Aoki entra no ringue usando um gorro na cabeça para disfarçar a careca e os únicos 5 pelos que tinha na cabeça, mas obviamente foi obrigado a tirar e Papaya não aguentou e chorou de rir. O desfecho do enredo se repetiu e a luta também terminou empate.
  • Wally - Jovenzinho boxeador da Indonésia 🇲🇨 que parece uma menina. O viadinho é o campeão indonésio dos pesos-pena e lutou contra Ippo Makunouchi em 15 de Julho de '97. Treinado por Miguel Zale, ele é conhecido como o "Kakashi de Hajime no Ippo", pois copia os golpes dos outros boxeadores. Na luta contra Ippo, num torneio envolvendo os campeões asiáticos, perdeu pra Ippo no 8° Round quando Zale jogou a toalha. Wally foi embora da arena dando um sorriso pra Ippo (ai dento baitola!!!).

A Torcida[editar]

Por incrível que pareça, existem algumas pessoas que não são tão vira-casaca assim. No elenco temos alguns personagens que aparecem no anime só pra compor uma torcidinha mais ou menos. São eles:

Duvida Cruel: Qual dos dois irá conquistar de vez o coração do protagonista?
  • Kumi Mashiba - Disputa aos tapas contra o Myiata o amor de Ippo. É uma das mais vira-casaca e não sabe se torce para o irmão ou para o Ippo. Quando não está compondo torcida está trabalhando em uma espécie de bordel temático que tem como as principais fantasias uma padaria e um hospital obrigando-a a vestir fantasias eróticas altamente excitantes como atendente de padaria ou enfermeira meia-boca.
  • Tomiko - Feia, ridícula, baranguérrima, mas um ótimo exemplo de Raimunda. Colega da Kumi quando o bordel em que trabalha muda pra temática de enfermaria. Como é tão feia e ninguém alem do Aoki teve coragem de dar em cima dela, acabou ficando com o pobre coitado mesmo.
  • Fuji Minoru - Réporter que sempre aparece com umas fitas duvidosas para os boxeadores e treinadores do ginásio. Jornalista da revista "Fãs de Boxe" só o vimos publicar apenas um artigo, de forma a nos deixar a dúvida no ar de como ele faz pra colocar arroz e feijão na mesa de sua casa sendo que apenas fica andando para lá e para cá o dia inteiro sem publicar nada. Não se pode dizer pra quem ele torce já que nunca grita o nome de alguém. Mas em compensação é o personagem mais X9 da série, já que se lhe contam alguma segredo ou estratégia para as lutas não perde tempo de ir no ginásio do adversário contá-la e presenteá-los com umas fitas contendo homens e mulheres de "pouca moral".
  • Ginpachi Nekota - Velho amigo de Genji Kamogawa, foi boxeador quando era novo, depois que envelheceu ficou com uma aparência horrível e um nariz que parece que tem sinusite. A cada 2 frases, fala a palavra "dani" em 3, não consegue falar de um jeito normal. Tem um cachorro branco peludão chamado Hachi que o acompanha onde quer que esteja.
  • Mari Iimura - Jornalista e ficante companheira de trabalho de Fuji Minori. Ela dava a impressão de ser "chata" mas é bem gente boa também. Ficou puta quando Bryan Hawk, na entrevista coletiva entre Hawk e Takamura antes da luta, a convidou para ir ao seu quarto no hotel para fazer coisas lá dentro.
  • Nanako Itagaki - Irmã mais nova de Manabu Itagaki. Ela é doidinha pelo personagem principal, sendo sua principal rival Kumi Mashiba, a amada do protagonista. Nanako perdeu esse "duelo".
  • Umezawa e Cia - Torcida Fiel do Ippo composta pelos melhores amigos dele que some da metade do anime em diante (Assim que se formam). Na escola batem no Ippo, durante as lutas vão assistir as lutas no ringue para ver o Ippo apanhando de algum adversário.

Outros Personagens[editar]

  • Mr. Sakaguchi - É um anão empresário de boxe das Filipinas 🇵🇭. É podre de rico e já treinou lutadores como Arnie Gregory (ex campeão da OPBF), Medgoen Dachboy e Randy Boy Jr.
  • Yanaoka - Ex-boxeador e treinador de Takeshi Sendo. Sua carreira como boxeador no passado não foi lá essas coisas, tendo no seu cartel uma derrota pro pai de Miyata no 7° Round.
  • Hachinohe - Treinador de Naomichi "Hammer Nao" Yamada. Não se sabe se ele continuou a treinar o Nao depois da surra que Nao levou contra Ippo. Antes era treinador de Jason Ozuma, negão estadunidense.
  • Miguel Zale - Veio galego estadunidense treinador de boxe. Já foi soldado do exército dos EUA na Segunda Guerra Mundial (e pós), sendo nessa época treinador de Ralph Anderson. Já bem velho e com moicano, treinou Bryan Hawk e atualmente treina Wally.

O "Bocuxingu"[editar]

Ou boxing (como costumamos chamar por aqui no ocidente) é um tipo de luta em que apenas se utilizam as mãos e o rebolado balanço do corpo para vencer. Assim como outros tipos de artes-marciais conta com muitas variações de estilo e movimentos técnicos, que nos são apresentado com grande detalhamento no decorrer do enredo do anime. Vejamos a seguir:


Tipos de Luta[editar]

No bocuxingo temos baiscamente dois estilos de luta distintos:

  • In-fight - Estilo de luta em que o boxeador se aproxima de outro para lhe derrotar com um apertão bem firme nos mamilos. Estilo de luta muito perigoso que requer de curta a meia distância e, principalmente, muita concentração e treino rigoroso para utilizá-lo. Estilo de luta utilizado por Ippo, Sendou, entre outros.
  • Out-fight - Estilo de luta em que o boxeador deve ter um bom jogo de pernas para bater e sair correndo como um animal covarde. Muito utilizado por personagens perdedores como Miyata, Kimura, Aoki, etc.

Alguns Golpes[editar]

  • Jab - Movimento de ataque. Movimento rápido e repetitivo utilizado para massagear a cara do adversário e confundí-lo. Raros os personagens que causam algum tipo de sensação dolorida com a massagem.
  • Flickter Jab - Movimento de ataque. Consiste em tirar fotos sádicas do adversário para colocar no álbum virtual e humilhar o oponente via web. É a nova integração da tecnologia com as lutas de boxe. "Ataque inspirado em one piece, onde o braço do usuario pode esticar e dobrar como se fosse de borracha."
  • Soco direto - Movimento de ataque. Golpe de macho mesmo. Você soca o adversário com toda a força que tem e ele simplesmente irá babar o resto do dia (se não desviar claro).
  • Upper - Movimento de ataque. Você ameaça o oponente mirando nas bolas, mas é só para distraí-lo pois o alvo final é o queixo. O adversário irá se curvar para proteger o tão importante monumento e, ao ser atingido no queixo, mal saberá o que o atingiu.

javascript:insertTags("","","Texto a negrito");

  • Hook - Movimento de ataque. Tão forte quanto o soco direto, porém mirando a orelha seca do adversário. Também é largamente utilizado para extração de dentes. Se o seu adversário ainda não tiver perdido nenhum, então é uma ótima oportunidade para testá-lo.
  • Clinch - Movimento Defensivo (Eu acho). O Boxeador dá um abraço longo e amigável no adversário para demonstrar o quanto carente está. Quando abraçado, o oponente fica impossilitado de utilizar seus golpes, comovido com a carência do oponente. Às vezes o abraço é tão longo e apertado que é necessário que o juiz separe os lutadores para que a luta prossiga normalmente sem maiores constrangimentos.
  • Smack - Movimento de Ataque. Consiste em balança bastante o corpo, firmar o punho e finalizar com um beijinho doce no adversário. Finalizado o movimento o adversário ficará com tanta vergonha que irá simular um nocaute para acabar com a luta o mais rápido possível.
  • Soco no plexo-solar - Movimento de ataque. Basta tirar o braço do adversário da frente e socar em qualquer lugar já que ninguém sabe o que é e principalmente onde fica. Utilizado pelo Hamer Nao na luta contra o Ippo.
Treinamento do estilo Pica-Boo. (Tá com fome?)
  • Cork'screw-u'-atack ou Heart-Break Shot - Movimento de ataque. Basicamente um soco que lembra muito um pirulito de rosca muito potente contra pessoas sensíveis emocionalmente. O boxeador manda o oponente se foder e já lança um soco em movimento retilíneo espiralado. o adversário ficará profundamente chateado e em seguida ficará de fossa, motivo o qual também é chamado de "Heart-Break Shot" ("Coração Partido" aqui no ocidente). É principalmente utilizada por Date Eiji e seu puxa-saco de plantão.
  • Pica-boo - Movimento de defesa. Esse movimento também é conhecido como "Assutador de Pica" (ainda não foi revelado o porque). Consiste em um treinamento rigorosíssimo em que o lutador não come nada por dias, semanas, meses e etc. O lutador ficará com tanta fome, mas tanta fome, que confundirá suas próprias luvas com salaminhos e vai começar a comê-las. Enquanto as mastiga fica impossibilitado de afastar os punhos do queixo deixando a guarda sempre alta.
  • Gazelle Punch - Movimento de Ataque. Consiste em se fazer em uma sequencia de movimentos que exigem uma flexibilidade feladaputa de abaixar, correr e acertar o adversário enquanto levanta. É exigida um alto grau de flexibilidade para sua execução, o que é facilitado com o uso de anabolizantes já que este produto não deixa as coisas ficarem muito "rígidas".
  • Dempsey-rolo - Movimento de ataque e defesa simultâneos. Nesse movimento o boxeador mexe-se em forma de 8 como um rolo de macarrão desviando de todos os golpes do adversário e aproveitando o movimento de vai-e-vem para dar muita porrada no pobre coitado. É o melhor golpe do protagonista da série.
Xô Vampiro!
  • Chute no saco - Não existem chutes no boxe. Procure isso em outro anime.
  • Arm-cross - Movimento defensivo. Extremamente efetivo contra vampiros. Você cruza os braços para formar uma espécie de cruz defensiva extremamente eficiente. Os vampiros correm na hora, já nos oponentes que não são vampiros, costumam apenas bloquear seus golpes.
  • Counter-Atack - Movimento de ataque. Basicamente uma clarividência aplicada no olho-por-olho e dente-por-dente. Se um adversário for lhe dar um jab, você acerta o mesmo jab no adversário antes do dele te acertar. Se adversário for lher dar um upper, você devolve com upper antes do upper desferido pelo adversário lhe acertar. Em outras palavras: é uma técnica refinada e largamente utilizado por personagens com poderes mentais desenvolvido como Miyata, Charles Chavier, etc.
  • Fintas com Sakê - Movimento que não é de defesa, mas que também não ataca. Nada melhor do que uma bela luta regada a alcool! Consiste no ato de boxeador levar um bom sakê (vinho também funciona) e deixar seu adversário bem tonto, até que ele comece a enxergar ataques que não existem.
  • Speed Hell (ou Hall) - Também chamado de Speed Hall, é um movimento no qual o boxeador se movimenta de forma extremamente veloz de um lado pro outro com objetivo de confundir o adversário (em outro desenho japonês (Full Metal Panic? Fumoffu!) esse movimento também aparece, de forma um pouco diferente, o zelador do Colégio Jindai, Zenji Onuki usou o movimento no ataque contra Sousuke Sagara e Issei Tsubaki). Nesse movimento o boxeador está no ápice da velocidade (como se fosse turbinado), ou seja, um bucha de canhão lerdo feito uma lesma não chega nem perto de fazer esse movimento.


KimuraExecution.jpg

OVA: Kimura vs Mashiba[editar]

Neste OVA vocês terão uma oportunidade única de ver Kimura lutando de uma forma decente contra o assustador Mashiba em busca do cinturão de campeão da classe de pesos-leve juniores.

Kimura lutando decentemente é uma coisa tão impressionante de se acontecer que foi feito um episódio único e exclusivo para isso acontecer. Porém, como sua fama de mal lutador já tinha se espalhado no anime, nem mesmo o próprio elenco tinha alguma esperança que ele vencesse esta luta, como se pode ver no cartaz do anúncio da luta ao lado intitulado de "A Excução". Todos já tinham plena certeza de que o Mashiba iria degolar o Kimura.

Talvez um dia chegue a vez de Aoki fazer uma luta decente.


O Mangá[editar]

George Foreman Morikawa redesenha a história desde o século passado até a atualidade. Diz a lenda de que esse mangá é mais antigo que Cavaleiros do Zodíaco ou Astroboy. Talvez George Foremam Morikawa esteja disputando com outros autores como Eiichiro Oda ou Masashi Kishimoto para saber quem faz o mangá mais longo da história. Vai saber...