Hormônio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Belladonna.gif
MisturebaGeral.jpg

Este artigo é relacionado à biologia.

p^2+2pq+q^2=n^o AA+n^o Aa+n^o aa

Lembre-se que a tundra é mais fria que a taiga.

Etanol1.jpg
Frascosquimica.jpg

Este artigo é relacionado à química.

Este artigo louva Vogel.

Enquanto lê, mantenha-se afastado do reator químico.


Cquote1.pngVocê quis dizer: Hormona?Cquote2.png
Google sobre Hormônio

Clique e venha fazer parte de nosso projeto!!
Projeto Desconhecimento

Este artigo de Ciências ganhou nota A, sendo considerado de Ótima qualidade

Visite a discussão do artigo ou o projeto e Conheça-nos

Cquote1.png Você apresenta uma queda na taxa hormonal de seu organismo, o que pode acarretar em uma patologia irreversível para a sua propagação hereditária! Cquote2.png
Seu Médico sobre sua taxa hormonal (ou algo haver com os seus hormônios)

Cquote1.png O quê? Não dá pra você falar logo quanto tempo eu tenho de vida? Cquote2.png
Você sobre o que o seu médico disse
Cquote1.png Dez, nove, oito, sete,... Cquote2.png
Seu Médico tirando uma com a sua cara (ou não)
Cquote1.png Porque eu te traí, meu bem? Ah... são os hormônios... Cquote2.png
Tua mulher sobre traição hormônios
Cquote1.png Meu Deus!! Aquele moleque não sai do banheiro... Deve ser os hormônios. Cquote2.png
Tua mãe sobre suas espinhas na cara e o pelo na mão

Um esquema explicando a queda na taxa hormonal (ou pelo menos tentando explicar algo do tipo, ah, sei lá!)

Tabela de conteúdo

[editar] Apresentação

Quando expulsos pelos poros, os hormônios se tornam visíveis a olho nu

Hormônios são sustâncias substâncias produzidas especificamente por algumas partes corpo, na falta delas não terem o que fazer, ou simplesmente para sacanearem com o portador, com alguma nova coisa para circular em seu organismo, ao invés somente do próprio sangue (que, se fosse só isso, tornariam as aulas de Biologia bem mais fáceis). Com alto poder de especificidade (ou não), cada uma dessas pequenas substâncias produzidas pelo seu organismo tem somente uma missão, atuar em alguma parte do corpo, ou inibindo ou induzindo a produção de algo maior, geralmente nunca no mesmo lugar onde são fabricadas (sabe-se lá o porquê dessa regra), percorrendo todo o seu corpinho até chegar aonde ele irá realmente atuar.

Dê graças a Deus se você consegue produzir tais hormônios, como a testosterona (que fazem os homens serem homens), ou o estrógeno (que fazem as mulheres serem mulheres), pois a falta de tais porcarias coisas podem acarretar diversos males a sua saúde, principalmente quando você fica velho (sim, se na velhice você não consegue mais se manter em ponto de bala, é tudo culpa da queda das taxas hormonais de tais substâncias que diminuem drasticamente com o tempo). Além dessas há ainda as responsáveis pelo seu crescimento (ou nanismo), se você dorme bem e mais de oito mil outras funções por aí, sendo que será a nossa tarefa apresentar a vocês quem são elas (pelo menos algumas), o que fazem, quem as produzem e outras mais.

Os hormônios também são ótimos para darem algumas desculpas esfarrapadas de algum ato que você vem fazendo com frequencia desde quando achou um baú pornô do seu pai nas porcarias do porão. Tudo é explicado pelos hormônios. Se alguém disser que você é feio, diga que são os hormônios. Também, se quiser esconder algo, ao invés de dizer Cquote1.png Eu não fiz nada... Cquote2.png, diga que tudo é culpa dos hormônios.

Esse artigo foi criado para ser muito mais do que somente um guia prático para você usar como resposta à perguntas feitas no Vestibular, na sua escola, ou mesmo em um círculo de amigos nerds (que hora, ou outra, usam tal assunto como tema central de suas conversas, como se não tivesse nada melhor para ser discutido em vida), ele foi criado para que na sua cabeça tenha mais informações inverídicas do que acontece dentro do seu próprio corpo e que você nem fazia ideia do que ocorria.

[editar] A Descoberta e história

O Claude recebe o prêmio por ter inventado descoberto os hormônios
Esse conceito de secreção interna e afins apareceu lá por miados do século XIXI quando um francês disse que tinha algo dentro dele que o incomodava muito e que sempre o intrigava... Então, com esse francês foi quase a mesma coisa. Ele, o Claudét Bernadét, também afirmou que essas coisas dentro dele, e de todo mundo, mexia profundamente demais, mudava coisas e que, sem elas, ninguém viveria (ou pelo menos viveria muito pouco). Mas parou com isso por aí: Ele não sabia explicar o líquido que estava dentro dele, e o percorria todo, e nem o órgão responsável na fabricação e ficou nisso mesmo, jogando todos os seus questionamentos de anus ao vento, atrasando um pouco a descoberta de algo fantástico para a vida da humanitude humanidade (bom, pelo menos estamos acreditanto que
E ele aqui palestrando sobre os hormônios
isso seja importante, apesar de ser bem chato).

Agora os hormônios, que era o que o francês queria realmente achar mas não sabia nem do que se tratava, apesar de saber da sua existência, (ou não), foi encontrado, estudado e embalado somente em 1905 (ou pelo menos perto dessa época, ah, sei lá). Aí batizaram a criança de ὁρμἀω, uma palavra em grego que é tudo relacionado com ele: Fica em movimento contínuo dentro de um organismo vivo e precisa de uma grande estimulação para estimular outras coisas a produzir algo sem nenhum sentido específico, mas que beneficia o seu portador com algo de muito útil, ou de muito inútil, mas pelo menos faz alguma coisa por ele, seja ela boa ou ruim, diferentemente do apêndice, que não faz porra nenhuma e ainda pode nos matar se resolver, de uma hora para outra, inflamar (e pode ter certeza, aquelas cinco letrinhas gregas querem dizer mesmo tudo isso).

[editar] Os Hormônios Animais

São vários os hormônios animais ou zoormônios, portanto citaremos alguns exemplos apenas.

[editar] Do crescimento

  • Nome: GH
  • Quem produz: Hipófise
  • Função: Crescimento
  • Em excesso: Cresce muito, deixando demasiadamente longa
  • Em falta: Fica mais anão que os anões da Branca de Neve.
Dois afetados pelo hormônio. Um é anão e o outro é um poste de luz

Hormônio do crescimento, somatrofina, GH ou, simplesmente, viagra é o hormônio que promove o espetáculo do crescimento em muitos dos animais e até em humanos, deixando as coisas bem grandes e grossas, espessas ou o que mais imaginar a respeito. Ela não passa de uma proteína que engorda e faz crescer por nove meses, presente desde quando o animal é um simples embrião, ajudando em seu desenvolvimento placentário. Em alguns casos de animais (como o homem), é produzida apenas até a puberdade, ou seja, época em que todos ficam grandes em conjunto com a testosterona e o estrógeno. Para os homens, a produção de GH vai até os 20 anos, e nas mulheres até os 18, mas isso não é uma regra. Para os que tem o azar de produzir pouco GH (mas não serem anões por questões de centímetros), tem que se contentar com apelidos taxativos de "tampinha", "pintor de rodapé", "salva-vidas de aquário" ou mesmo "nanico" principalmente os que tem por volta de 1,58 por aí. Mesmo assim para os que tem muito GH a história não é diferente, por serem muito gigantes recebem os apelidos de "trilho em pé", "mangueira de bombeiro", "quilômetro parado", "professor linguiça" "Professor Girafales" entre outros. Infelizmente (até mesmo para os que tem a taxa do hormônio de uma forma normal) o crescimento do corpo nem sempre acompanha o crescimento de outras partes muito importantes futuramente, frustando as pessoas que pensam que, se são enormes, serão igualmente comparados a Motumbo, chegando no máximo ao tamanho de um japonês ou mais menos.

[editar] Testosterona

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Testosterona.
Muita testosterona é Mara!

A testosterona é um hormônio que é produzido desde que o homem é apenas um bebezinho até quando ele não tem força nem para se levantar (ou levantar outras coisas). Apesar de todos acharem que esse hormônio é coisa de homem varão, até as mulheres produzem-no (claro, em pequena quantidade). Mas para aquelas que exageram, estas são chamadas de bissexuais ou simplesmente sapatões. De exemplo temos a saudosíssima Tammy Gretchen ou a Madonna, sendo que a fruta que você gosta, elas chupam até o caroço.

Apesar de serem produzidas desde quando você estava na barriga da tua mãe, você só começa a sentir o efeito ou ver que está funcionando quando tem mais ou menos uns 12 anos, época em que você percebe que está crescendo pelos onde não tinha, inclusive crescendo os pelos na mão e espinhas na cara. Esse efeito é em conjunto com as visitas diárias a sites quentes como o Red Tube. Esses hormônios também fazem outra mudanças no homem, como engrossar mais a voz, ter mais músculos e ter a cara de homem mesmo. Há casos em que não faz muito efeito, deixando a pessoa com cara de nerd ou de criança, fato muito visto e comprovado com alguns sulistas e outros amapaenses. É esse hormônio também que nos faz ter apetite sexual e aquela vontade louca de bater em outra pessoa, principalmente em estádios de futebol só porque é do time adversário ao seu. E não pense que se você ingerir testosterona vai conseguir vencer alguma briga...

[editar] Estrogênio

  • Nome: Estrogênio ou Estrógeno
  • Quem produz: Folículo Primordial
  • Função: Faz a mulher ser mulher (e alguns homens também)
  • Em excesso: TPM
  • Em falta: É que nem estar com um homem do lado (ui!)
O resultado do estrogênio em grande quantidade em uma mulher

Essa hormona é responsável pelas características sexuais secundárias femininas, ou seja, aquelas que aparecem após ela começar a produzir as suas primeiras "sementinhas", que poderão gerar novos seres humanos; até o momento em que esse processo termina, com a menopausa. Para uma mulher ser considerada gostosa, ele deve ter altas taxas de estrogênio no corpo, pois eles que são responsáveis pelo aumento dos seios, o alargamento do quadril, o aumento considerável da vagina (muito útil isso) e as quenturas típicas do período do cio fértil. Além disso, ela é responsável pelo fortalecimento dos ossos, assim como o leite, e, diferentemente da testosterona, que vai sendo utilizada aos poucos, o estrogênio vem mais rapidamente, o que faz com que as mulheres fiquem mais fortes que os homens no início da sua produção, porém, mais frágeis com o passar do tempo, com a diminuição da produção, sendo que vida do homem começa nessa fase que elas estão já velhinhas, demorando mais para chegar na andropausa (sendo que alguns nem chegam).

Mas antes de você dar graças a Odin por ter nascido com um pênis entre as pernas, saiba que o homem também produz estrogênio (e não me venha com WTF?, pois isso é verdade). Porém, a produção no homem é reduzida, somente para promover a igualdade entre os sexos, nada de mais. Mas é claro que tem casos em que "homens" resolvem se utilizar desse hormônio feminino, sintetizado, para poder se sentirem mais mulheres do que já são (ui!). Tal uso de hormônios faz com que o corpo (antes masculino) se adapte a novas coisas, tanto em cima, quanto em baixo, principalmente para aqueles que quiserem dizer adeus para a sua "cobra de um olho só". Mas esses são outros 500, não vamos detalhar porque isso está ficando muito gay, e não quero me responsabilizar pela passagem de ninguém para o Lado Rosa da Força, ainda mais de você, idiota.

[editar] Progesterona

  • Nome: Progesterona
  • Quem produz: Corpo Amarelo ou Lúteo
  • Função: Ter uma boa gravidez
Imagens de um homem que produz Progesterona. Por onde esse bebê vai sair?
  • Em excesso: Quadrigêmeos ou mais
  • Em falta: Se tu ficar grávida, agradeça a Deus, foi um milagre

A Progesterona é o segundo hormônio exclusivo da mulher (e, dessa vez, esse é só produzido por ela), sendo que esse é responsável pela gravidez da mesma e sua manutenção durante os nove longo meses que se seguem. Caso a sua taxa caia por algum motivo durante esse período, o resultado é um aborto espontâneo (ou não). Se o óvulo de uma mulher for fecundado por algum resquício de porra espermático, o folículo primordial (que dá origem ao Estrogênio) libera o óvulo e o resto que sobra dá origem a progesterona (lembra das aulas de Biologia, né?). Tal hormônio induz ao preparo do corpo da mulher para um possível baby que virá, enrigando o endométrio (para facilitar a fixação do óvulo) e impedindo que o mesmo venha à baixo com uma menstruação, além disso, faz os seios produzirem o leite de burra para a amamentação e dá à mulher todo aquele carinho de mãe pelo seu filho, além do cuidado maternal que somente elas tem. Ou seja, não importa quantas cápsulas de progesterona você tome para engravidar e nem quantos litros espermáticos entrem em você, o resultado não vai dar certo se você não tiver um útero bem preparado para que o neném se aloje e sobreviva pelo longo período de nove meses, é um trabalho em conjunto.

[editar] Insulina

Quando não se produz muita insulina, deve-se levar uma picadinha diária (de insulina, seu pervertido).
  • Nome: Insulina
  • Quem produz: Pâncreas
  • Função: Regular o doce no sangue
  • Em excesso: Falta açúcar no sangue
  • Em falta: Sobra açúcar no sangue

Insulina é mais um hormônio muito comum e certamente você já ouviu falar, principalmente se você for ou tiver algum doente diabético na família. E também é um dos poucos hormônios que vendem na farmácia e que não deixa ninguém bombado. Lógico, sua venda legalmente feita XD. A função dele é regular as taxas de açúcar e outras coisas doces que você fica chupando e se lambuzando por aí (como isso aqui!). É isso mesmo. Se não fosse pela insulina, você poderia morrer ao chupar um pirulito ou um delicioso caramelo, tendo que evitar essas delícias da natureza. Quando você não produz insulina, você é obrigado a comprar aquelas coisas caras que são os produtos diet e repor a sua taxa diariamente. Agora, se você produz demais essa insulina, é obrigado a andar com uma barra de chocolate (ou outro doce) atrás ou dentro de algo seu, para sempre repor o açúcar que falta. Não é ruim ter sempre que andar com um doce ou um pirulitão na boca só porque produz demais a insulina?

Além de regular as taxas de glicose no sangue, ela também faz aumenta o consumo de ácidos de graxa e os aminoácidos (se bem que eu sei que você não faz ideia do que sejam isso, mas não custa nada avisar).

[editar] Feromônio

  • Nome: Ferormôno
  • Quem produz: Qualquer glândula (ou não)
  • Função: Sedução de outra espécie.
  • Em excesso: É um sedutor
  • Em falta: Você que está me lendo agora pode explicar! XD
O resultado do poder do feromônio. Até que não é tão ruim assim!

Esse hormônio aqui está presente na maioria dos animais, mais ou menos uns 103,78% de presença massiva em cada estrutura. É o chamado instinto, ou seja, você age (seus impulsos) por causa desse hormônio. Ou melhor, você age por causa do feromônio de outra pessoa. Isso mesmo. Uma pessoa produz o feromônio e é você quem sente os efeitos. Vamos explicar melhor:

A pessoa te viu e inacreditavelmente te achou bonito ou bonita. Tá certo, bebendo cerveja ajuda e muito na produção de tal hormônio. Aí, ela produz o hormônio e sai em alguma glândula na pele dela. Pode ser através de suor, a saliva ou outros poros. Até um peido serve. Aí, esse hormônio entra em você com tudo (ui!) e vai até seu sistema nervoso, fazendo você ficar caidinho por ela/ele. Por isso que uma mulher feia pra caramba consegue pegar alguém, são os hormônios. Mas elas precisam produzir muito, muito mesmo e você precisa beber pelo menos uns dois litros de cerveja para aceitar o feromônio dela. No reino animal é esse hormônio que faz as fêmeas ficarem no cio ou seria ao contrário?. O cio nada mais é do que esse feromônio procurando um belo dum macho para além de ver o fenômeno do crescimento, ver também a reprodução da mitocôndria.

[editar] Adrenalina

  • Nome: Adrenalina
  • Quem produz: Glândulas supra-renais
  • Função: Deixa a pessoa "ligadona"
  • Em excesso: Ataque cardíaco
O energético do Mario lhe dá a adrenalina extra para as noites atrás do armário

Quem é que nunca ouviu falar da Adrenalina? Bom, se você diz que nunca ouviu (e ainda pensa que é algum energético), já está mais do que na hora de começar a estudar, ou mudar de escola pra aprender. Adrenalina é o hormônio liberado durante momentos de muita pressão, ou stress. Produzida pelas glândulas supra-renais (ou aqueles trecos em cima dos rins), é também conhecida como o hormônio do medo ou do susto, agindo como um estímulo para vários órgãos importantes do nosso corpo trabalharem mais rapidamente, em detrimento de outros menos importantes. Quando ativada, faz o coração bater mais aceleradamente, alguns órgãos crescerem mais do que o normal, relaxa a musculatura do cu (sim, isso é verdade, ninguém se borra de medo), eleva o nível de açúcar no sangue (haja insulina nesses momentos) e aumenta o fluxo sanguíneo nos membros, como pernas e braços (ajudando em um correr pra caralho), além de outras coisas. Isso ajuda bastante o corpo a encarar um problema de frente (como um macho de verdade) ou fugir da situação (como uma galinha covarde). Sintetizada em laboratório, ajuda na ressuscitação de vítimas de parada cardíacas (pelo seu efeito de acelerar os batimentos) ou para matá-la de vez fazer com que as anestesias aplicadas em um corpo durem mais tempo (devido ao seu efeito de reduzir o fluxo sanguíneo em certas regiões do corpo).

[editar] T4

  • Nome: tirotóxina
  • Quem produz: tireóide
  • Função: foder com você
  • Em excesso: sua garganta apodrecerá o resto do corpo
  • Em falta: saúde
O bócio não é algo bonito de se ver!

É um hormônio produzido pela tireóide (nada demais, é só mais uma glândula de merda) que é extremamente tóxico e inútil (por isso ela é de merda). Se você se alimentar incorretamente (só no McDonalds), ser sedentário (em suma, gordo) ou simplesmente ser odiado por Deus (um simples ateu) e, com isso, ter muito desse hormônio, desenvolverá doenças absurdas como o bócio: a doença papo gigantesco (uma variação da barriga d'água só que na garganta), além de emagrecer até virar um palito (se você for gordo, até que seria uma mão na roda essa doença). Isso porque essa glândula de merda é que nem um verme que suga toda seus alimentos e sua energia vital para criar hormônios inúteis que só servem pra foder com você. Por isso que algumas pessoas operam as amídalas, é pra tirar essa bendita glândula que só faz prejudicar a nossa saúde.

[editar] Ocitocina

A ocitocina mostrando o porquê de ser conhecida como o hormônio do sexo amor!
  • Nome: Ocitocina ou Hormônio do Amor
  • Quem produz: Hipotálamo
  • Função: Na hora do parto, na hora da amamentação e na hora de amar
  • Em excesso: Vira-se o amor em pessoa
  • Em falta: Não há diabo que aguente
A ocitocina também é responsável por esses belos peitos!

A Ocitocina é muito conhecida como o hormônio do expulsa. Produzida pelo hipotálamo e armazenado na neurohipófise (se você não sabe onde fica isso procure na wikipédia vá estudar), trabalha durante o momento do parto da mulher (ORLY?, pensei que fosse do homem), facilitando a cuspida, pelo útero, do baby. Além disso, atua como o expulsador do leite do pau dos seios da mulher, para a amamentação da cria.

Atualmente, descobriu-se, pela nossa fonte Descíclope de pesquisa na área de Biologia, que, além de Hormônio do Expulsa, a Ocitocina também é conhecida como o Hormônio do amor. Ela é que nos dá aquele prazer e satisfação quando estamos ao lado de quem gostamos, quando a mãe segura o seu filho pela primeira vez, ou quando o pai faz o mesmo que a mãe.

Sem a atuação dessa hormona em nosso organismo, não passariamos de um grupo de "babuínos-bobocas-balbuciando-em-bandos", sem falar que nossas satisfações orgásmicas também seriam afetadas, já que é esse mesmo hormona que nos faz dizer o famoso "foi bom pra você?" depois de uma noite daquelas.

[editar] Desciclotinina

  • Nome: Desciclotinina ou DP1
  • Quem produz: Cérebro
  • Função: Mexer com força no humor
  • Em excesso: Faz muitas piadas
  • Em falta: É idiota
O hormônio Desciclotinina examinado no microscópio. Veja a perfeição de sua forma e a imponência diante de outras hormonas que você já estudou ou fingiu estudar!

A desciclotinina é um hormônio produzido pelo cérebro de qualquer pessoa, perto do bulbo, e que tem o seu início desde quando a pessoa tem uns 3 anos por aí, até a morte do indivíduo. Há casos em que produz-se tanto desse hormônio que até mesmo depois de morto, o corpo não para a sua produção (WTF?). O efeito que esse hormônio nos faz é simplesmente relacionado ao humor. É isso aí campeão!

Quando uma pessoa produz em boa quantidade, é bem humorada, rí de piadas e não vandalizam esse site por simplesmente não entenderem gostarem das piadas. Piadas nunca é demais ou não. Agora, se a pessoa produz em excesso, é capaz de fazer muitas piadas e fazer a maioria rir (a minoria não entenderá a piada) e cria ótimos artigos aqui, além de tê-los destacados como os melhores de nosso magnífico site.

Agora, se ela produz pouco, é perigoso demais! Ela é apenas idiota e não engraçada, tenta, tenta e tenta fazer piadas mas não consegue ou apela para a homossexualidade da pessoa, emices, Chuck Norris ou xingamentos. Também a pessoa fica assistindo o Zorra Total e dá gargalhadas sozinho, como se fosse a piada mais angraçada do mundo. Quando não produz esse hormônio, fica mau-humorada e de mal com a vida assim como você.

Lógico, nem sempre se aplica a algumas pessoas porque as mesmas não têm cérebro ou esquece de usá-lo. Mas isso são detalhes, pois o que importa é a funcionalidade do hormona, não as suas exceções.

[editar] Hormônios Vegetais (Fitormônios)

Não importa como você (desastrosamente) cuida da sua pequena planta, ela cresce graças ao poder dos fitôrmônios

Cquote1.pngExperimente também: Tropismo Cquote2.png
Sugestão do Google para Fitormônios

Hormônios vegetais ou fitormônios são aqueles hormônios que ficam nos vegetais. (O RLY?) Esses aqui, do contrário dos hormônios animais que ficam nos animais, precisam de algum fator externo para poder ativá-los ou fazer funcionar. É como um órgão que quando está no escuro pode expandir sete vezes seu tamanho para funcionar direito e lhe proporcionar melhor conforto por causa da falta de luz. Tudo pode modificar a produção ou não desses fitormônios, desde que seja pelo meio: A luz (ou a falta dela), um toque, a gravidez gravidade e até mesmo outra planta. Lógico que ela vai produzir seu próprio hormônio, mas vai ser esses fatores estimulantes que vai determinar a dosagem, o local e outras coisas. Tem uns hormônios que inibem outros hormônios, ou seja, pode tocar e estimular e até chacoalhar que nem a pau a coisa cresce. Se quiser saber mais sobre o assunto, veja sobre tropismo.

Ainda não entendeu?? Burro! Bem, pense em algo estimulante que faça uma coisa crescer e ficar bem rija ou que faça amadurecer algo. Então, é isso! Veremos os mais comuns, ou os menos, chatos a seguir.

[editar] Auxina

Cquote1.png Enlarge your penis now!!! Cquote2.png
Auxina sobre alongamento

  • Nome: Auxina ou ácido indol acético
  • Função: Crescimento
  • Em excesso: Depende do local da planta
  • Em falta: Depende do local da planta
A plantinha de um botanófilo que conhece o poder de crescimento do AIA é medida todo o dia!

Auxina ou AIA é um hormônio que é responsável pelo alongamento de coisas cilíndricas e roliças, além de reguladores do crescimento. Vai que uma coisa decide crescer para onde não deve... Vai saber... É preciso sempre prevenir do que remediar sempre! Não, é sério. Pensa em uma coisa que decide crescer onde não deve, entrar num buraco alheio. Deve ser desconfortável. Eu disse deve, não que eu tenha experimentado isso ou tenha acontecido comigo... Esse papo está ficando meio gay. Mas ele foi descoberto através de muitas experiências e vontade de experimentar coisas novas, coisa que experimentará verá a seguir, idealizada pelo Robert Planta.

Então, esses hormônios são localizados na ponta de qualquer árvore e de qualquer planta, até na ponta grossa de uma árvore radioativa localizada em Chernobyl ou até na ponta que partiu com um raio em uma tempestade. Se você cortar a pontinha de um pau ou a ponta de um caralho carvalho, ele para de crescer para cima e cresce para os lados apenas. Isso é chamado de dominância apical ou a pica que domina. E não é só isso!! Ele pode facilitar o crescimento em posições que você nunca pensou que pudesse crescer.

Então, você pode fazer alguns experimentos aí para saber mais sobre esses hormônios vegetais. Um deles é colocar uma planta deitada. Depois de algum tempinho (uns dias ou meses) você notará algo de diferente nela: A ponta está em direção contrária ao solo, tal qual uma cabeça de uma mamba negra quando a mesma vai atacar. Também verá que quando a planta está deitada, sua raiz terá penetrado com maior intensidade no solo, ou seja, entrou com gosto no buraco! Lógico, somente se ela tiver terra, até porque tem terra na raiz. E não pode esquecer de molhar ela, senão tem terra a seco não dá. Se tiver molhado é bem melhor penetrar. Aí vemos a auxina operando, fazendo o caule ir em direção ao ar e a raiz penetrar no buraco, a favor da gravidade. Aqui também pode ser estimulado pela luz, como os girassóis, que faz a planta ir em direção ao sol. Não que vá criar pernas, mas vai direcionar-se ao sol mesmo.

[editar] Etileno

O Efeito do gás em frutas: Florescem, amadurescem, crescem e ficam de pé!
  • Nome: Gás Etileno
  • Função: Apodrecimento Amadurecimento de frutos e morte de folhas
  • Em excesso: Envelhecimento precoce
  • Em falta: A fonte da juventude

O Etileno, ou ETno que é seu nome original, é o único hormônio da planta que sai na forma gasosa da matéria química, em outras palavras, o etileno seria basicamente o pum de uma planta quando ela resolve amadurecer as suas frutinhas, liberando para elas o seu gás da vida, da mesma forma quando você detona aquele ovo cozido com gosto e tem os gases aumentados consideravelmente, ou seja, tudo o que tá dentro, tem que ser liberado para algum outro local para não explodir. Quando ainda está com os seus frutos verdes, a planta tem a sua taxa de gases muito baixa, mas quando vai ficando mais porca madura, os frutos começam a liberar etileno, que causa o amadurecimento e, quando ela já está bem cheia de gases, acaba caindo pela lotação em seu interior que a deixa pesada, ou seja, Newton falou de gravidade e muitas coisas que torram a nossa cabeça para dizer o porquê de uma fruta cair, mas a maçã só caiu na cabeça dele por causa da quantidade de etileno que tinha dentro dela, e não por causa da gravidade e de tudo mais (ou não), assim não fica mais fácil?

Uma árvore com o Etileno além de ficar sem folhas, fica mal-criada!

Mas não é somente para as frutas que a planta envia o seu peidinho precioso e ecologicamente correto, mas também para os seus narizes verdes que, se você não sabe onde ficam localizados, se mata vá estudar mais Biologia, ao invés de ficar vendo pornografias no PornoTube. Os narizes da planta são as folhas (compreendeu?), responsáveis pela respiração e outras trocas gasosas essenciais, tanto para a vida dela quando para a sua (apesar de você não merecer nenhum pouco esse benefício). Em determinadas épocas do ano, que na parte tropical do Brasil é conhecida como Outono, mas na equatorial nem sequer existe, as taxas de etileno tem o seu maior ápice, talvez exatamente porque no Inverno tal coisa é meio complicada por causa das chuvas e no Verão as plantas desejam mais pegar um sol do que dar a luz à frutas, ah, sei lá, é tudo coisa da Mãe Natureza, que assim decidiu aleatoriamente e ninguém deve questionar.

Com essas altas taxas, além dos frutos amadurecerem e caírem, as plantas perdem a maioria de seus narizes (ou mesmo todos, em alguns locais), que, ao receberem tal gás (que deve ser muito fedido, a ponto de fazer cair os próprios narizes da planta) envelhecem, amarelam-se, deixam de exercer a sua função principal fotossintetizante e, finalmente, caem (assim aconteceu com o nariz de Michael Jackson, só que bem menos engraçado), servindo como adubo do solo. Depois disso, a planta cessa a sua produção de etileno, reservando-se um pouco no inverno para poder florescer alegremente na Primavera Verão.

[editar] Giberelina

O efeito desse hormônio faz flores como essa abirem o botão por aí
  • Nomes: Giberelina
  • Função: Engordar a planta
  • Em excesso: Obesidade
  • Em falta: Anorexia

Esse hormônio é produzido em tudo quanto é parte da planta, até em órgãos que ela não tem. Ele é parecido com o hormônio do crescimento no homem, já que se a planta não tiver, ficará anã. Esse aqui desempenha quase a mesma função do AIA, só que além de fazer um alongamento (ou deixar mais longo), ele faz a planta abrir (ui!), florescer e germinar. E é o único que faz efeitos em humanos.

Segundos dizem, é esse hormônio que usam para fazer um alongamento peniano, ou seja, deixar um japonês com o mesmo tamanho de um africano. É deixar uma minhoquinha igual uma anaconda! Como todo remédio, há efeitos colaterais. Pensou você ingerir esse hormônio e ficar abrindo o botão para todo mundo ou virar uma florzinha?? Meio perigoso.

[editar] Ácido Abscísico

Em excesso não pode! A coisa fica muito grande e não fica de pé!

Cquote1.pngVocê quis dizer: Ácido Adébico?Cquote2.png
Google sobre ácido abscísico

  • Nomes: Ácido Abscísico
  • Função: Controle hormonal plantal
  • Em excesso: A planta controla VOCÊ
  • Em falta: A planta morre de vez

Esse aqui é em forma de ácido, com a única função de regulamentar todas as partes da planta. O que as plantas fazem para o seu desenvolvimento o ácido abscísico reverte ou inibi que seja feito com exagero. Não passa de um burocrata agindo como pode para deixar a planta em ordem. Ele atua principalmente evitando que a planta cresça demais, ou seja, neutraliza os outros hormônios de crescimento. Se ela crescer demais, não vai ter força o suficiente para ficar de pé... Se a coisa não fica de pé, não tem a mínima utilidade. Não é mesmo?

[editar] Citocinina

A falta desse hormônio é desastrosa...
  • Nomes: Citocinina
  • Função: Divisão celular
  • Em excesso: Orgasmos
  • Em falta: Broxa

Esse aqui é o hormônio mais matemático do Reino Vegetal e da planta em sí (e você ainda diz que planta não pensa, quem não pensa é você), e como todo os usuários constantes da matemática, também é meio doido. Ele é é o único que faz a multiplicação das células, através da mitose, dividindo-as ao mesmo tempo, com a meiose. Peraí... Se ele divide, como é que multiplica ao mesmo tempo? WTF?

A citocinina é a melhor amiga do AIA (ou Auxina) pelo fato das duas trabalharem com a expansão do vegetal. Esse hormônio apenas auxilia no crescimento, quem pega mais no pesado (ui!) é mesmo o AIA, já que faz ter várias células de forma muito rápida (e ser rápido, até você consegue). Ele é mais rápido que um coelho com ejaculação precoce num harém, mas, como todo hormônio vegetal, tem um ponto fraco, a intromissão do ácido abscísico, que fala pra ele parar, fumar um cigarrinho e esperar a próxima vez para entrar em ação de novo.

[editar] Veja Também


Mirror2.jpg
Conheça também a versão oposta de Hormônio no Mundo do Contra:


Espelhonomdc.jpg
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas