Honey & Clover

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sem comentários...
Honey & Clover é algo que Misty de Lagarto aprova!

Este é um típico artigo Yaoi, que menciona coisas gays que só gays yaoístas curtem. Se você é cabra omi e odeia Yaoi, NÃO LEIA este artigo, pois ele pode levá-lo para o lado rosa da força, mas se carapuça serve, sente, digo, sinta-se à vontade.

Honey & Clover
ハチミツとクローバー
Honey & Clover.jpg
Porcaria de foto
Gênero Porcaria
Mangá
Autor Pelo nome, deve ser do CLAMP
Divulgação Pão de Nenê
Onde sai Nas piores bancas
Primeira publicação 2000
N° de volumes 10
Anime
Dirigido por Quem Vai Casar
Estúdio Já Se Foi
Onde passa Animerda
Primeira exibição 2005
N° de episódios 26 + 12
Filmes 1
OVAs 2

Honey & Clover é uma série Japonesa de Revistinhas e Desenhos (também conhecidos como Mangas e Animeis, ou algo assim) e nela você encontra personagens de olhos grandes e coisa e tals. A história é sobre um triângulo amoroso no qual se envolvem dois adolescentes e uma garota, que estudam artes (não-marciais) na universidade enquanto tudo dá Horrivelmente errado. sério. Já vou avisando que eu não aguento mais continuar essa palhaçada. Veja, serei franco com você. Eu não assisti esse negócio, até porque eu sou macho, porra, e essa série é pra mulheres. Se tu for do lado azul da força, clique em um dos próximos links e saia deste artigo correndo como se não houvesse amanhã, e pegue uma revistinha Shounen com bastante Sangue, melhor ainda, algo que não seja japonês e começe a ler. Tome um banho de água fria e reze para Chuck Norris perdoar seus pecados por ler até aqui ou começarão a duvidar da sua masculinidade. Se você for Emo, homossexual ou simplesmente um idiota, continue a ler por sua própria conta e risco. Mulheres, continuem a ler pois esse artigo foi feito para vocês.

Honey & Clover[editar]

Honey & Clover é uma revista japonesa (Mangá para as Otakas que estão lendo) criada por Chica Umino (a dica para dar meia volta e desistir é que Chica em espanhol quer dizer garota) Shoujo (para garotas) e portanto é perigoso para um Macho olhar para uma por mais de 1 minuto, sob perigo de seus olhos cometerem Hara-Kiri (suicídio/Seppuku). Por motivos biológicos que vão além da compreensão de um mero mortal como eu, Emos não são afetados.A revista se passa em Tokyo, terra de tudo que já houve de errado com a pornografia, em alguns dos poucos momentos em que Godzilla não estava rodando a baiana nos pobres cidadãos assustados que só sabem apontar para cima e gritar, três homens que moram em um prédio e estudam artes numa academia (que não de artes marciais, já acabando com as esperanças de qualquer homem que ainda esteja lendo, para não se desapontarem no final).
Nem mesmo eles. Esse era o mínimo que eles podiam fazer.
Um professor apresenta a filha de um seu primo, e apartir de então dois dos vizinhos começam a lutar pelo amor da garota. O problema é que esta luta é metafórica, logo não há porrada nem sangue, muito menos golpes especiais, nem sequer uma organização secreta e/ou maligna. De fato o mais perto da morte que chegamos é quando o narrador fica com uma úlcera (eu avisei que iam se desapontar). Honey & Clover tem entre outras coisas, um final tosco e...

Ainda é o mesmo cara editando? Mas você não disse que esse negócio era para Bichas?[editar]

Não me interrompa, seu animal, até porque:
Capische?

1.Maior parte desse artigo foi copiado da nossa paródia autorizada, a Wikipedia. 2.Eu estou com permissão de forças maiores que você poderia compreender. Pense nisso como uma ameaça se você continuar a duvidar da minha masculinidade 3.Até porque você ainda está lendo esse artigo, desrespeitando meu aviso e proclamando aos céus que é Emo ou Gay. Espero que não haja mais interrupções. Se não...

Personagens[editar]

  • Hagumi Hanamoto, a garota que dois dos personagens que antes moravam num condomínio com sauna gay se apaixonaram. ela é apelidada de "Hagu", levando alguns a crer que ela fez uma ponta em Naruto como capataz do Zabuza antes de ter sua própria revistinha. ela tem problemas ao se relacionar com pessoas, ao ponto de ficar em choque epiléptico se alguém falar com ela, e já que tem uma aparência lolicon (apesar de ter 18 anos) e até porque um dos caras que se apaixonou por ela obrigou ela a se vestir como um rato só para satisfazer suas taras (eu não disse que tinha algo terrívelmente errado com o Japão?). Além de ser anti-social e ter aparência de garotinha, ela ainda age como garotinha, consolidando a tese que os dois apaixonados são uns pervertidos sem vergonha. Apesar disso tudo, ela é uma grande desenhista, e suas arte(manhas), e é obcecada com sua arte, levando ela ao ponto de cortar fora sua orelha abandonar o Takemoto no final apesar de ter se declarado a ele (não antes de evitar ele depois dele se declarar), levando então a um dos finais mais brochantes já vistos em um mangá.
  • Yuta Takemoto, o narrador e protagonista se apaixonou por Hagumi depois do professor apresentar ela a sala, mas diferente de seu amigo Morita, ele é um frangote que não consegue expressar seus sentimentos (Balança em Equilíbrium Tô Certo), o que o leva a agir como um irmão para Hagumi (Ah, agora é pseudo-Incesto Japão? obrigado por estragar o dia de todos nós, desgraçados). Depois de uma viajem de bicicleta (de preferência roubada da Misty) ele ganhou coragem para se declarar para a Haku Hagu (como essas coisas se conectam nem me pergunte), apesar de levar um duplo soco (metafórico) no estômago: o primeiro quando ela o rejeita, e o segundo quando ela o deixa para ir para a universidade de arte. Problemas no Contínuo-Tempo-Espaço levam ao fato dele desenvolver uma úlcera mais cedo na história que o leva a repetir na escola, porque o Universo tem um senso cruel e irônico de humor.

Cquote1.png Haha! que otário mano! Cquote2.png
Universo sobre Yuta Takemoto

  • Shinobiu Morita, um cara que está no sexto ano da faculdade, e é o outro apaixonado pela Hagumi, apesar da enorme diferença entre idades. Ele está sempre faltando pois era gari e teve seu uniforme roubado por um pivete que se auto-proclama ninja, e prometeu o perseguir até o fim do mundo, apesar de nunca revelar sua vingança para os outros, que o acham estranho. Ele dorme por vários dias seguidos para recuperar seu Chakra, e por isso é incapaz de estudar e reprova. Os fetiches esquisitos que ele impõem na Haku, outra que foi atacada e traida pelo tal "ninja" que o roubou são meros disfarces para que eles possam atacá-lo de surpresa e Morita finalmente recupere seu amado uniforme de Gari. Ele expressa seus planos de formas abstratas e em códigos ninjas, de forma que outras pessoas achem que ele é um pervertido e/ou louco, como passar seus planos por um jogo de Twister com mais cores, assim os códigos seriam mais complexos e Konoha não poderia prever seus movimentos (sim, era uma conspiração contra a união de Morita e seu uniforme). Ele eventualmente descobre a localização de seu inimigo e se une a Akatsuki para perseguí-lo, mentindo que foi virar cineasta na America.
  • Takumi Mayama, é o cara que sabe das manhas (Senpai) do Takemoto e serve de despertador para o Morita, porém mais importante, ele é um bicha, pois apesar da Ayumi ficar se oferecendo para ele (já vi isso em algum lugar), ele a rejeita e a manda pastar procurar outro namorado. É também um hipócrita Filho Da Puta, pois quando ela finalmente arranja outros, ele faz de tudo para dar uma de descupido (o Cupido descíclope!). Apesar de ficar dando uma de descupido ele está apaixonado por uma mulher bem mais velha (MILF também? TOMAR NO CUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU, Japão.). Como já disse, o final desse treco é uma merda e não apenas Hagumi e Takemoto se separam apesar de se amarem, o amor Milf dá certo e a Yamada fica babando ovo. se quiser culpar alguém, o nome do autor é Chica Umino.
  • Ayumi Yamada, uma descendente da Aldeia dos Loucos, ela é conhecida como Moça de Ferro, pois corre na maratona só para ser sadística com seu cachorro gordo, que ela puxa numa coleira. Ela estuda e é muito boa em Cerâmica, a arte de fazer coisas com barro, e é apaixonada pelo Mayama, que por ser viado apaixonado por outra, a incentiva a se apaixonar por outro. Quando ela finalmente o escuta, ele fica a impedindo de namorar, e diz que não era para ela se apaixonar por outros caras, com desculpas (muito esfarrapadas por sinal) como que o outro cara era mulherengo. Diferente dos outros (fracassados), ela realmente se forma no final e vai trabalhar numa firma.
v d e h
Este artigo fala sobre um anime.