Hong Kong

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


●香港特別行政區
●Hong Kong Sub-Intelligent Administrative Region
●Região Administrativa Faça o que Quiser da China Popular

Bandeira de Hong Kong.png Biolbl2.gif
Bandeira Brasão
Lema: Uma prima, duas irmãs
Hino: Deus salve a rainha Mao Tsé Tung
Hong-Kong.jpg
Capital Hong Kong
Maior Cidade Pequim
Língua Cantonês e karaokêês
Tipo de Governo Uma cúpula de tolos
Rei marionete O chefe do jornal
Heróis Nacionais King Kong
Independência Eles querem!!
Moeda Papéis Abençoados
Religião Ateísmo
População Tá entupido de gente lá
Área Muito pequeno (80% de água)
Analfabetismo 0%
PIB per Capita Altíssimo. Todos em Hong Kong são ricos pra cima USD/hab.
IDH 0.99
Fuso Horário Terra onde o sol nasce depois
Clima Monções asiáticas
Site do Governo  ??
Cquote1.pngVocê quis dizer: King KongCquote2.png
Google sobre Hong Kong

A Região Administrativa Especial de Hong Kong da República Popular da China (ou tradicional: 中華人民共和國香港特別行政區; ou simplificado: 中华人民共和国香港特别行政区) ou SARS Kong, capital administrativa da China é uma região autônoma que busca desesperadamente por fuga da opressão socialista chinesa que mina o desenvolvimento da ilha.

Os hongueconques possuem séria crise de identidade por não terem um gentílico decente, portanto considere chamar eles apenas de japoneses chineses mesmo.

Tabela de conteúdo

[editar] História

Mais uma típico confronto em Hong Kong.

A região de Hong Kong começa a ser popularizada durante a Dinastia Qing do século XXIII A.c., na época em que a China dominou o mundo. Durante essa época, construi-se os primeiros prédios comerciais arranha-céus do mundo.

Por algum motivo do destino, Hong Kong foi sendo ocupado por diversos tipos de nações diferentes como japoneses, chineses, coreanos (esses três não conta por que é tudo igual) e ingleses.

O país que conseguiu definitivamente a simpatia da região foi o Reino Unido após eles introduzirem no país a cultura do ópio.

No século passado, o grande fato marcante marcante de Hong Kong é que na região viveu um pobre garoto oprimido que se revoltou quando ficou adulto, o nome dele era Mao Tsé Tung. Assim que Mao conheceu os belos ideais comunistas de dominação mundial, iniciou pela China um expansionismo acelerado e Hong Kong foi a primeira região conquistada. Mao declarou em note oficial do governo: "Finalmente expulsamos esses facistas nojentos (Reino Unido) de nossa sagrada terra! Agora trabalhem, senão mato vocês também!".

Atualmente Hong Kong, depois da morte de Mao Tsé Tung (Para aquele ali não podia declarar guerra), Hong Kong declarou guerra separatista à China, mas a população local está muito ocupada trabalhando em escritórios para guerrear então fica nesse empasse mesmo.

[editar] Geografia

O dia em que Hong Kong parou

Por se localizar na foz de um rio, Hong Kong é uma ilha que está afundando e estima-se que em 2016 a região esteja já embaixo da água.

Hong Kong é como um Quebra Cabeça mal montado no sul da China, porém aspectos geograficos são irrelevantes já que todo território foi transformado em cidade e quem construir na China morre, então as construções em Hong Kong vão apenas expandindo-se e ficando cada vez maiores.

Fazendo jus a tradição chinesa familiar, em Hong Kong a população é absurdamente grande e as pessoas vivem amontoadas na cidade, que logo não vai ter mais espaço algum para se expandir.

[editar] Economia

A tecnologia do país que sempre foi de ponta contribuiu para a humanidade com produtos como carros voadores, naves espaciais, lasers e mais um monte de coisa que você viu em Star Wars.

A economia de Hong Kong é a razão pela qual a China é atualmente o segundo mais rico pais do mundo e futuramente o mais rico de todos! Curvem-se sobre seu poder se quiserem sobreviver, afinal Chuck Norris esta do lado deles!

[editar] Pastelaria

Em Hong Kong não há uma pastelaria específica que possa ser indicada como a melhor da cidade. Há muitas pastelarias que revendem o pastel que é produzido no subterrâneo da cidade inteira, e que chega ao mundo inteiro embalado em plástico bolha. O pastel de Hong Kong é duro, verde e tem gosto de Chips, aquele salgadinho da Dona Elma. Como nenhum ocidental que não tenha se infiltrado na máfia chinesa e morrido voltou para nos contar como é o processo de fabricação, supomos que trata-se de milhões de chineses em linha de série, aplicando os elementos do pastel que no final da produção recebe um adesivo "Made in Hong Kong".

[editar] Ver também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas