Homenagem

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Achei que eu merecia coisa melhor, depois de tudo... Cquote2.png
Roberto Goméz Bolaños sobre homenagem.

Tenho mesmo que aceitar essa merda de novo?!?! - pensamento da sua mãe sobre mais um idiota dia das mães.

Homenagem, não sempre, mas na maioria das vezes, é quando alguém muito detestado recebe a vingança toda de uma vez e ainda tem que fazer de conta que é algo muito bom. As homenagens são todas, mesmo as mais honrosas, toscas e sem graça. Como existe imbecil pra tudo, há uns talvez 30% de seres que gostem, não que aceitem, mas gostam mesmo, em geral são seres com alto grau de idiotice que sempre quiseram as receber. Alguns exemplos, para você ter uma ideia, estão Justin Biba e Miley Cyrus, e perdão pelo pleonasmo, mas agora você já pode visualizar que espécie de imbecil é capaz de gostar de homenagem.

Fazendo[editar]

Você só faria isso com quem não gosta, e sim nesse caso é ótimo, desde que você possa apenas rir da criatura, mas se algum dia for mesmo fazer uma homenagem, primeiro faça uma defumação em si mesmo com arruda, se continuar ainda querendo fazer uma homenagem, sem que seja por sacanagem, então ao menos deixe menos constrangedor e não repita as mesmas coisas de sempre: Mas não adianta muito, homenagem não há muito que se possa fazer, a não ser cagar e comer novamente, ou seja, é igual a datas comemorativas chatas, Natal, dia da mamãe, dia da mulher, dia do cachorro... É tudo uma grande merda, pois tratar bem e presentear, tu faz em qualquer dia, se tem um específico é porque há algo errado.

Se alguém como chefia encarregar você de preparar uma homenagem, faça a mesma defumação em si mesmo e, peça desculpas a quem irá receber a homenagem, deixando claro que, não tem culpa, está recebendo ordens, mas um dia irá de livrar disso: De homenagem e de receber ordens. Tente fazer da forma mens vexatória possível, tente, ao menos tente, retirar tudo que existe de repetitivo e sentimentalista, mas se não sobrar nada, terá que recolocar alguns itens, porque homenagem já é morte de criatividade. Olhe as datadas pra perceber, elas são sempre a mesma merda e parecem não servir pra nada, a não ser pra vender tranqueiras e parecer obrigação, fora alguns que se sentem com a consciência leve nessas datas, mas não valem mais do que as homenagens. Ainda pior quando são feitas em estabelecimentos de ensino, a não ser crianças bem pirralhas, pois á partir de uns sete anos no mundo, já há muitos que sabem que isso é uma enganação/enrolação do caralho.

Recebendo santo[editar]

Abóbora após ser homenageada no Halloween.

Se você acha que ao menos, se foi homenageado vai aturar aquele monte de asneiras repetitivas e sentimentalistas, é porque fez algo de útil, pode esquecer: Apenas lembre de cada ser que já recebeu homenagens e muitas. Não as confunda com premiações, elas são idiotas do mesmo jeito, mas não têm tanta bobagem, apenas você recebe o prêmio e, sim até vale a pena que o vise, embora sabendo que a maior parte dos prêmios são treta. Voltando à homenagem, se algum maldito armou isso pra você, alegue qualquer coisa para não ter que ir nesse programa de índio(mas até ir na oca é melhor), alegue de tudo, ou falte mesmo na cara, sabendo que muitos idiotas vão te chamar de mal agradecido.

Se for surpresa, que deveria ser chamado de armadilha ou emboscada(antes fosse, mas existe gente tonta o suficiente pra achar que é legal fazer isso mesmo), aí tu se ferrou mesmo, mas ainda é possível escapar, mas tem que ser rápido. Atenda o celular e diga que sua vó está passando mal, ou seu pai foi assaltado. Nessas horas é que família costuma prestar para alguma coisa, uma boa desculpa. Sempre existe uma forma de fugir, mas para garantir que isso não mais aconteça, você teria que matar os manés que fizeram isso, ou seja, é impossível, sempre é melhor uma boa ideia, até porque isso de matar pode te deixar em dívida com o capeta, por mandar gente indesejada pra ele. Não faça isso, nem o Anton Chigurh conseguiu escapar da dívida com o capeta, por lhe mandar tanta gente insuportável e foi castigado.

Reações à homenagens[editar]