Hentai

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mega Milk.png
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Garota hentai.gif TAAARAAAAADO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!

Haruhi.jpg

Made in Nihon \o/

Este é um artigo kawaii ¬¬ com tecnorogia japonesa, né? (ou não ^▼^)
Otakus, antes de dormir, ficam pensando nisso!. @.@
Mas se vandarizar, vão fazer a Genki Dama em você ^▼^

Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Hentai.
Um problema comum a todas as menininhas-hentai

Cquote1.png Você quis dizer: Playboy de Otaku Cquote2.png
Google sobre Hentai
Cquote1.png Experimente também: Mulher de verdade Cquote2.png
Sugestão do Google para Hentai
Cquote1.png Eu tenho medo... Cquote2.png
Regina Duarte sobre hentai
Cquote1.png É dahora vc tem um monte de idéias pra fazer com sua namorada Cquote2.png
Otakuman sobre Hentai
Cquote1.png Parem de ver essa merda e vem me comer!! Cquote2.png
Otaka sobre Hentai
Cquote1.png Gosto de ver porque parece de verdade! Hauhauha Cquote2.png
Otaku sobre Hentai
Cquote1.png Prefiro ver minha namorada pelada! Cquote2.png
Homem sobre Hentai
Cquote1.png Isso é coisa do demônio! Cquote2.png
Evangélico sobre Hentai
Cquote1.png AXxxXaiai QuEXUEXX COSXAIXA MAXXIS NUXXGENXXxxXTaxxXxX!! Cquote2.png
Emo sobre hentai
Cquote1.png Vocês são muito preconceituosos! Cquote2.png
Yaoísta sobre sua fanfics yaoi envolvendo pedofilia
Cquote1.png No Japão, os hentais são incrivelmente subdivididos em centenas de categorias para cobrir os mais diversos tipos de taras, já que no Japão a grande maioria das pessoas vive de forma pervertida e vem pesquisando a um bom tempo qual a melhor fonte de pornografia e a melhor maneira possível de descascar o sabiá... Eu incluso... Cquote2.png
Oscar Wilde sobre Hentai
Cquote1.png ÉÉ UMA BARBARIDADE!!!!!!! Cquote2.png
Datena vendo seu filho ver Hentai
Cquote1.png Na União Soviética, o Hentai bate uma pra VOCÊ!!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Hentai
Cquote1.png Esses desenhos do barulho vão invadir o seu banheiro... Cquote2.png
Narrador da Sessão da tarde sobre Hentai
Cquote1.png VAI ME DESMANCHA VAI! Cquote2.png
Garota do Hentai falando (???) com um leitor

Windows com novas modificações para atender o mercado de otakus/otakas.
Hentais.gif

Hentai é a arte suprema dos Otakus, um gênero de desenhos vindo do Japão que fazem muito sucesso entre retardados de gosto duvidoso e parte do povo onanista no Brasil. Normalmente, serve para satisfazer os prazeres de uns guris retardados, curiosos sexuais, pervertidos, virgens que não sabem o que é sexo de verdade e afins.

Não se pode esquecer de que, claro, como muitos pensam, hentai significa "Homens Estranhamente Nipônicos Tarados Assexuados e Idiotas". E como muitos pensam, hentai ao contrário é iatneh, que, em siglas, poderia significar "Indo Até Tantos Náufragos com Excitantes Hentais", o que faz a frase se repetir infinatamente, num ciclo contínuo. Enfim, hentai faz as pessoas perderem a cabeça.

Quem começou com isso?

A grande desvantagem de ser uma garota hentai.
Admita: você quer "brincar" com esta boneca!

O Hentai foi criado no Japão, já que todos por lá tem o pinto pequeno, e nunca conseguiam satisfazer uma mulher de verdade, porque não desenhar suas próprias mulheres e suas próprias genitais tudo em tamanhos pervertidamente colossais?

Em uma minúscula ilha chamada Kerosex (mais ou menos do tamanho do clitóris de uma japonesa), no Japão, terrinha sem prestígio nenhum, não se sabe quando, mas foi perto de quando o Bill Gates criou o Windows, surgiu o primeiro hentai.

E foi nessa ilha maldita que o Sr. Tamagoshito, um mal sucedido desenhista da polícia local, começou a desenhar um estilo novo de desenhos diferentes de tudo que já havia feito. Ele começou a desenhar garotas japonesas de forma exótica, com um corpo parecido com a de sua irmã, e com olhos inspirados em um alien. O Sr. Tamagoshito, criador também do Tamakushi, queria também desenhar seu próprio pinto, mais não conseguiu, pois era daltônico, e míope e o resultado foi um pênis enorme que na história satisfazia 500 mulheres numa mesma noite.

As histórias tinham forte presença de teor sexual, isso ele tirava de sua experiência com a filha do vizinho com quem tinha constantes atos de selvageria sexual devido ao seu desespero em não perder a virgindade, à sua falta de amigos quando adolescente pelo fato de não ser popular com as garotas, e também pelo fato de ele gostar de cheirar gatinhos e beber saquê.

Hentais mais famosos

Capa de um dos mais famosos hentais ocidentais que se tem notícia.
  • Dragon Ball - Hentai no qual um menino de rua anão sai com uma piranha atrás das 7 bolas do saco do dragão capado, que promete um desejo a quem remediar isso, afim de realizar o desejo de perder a virgindade, ou de ressuscitar.
  • Full Metal Alchemist - Historia de um viadinho moleque loiro que anda com o menino de forma de lata de sardinha, a procura da droga de uma pedra pra consegui fazer a mulher perfeita e finalmente perderem a virgindade.
  • Pokémon - o filme 2000 - História de um garoto boiola de apenas 10 anos, que apesar da cara de lerdo é na verdade um tarado em potencial, que sai pelo mundo tentando pegar todos os "pokémons". Porém o segundo longa-metragem da série chega a ser um hentai explícito, quando o herói Ash B.O. Ketchum é abusado sexualmente pela nativa de uma ilha que insiste em tentar capturar o seu instrumento de trabalho, o Pikachu, com quem já trepou até debaixo da água (ver: Cicarelli).
  • Sailor Moon - Hentai no qual umas 10 garotas colegiais saem saltitando por aí vestindo saias curtíssimas e sendo estupradas pelos monstrengos mais grotescos.
  • Highschool of the Dead - História que aderiu a modinha do Apocalipse Zumbi e mostra vario mortos-vivos se comendo (nos dois sentidos) alem dos poucos sobreviventes, que em sua grande maioria são mulheres tesudas, desfrutando dos poucos minutos de prazer que ainda lhes restam na forma humana.
  • Dead or Alive - Um monte de biscate que vivem se apalpando e se esfregando uma na outra no que parece ser uma luta, mas a julgar pelos gemidinhos com certeza é outra coisa, e de vez em quando ainda vão pagar de prostitutas em praias vestindo vários tipos de fio-dental, o que é muito.
  • Bible Black - Bem... Este aqui acho que até dispensa comentários, não é mesmo?

Características

Depois de árduos estudos, pesquisadores da renomada Universidade Internacional de Massachussets, desenvolveram uma teoria de que todo anime ou jogo de videogame obrigatoriamente deve ter seu correspondente hentai em doujin.

Todo hentai tem características totalmente contrárias à realidade do Japão:

Característica muito comum nos hentais: mulheres com peitos de tamanhos absurdos.
  • Seios: Toda mulher tem um peitão anormalmente gigante. Na vida real pode-se passar uma vida inteira sem ver uma japa de peitão, enquanto no hentai elas estão por todo lado. Todo lado MESMO!!
  • Pinto: Toda genitália de homem e de algumas "mulheres" (???) é de tamanho colossal, muitas vezes superior ao comprimento e largura de um braço.
  • Gozo: Por algum distúrbio glandular, o gozo dos homens, mulheres, bichos e ETs pode chegar a algumas centenas de litros, normalmente lambuzando a página toda ou tela de TV. 75% das mulheres que estavam lendo/vendo hentai ficaram grávidas devido a este fato.
  • Tentáculos: Volta e meia aparece algum bicho/robô/ET/coisa ruim sem pinto, ao invés disso ele possui dezenas de tentáculos em formas de pênis pra ficar violando as minas/homens do hentai, normalmente tem algo a ver com a história do filme/revista, mas ninguém liga pra história mesmo!
  • Recuperação Assombrosa: É bastante comum para os homens/mulheres com pinto dos hentai gozarem 2, 3, 4 até 10 vezes seguidas, sem amolecer uma vez sequer. A fórmula para tal ainda não foi descoberta, mas este autor já encomendou a pré-venda pelo Submarino/Mercado Livre.
  • Gosto por Estupro: 89,9% dos hentais são estupros de alguma coisa, não necessariamente humana, mas feminina, e essa coisa possui a incrível capacidade de gostar e não gostar de ser estuprada ao mesmo tempo, passando a impressão ao mesmo tempo de não estar aguentando a foda mas não chegando ao ponto de berrar ou qualquer coisa que faria o pau dos caras desempolgar. No Hentai, você começa a estuprar uma menina no metrô, ela vai achar ruim de começo, mas quanto mais violento você for, mais rápido ela vai começar a achar bom, sem deixar também de achar ruim! E nem se preocupe com a polícia! Se depender dela ela vai pedir para ser estuprada um outro dia, e se não pedir é por que ela ainda não percebeu o estupro.
Resultado final, caso as cenas hentai tivessem que realmente ser censuradas com tarjas pretas.
  • DST: Por algum motivo bizarro, por mais que se saia por aí fodendo sem camisinha a primeira pessoa que vê pela frente, não há registros de alguém que tenha pego uma sífilis sequer.
  • Gravidez: É impossível uma hentai girl engravidar, por mais que uma manada de stupradores gozem esperma fértil no útero fértil dela por 1 mês consecutivo. Isso só acontece se for parte do fetiche ela aparecer grávida, e mesmo assim ainda fodendo.
  • Incesto: Sexo com a irmã, com a mãe, com o pai, são coisas completamente cotidianas e corriqueiras nessas nefastas histórias.
  • Censura: Pois é claro, você acha que pode qualquer coisa em Hentai? De modo algum! Garotinhas de 12 anos, amordaçadas, amarradas e sendo penetradas em todas as cavidades por dezenas de tentáculos pode. O que não pode é mostrar a ponta do instrumento fálico masculino... Pois o hentai está submetido à rigorosíssima doutrina imposta pelo livro sagrado Clamp e por isso tal região do corpo é acobertada por uma "tênue" tarja preta ou quadriculada. Os sociólogos Vogons chegaram à conclusão de que a tarja preta é indicativa de material que pode causar dependência, o que explica a tara Otaku por hentai.

Como fazer seu próprio Hentai

Princesa Peach mostrando o motivo porque Mario sempre a salva (e também porque Bowser sempre a sequestra).
Um polvo brincando com uma furry (infelizmente a brincadeira foi... censurada!)

Apenas desenhistas altamente qualificados possuem autoridade suficiente para fazer Hentai, mas já foi visto e comprovado que mais de 85% do Hentai que circula na internet é amador (ver Rule 34 e DeviantArt).

Criando os personagens

Em um hentai, nenhuma garota consegue escapar de serem estrupadas por tiozões lutadores-Ninjas

Em todo o hentai há pelo menos dois elementos, o comedor e a comida. Desenvolver quem é o comedor é fácil, basta desenhar um carinha qualquer ou um monstro ao estilo Resident Evil ou mesmo uma "mulher". A comida é o mais importante na história, podendo variar entre muito dos milhões estereótipos de hentai: meninas de escola, enfermeiras, professoras, personagens de vídeogame, raposas, Pokémons, civis, frentistas, policiais, empregadas, robôs, aliens, princesas, masoquistas, lésbicas, seres antropomórficos em geral, sua Prima e muitos outros.

Criando a história

A história de um Hentai é a parte mais fácil de criar. Ela não precisa ser muito longa, não precisa ter moral nem de algum sentido e muito menos algum significado ou razão para os eventos.

Para criar uma história de Hentai, normalmente se usa uma situação absurdamente cotidiana e se procura alguma "falha" na história, onde se pode encher com sua imaginação pervertida. Um exemplo: "Era uma vez, uma menininha que levou seu cachorro para passear.". Depois de encontrada a "falha", se adiciona o hentai:

Você pode também fazer como todo artista de hentai faz e utilizar uma história padrão-hentai já utilizada antes, mudando apenas a comida. Existem três histórias padrão-hentai:

  • A garotinha tímida que lentamente é convencida à ser comida.
  • O garotinho tímido que é convencido pela garota para come-lá.
  • Qualquer porra com tentáculos.

Ver também

Verdadeira origem da palavra.
Só mais um dia comum em hentai.


Ligações externas

Nada

Cquote1.png Ueh, cade os links pra hentai grátiz o_o'? Cquote2.png
Otaku punheteiro
Cquote1.png Não prefere vir aqui em casa? Cquote2.png
Otaka tarada
Sergiomalandro.jpg Haaaaa!!

Pegadinha do Mallandro!!

Produção! Produção!

...e para links de hentai grátis, acesse www.google.com.br.