Herbie

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sonic Maneiro.jpg
Herbie

fala de algo que usa o correr pra caralho!
Por isso, tome cuidado ao sair, para ele(a) não te atropelar!

Road Runner.jpg


O Herbie. Repare que quem fez as listras na joça, errou o centro de propósito.

Cquote1.png Na União Soviética, Herbie dirige VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Herbie
Cquote1.png Esse fusquinha vai aprontar altas confusões em altíssima velocidade nesses circuitos que são do barulho! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Se meu Fusca Falasse
Cquote1.png Apaixonados por carro, como todo brasileiro! Cquote2.png
Postos Ipiranga sobre Herbie
Cquote1.png É o carburador desregulado... Cquote2.png
Mecânico sobre visita de Herbie
Cquote1.png É o platinado que está velho... Cquote2.png
Mecânico sobre visita de Herbie
Cquote1.png O cabo do acelerador partiu... Cquote2.png
Mecânico sobre visita do Herbie
Cquote1.png A bobina está esquentando demais... Cquote2.png
Mecânico sobre visita do Herbie
Cquote1.png Esse cheiro de gasolina e óleo queimado é normal. Cquote2.png
Mecânico sobre visita do Herbie
Cquote1.png Dá ele na minha mão que te devolvo nos trinques! Cquote2.png
Nelson Piquet sobre Herbie

Herbie é o nome de um famoso fusca de corridas, rallys e corrida por espírito de emulação que tem uma alma encarnada em seu chassi e nunca foi levado a um exorcista.

O Herbie foi também um grande marketing da Volkswagen, que deve as grandes taxas de vendas do fusca nos EUA ao sucesso de Herbie.

Tabela de conteúdo

[editar] Criação

Herbie, o único 1300 vencedor da NASCAR Daytona International Speedway Agora só falta correr na MotoGP...

Herbie teve uma criação muito peculiar. Certa vez Hitler mandou criar um carro que fosse econômico, arrojado, rápido, fino, carismático, fora dos padrões de estética atuais e do futuro, que possuísse peças baratas, que não fosse refrigerado a água e que acima de tudo salvasse a Alemanha da derrota certa. Porsche um cara que gostava de desafios, tratou de inventar o protótipo. Como inventar um carro tão fantástico não é tão fácil, o Herbie foi desenvolvido de forma especial na União Soviética, que revolucionou a indústria automobilística criando o carro que dirije VOCÊ!!

Motor de 666cc do capeta dá nisso,né...

Herbie foi criado na mais maravilhosa fonte de purpurina da fadinha mágica da Disney. Colorido em branco fosco, com faixas vermelhas e azuis e uma resistência fora do normal, o fusca ganhou vida própria depois de passar por algumas mandingas e pelas ferramentas mágicas de Nelson Piquet. O nome da pobre alma, Herbie, veio a batizar o fusca.

Porsche havia conseguido o objetivo de criar Herbie, mas naquela altura a Alemanha já havia perdido duas guerras e ficou mais em conta vender o carro para Hollywood que colocou o fusca para correr.

[editar] Número 53

Herbie atualmente está tendo seu merecido descanso.

O número 53 inscrito em Herbie foi posto quando o fusca fez parte de uma roda satânica europeia e posteriormente de uma roda de macumbeiros africanos doidos. O número 53 foi a chave para a alma penada possuir o fusca. Note que 5 + 3 + 3 - 5 = 6, repita esse cálculo 3 vezes e é possível chegar em 666, o número real de Herbie.

[editar] Manobras Características

Bush (esquerda), um dos patrocinadores do Herbie.

Herbie possui diversas manobras características e customizadas que o tornam único, nem o Match 5 é tão versátil. A principal característica de Herbie naturalmente é o fato de ser um fusca possuído, com vida e vontade própria. Outra característica de Herbie é que ele tem repulsão em atropelar pessoas, sempre prefere atacá-las com seus capôs ou portas e de preferência nas nádegas só pra humilhar. Alguns dizem que foi o próprio Nelsão que instalou essa parte só de gozação.

Características únicas do Herbie:

  • O capô dianteiro é a melhor arma contra o queixo dos bandidos.
  • Espirrar óleo na cara dos outros é seu passatempo predileto.
  • Soltar fumaça quando está feliz.
  • Usar os faróis como se fossem olhos e ficar cego quando eles são tampados.
  • Herbie tem teto-solar, sempre usado nas emergências.
  • De vez em quando, Herbie fecha suas janelas e tranca seus passageiros quando nota que esses são claustrofóbicos, tudo apenas por brincadeira.
  • A maior característica de Herbie é seu poder de humilhação. O fusca já aposentou muitos corredores que perderam para ele e naturalmente não tiveram moral para voltar às pistas depois de tomarem uma curra de um fuscão.

[editar] Filmes

Em uma das mais famosas ultrapassagens em Mônaco desde Senna em cima do Prost, Herbie ultrapassa Jacques Villeneuve.

Os filmes do Herbie fazem parte do seleto grupo de filmes exibidos na Sessão da Tarde.

[editar] Se meu fusca falasse

Atividade preferida de Herbie: Matar pessoas.

A primeira aparição de Herbie acontece quando foi adquirido por um corredor aposentado em primeira mão numa das pechinchas da Volkswagen (a Volkswagen, como qualquer outra concencionária, faz pechincha na venda de seus ferro-velhos já nessa época). O corredor Jim Douglas, filho do Jim Clark (na Escócia, o primeiro nome é o sobrenome, e mostra também como pseudo-pilotos se agarravam no sobrenome para correr), como muitos que virão a sucedê-lo na direção de Herbie, foi um grande roda-presa como piloto, perdia até para o Rubinho Barrichello e foi chutado para fora da Fórmula 1 (na época Coulthard corria também). Com a descoberta de Herbie, Jim retoma a confiança em disputar corridas e decide depois de muita confusão (não é a toa que o filme é presença garantida na Sessão da Tarde) entrar no mundial de Fórmula 1 da época do Juan Manuel Fangio. Herbie não é só possuído, como também envenenado e consegue vencer de forma estranhamente bizonha as corridas, dando piruetas e coisas desse tipo que carros dentro do regulamento não podem fazer; até porque não existe regulamento que enquadre tal situação.

[editar] Herbie Roda Novamente

Mecânicos de Herbie. O carro já esteve tanto por lá, que o grupo já está sincronizado.

Herbie retorna em um filme bem hippie e muito sem noção, mas muito carismático para a época, pois misturava cheiração com corrida.

Nesse momento, o cara que ganhou tudo quanto torneio às custas de Herbie, o abandona de forma mal-agradecida para ir torrar o dinheiro dando a volta ao mundo. Herbie por sua vez fica com a vovó. Como tem uns caras maus querendo devorar a vovó, Herbie vem a ser o herói da velha fugindo com ela em alta velocidade e dando capozadas nos bandidos. Nesse filme, Herbie exorbita a surrealidade e inventa de sair voando em volta do Empire State como se estivesse caçando o King Kong. Alguns dizem que o voo do Herbie foi um ensaio para os acontecimentos de 11 de setembro de 2001.

[editar] Herbie vai para Montecarlo

Herbie se sentido um pouco maior que os seus adversários em Montecarlo, mas mesmo assim humilha as fórmulas 1.

Jim volta das viajens quebrado e não tem grana para trocar de carro decidindo continuar com Herbie. Jim inscreve Herbie na FIA para disputar o campeonato de construtores de Fórmula 1 pela equipe Volkswagen. Como Herbie àquela altura já estava ficando um caco, não poderia disputar várias corridas, mas fez questão de correr em Montecarlo; Mônaco, aonde poderia ter alguma chance de vitória; já que, mum circuito truncado, se ele conseguisse a pole position poderia resistir a tentativas de ultrapassagens com relativa facilidade. No começo da corrida há 18 carros, mas como na época havia muitos Dick Vigaristas, só o Herbie termina a corrida. O filme todo se resume na corrida e em quase quedas em abismos(ou, no caso, na beirada da marina).

[editar] Herbie vai para as Bananas

Herbie humilhando na NASCAR.

Herbie é modificado por alguns rappers para ficar pulando como se estivesse escutando um Hip Hop.

Nesse instante, há uma disputa comemorativa promovida por Felipe Massa em karts e afins (o fusca), aonde além do Jim, compareceu Speed Racer, Michael Schumacher, Rubinho Barrichello (para ninguém ficar triste por ser o último), Ayrton Senna, Satoru Nakajima, Luciano Burti e vários outros famosos para acumularem mais dinheiro do que já tem. Herbie, apesar dos ajustes de 'Nelsão, perde no final após alguma trapaça de Michael Schumacher. Herbie também aplicou duas voltas em Rubinho e Burti abandonou com defeitos.

[editar] Herbie não desiste nunca

A vez que Herbie foi guiado por uma mulher.

Em produção moderna, Herbie se encontra em um ferro velho, numa situação deprimente, é adquirido por uma adolescente gostosa que acabou de adquirir a carteira de motorista e, por ser uma universitária, está mais dura que você e teve que pechinchar o fusca no ferro velho por 70 dólares (175 reais) só para se ter uma ideia da situação podre do Herbie que está semi-morto.

A nova dona de Herbie é Lindsay Lohan no início de sua carreira. Ela é a mulher mais barbeira que Herbie já viu, então nesse esse filme é aquele aonde Herbie mais faz manobras automáticas para evitar de ser destruído.

Lindsay leva Herbie para tudo quanto é tipo de corridas para humilhar seus concorrentes que não se conformam em perder peguinhas para uma lata velha 1.3. Herbie enfrenta também uma corrida de demolição e consegue sair vivo. No final Herbie se inscreve nas 500 milhas de Indianápolis e vence Tony Kanaan na última curva após manobrar pelo muro (coisa que nem a Danica Patrick consegue). Desde então Herbie é patrimônio da Lindsay, mas ela descobriu a limosine e o Herbie voltou para o ostracismo do ferro-velho, onde finalmente poderá descansar em paz.

[editar] Ver também

Mirror2.jpg
Conheça também a versão oposta de Herbie no Mundo do Contra:


Espelhonomdc.jpg


v d e h
Mickeeeey.png Coisas da Disney
Branca de neve e 7 anoes04.jpg


v d e h
*Automóveis, atropelamento e fuga
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas