Hinokakera (anime)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Viva a violência!!!
Porrada e muito sangue
Hinokakera (anime) é algo relacionado a Seinen

Este artigo tem a ver com animes/mangás muito sanguinários, onde os personagens enfrentam um mundo cruel e preconceituoso, desmembram seus inimigos ou vivem fodendo umas gostosas!
Briga, sexo, drogas e rock'n roll é algo que nunca irá fazer falta nesse artigo!
Night creature.JPG Hinokakera (anime) surgiu das trevas!!

E está aqui pra puxar seu pé!

Puro osso.gif


Hinokakera
ヒノカケラ
58HK anime.jpg
É coisa do demônio!
Gênero Ação, Seinen, Post-Apocalíptico, Satanismo, 666, Hentai, Guro
Mangá
Autor Padre Quevedo
Divulgação Demoniac Entreteniments
Onde sai no Inferno
Primeira publicação Acre
N° de volumes 666
Anime
Dirigido por O Cão
Estúdio Demoniac Entreteniments
Onde passa Japão
Primeira exibição Tókio Inferno
N° de episódios 666
Filmes Nenhum
OVAs 0666

Cquote1.png Você quis dizer: Anime pra macho Cquote2.png
Google sobre Hinokakera (anime)
Cquote1.pngVocê quis dizer: BerserkCquote2.png
Yahoo sobre Hinokakera (anime)
Cquote1.png Ravinêêêê!!! Cquote2.png
Aya sobre Raven
Cquote1.png Tu eis um fraco e insignificante... Cquote2.png
Silvis após derrotar mais uma entidade do capeta
Cquote1.png AAAAAAAAAAAAA!!! Cquote2.png
Raven elevando o seu cosmo liberando seus poderes
Cquote1.png Coisa do Cão mesmo! Cquote2.png
Otaku sobre Hinokakera
Cquote1.png Isso é que é anime pra homem! Cquote2.png
Chuck Norris sobre Hinokakera
Cquote1.png Hor-ro-ro-so! Cquote2.png
Yaoi sobre Hinokakera
Cquote1.png Como é que é? Ô 07, traz a doze ae... Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre comentário acima

Hinokakera é um anime sanguinário e sadomasoquista onde os personagens possuem poderes demoníacos e lutam pra sobreviver em meio a uma sociedade preconceituosa. 90% de todo o anime é apenas marcado por violência, sangue em exerço, membros decepados e estupros, logo só pode ser considerado Guro Seinen.

História[editar]

Tudo começa quando o Japão está passando por uma guerra chamada Demon Selagem Wars, onde um tal de Instituto legal Bope começou a caçar pessoas com poderes demoníacos concebidos pelo próprio Capeta após caírem na fonte de água japonesa. A história realmente começa quando um cara rockeiro cheio da maconha chamado Raven invade esse Instituto e seqüestra uma de suas prisioneiras chamada Aya; Daí um outro cara chamado Silvis Lawn passa a caçar esses dois e apartir de uma série de brigas, gurotizações e revelações do alem, outros personagens que não tinha nada haver com isso passam a participar da treta até se formar um exército do caralho e em meio a um cenário grotesco surgir uma nova guerra pra quebrar o preconceito e a desumanidade (se é que podemos considerar assim..).

Raças e espécies desse mundo desumano[editar]

O universo de Hinokakera é bastante complicado e sem noção, já que aqui residem todos os tipos de aberrações que você possa imaginar. Entre as principais raças que vivem nesse mundo pós-apocalíptico, as mais conhecida são:

Humanoides[editar]

A linda situação atual do Japão no mundo de Hinokakera (assim como no resto do mundo)

São os habitantes oficiais do planeta Terra. Considerados inferiores as demais raças, vivem sendo destruídos e escravizados pelas outras anomalias que pretendem dominar o mundo. Não possuem poderes nem resistência a tiros, raios radioativos e explosões catastróficas. Raros seres dessa espécie são valentes ao ponto de enfrentarem as outras raças (o que quase sempre acaba terminando na morte do sujeito... do humano, é claro). Em sua grande maioria só servem mesmo para fazer volume no anime pra deixar a suruba mais interessante.

Bem-Dotados Semi-Youkais[editar]

Exemplo de semi-youkai

São aqueles humanos que após caírem acidentalmente na fonte maldita, fizeram um pacto com o Cão e obtiveram poderes esquizofrênicos demoníacos para causar o caos e a destruição. Em sua grande maioria são vândalos-rockeiros-emos-sem-noção, mas existe uma minúscula porcentagem que só quer ter uma vidinha medíocre, sem graça e anormal. Por causa do Capeta que tem dentro deles, são resistentes a quase tudo, custam morrer e só sangram quando recebem gospes milenáres. Todos esses infelizes sofrem preconceito da maioria e são diariamente caçados e exterminados pelo Instituto legal BOPE.

Anjos/Demônios[editar]

São seres espirituais vindos da Santa morada ou do colo do capeta. Não moram no planeta Terra, mas são diariamente enviados como mensageiros para tirar os humanos e as demais raças de uma fria (ou não). Quase sempre apresentam uma aparência bichona bishounen e alguns chegam até a comer carne humana (nos dois sentidos). Como em qualquer anime Post-Apocalíptico, os demônios são os responsáveis por fazerem suas mascotes-youkais de parasitas nos humanoides e os anjos tem como dever mostrar pro sujeito como tirar essa maldição dele. Vale lembrar que seres desse tipo não possuem sexo, por isso não podem ser considerados yaois... ou não.

Ciborgues[editar]

Um típico ciborgue desse mundo sinistro

Seres que são meio-humanoides e meio-sucata de alumíniorobóticos. São quase uma espécie de Steampunks, mas como não necessitam de tanta tecnologia para se moverem (mesmo estando em pleno ano de 2012 3647) e muito menos levam carvão para funcionamento de seus membros a base de vapor, podem ser considerados quase humanos com ataduras de metal no corpo. Não são como aqueles ciborgues que você está acostumado a ver cheio de munições, bombas presas no corpo, bujões de gás substituindo o tronco e uma manguera de pressão no lugar do pinto coração; não chegam a serem perigosos pois, mesmo sendo superiores aos humanos, morrem de medo dos bem-dotados e dos seres espirituais.

Militantes[editar]

Foi a partir disso que todas essas aberrações começaram a surgir

Quase que uma mistura de tudo o que já se viu acima. São os "heróis" desse mundo apocalíptico que lutam pela sobrevivência da maioria (que por incrível que pareça, são os humanos). Como a polícia foi completamente exterminada na guerrinha do Capeta, só sobreviveram os soldados mais fortes, sarados e (aparentemente) indestrutíveis que se juntaram e se denominaram como Suat militantes, que mais tarde foram recrutados pelo Capitão Nascimento para formar o Instituto Legal BOPE. São os responsáveis pela exterminação da maldita raça semi-youkai e pela reforma na história da humanidade; andam armados até os dentes e vivem se achando superiores aos demais (mesmo levando uma surra de qualquer um deles). Resumindo: é a segunda raça mais fuleira depois dos bem-dotados.

Assexuados[editar]

Raça quase que extinta pelos militantes, onde em sua grande maioria são ex-gays, ex-lésbicas e ex-futanaris. Não são muito vistos ou talvez não muito reconhecidos a olho nú (já que podem se passar por qualquer uma das raças sem serem notados); são muito confundidos com os seres espirituais quando se mostram sem roupa e chegam a deixar muita dúvida a cerca de sua verdadeira sexualidade... na verdade, é só uma questão de tempo até assumirem que são todos viados.

Personagens[editar]

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que o Sephiroth mata a Aeris no FFVII e NÃO TEM COMO REVIVÊ-LA. , ou que até hoje não descobriram quem era o Zodíaco.
Spoiler3.jpg

Principais (ou não)[editar]

Raven matando mais um pobre infeliz
  • Raven – O protagonista e personagem mais antipático do anime; também é o mais macho e fodão de todos (como qualquer protagonista seinen deve ser), e possui poderes diabólicos o qual utiliza para causar o caos e a destruição. Conhece Aya logo no início do anime e passa a fazer da garota sua quenga particular enquanto viaja mundo a fora em busca de novas experiências sexuais para ficar mais foderoso só pra fuder com os militares que vivem caçando-o.
  • Aya (Immortal) – A guria que Raven libertou e adotou como sua quenga cuidando dela como se fosse sua irmã. Aya parece não ter nenhum poder do cão, mas com o decorrer do anime ela acaba desenvolvendo problema de dupla-personalidade e liberta o seu lado do contra, de sobrenome Immortal, que, ao contrario da Aya boazinha que não é capaz de fazer mau a um mosquito, é tão foderosa quanto Raven e mais puta que Aronia.
  • Silvis Laws – O maior rival de Raven. Vive caçando-o juntamente com o resto do Instituto legal Bope já que o rapaz roubou a sua putinha favorita da prisão (daí a razão que o faz odiar tanto o Raven) e também porque Raven ficou com o último biscoito do pacote. É muito friu com um visual muito fashion que mais parece ter saido de um jogo de Castlevania (provavelmente trabalhou como dublê nesse jogo antes de entrar pro Bope), mas é um dos maiores vilão de toda essa história.
A mais procurada (e gostosa) dessa joça... até mais que a Aronia
  • Camille Enfield – O personagem mais tarado do anime. Vive se gabando de sua força, embora não passe de um Mané metido a cafetão; queixou a espada do Cloud e não sabe fazer outra coisa que não seja pegar nos peitos de Kasumi (o que deixa a guria muito p da vida). Só sabe arrumar confusão e nem chega a ser um rival de valor pro Raven, que só otem como um saco de treinamento para pancadas.
  • Kasumi Seiga Freslight – A tomboy dessa joça. Gosta mesmo é de lutar capoeira e chega a ajudar Raven e Aya em sua saga sem rumo pra canto nenhum. Passa a maior parte da história com Celes e Camille (embora não goste nada disso) e já salvou a pele de Camille inúmeras vezes mais que ele a dela. Odeia homens, mas ainda vai com a cara de Raven.
  • Celes Alfort – Garota-patricinha-cheia-da-grana que largou toda a fortuna do pai por uma vida miserável de luta e combate a injustiça. Detesta o Bope, mas é outra que não possui poderes do cão; tanto tempo com Kasumi cooperou pra que ela acabasse tendo aversão por cabra machos, mas não a impede de dar suas escapulidas e acaba cedendo pra Camille aquele tarado. Assim como Silvis, só sabe lutar com espada.
  • Hardy Alfort – Ex-membro do instituto legal Bope que foi expulso da academia por ter poderes esquisofrênicos do demônio (bem como Raven e Aya) e com isso acabou virando um caçador de recompensas barato sedento por sangue humano e cabeças rolando. Só sabe lutar armado pois acha bem mais prático matar logo um infeliz com um tiro do que a pauladas e socos.
Aya de mau humor
  • Clestis Farrell – Um professor que mais parece um lutador oriental. É o membro mais esperto do Bope e o braço direito do Capitão Nascimento. Não se envolve muito nos casos de Silvis pois acha que discutir com um emo é perca de tempo, mas não deixa de caçar Raven e Aya mandando suas tropas pra fazerem seu trabalho sujo (não que ele não goste de lutar, mas vilão fodão que se preza tem que fazer por merecer).
  • Aronia Excel – A gostosona do anime. É uma espécie de axiliar-capanga de Clestis que também possui poderes com seu colar mirabolante do demônio. Detesta lutas pois acha que isso cansa sua beleza e vive se gabando de seu charme na frente das outras garotas (sendo que as garotas do anime até que são gostosas, mas na frente de Aronia ficam se sentindo umas tábuas). Todo mundo do anime já comeu ela (até quem acompanha o anime...).
  • Kakeru – O outro anti-herói da história. Diferente de Raven ele é bem mais rebelde e durão, sem falar também que é um baita de um drogado que só vive nos cantos das ruas com sua katana do lado, de olhos fechados e fumando o seu básico cigarrinho diário. É um dos poucos que Raven dá valor como rival, afinal ele não é um tarado nem um psicótico como Camille e Silvis.
  • Malakh – Ninguem até hoje sabe que diabos é isso. Alguns acham que é um anjo, outros que é uma mulher e outros que é uma entidade divina; a verdade é que Malakh é um baita de um travesti que vive esbanjando sua viadagem por onde passa. Fica fazendo aparições cheias de suspense e qualiragem, mas é um baita fracote que apanha até pra Aya em sua forma normal.
  • Ashley – Uma empregada-puta de um sujeito muito rico. É uma baita paga-pau que faz tudo para agradar os outros (e é tudo mesmo; se bobear até sexo rola). Também é uma lutadora que possui golpes muito precisos e danados.

Secundários[editar]

  • Eleonor – A única personagem feminina que não uma quenga. Ela é dona de um alojamento que acolhe por muitas vezes Raven e Aya em suas viagens de ida e volta, mas infelizmente é a personagem mais filler de todas pois não faz absolutamente porra nenhuma.
  • Sai – Um dos sujeitos mais desconhecidos do anime e praticamente sem importância alguma. Ele é o dono da mansão onde Ashley trabalha e logo é o cara mais rico dessa joça. Por ser um magnato da alta sociedade, Sai não se mistura com a ralé dos outros personagens e nem sequer aparece nas cenas de briga e violência, participando assim só de cenas picantes com Ashley que trabalha como uma verdadeira escrava para ele realizando todos os seus desejos (e são todos mesmo).
  • Metal Hand – Outro cara muito mistérioso e completamente desconhecido do universo de Hinokakera. Raramente ele aparece nas brigas, e quando aparece, é só pra falar besteira (ou seja, cair de pancada pra cima dos outros que é bom... NADA!); é tão sem importãncia que nem o nome desse indivíduo é mencionado, e todos os chamam de Metal Hand por causa de seu braço que mais parece uma réplica mal feita do braço mecânico de Anakin Skywalker.

Tipos diferentes de poderes esquisofênicos[editar]

Dependendo da personalidade do indivíduo, os poderes a serem desenvolvidos podem ser beneficentes ou extremamente prejudiciais a raça humana. Entre os mais desenvolvidos estão:

Aya mostrando toda a sua fúria e seca sexual
  • Caos – Poder que só serve mesmo para causar o caos e a destruição. O usuário pode soltar gigantescas bolas de fogo-negão-corrosivo, bem como criar armas, furacões, tufões, socões e secretões do mesmo material. É muito encontrado em jovens-rockeiros-problemáticos-perturbados que odeia suas vidas miseraveis e querem discontar isso nos outros.
  • Fogo – Poder que só serve mesmo pra queimar a rosca. O usuário fica em processo chamativo plagindo um Super Saiyajin e pode sotar tudo quanto é de coisa na forma de fogo por qualquer parte do corpo. É muito encontrado em patricinhas, demônios, loiras-burras e guris retardados que só se vestem de vermelho e possuem um mascote em chamas.
  • Luz – Poder concebido para matar qualquer um de cegueira e impácto raioativo luminoso. O usuário solta ráios luminosos nos olhos do adversário alem de executar secretões na forma de estrela cadente. É muito encontrado em anjos, padres, cavaleiros que dizem Ni e qualquer outro sujeito de coração puro que se veste de branco.
Kakeru fazendo a demonstração de um de seus golpes favoritos.
  • Força Jedi – Poder resultante do DNA do Mestre Yoda com as gotas do suvaco de Hércules. O úsuário pode conter objetos no ar ou sair cacetando seus inimigos como se fossem soldadinhos de plástico. Muito utilizado por jedis e usuários de esteroides e anabolizantes.
  • Dupla-personalidade – Poder que faz duas pessoas habitarem um mesmo corpo (não, não estamos falando de gêmeos siameses...). O usuário sofre de terriveis enxaquecas e passa a ficar super-fodão-e-malvado de uma hora pra outra, havendo casos, ou não, em que as duas personalidades venha a se separar. É muito encontrado em garotinhas adolescentes sensíveis e kawaiis que vêem o mundo como um lugar cheio de fantasias e que até hoje nunca menstruaram na vida.
  • Olhar da penintência – Poder concebido pelo cavaleiro do demônio para destruir seres inferiores psicologicamente. O úsuário fica com os olhos vermelhos e num estado de posseção muito louca como se tivesse num show de Black Metal; em seguida olha nos olhos do adversário e só o solta depois que este for direto para o colo do Capeta. É muito usado por caras que cheiram muitos gatinhos antes de dormir.
  • Berserker – Poder que é a fusão de tudo que se pode imaginar, ou seja, um Supremo-Secretão. O usuário passa a ficar completamente possuido pelo Cão e daí sai destruindo tudo e todos a sua frente. Pode ser dificil encontrar sujeitos com esse poder, sendo que são muito comuns em jovens-metaleiros-n00bs e gostosas-góticas.
  • Trevas – Poder em que não se vê absolutamente nada. O usuário solta um peido fumaça negra que causa cegueira noturna em seu rival e daí é só terminar de acabar com a carcaça do indivíduo. É muito encontrado em emos.

As sagas[editar]

O anime se dividiu em duas sagas, onde a primeira conta como os personagens se envolvem numa suruba e outra com uma sessão de porradaria bem maior que a anterior. Veja a seguir:

Fragment: Eclipse[editar]

Tudo o que você vê antes do anime começar (e provavelmente a ultima também)

Quando começa toda a treta. Após o findar da Demon Selagem Wars, várias pessoas que possuíam poderes diabólicos foram exterminas, e as de menor ameaça mandadas para uma prisão de segurança máxima lá nos confins do Judas. Em uma certa noite o Bope captura uma guria chamada Aya e a manda pra aquele lugar (pra prisão, não pra aquele outro lugar), mas nessa mesma noite um jovem com poderes demoníacos nível A invade a cadeia e sequestra amina pra ele; puto da vida com isso, Capitão Nascimento manda seu aspira 07, também conhecido como Silvis Lawn, pra caçar o infeliz e traze-los vivos ou mortos (na verdade ele só queria a garota mesmo viva; o outro Silvis podia matar). Após uma luta do caceta, Aya e o rapaz conseguem fujir do lugar; mas tarde ele diz que se chama Raven e que a salvou porque estava na seca e precisava de uma nova puta para fazer seus serviços odiava o Bope e toda a sua gentalha e que não agüentava mais vê-los maltratando pessoas inocentes. Com isso os dois passam a ficar e vivem a fujir o Bope e conseguindo novos aliados para um mundo sem preconceito contra rockeiros-endemoniados. No meio de toda essa fuga, Aya desperta seu poder de dupla-personalidade e passa a levar uma vida duelista entre seu eu-bonzinho e sua versão do contra. No final Raven e Silvis lutam até a morte (mas nenhum dos dois morrem) e o rockeiro-fodão descobre que seu encontro com Aya já estava planejado desde de o início de toda essa suruba. Assim Aya se separa do seu eu-malígno e passa a fujir com Raven...de novo.

The Fragment Of Innocent Sinner[editar]

Silvis pronto para soltar um secretão em Raven (ou na Aya... ou seja lá em qualquer outro otário)

A continuação dessa joça. Aqui Raven e Aya já não são mais as entidades procuradas pelo Bope, pois este só estava interessado nos poderes da Aya, e como estes havia se dissipado a guria e passaram a ficar com sua versão oposta, a Aya/Immortal passa a ser o novo alvo da galera do Bope. Durante esta nova etapa, Aya terá de decidir entre continuar fujindo feito uma vadia ou ir atrás de seu poderes e impedir que o mundo venha a ser exterminado por sua causa (sendo que este já se encontra completamente fudido e arrombado). Agora com a missão de impedir uma catástrofe mundial, Raven e Aya passam a procurar a Aya/Immortal antes do Bope enquato continuam tendo que enfrentar os filhos da puta de sempre; alguns inimigos passam a se unir nessa temporada (lê-se: trégua temporária) afim de salvar a humanidade de um fim trágico. No final Malakh aparece para dar um fim logo nessa joça, mas Aya uni-se novamente com sua versão do contra depois de um baita cacete envolvendo tudo e todos, e se sacrifica para impedir o Apocalipse. Daí Raven fica muito puto com isso e até pensa em se matar, mas logo compreende que sua função era apenas protege-la até o dito momento e se conforma com tudo (isso porque Silvis finalmente larga do pé dele e as demais garotas vêem consolar-lo até o final do anime).

Destaques do anime[editar]

Aya dando mole pra ti (ou não)

Poucas coisas merecem realmente destaque nesse anime que não sejam estrangulamentos, esfaquiamentos, estupros e gurotizações. Em alguns momentos há cenas muito intrigantes como o que Aya realmente sentia por Raven não era um amor erótico, mas só um estúpido sentimento entre irmão mais velho e irmãzinha caçula problemática (o que não explica por diabos eles trazam tanto no anime). Nas cenas de luta entre Raven e Silver, os dois passam muito mais tempo se encarando do que caindo no cacete. Aya é a personagem que mais apareceu nua que todas as demais (e que por conta disso também foi a que mais sofreu assédio sexual), e depois dela vem a sua versão do contra com 23 cenas de nudez a frente de Aya (só que essa só fez cenas guros com a rapaziada). Por fim, há o triste fato de que Camille não consegue pegar comer Kasumi nem no último episódio do anime... quem sabe se rolar uma terceira temporada a coisa possa mudar... ou não.

Curiosidades[editar]

Aya rezando por Raven após o maluco ter saído para mais uma treta contra Silvis

Você sabia…

  • Que Raven já fez bico como dublê dos personagens de Fatal Fury?
  • Que Kasumi é mais um nome nada criativo dado para quase 90% de personagens femininas de anime?
  • Que Aya e sua versão do contra nunca foram com a cara uma da outra?
  • Que Hinokakera não é apenas um jogo (prova disso é esse anime)?
  • Que 99% dos otakus não sabem da existência desse anime?
  • Que você está lendo este artigo de Hinokakera nesse momento?

Ver também[editar]

Sonic VS. Mario.JPG K.O!

Este artigo envolve algo relacionado a brigas. Se você é homem o suficiente para encarar, vá em frente, mas não se esqueça de levar gelo!


v d e h
Hinokakera
v d e h
Este artigo fala sobre um anime.