H. P. Lovecraft

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Howard Phillips Lovecraft)
Ir para: navegação, pesquisa
EUA Falencia.jpg United $tate$ of McDonald'$

Este artigo é gringo! Não tente usar armas químicas de destruição em massa ou jogar aviões contra ele, Tio Sam agradece.

Cquote1.png Você quis dizer: HP LaserJet Cquote2.png
Google sobre HP Lovecraft

Cquote1.png Você quis dizer: HP Minecraft Cquote2.png
Google sobre HP Lovecraft
Cquote1.png Htfartophardrtttab kkllkahsyhgg! Cquote2.png
Cthulhu sobre Lovecraft, durante seu enterro

HP Lovecraft, vulgo "O Queixadinha".

H. P. Lovecraft, vulgo McLovin, foi um escritor norte-americano e também idealizador de impressoras de qualidade duvidosa. Suas obras literárias se inscreviam no gênero do gótico humorístico, inovador à época. Ficou famoso por ser o criador do monstro Cthulhu, assim como do monstro do armário, dos horrendos Teletubbies e do Bicho-Papão -muito embora este último não seja propriamente um monstro, e sim seu filho com Gumercinda, sua perereca de estimação.

Biografia[editar]

O medonho e temível Cthulhu apavorando!

Lovecraft, que sempre foi um fã das obras góticas de Edgar Allan Poe, era um mero papiloscopista da perícia médica da polícia de Rhode Island, antes de se dedicar à literatura. Foi exatamente o ambiente da necrópsia que o proporcionou temas e personagens para a criação de sua própria e peculiar escrita. Em 1910, quando Lovecraft contava com 20 anos de idade, os médicos se deram conta de que o livro com o registro dos óbitos havia sido furtado de lá: o que não sabiam era que seu jovem e esquizofrênico visionário ajudante havia afanado o objeto, convicto de se tratar do livro dos mortos egípcio, o Necronomicon. Em casa, Lovecraft se dedicou a vários rituais de magia negra com o seu Necronomicon, com o intuito de criar seu próprio exército de zumbis para dominar o mundo.

Lovecraft também queria uma noiva, e para isso buscou dar vida ao cadáver pelo qual se apaixonara no IML, quando estava sozinho no lugar (embora sentisse que não era correspondido...). Dessa experiência macabra resultaram os livros A Tumba e O Festival. Lovecraft chegou a trabalhar como jornalista, período durante o qual conheceu Sonia Greene, com a qual se casou. Foi morar em Nova York com a esposa, mas não se adaptou. Curiosamente, o casamento exigia que Howard tivesse a capacidade de erigir seu pênis -o que lhe era muito dificultoso -e o divórcio não demorou a ocorrer. Muitos atribuem essa dificuldade corporal à poiquilotermia, uma doença que tornava frio e necrosado o tecido da pele de Lovecraft, consequência de suas experiências exóticas no cemitério local. Em 1937, com 46 anos de idade, Lovecraft viria a falecer, vítima de um câncer no intestino, causado pela ingestão contínua de urânio há dez anos atrás. Lovecraft acreditava que poderia se transformar em um monstro alienígena radioativo através dessa dieta.

Bibliografia[editar]

  • A Tampa da Privada Maldita (1920)
  • Aprisionados pelo Persa (1923)
  • Aprisionados nos Faróis (1924)
  • O Horror em Beddrock (estrelando Fred Flintstone - 1925)
  • O Chamado de um Cu (que teria inspirado a roda escura do filme "O Chamado" - 1926)
  • Assento Frio (documentário sobre o estado dos banheiros públicos de Providence - 1926)
  • Nas Colinas Verdejantes com os Telettubies (??? - obra-prima do horror)