Hera Venenosa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bambu.jpg Hera Venenosa faz parte do Incrível Mundo Vegetal Folhoso
Este vegetal foi certificado pelo Greenpeace como um artigo livre de agrotóxicos, transgênicos e outras pragas nocivas.


Evilcocosex.jpg Este artigo se trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e tem orgasmos infinitos.

Belladonna.gif Este artigo contém VENENO!!

Este artigo... precisa de antídoto... Ele pode se tratar de... algum animal, pessoa, lugar... ou composto... Ele pode... conter materiais tóxicos... como lactose ou glúten... Chupe a picada ou morra... argh! (morri)

Versão cinematográfica

Cquote1.png I wanna taste you but your lips are venomous poisonnn... Cquote2.png
Alice Cooper sobre Hera Venenosa
Cquote1.png Já comi, mas não beijei não! Cquote2.png
Alexandre Frota sobre Hera Venenosa
Cquote1.png Você quis dizer: Mulher-Samambaia Cquote2.png
Google sobre Hera Venenosa
Cquote1.png Mato mulheres-plantas à picaretadas! Depois de levar para o motel, é claro... Cquote2.png
Harry Warden sobre Hera Venenosa
Cquote1.png Venenosa, ê ê ê ê ê! Erva Venenosa, ê ê ê! É pior do que cobra cascavél, seu veneno é cruel, el el el! Cquote2.png
Rita Lee sobre Hera Venenosa (descontando a licença poética)
Cquote1.png Eu amo tocar nas suas carpelos. Cquote2.png
Arlequina sobre seu caso com a Era Venenosa

A vilã conhecida como Hera Venenosa é a bandida mais verde do mundo do crime de Gotham City. Seu verdadeiro nome é Panela Wesley, e antes de ser uma bandidona gostosa e esverdeada, a Dra. Panela era uma botânica ecologista vegetariana jardineira e paisagista, mas não era tão gostosa. Quando sofreu o acidente radiovegetativo, Panela, transformada em um vegetal-mulher, ficou gostosa e com super-poderes. A Hera Venenosa é uma das vilãs mais gostosas do mundo vegetal.

Antes da transformação[editar]

Mais verde que nunca

Panela Wesley, formada em biologia pela grande Universidade de Nova Nova Nova Nova Iorque, conseguiu seu doutorado em botânica aos 26 anos. Sua tese era baseada em vegetais folhosos com valor nutri-tri-tritivo adequeado com ênfase em sanduíche-íche. Nesta época, Panela era magrela como um bambu e nerd.

Panela gostava de estudar as plantinhas de seu jardim, extrair os líquidos de dentro destas plantas, fazer autópsias nos vegetais e fazer pesquisas com os vegetais. Panela possuia uma grande coleção de vegetais e também adorava pesquisas com toxicologia e genética. Ela também fazia coleção de venenos e cogumelos, além de ser maconheira e claro, vegetariana, ou melhor (ou pior), vegan. Só comia mato e grama e fumava sua ervinha. Não cheirava gatinhos por ser uma droga animal. Além de tudo, Panela também era bicho-grilo e não tomava banho. Gostava de andar pelada no mato e não tomava banho. Ou seja, ela já era maluca antes de sofrer a transformação, mas nesta fase ela não se achava uma planta.

Mutação[editar]

Como sempre, bem vestida

Panela estava fazendo suas pesquisas rotineiras na Universidade de Nova Nova Nova Nova Iorque, auxiliando o professor Quimbinha na análise dos animais que comem com o rabo quando, acidentalmente, encostou na baba do sapo venenoso da Bulgária, um agente mutagênico que pode transformar qualquer animal em vegetal em poucos segundos, mas que só tem efeito de a pessoa atingida pela baba manusear algum vegetal em até 3 minutos após o contato, senão a baba não faz nada. Mas Panela não conseguia ficar longe das plantas, e 2 minutos e 59 segundos após o contato (para dar emoção), ela encostou em uma planta venenosa.

Como em um passe de mágica, Panela se transformou em Hera Venenosa. Imediatamente, sua roupa branca de cientista se transformou em um vestido colado, extremamente decotado e coberto de folhas, de cor verde (naturalmente). Seus cabelos sujos se transformaram e ficaram ruivos e brilhantes. Seu corpo de flauta se transformou em um corpo de violão. Sua pele, antes normal, ficou esverdeada. Ela havia se transformado em uma planta gostosa. E seu pensamento mudou também. Agora ela já não era mais vegetariana, senão estaria cometendo canibalismo com suas primas plantas. Agora ela já fazia a fotossíntese e produzia o próprio alimento. A transformação estava completa.

Poderes, armas, habilidades, fraquezas e manias[editar]

Hera tomando banho com Arlequina, companheira da putaria

Depois da transformação, a Hera Venenosa ganhou os poderes vegetais, ou seja, pode ficar muito tempo sem respirar com o nariz e pode ficar embaixo da água por muito tempo. Ela pode produzir o próprio alimento, sem precisar pagar nada. Ela consegue comer gás carbônico e não precisa de oxigênio. Ela precisa tomar banhos de luz e precisa ficar em uma banheira com água durante 2 horas todos os dias. Ela tem um péssimo gosto gastronômico e adora comer fertilizante no lanche da tarde. Seu sangue, transformado em seiva, é venenoso e imune a qualquer doença humana, mas as moscas brancas e pulgões adoram chupar este sangue. Uma grande desvantagem da Hera Venenosa, além das pragas, é o calor e a falta de água, que causa um dano maior a uma plantinha do que para um humano. A Hera Venenosa possui uma grande arsenal de chicotes feito com cipó, folhas navalhas, venenos e spray de pimenta. Também possui um grande conhecimento de substâncias tóxicas e chapadoras, podendo deixar algum inimigo doidão em poucos segundos. Se ela conseguir beijar o inimigo, este morre envenenado. O Batman é imune a isto, porque ele nunca tentaria beijar uma mulher.

Ver também[editar]

1133064800.jpg Hera Venenosa se trata de uma mulher malvada.

Ela já enganou todo o mundo, mas provavelmente vai se arrepender de tudo o que fez e terminar com os miguxos.

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.