Hannah Montana: O Filme

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Exploding-head.gif

Aviso: as porcarias escritas neste artigo podem danificar o seu cérebro!

Love Live!.gif Cuidado! Este artigo é sobre uma GURIA RETARDADA!

E entra em pânico ao ver uma rua de paralelepípedos quando está de salto.

Clique aqui pra ver mais garotas malucas

Hannah Montana, o Filme
Hanna montana filme.jpg
Versão loira (burra) e morena (burra também){{{caption}}}
Diretor Um carinha desconhecido
Elenco Miley Cyrus
Caipira
Caubói
Outro caipira
Lançamento 2009
Gênero(s) Alienação, pornográfico, musical
Produtora Disney
Idioma Ingrês
Duração Não contei
Exibição Em algum cinema perto ou longe da sua casa
Público-alvo {{{público-alvo}}}
Patrocinador(es) {{{patrocinador}}}

Cquote1.png Você quis dizer: Rã na Montanha, o Filme Cquote2.png
Google sobre Hannah Montana: O Filme
Cquote1.png Você quis dizer: Xana Bacana, o Filme Cquote2.png
Google sobre Hannah Montana: O Filme
Cquote1.png Oba! O filme da Hannah Montana! Cquote2.png
Guria Retardada sobre Hannah Montana: O Filme
Cquote1.png Mais lucro para a gente MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Disney sobre Hannah Montana: O Filme
Cquote1.png Tenho que fazer um filme com um monte de caipiras? Que merda de emprego Cquote2.png
Miley Cyrus sobre Hannah Montana: O Filme

Hannah Montana: O Filme, é mais um filme (incrível!) da Disney com a finalidade de esvaziar os bolsos dos pais das gurias retardadas de plantão. Conta com Rã na Montanha mais meia dúzia de figurantes que não interessam. O filme foi um sucesso nos Estados Unidos e no resto do mundo, provando que o plano diabólico da Disney de dominar o mundo está funcionando.

Ele conta a história de Miley Cyrus (ou Rã na Montanha, se preferir), que é levada para uma cidadezinha no interior do Acre para participar do reality show A Fazenda, junto com outras pseudo-celebridades, onde eles terão que acordar cedo para tirar leite do pau da vaca.

Sinopse[editar]

O começo de tudo[editar]

Tudo começa quando a Disney contrata uma garotinha bonita qualquer sem talento algum, Miley Cyrus para executar seu maléfico plano de dominar a mente das crianças sem cerebro de toda a galáxia. Tudo funcionava perfeitamente. Com uma peruca loira para não ser identificada, Hanna Montana hipnotizava milhares de pirralhos inocentes usando a lavagem cerebral presente em suas músicas em homenagem ao Satanás seu grande mestre.

O problema é que ela mesma estava sentindo as consequências. A possibilidade de roubar o lugar da Xuxa e se tornar rainha dos baixinhos sabia à cabeça de Miley/Hannah. Ela planejava dar um golpe na Disney e tomar o controle da mente das pirralhas sozinha. não gostou nem um pouco da ideia, e decidiu botar um freio nos planos de Rã na Montanha.

Pra piorar, Miley tem uma discussão séria com os backstreet boys e com o pessoal do High School Musical, porque ambos não queriam apoiar os planos de Hanna por medo do chefão Mickey. Depois de uma briga mais violenta que final entre Rio Branco e São Mateus, muita porrada e sangue pra todo lado, o presidente da Disney,Mickey , fica puto e toma uma decisão para colocar Hanna na linha: Vai deportar a guria para um lugar bem longe.

Um filme recomendado para todas as idades!

Mickey "convence" o pai de Miley, um cantor country falido dos anos 70, a viajar com a filha para uma cidadezinha do interior, onde Rã na Montanha refletiria se continuaria com a parceria com a Disney ou trairia o movimento para dominar o mundo sem a ajuda de ninguém. Caso escolhesse a segunda opção Mickey mandaria um pistoleiro para matá-la, mas ela não sabia disso (ou não).

Então, Hanna, seu pai e mais uns amigos figurantes que ninguém conhece vão para Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas, a cidade no interior onde o pai dela nasceu. Depois de se perderem na estrada e serem assaltados no meio do nada, eles finalmente chegam a Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas. Daqui em diante a história se torna mais complicada.

Na fazenda[editar]

Nos 20 a 30 minutos seguintes não acontece porra nenhuma. Não há o que se mostrar em Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas, não há nada na cidade. Consequentemente, Rã não faz porra nenhuma lá. Tudo o que ela faz é conversar com as amigas a respeito da morte da bezerra e tentar dar para o amiguinho de infância dela, outro caipira que (ainda) não abandonou a cidade.

O pai de Miley, cansado da frescura da filha, obriga-a a acordar cedo para tirar o leite das vacas e cuidar dos animais e da horta. Enquanto ela trabalhava pesado, o pai dela aproveitava para pular a cerca e botar um par de chifres na esposa (falecida). E assim a história a história se prolonga até se tornar uma grande orgia digna de um filme pornô, com todo mundo comendo todo mundo. Enquanto isso Mickey e seus comparsas da Disney planejam dominar a mente das gurias retardadas e se livrar de Rã na Montanha ao mesmo tempo.

Mensagem subliminar a respeito do plano secreto.

Como todo filme infantil, os personagens tem que lutar por algo idiota. Nesse caso, os moradores de Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas batalham para impedir a construção de um mega-shopping na cidade que iria alavancar a economia local e melhorar a vida de todo mundo. Sabe-se lá por qual razão aqueles caipiras são contra um shopping. Aparentemente os roteiristas desse filme não se importaram em bolar uma razão lógica para explicar essa parte do enredo. Mas o shopping não podia ser construído, pois representava o mal e pronto.

Para complicar a situação, a CIA haviam descoberto o plano maléfico da Disney e de Rã na Montanha. Secretamente, perseguiram Miley até Santo Antônio com a missão de revelar sua identidade secreta e salvar o mundo. Porém, logo eles saem de cena, já que Mickey percebe a movimentação do Cerviço de Idiotice Americana e cuida pessoalmente dos agentes secretos. Se Jack Bauer não estivesse de férias a situação seria diferente, mas...

Voltando ao assunto do shopping, os caipiras ficaram cansados de coçar o saco e resolveram tomar alguma atitude. Para isso, contaram com a ajuda de Hanna; que cantou uma de suas belas músicas até o tímpano dos pobres operários que não tinham nada a ver com isso explodirem. Essa cena não aparece no filme porque foi considerada imprópria pela Censura Chinesa. E depois ela convence o responsável pela obra a não construir o shopping naquele fim de mundo.

A parte final[editar]

Quem assiste essa desgraça.

Agora que o complexo comercial que alavancaria a economia regional não será mais construído, Rã podia se concentrar em coisas. Hanna estava procurando uns marmanjos, e queria dar para seu amiguinho de infância. Ela conversa com ele e combinam de irem ao motel de noite. Para o azar dela, seu chefão Mickey marca para o mesmo horário um encontro com Rã, em que eles discutiriam se iriam retomar a parceria e o plano de dominação mundial.

Rã preferia a primeira opção, mas não podia contrariar seu chefe porque ele era muito malvado. Até que ela teve a brilhante ideia de quebrar as leis da física e estar em dois lugares ao mesmo tempo. Porém agentes da CIA que haviam sobrevivido ao Mickey encontram o amiguinho e contam a ele os planos maléficos de Hanna. Ele briga com ela antes da noite e diz que não fará sexo com ela, pois não concorda com as maldades dela. Só que na realidade, ele não quis ir ao motel porque também vive uma dupla identidade.

Se ela não ia mais ao motel, sobrou o encontro com o terrível Mickey. Arrependida de ter traído o movimento Disney, ela retoma a parceria com o rato. Marcando a volta ao plano maléfico, Rã faz um grande show em Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas, com a presença da cidade inteira (30000 habitantes, sendo 10 pessoas, 300 vacas, mais de 8000 galinhas e o resto outros bichos.

No mesmo dia, o amiguinho dela com a ajuda do Clube da Luta toma coragem e põe fim à rotina de sentar no cavalo para levantar o rabo e dá uns pegas na Miley durante um show. Mas o agente que tinha como missão acabar com os planos de Mickey e Hanna ainda não havia desistido, e tentou sabotar o show. Só que Mickey descobre e "convence" o cara a passar para o Lado Negro da Força. E assim acaba o filme, com a Disney e Rã dominando crianças de todo o mundo.

Cquote1.png Que final ridículo. Preferia ver o Filme do Pelé Cquote2.png
Você depois de ver essa desgraça até o final


MÚSICAS

[[ 1. You’ll Always Find Your Way Back Home - (Você pode fuder todos ao caminho de casa)- A Miley cirus volta pra casa fudendo os seus familiares

 2. Let's Get Crazy - (Vamos estrupar até ficar loucos)- Xannah gosta de uma punhetagem no aniversario da Tilly Cruquétti
 3. The Good Life - (A vida nas drogas)- Ela fuma até querer ser Hannah Montana
 4. Everything I Want - Steve Rushton (Tudo o que eu quero mais)- Ela qué
 5. Don't Walk Away (Não sai da suruba)- Ela foi dar pra um véio, mais já volta
 6. Hoedown Throwdown (Vamos Fuder a Xannah Putana)- a dança dos retardo
 7. Dream - (Fuder em sonho)- ela sonha em ter um cliente que não seja véio acabado
 8. The Climb (A lambida) - lambe o tal guri que ela fode no filme 
 9. Butterfly Fly Away (Bucho de sebo)- Ela tenta o pai dela depois que o guri dá um fora nela
 10. Backwards - Rascal Flatts (Prostitutas) - Mailei (hanna)tá incluída 
 11. Back To Tennessee - Billy Ray Cyrus (Voltando pra suruba AGORA!) - mailey manda o pai ser puta
 12. Crazier - Taylor Swift (Fudeú)- taylor swifttrabalhando pra mailei??
 13. Bless The Broken Road - Rascall Flatts (Gruda a punheta caída)- yeah diz miley
 14. Let's Do This! (Vamos enfiar!)   é hannah
 15. Spotlight (Réba)  ui tilly
 16. Game Over (Acabou a suruba)   blz pra cirus
 17. What's Not To Like (Não é assim que se faz sexo)   é mailey passa as regras
 18. The Best Of Both Worlds ]] (Os dois lados)-cirus se traveste se hannah motivo: nafa

Personagens[editar]

Rã na Montanha em outro lugar que não seja uma montanha.

Curiosidades[editar]

O que o filme faz com tua cabeça.
  • Esse filme foi mais lucrativo que o camp rock.
  • Só uma guria retardada e sem conciencia consegue ver o filme inteiro e gostar.
  • Santo Antônio do Cré-cré-cré do Xipsuí de Minas ficou famosa depois do filme.
  • Nenhum dos moradores viu o filme porque lá não há cinema ou televisão.
  • A Disney nega que tenha um plano de dominação mundial.[/sei]
  • O shopping do filme teve que ser feito em outra cidade.

Ver também[editar]

v d e h