Havnar Bóltfelag

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Havnar Bóltfelag
Escudo do HB.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Havnar Ballotelli
Origem Bandeira das Ilhas Faroé Ilhas Faroé - Tórshavn
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Glub Glub
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Feroês
Divisão Effodeildin
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Havnar Bóltfelag, cujo nome impossível de ser decorado ou acertadamente soletrado nos obriga a chamá-lo apenas como HB, é um tradicional times de bocha faroesa das Ilhas Faroé, que nas horas vagas também joga futebol. É o grande freguês rival do TB nos campeonatos anuais de quem possui os nomes mais idiotas.

História[editar]

Fundação[editar]

O timeco foi fundado em 1904, sendo considerado o segundo time mais antigo do mundo de um território selvagem bárbaro, sendo vice, portanto, até nessa porcaria de dado, pois o mais antigo é o rival TB, que é primeiro em tudo em relação ao HB. O primeiro time do HB era composto por apenas três jogadores, e eles disputavam emocionantes torneios de golzinho com uma bola improvisada de bucho de bode recheada com repolho.

Estreia no campeonato feroês[editar]

Apesar da antiguidade com que o HB supostamente foi fundado, a equipe só foi se semi-profissionalizar em 1948, quando pela primeira vez 11 pessoas se prestariam a começar a pagar mico nos gramados de Tórshavn e jogar futebol de campo. Como a equipe era uma bela porcaria já desde sempre, obviamente não ganhou os primeiros campeonatos, e precisou de algumas tentativas para ser campeão só em 1955 de seu primeiro campeonato feroês.

Ao longo dos próximos anos o HB continuaria fracassando diversos anos, mas vencendo tantos outros porque né, nas Ilhas Faroé até meu time de peladeiros ganharia se disputasse todo ano. Tornou-se recordista de títulos porque as equipes rivais logo enjoavam de futebol e paravam de jogar.

Primeiro jogo internacional[editar]

HB jogando contra o juiz. Certas coisas só acontecem no futebol faroês.

Em 1992 as Ilhas Faroé foram aceitas pela UEFA como território do planeta Terra após minuciosos estudos geodésicos, então o arquipélago passou a ceder times para as competições europeias a partir de então. O HB já conseguiu o maior desempenho de todos os tempos de um time faroês logo pela Taça das Taças de 1993–94, um torneio que reunia todas maiores zebras da Europa, na qual na primeira fase o time enfrentou e eliminou o FK Cavalgava da Lituânia, só para na fase seguinte perder de 7x0 para o Universitatea Craiova da Romênia.

Centenário[editar]

Em 2009, ano do Centenário, realizou o maior ano de sua história, quando conquistou a Tríplice Coroa das Ilhas Faroé. Neste ano foi campeão de maneira invicta do disputadíssimo Campeonato Feroês, depois foi campeão da Copa Feroesa após uma emocionante disputa de pênaltis na final empatada por 0x0, em que sobressaiu-se por 1x0 nas penalidades após 55 pênaltis perdidos. E finalmente o terceiro título do ano, a Copa Atlântida, que reúne os times mais desconhecidos e isolados do mundo, onde derrotou na final o poderoso 30 vezes campeão consecutivo de Tuvalu Ulterior, o FC Tio.jpgense.

Liga dos Campeões de 2014-15[editar]

Após mais um título feroês conquistado em 2013, a equipe do HB conquistou o direito de ir disputar a Liga dos Campeões de 2014-15, mas aquela primeiríssima fase preliminar, onde enfrentou o pior time do mundo, o Lincoln Red Imps FC de Gibraltar, quando tornopu-se o primeiro time do mundo a empatar de 1x1 com os gibraltinos, embora a vitória por 5x2 no segundo jogo tenha garantido a classificação do HB. O time, óbvio, não durou muito, perdeu duas vezes para os reservas do Partizan, e foi eliminado.

Títulos[editar]

  • Campeonato feroês: 22 vezes (1955, 1960, 1963, 1964, 1965, 1971, 1973, 1974, 1975, 1978, 1981, 1982, 1988, 1990, 1998, 2002, 2003, 2004, 2006, 2009, 2010, 2013)