Holy Avenger

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
XDragoon ReiDoFogo Camp-697x1024.jpg

Made in Nihon Brasil! ^-^

Este é um artigo kawaii com tecnorogia japonesa brasileira ô_o!!
Otakus, antes de dormir, ficam pensando nisso!. ;]~
Mas se vandalizar, a Lucy vai te matar sem você perceber xB

Este artigo pode (ou não) apresentar texto escrito em japonês. Se você só estiver vendo ��� ou algo similar, ajoelhe-se e agradeça AGORA a Jeremias pela inabilidade de seu computador exibir esses desenhos de tatuagem feiosos e tão incompreensíveis (coitadinhos!).

0547 shrekgato.jpg Pirlimpimpim! Este artigo é encantado!

E é 100% coberto de pó mágico.

Cquote1.png Que todos tenham um final feliz! Cquote2.png


Holy Avenger
[email protected]#$% $#*&*¨&$

Holyavenger.jpg

Quem disse que brasileiros não sabem fazer quadrinhos mangás?

Gênero Aventura, Magia, Hentai, Yuri, Putaria
Mangá
Autor Leão Lobo
Divulgação Grupo Furry do Brasil
Onde sai Na banquinha da putaria
Primeira Publicação No Brasil
N° de Volumes 42


Cquote1.svg Você quis dizer: The Legend of Zelda Cquote2.svg
Google sobre Holy Avenger
Cquote1.png Experimente também: Revista Witch Cquote2.png
Sugestão do Google para Holy Avenger
Cquote1.png Você traiu o movimento Caverna do Dragão, véio! Cquote2.png
Dado Dolabela sobre Holy Avenger
Cquote1.png Mentira! Holy Avenger é um produto original Cquote2.png
Geek sobre citação acima
Cquote1.png Ele pode ate ser um bangá moderno, mas eu sou o pioneiro Cquote2.png
Capitão 7 sobre Holy Avenger
Cquote1.png Capitão América referência.jpg Cquote2.png
Capitão América sobre as referências do Holy Avenger entre elementos presentes em anime
Cquote1.png Eu quero ser um grande político ladrão e realizar uma grande missão Cquote2.png
Sandro Galtran sobre Holy Avenger
Cquote1.png Filhota! Cquote2.png
Tork sobre Lisandra
Cquote1.png Mama mia! Cquote2.png
Super Mario sobre Holy Avenger
Cquote1.png Não são trogloditas, são poliglótas Cquote2.png
Seu Madruga sobre a raça de Tork
Cquote1.png Eu eftou convenfido de que Roli Avenger é maif um marco na hiftória do noffo Bravil! Cquote2.png
Lula sobre o fato de Holy Avenger ter lançado todas as edições

Holy Avenger pode ser considerado um marco na história do bangá, pois com todo esse mercado competitivo importanto mangás e HQs, Holy Avenger permaneceu firme e forte até a sua última edição(mesmo sendo desconhecido da maioria dos brasileiros). Sua história é nada mais do que um misto de RPG e mulheres semi-nuas. Foi criado pelo pessoal da revista Dragão Brasil para aumentar as vendas de seu RPG 3D&T, que só fez sucesso justamente por causa das elfas peitudas de Arton e/ou Tormenta mas isso não importa.

Contexto histórico[editar]

Sandro se aproveitando da ingenuidade de Lisandra

Num mundo chamado Arton, os deuses travavam guerras violentas para obter o poder. Até que um dia, cansados de tanto batalhar, eles fizeram um acordo de paz e cada deus criou uma joia (os Rubis da Virtude) e fizeram um amigo invisível como sinal de paz. Porém Sszzaas, o Deus da Intriga (também conhecido como "o Deus-que-só-podia-estar-ali-para-fazer-merda"), tentou roubar os rubis. Porém ele foi derrotado por Khalmyr e os rubis (que são vinte) foram espalhados pelo mundo.

No meio disso somos apresentados a Lisandra, uma garota mal-vestida e dependente química (que abreviado vira "druida") criada por um poliglota troglodita que está está a procura dos rubis para ajudar uma de suas alucinações induzidas pelas drogas. No meio dessa jornada ela encontra mais duas pessoas, o aspirante a 171 Sandro Galtran e Niele, uma elfa com a medida exata de pouca roupa para ser mais importante do que o resto da história.

Como seria se fosse UM druida e UMA ladra?

Como o mundo de Arton surgiu[editar]

Como todo RPG fuleiro que se preze, é necessário criar uma versão sobre a origem do mundo, mesmo que isso não faça sentido algum... e no caso de Holy Avenger não é diferente.

Há sete milhões de anos atrás, o nada e o vazio se uniram e dessa união surgiu Arton, e os deuses que formam o panteão. Um milésimo depois Azgher e Tenebra, deuses do sol e da escuridão, lutaram entre si por muito tempo e, depois de tanta discussão (e criaturas mortas), eles decidiram compartilhar o poder, fazendo com Arton receba doze horas de dia e doze horas de noite (em Arton não existe horário de verão). Por causa dessa disputa, uma deusa começou a chorar, e suas lágrimas formaram o mar, e as bactérias contidas na lágrima, as primeiras criaturas marinhas.

Com cíumes do ocorrido, cada um dos deuses começou a criar suas próprias criaturas, um criou os monstros, outro criou os elfos, outro criou os anões, outro criou os mafagafos e por aí vai. E assim, Arton começou a ser povoado por criaturas de todos os tipos, até que certo dia, uma deusa chamada Valkaria se cansou dos deuses criando coisinhas tão medíocres e decidiu criar algo extremamente foda, tão foda que poderia até mesmo superar os deuses toscos de Arton: o homem. E aí que a história começou...

Personagens[editar]

Por que será que ela é a favorita dos otakus?

Lisandra: filha de abandonada de uma deusa, Lisandra foi criada por furries na ilha de Galrásia(também conhecido como a ilha de Lost), motivo pelo qual está sempre vestida com trapos. Costuma ter sonhos eróticos pesadelos onde o herói mais fodão de Arton é assassinado, motivo que a levou a procurar os 20 rubis da virtude para ressuscitá-lo.

Sandro Galtran: filho do lendário ladrão político Leon Galtran, Sandro sonha em seguir a carreira do pai. Mas não possui a mesma lábia do mesmo (provavelmente ele caiu de cabeça no chão quando era pequeno), porém graças ao seu sobrenome é sempre requisitado nos congressos por onde passa. Quando estava de passagem por Brasília viu Lisandra e se apaixonou perdidamente por causa da roupa que ela usa sua aparência inocente.

Niele: personagem favorita de nerds e punheteiros. É a prova viva que o dinheiro resolve ´coisas que nem a magia resolve, pois ao contrário da maioria dos elfos que são criaturas de baixa estatura infelizes e magras, ela é peituda, alegre e gostosa. A primeira vez que encontrou Sandro foi quando este tentou conseguir conseguir algo com seu discurso, tem o incrível poder de transformar pessoas em figuras conhecidas(como o Pikachu, Super Mario), o que faz com que acabe sendo processada por violação dos direitos autorais pelos grandalhões.

Niele mostrando suas habilidades mágicas

Tork: é um troglodita baixinho e boca suja pra caralho que encontrou Lisandra quando era pequena e a adotou, sendo principal responsável pela educação que apresenta. Vive sendo sacaneado pelos outros trogloditas por ser baixinho. Quando ele leva muita porrada, ele solta peidos venenosos.

Paladino: é considerado o guerreiro mais fodão de Arton. Porém foi derrotado e hoje é apenas uma figura enterradano passado. Por algum motivo desconhecido, aparece sempre nos sonhos de Lisandra e a manda procurar os Rubis da Virtude. Ao final da estória é revelado que ele na verdade não é tão bonzinho quanto se pensa.

Arsenal: Um cara que veio do futuro com uma série de maquinários e ficou muito rico lutando em guerras, suas estratégias se resumiam em viajar para o futuro, pegar armamentos fodônicos, e depois utilizar nas guerras para vencer seus inimigos. É o verdadeiro pai de Lisandra.

Deuses conhecidos[editar]

Caso algum dia essa relíquia de Bangá do fundo do baú ganhe uma animação.

Veja Também[editar]

  • Defensores de Tóquio, o vulgo 3D&T. Esse RPG e Holy Avenger são lotados de referências um ao outro, por que será?
Charlielucy.jpg