Hatsuharu Sohma

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Eu não sou emo, só pra deixar claro. Emo é o Hatori. Cquote2.png
Haru tirando dúvidas dos fãs
Cquote1.png Com esses penduricalhos, está mais para punk. Cquote2.png
Otaku sobre citação acima
Cquote1.png Eu, o Yuki e a Rin formamos um triângulo amoroso. Mas eu prefiro o Yuki. Cquote2.png
Haru esclarecendo outras dúvidas
Cquote1.png E quanto a mim?! Era eu quem te levava ao banheiro! Cquote2.png
Kyo sobre citação acima
Cquote1.png Er... Senhor Hatsuharu, não roube o Kyo de mim, por favor. Senão eu terei que matar o senhor. Minha mãe sempre dizia que essa era a melhor solução para as brigas. Cquote2.png
Tohru sobre Hatsuharu

Descrição[editar]

MUUUUUUUU

Hatsuharu Souma, Hatsuharu Sohma ou, simplesmente, Haru é um garoto do anime Furuba representante do signo Boi na maldição dos Doze signos chineses. Ele é, aparentemente, calmo em demasia e cheio de devaneios na mente, por isso está sempre divagando em suas aparições no anime inteiro. Pode soar meio estranho, mas o Hatsuharu possui a mesma idade que o Momiji. Isso é inaceitável, a Natsuki Takaya provavelmente cheirou uns gatinhos enquanto escrevia o mangá. Enfim, não se sabe se o Haru conseguiu se graduar depois do ensino médio (ele parece ser burro como uma porta), já que o fim do anime pula uma boa parte da vida dos personagens, pois ele acaba com a Tohru e Kyo já velhinhos e uma pirralha chata que deve ser a neta deles. "É um mistério"... Mas, diante de qualquer problema do gênero, a solução é simples: pagar "propina" aos professores, assim, ele pode ser aprovado em qualquer vestibular do Japão. (Apenas em situações como esta os membros do doze signos enxergam o fato de que: "Ah, como é bom ser membro da família Sohma!")

Black and White[editar]

Cquote1.png Ahhhh, cheirar gatinhos sempre alivia o meu estresse. Cquote2.png
Haru

Hatsuharu, assim como Kagura e Sakura, possui duas personalidades opostas, Black Haru e White Haru.

A mudança radical de personalidade ocorre, na maioria das vezes, quando Haru fica nervoso com alguém, quando precisa descontar o estresse diário em alguém, ou quando está com vontade de lutar. O importante é que, no final, sempre sobra para o Kyon, mas, nada pessoal.

Sempre que o Haru muda de humor, seus olhos ficam sombrios e a casa do Shigure é destruída, já que a casa dele é um dos cenários principais do mangá. Mas Haru não se importa em destruir a escola também. A solução para o fim do Black Haru é um simples balde d'água.


História[editar]

Cquote1.png Acho que estou perdido, mas é só uma suposição. Não sabia que o Japão era tão vasto. Hmm... Cquote2.png
Haru

Hatsuharu sempre foi enigmático, desde pequeno. Seus pais desconfiavam de uma anomalia genética. Ele era uma criança revoltada, pois era caçoado por todos por ter dado carona ao rato segundo a história dos Doze signos. Sua personalidade peculiar, seu ódio compulsivo pela ratazana Yun Yun e seu olhar vazio e indiferente foram fatores suficientes para uma atração amorosa por outro membro antissocial do grupo, Kyo Isuzu Sohma (ou Rin, para os íntimos). Rin era uma garota de cabelos exageradamente compridos que possuía pais desnaturados que simulavam uma família feliz. Diante disso, a ingrata, com pose de inocente, resolveu desmoronar essa falsa felicidade, desmoronando, consequentemente, sua vida (ideia genial da parte dela). Hatsuharu, aproveitando-se da situação, aproximou-se de Rin até iniciarem um namoro, que o suposto vilão Akito estragou, como sempre. No clímax, Rin é jogada do terceiro andar (momento Isabella), mas não morre, pois pessoas não costumam morrer em animes Shoujos, nem que os leitores desejem (se fosse assim, a Shigure já estaria no céu há muito tempo).

Continuando, Haru passa praticamente o anime inteiro carente, brigado com a Isuzu, mas nunca desiste dela, exceto em uma hora, para ficar com Akito, mas o Kureno impediu que isso acontecesse, senão esse fato causaria uma revolta dos otakus. Aliás, Haru também já assediou Tohru, entretanto, é só um sintoma da puberdade. O importante é que a Isuzu não sabe destes fatos.

No final do anime, como previsto, Hatsuharu ficou com a Isuzu e o namoro terminou uma semana depois eles viveram felizes até a morte (Ou não).

Curiosidades[editar]

Tranformações imprevisíveis. Protejam os olhos!
  • Haru sempre perde para o Kyo nas brigas;
  • Haru já apareceu no programa do Canal do Boi;
  • Duendes existem;
  • Haru tem uma grande afeição por crianças;
  • Os penduricalhos e a tatuagem servem para dar uma boa aparência a ele (apesar de ocorrer o contrário);
  • Segundo Haru, ele não é emo;
  • Emo é a pulseira do Kyo;
  • Haru quase perdeu sua namorada para um pirralho;
  • O quadril é a alma do homem;
  • E a Tohru foi trouxa o suficiente para acreditar na frase acima;
  • Seu maior entretenimento é provocar o Kyo;
  • Ninguém sabe como o Haru provou que seu cabelo era natural. É um mistério...

Imagens que todo otaku guarda nos Meus Documentos[editar]