Hillary Clinton

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
McdonaldsAmerica.jpg
EUA Falencia.jpg

Powered by Chevrolet

Este artigo é gringo! Ele só usa eletrônicos da Apple, tem um Chrysler poluidor, não joga futebol e acha que é privilegiado. Não tente usar armas químicas de destruição em massa ou jogar aviões contra ele, a não ser que queira ir morar com o Bin Laden...

Tio Sam agradece! Alguém quer um Big Mac com Coca Cola?

Coxinha de frango.jpg
AVISO IMPORTANTE:

Politicagem aqui não, cazzo!

A Desciclopédia é um site de humor, portanto NINGUÉM aqui se importa com sua opinião panfletária sobre a Rede Globo, o Dr. Roberto ou o Grande Irmão. Seja engraçado e não apenas idiota.


Foto de Hillary nas cédulas eleitorais do estado de Nova York
Hillary em South Park.

Cquote1.pngVocê quis dizer: Bia FalcãoCquote2.png
Google sobre Hillary Clinton
Cquote1.png Obama, a tua eleição é para presidente da senzala Cquote2.png
Hillary passando um corretivo em Barack Obama
Cquote1.png Elefoa republicana, tira as mãos de meu honrado marido Cquote2.png
Quando Hillary pegou Bill e Monica com a boca na botija (sem trocadilhos)
Cquote1.png Isto tudo é invenção das elites republicanas. Meu marido nunca me traiu! Cquote2.png
Na conferência de imprensa onde Bill admite que sua esposa é guampuda

Hillary Clinton é uma política americana, senadora pelo estado de Nova York, ex-pré-candidata à Presidência dos Estados Unidos e, principalmente, ex-primeira-corna dos Estados Unidos e mulher de Bill Clinton e atual Secretária de Estado dos Estados Unidos da América.

Tabela de conteúdo

[editar] Biografia

A paixão intensa entre Bill e Hillary

Hillary Clinton nasceu em Chicago com o nome de Hillary Capone, filha bastarda de Al Capone e Heloísa Helena. Hillary foi criada no exclusivo bairro chigaguense de Nova Stálin do Sul, lar das elites progressistas da tal cidade. Com quatro anos, Hillary foi matriculada na ainda mais exclusiva Creche do Pequeno Arianinho, onde bateu inúmeros recordes de cheiramento de gatinho. Tardiamente, Hillary foi matriculada na Colégio Socialista Karl Marx, a escola particular mais cara do estado do Illinois, onde foi companheira da intercambista Marta Suplicy.

Após se formar no Colégio Karl Marx, Hillary foi estudar Direito na prestigiada Universidade Rural de Arkansas. Na cadeira de Direito de Fraudes, Roubos e Mutretas, Hillary conheceu seu atual marido, Bill Cllinton. Hillary e Bill, logo após sua formatura em Direito, vão para Las Vegas onde se casam na romântica capela ET de Roswell (atualmente parte do conglomerado ET de Varginha S.A.).

Depois, Hillary, no único intercurso sexual (e o único intercurso que teve na vida!) que teve com Bill, gerou a sua única filha, Chelsea Medusa Clinton. Hillary Clinton também lançou os seguintes livros:

  • Comunista não come criancinha;
  • Socializando minha vagina;
  • Direito de Dar Gostoso;
  • Sou Corna e Sou Feliz e
  • Minha Vida Escrita por Chifres (autobiografia).

[editar] Política

Desentrevistasminibox.PNG
O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Hillary Clinton
60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Hillary Clinton.

A carreira política de Hillary começou quando seu marido Bill Clinton foi eleito governador do Arkansas, e ela, de acordo com as leis e tradições daquele estado, foi nomeada Primeira-Corna do Arkansas e era chamada de Vossa Cornecência. Hillary, enquanto Primeira-Corna, criou o Serviço de Proteção ao Traído, onde os cornos e cornas do grande estado do Arkansas poderiam destilar seu veneno contra seus esposos infiéis. Hillary filiou-se ao Partido Democrata, prevendo grandes voos em sua nascente carreira política.

E então, numa demonstração de ódio antiamericano dirigido a si mesmo pelos eleitores americanos, Bill Clinton é eleito Presidente dos Estados Unidos. Hillary é alçada a Primeira-Corna dos Estados Unidos, a galhada mais vistosa que um ser humano pode cobiçar. Imediatamente, Hillary tenta importar o SUS para os Estados Unidos, algo que não dá certo, já que a maioria dos imigrantes ilegais que fariam a maior parte do serviço de saúde vieram do México e não entenderam a avançada tecnologia do SUS. Para não perder seus ilegais mexicanos, Hillary contratou-os para manter a Casa Branca com a grama aparada e os banheiros limpos, além de espionar as escapadas sexuais de Bill.

[editar] Monica Lewinsky

Olha só baleia republicana, também sei fazer a tua especialidade

E então aparece Monica Lewinsky, uma horizontalmente avantajada estagiária que chegou a entalar no detector de metais da Casa Branca. Monica tinha tudo que Bill gostava: era gorda, um tanto nerd e tinha um bizarro gosto por penetração de determinados objetos em sua perseguida. Monica, na verdade uma agente secreta (ou de acordo com Hillary, uma agência secreta).

Bill sempre chamava Monica para horas-extra enquanto Hillary cuidava de sua filha Chelsea Medusa e dava ordens para a criadagem mexicana da Casa Branca. Só que num determinado dia, Hillary se esquece do livro Práticas Modernas de Gestão Pública de Campos de Concentração de Josef Mengele no Salão Oral, quero dizer, Oval e encontra Monica testando a pistola de Bill com a boca. Hillary fica furiosa e dá um piti. Prestando atenção apenas no escândalo irracional de sua mulher (já que a cláusula de cornagem estava estipulada em seu contrato pré-nupcial), Bill acaba jogando os meio-irmãozinhos de Chelsea Medusa no vestido azul de Monica.

Monica, por sua vez, corre imediatamente para a sede do Partido Republicano, onde uma conferência de imprensa com todas as televisões americanas prontas para transmitir ao vivo a versão de Lewinsky sobre os fatos.

[editar] Senado dos Estados Unidos

Hillary no Senado americano

Hillary Clinton nunca fez um plano de previdência privada, achava que as comissões que seu marido cobrava nas licitações do governo americano iriam sustentar seu extravagante estilo de vida; Hillary é a maior consumidora mundial de tintura loira e alisante capilar. Então, como boa política e seguidora de José Sarney, Hillary compra uma casa no estado de Nova York e candidata-se ao Senado dos Estados Unidos. Concorrendo com o tema "Cornas e cornos, uni-vos", Hillary conseguiu o importante apoio das donas-de-casa de subúrbio. Enquanto senadora, Hillary propôs inúmeras leis:

  • Ato para a Criação do Registro Nacional de Galinhas, Vagabundas, Don Juans e Semelhantes de 2001;
  • Ato do Fundo Nacional de Indenização de Cornos e Cornas de 2002 e
  • Ato do Estabelecimento do Serviço Nacional de Atendimento ao Chifrudo Americano de 2004.

[editar] Pré-candidatura à Presidência dos EUA

Logotipo da campanha de Hillary para presidente

Hillary nunca engoliu as traições de Bill, aliás, quem engolia o Bill era a Monica. O sonho de Hillary era poder transar com um fuzileiro naval no Salão Oval. Infelizmente, o direito de sexo extra-marital no dito recinto só é permitido para os presidentes americanos. Então, Hillary inventou sua campanha à Presidenta dos Estados Unidos. Tudo ia bem, o povo americano amava-a pelo fato de levar chifres com classe.

Até que um belo dia, Barack Obama também resolve se candidatar à presidência. Obama utilizou-se do programa de cotas do Partido Democrata, uma funesta herança dos tempos da escravidão. O fato de Obama pertencer ao lado afro-americano do partido dificultou em muito a campanha de Hillary, uma vez que as críticas contra Obama poderiam ser confudidas com bravatas racistas de uma candidata de meia-idade, que não consegue satisfazer sexualmente seu marido e a si mesma, com ideias paranóicas sobre o Partido Republicano e sobre o movimento direitista em geral e que tem um senso de autoapreciação tão alto que a humanidade ainda não descobriu uma maneira de expressá-lo, algo que Hillary definitivamente não é.

Nem mesmo os fiéis democratas do sul dos Estados Unidos, carinhosamente chamados de Klu Klux Klan conseguiram descarrilhar a campanha de Obama e levar Hillary para a Convenção do Partido Democrata em 2008 como a candidata à Presidenta. Hillary acabou perdendo a candidatura para Obama porque ela não conseguiu se conectar com a juventude americana. Ao contrário de Obama, Hillary Clinton, aos olhos da juventude viciada em pornografia, mais parecia a Presidente Honorária do Clube da Castidade do que a Mulher Perdida do Bairro. Por sua vez, a depravada e manualmente ocupada juventude dos EUA ficavam discutindo o tamanho do charuto de Obama.

[editar] Posições Políticas

Assunto Posição Opinião de Hillary
Aborto A favor Cquote1.png Ora, se a mãe daquela vadia, putaça da Monica Lewinsky tivesse abortado, ela não existiria! Cquote2.png
Hillary em discurso na Associação Nacional de Advogados de Litígio de Divórcio em 2000
Pena de morte A favor Cquote1.png Meu sonho é poder fritar a vagabunda da Monica na cadeira elétrica Cquote2.png
Minha Vida Escrita por Chifres, p. 269
Uso de tóchico A favor Cquote1.png Nada como um tapa na pantera depois de uma reunião do Comitê de Relações Exteriores Cquote2.png
Depois da 504ª Audiência Pública sobre a Guerra no Iraque

[editar] Curiosidades sobre Hillary

  • Hillary nunca trocou as fraldas de Chelsea Medusa, quem botava a mão na m... era sua empregada costa-riquenha Thalia
  • Hillary casou-se virgem e mantém esta condição até hoje, algo que intriga a ciência
  • Hillary não é a irmã gêmea de Ann Coulter


Precedido por
Daniel Patrick Moynihan
New York state flag.pngSenador Júnior do Estado de Nova York
2000 - 2012
Sucedido por
Ninguém
Precedido por
Barbara Bush
White house logo.jpgPrimeira-Corna dos Estados Unidos da América
1992 - 2000
Sucedido por
Laura Welch Bush
Precedido por
Condoleezza Rice
Departmentsealsmallsize.jpgSecretária de Estado dos Estados Unidos da América
2009 -
Sucedido por
Ninguém
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas