Hyrule

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Triforce! Hyrule tem a ver com Zelda!

Não entre se você ainda não pegou o Spinner!

Parabéns! Você achou uma mensagem subliminar!
Cquote1.pngVocê quis dizer: Terra do numcaCquote2.png
Google sobre Hyrule


●Hyrule and other terms are trademarks of Nintendo Corporation
●HyruleТМ
●Hyrule

Hyrule flag.jpg Hyrule coat of arms.jpg
Bandeira Brasão
Lema: Viva o herói do tempo!
Hino: VIVA!!
Hyrule map 2.jpg
Capital Hyrule Town(1)
Kakarito Village(2)
Maior Cidade Kakariko Village
Língua Inglês, gerudo e japonês, além de umas inscrições que você não consegue ler sem um item chato.
Tipo de Governo Monarquia
Pessoas razoavelmente importantes Sábios.
Heróis Nacionais Shigeru Miyamoto
Independência Há pouco tempo atrás.
Moeda Rupies
Religião Triforcismo
População 5 mil (4.997 são donos de lojas)
Área  ? (5% de água)
Analfabetismo 4%
PIB per Capita 3 USD/hab.
IDH 0.?
Fuso Horário +666
Clima Varia de acordo com o toque da ocarina.
Site do Governo Hyrule.gov.hy



Hyrule (pronuncia-se Rairule) é a terra mágica e encantada onde acontecem 8486% dos jogos The Legend of Zelda.

Desde sua criação este envolvido em conflitos com o país vizinho de Terminal rodoviários para saber qual é o mais desenvolvido, rico e próximo dos EUA, mas até agora não conseguiram chegar num consenso.

Hyrule é uma terra em transe mutação, sendo que pode mudar radicalmente de um jogo para o outro. E sempre vai parecer outro lugar, sendo que os jogadores já estão tão acostumados com o lugar que andam mais familiarmente por lá do que pela própria casa.

Tabela de conteúdo

[editar] História

[editar] Criação

O líder dos orcs gorons parcialmente caçadores de elfos.

Hyrule foi, como tudo na série de jogos, formadas pela Santíssima Trindade Zeldística: Din, Farore e Nayru, para abrigar o triângulo escaleno de 90º divino.

Originalmente, ela só serveria para isso. Contudo, um grupo de elfos refugiados de Senhor dos Anéis chegou em Hyrule e começou a estragar toda a criação das deusas, construindo aterros sanitários e demais lixos por toda a província. Como a terra já havia sido abandonada pelas deusas, que partiram para outra, os elfos deitaram e rolaram na terra abandonada.

Depois, o líder dos elfos, chamado Shigeru Miyamoto, proclamaria a independência do lugar, chamando-o de Hyrule. Como continuavam a serem perseguidos pelos orcs de Sauron, resolveram mudar o nome da raça, de elfo para hylian, que significa nunca vão nos encontrar!!!, e passaram a adotar o culto as três deusas para disfarçar ainda melhor.

Realmente, pouco depois os orcs chegaram em Hyrule procurando os elfos, mas como eram burros, estão até hoje por lá procurando, mas também adotaram um disfarce como os elfos:eles viraram gorons.

[editar] A Guerra de Hyrule

Algum tempo depois da chegada dos orcs, os demais figurantes, coadjuvantes e seres sem importância de Senhor dos Anéis também chegaram procurando os elfos. Quando os encontraram, iniciaram uma guerra.

Os orcs retardados acabaram lutando contra os antigos aliados. Contudo, um guerreiro, com medo de morrer, pegou a mulher, o filho (adivinha quem era ele?) e saiu fora, deixando o resto dos elfos lutando sozinhos. Eles chegaram naquele parque estadual onde o Maníaco do Parque fazia suas vítimas e acabaram se instalando lá.

Protegidos pela arvorezona Baba Deku, ficaram morando por lá, até o dia em que o guerreiro e sua mulher desapareceram. Não há nenhum grande motivo por trás disso, apenas que todo herói tem que ser solitário, sem pais nem nada.

Como Link era o herói, os produtores se livraram dos pais dele sem explicação.

[editar] Mais refugiados...

Pouco depois do fim da guerra, começaram a chegar novos imigrantes ilegais. Os mexicanos, cansados de atravessar a fronteira com os EUA, se mudaram para Hyrule e se sentaram assentaram num deserto.

Como se não bastasse, a Caravana da Tequila era formada inteiramente por prostitutas de um bordel falido. Curiosamente, elas conseguem se reproduzir, e a ciência ainda não explicou isso.

Pouco depois, também chegariam os Zoras, refugiados da poluição de Cubatão e torcedores do Santos, se instalaram em uma caverna cheia de água, e cultuam Free Willy como deus.

[editar] Geografia

Hyrule por si só é uma aberração. No OoT, a gente só via-a a partir da fonte, ou seja, circuncisando circulando tudo, fazendo a câmera girar, deixando o jogador puto e tonto. Até no A Link to the Past o ângulo era melhor. O reino é formado pelas partes industrializada mais ou menos desenvolvidas e pela parte nem um pouco desenvolvida, também conhecida como Hyrule Field.

[editar] Cidades

[editar] Hyrule (dã)

A cidade de Hyrule é estranha porque você pensa que as pessoas só moram em lojas: praticamente não existe nenhuma residência. E, para piorar, de noite existe uma horda de cachorros que ficam sujando a cidade e estragando os monumentos da cidade: uma fonte. E também existe uma apelação psicológica: o castelo onde vive o rei Daphnes (baseado em Daphne, do Scooby Doo) é separado da cidade, como se o rei fosse algo especial. Foi a mesma tática usada por aquele reizinho da França.

[editar] Gothan Goron City

Panorama de Goron City

Lugar onde os orcs gorons se instalaram para procurar os elfos hyruleanos. Não passa de um buraco em uma montanha aleatória, sem importância nenhuma. A única coisa legal é um vaso onde você joga bombas e explode sai umas moedas. Fato estranho: um goron maluco rolando feito louco só para te sacanear, e quando você vira adulto ele está menor. Isso se deve por causa do atrito provocado entre a pele impermeável dele e o chão de calcário.

[editar] Ordon

Cidadezinha no fim do mundo onde Link começa alguns dos jogos. Tem alguns caipiras e vacas rebeldes que te fazem ficar uma hora que nem um idiota correndo atrás delas.

[editar] Zora's Domain

Uma caverna cheia d'água, onde ficam os peixes cubatenenses. Aqui, existem tochas detrás da cachoeira, esperando que você passe com fogo debaixo da queda d'água. Procurando um pouco, você encontra o rei Faustão II. Mas nada comparado ao deus deles, uma baleiona supernutrida que confunde Link com ração e acaba engolindo-o (lá dentro, ele acaba combatendo um câncer dela). A princesa do reino é uma patty retardada que quer se casar com Link a qualquer preço.

[editar] Kakariko Village

Nem cidade é: foi fundada pela Impa para porra nenhuma. Ela ainda estava em construção quando Link chegou lá, e serve de abrigo para os hyruleanos depois que Ganondorf assume o poder. É lá que fica o Poço do Cão, onde Link deve ir para pegar uma luneta macumbada que te faz enxergar espíritos. Outra coisa interessante de Kakariko é a musiquinha o cemitério, onde você pode pegar de um carro importado até dois carros importados, com a ajuda do coveiro corrupto. É em Kakariko que ficam as famosas mamonas galinhas assassinas.

[editar] Hyrule Field

Hyrule Field, nos sonhos dele.

Hyrule Field é a única planície dos mundos (real e virtual) que não é plana. O campo também possui outras coisas estranhas, que até em games ficam estranhas, por exemplo:

  • Abacaxis gigantes voadores.
  • Fantasmas aparecem de dia.
  • Esqueletos aparecem de noite.
  • Cercas separam nada de lugar nenhum.
  • Apesar de ser o campo, só existe uma fazenda, e medíocre.

Excluindo essas informações, Hyrule Field é importante porque possui conexões com outras partes estranhas do reino.

[editar] Gerudo Valley

Lugar onde os imigrantes ilegais mexicanos se assentaram. Dá para preceber só pela música. Acabou se tornando um grande puteiro, devido à grande presença de putas(óbvio). É aonde Link precisa ir para chegar no Saara, e terra natal de mano Ganondorf(embora isso não o torne mais importante).

[editar] Zora's River

Cópia menos poluída do Rio Tietê, é o caminho que leva para o Sea World. Tem um bocado de monstros esquisitos cuspidores de pipoca para te atrapalhar no caminho. Zora's River é interessante porque não possui nada, e os peixes humanóides fazem questão de mostrá-lo que lhe pertence. Para entrar no reino dos Zora, é preciso tocar "Garçom", do Reginaldo Rossi, em uma catarata.

[editar] Lon Lon Ranch

Projeto mal-feito de fazenda administrada por uma gostosa que trabalha rodando a bolsinha e o pai lesado dela. Possui mais daqueles pássaros malditos de Lake Hylia. Depois de viajar nas drogas no tempo, a fazenda passa a ser administrada pela versão mundocontreana do Luigi(Que te enfiou o cabide), irmão do Mário(Que te comeu atras do armario). Enganado pela prostituta, Link acaba destituindo o sujeito do poder, quando ele prometia modernizar o rancho e implementar novas culturas. Como prêmio, Link fica com a égua do rancho, mas ele queria outra coisa.

[editar] Maravilhas Naturais

Hyrule possui diversas maravilhas naturais, mas apenas duas são importantes, uma represa hidrelétrica e um Everest estranho.

[editar] Lake Hylia

Lake Hylia. Precisa dizer mais?

Onde fica a entrada pro Water Temple, não existe nada de interessante ou legal por lá, só um lugar onde você pode brincar de pescador, que nem naquele programa do SBT: você pega o peixe e depois solta sem querer. Devido ao acúmulo de água, é considerado a maior área de preservação de mosquitos da dengue dos mundos (real e virtual). Por causa disso, sua população é reduzida a aranhas azuis puladoras, corvos ladrões e um cientista maluco.

[editar] Death Mountain

Vulcão safado onde ficam a Goron City e o templo do fogo. Também é onde fica o ferreiro Goron, que vai te dar o cortador de grama supremo do jogo, a Espada Biggoron. Tirando isso, não tem nada demais.

[editar] Kokiri Forest

Espécie de mata Atlântica da região, onde moram os moleques que não crescem. Esta parte da floresta é tão merda que Link preferiu abandoná-la e correr risco de vida do que ter uma vida aparentemente segura aqui. Tem Tinha como prefeito uma árvorezona que morreu de dengue. Ao lado tem Lost Woods, um bosque com uma enorme plantação de maconha.

[editar] Lost Woods

Floresta Amazônica misturada com labirinto inspirada no Acre, é capaz de te matar de raiva antes dos monstros. O nome Lost Woods(em português, Árvores Perdidas) faz referência ao fato de ninguém encontrar uma árvore na floresta (?). Alguns fanáticos acreditam que pode ser a fronteira entre Hyrule e Termina, mas eu nem me importo.

[editar] Etnia

Hyrule possui diversas etnias dentro de seu território, sendo um dos pontos fortes da região. Na verdade, isso significa que ele é cheio de esquisitices e mutações. Existem coisas que aparecem em uma determinada versão do jogo, mas na outra já não aparece mais, denunciando uma das piores coisas que poderia acontecer, a limpeza étnica, o que denuncia que os criadores do jogo são porcos racistas, ignorantes e antinordestinos.

[editar] Composição étnica

Como citado acima existem etnias que aparecem em um jogo e, durante a preparação para o outro, são exterminadas, vamos listar apenas as etnias que já passaram pelo país e depois as porcentagens atuais.

[editar] Humano

Não existem muitos humanos (também conhecidos como pessoas ou gente). As únicas pessoas em toda a série de jogos são as Gerudo.

[editar] Poe

Um poe.

Também conhecido como "fantasmas", não tem muita utilidade. O máximo que te ajudam é quando você mata todos e ganha uma garrafa vazia; mas te atrapalham bastante. A maior presença deles é no cemitério de Kakariko Village, sendo liderados pelo coveio corrupto Dampé.

Sua composição química é desconhecida, mesmo tendo sido pesquisados por especialistas do gênero.

[editar] Zora

São os peixes que entraram em contato com a poluição de Cubatão e foram rejeitados pelo mercado, por isso saíram vagando o mundo em busca de uma clínica de reabilitação. Quando chegaram em Hyrule, infectaram o rio de lá. Como castigo, foram banidos para dentro de uma cachoeira e condenados a 3000 anos de trabalhos comunitários.

[editar] Goron

Martelo mágico construído pelos gorons para.. hã... sei lá...

São os orcs que vieram caçar os elfos. Burros como pedras, acabaram se disfarçando disso para procurarem os elfos em paza. Instalaram-se dentro de um vulcão, sendo que depois foram ameaçados de expulsão pelo síndico por não pagarem o aluguel. Conseguiram convencer Link de que o síndico era do mal, consequentemente Link o matou e os gorons/orcs não precisaram mais se preocupar om as taxas de aluguel.

[editar] Hyliano

Perseguidos pelos orcs de cima, acabaram se refugiando em Hyrule, onde deram início ao desenvolvimento do lugar. A maioria da população é composta deles. Tmabém não são muito espertos, visto que não conseguiram perceber que os orcs também estão por aí.

[editar] Minish

Foram sucesso na versão Minish Cap. Moravam na Floresta Minish, mas com a poluição gerada pelos zoras no rio que ia desembocar na floresta minish, acabaram sendo exterminados. Como eram muito pequenos, eram confundidos com mosquitos e os poucos que oravam na cidade também foram mortos. Ninguém se deu conta da falta deles.

A economia de Hyrule é tão avançada que o governo já está investindo em caças.

[editar] Kokiri

Os kokiris foram baseados no Peter Pan: crianças que nunca crescem. Por ser uma criança que cresce e também por não ter uma fada de estimação, Link era sempre excluído das rodas de conversa kokiris. São protegidos pela árvore grandona que morreu de agrotóxicos e parasitas, e atualmente tentam criar uma transgênica.

[editar] Animal

Os animais são bastante importantes na história de Hyrule, primeiro por serem mais inteligentes que a maioria das pessoas; segundo por serem boa fonte de renda ao serem mortos. O mais importante, sem dúvida é o corujão, mas existem diversos animais, a maioria morríveis:

[editar] Deku

Plantas de maconha alteradas geneticamente para ganharem vida pela Doutora Júlia. São incrivelmente ambíguas: ficam cuspindo coisas em você, mas se você rebate uma das cusparadas neles, podem lhe arranjar muamba baratinha. Curiosidade: a árvore que te ajuda no começo também se chama Deku, mas a maioria do resto que tem deku no nome te atrapalha. Por quê?

[editar] Porcentagem de etnias atualmente

[editar] Economia

Mas parece que o Exército inimigo também... Mas é uma coisa que não se vê todo dia.

Hyrule possui uma economia bastante desenvolvida, o que faz com que seus habitantes tenham uma elevada renda per capita. Por causa disso, ocorre desperdício de dinheiro, o que faz com que sejam encontradas moedas valiosas em locais impensados, como na grama, em buracos cavados no chão, em caixas dentro de baleias gigantes. Não se sabe onde Link guarda o dinheiro que carrega.

As principais atividades econômicas são realizadas em Hyrule Town, espécie de 25 de Março e tão apinhado de lojas que te faz pensar que não tem casas lá, só estabelecimentos comerciais. Mas também existem lojas em lugares variados do jogo, chamadas de shops, sendo que você chega lá querendo comprar algo útil, mas não encontra. Cada etnia parece ter uma shop.

O pior shop é o das máscaras. O tio te usa como vendedor pra vender somente 987% da mercadoria dele e a recompensa é uma porra de máscara com o mesmo símbolo da lupa macumbada. Só que, ao contrário da lupa que faz o Link ter alucinações, a máscara faz com que ele pense que as pedras são amigos imaginários que contam fofocas. Sem a mascara, as mesmas pedras mostram as horas, se enterram, explodem, encolhem, contam até dez e decolam, dão piruetas, mudam de cor, etc.

[editar] Principais atividades econômicas

[editar] Política

Hyrule é um território monárquico, ou seja, não é democrático. O ditador atual, Daphnes XYZ, está no poder a décadas, desde que o primeiro jogo foi lançado.

Em Hyrule também existem Cogumelos Alucinógenos!

A população não tenta instaurar uma República porque o governo diz que, com a república, os comunistas tomarão o poder; por isso, a monarquia ainda vigora. Apesar disso, existem muitos partidos políticos em Hyrule que tentam instaurar a democracia.

[editar] Partidos políticos de Hyrule

[editar] Coligação do Bem

  • P.H.T. - Partido do Herói do Tempo
  • P.C.T. - Partido Conservador Triforcista.
  • P.F.D.N. - Partido Farore, Din e Nayru.
    • Conta com a participação dos seguidores de Farore,Nayru e Din.Dekus,Kokiris,Gorons e Zoras apoiam esse partido.
  • F.D.P. - Fundação Defensores da Princesa.Atualmente como sindicato, espera aprovação do Congresso.
    • Partido composto por todos os soldados do Castelo que querem se tornar viados vereadores.

[editar] Coligação do Mal

  • P.P.G. - Partido Progressista Ganondorfiano.
    • Partido composto por Ganondorf e os seus soldados.
  • P.Q.P. - Partido "Queremos o Poder!".
    • Além de também ser apoiado por Ganondorf,é apoiado pelos Gerudos e os Dekus traídores.
  • P.C.B.H.- Partido Comunista Bolchevique Hyruleano(até aqui!!), partido apoiado pelos carpinteiros e pelos Gorons que depois de ser expostos a cor vermelha formaram uma República Socialista Soviética Goron naquele buraco que eles chamam de cidade e agora apoiam o partido para uma revolução hyruleana

[editar] Lazer

Em Hyrule, o que não falta é lazer (também conhecido com diversão, farra ou putaria). À noite, você pode se divertir caçando esqueletos em Hyrule Field, sendo que caçar significa ficar parado e esperando eles te atacarem. De dia, no mesmo Hyrule Field, você pode matar fantasmas (?) e conseguir garrafas impermeáveis, super práticas e que não quebram. Matando os fantasmas nesse momento, você ainda pode adquirir uma incrível tampa de caneta mastigada. Mate já!

Além disso, você pode gastar dinheiro em lojas na cidade fazendo gincanas horríveis para conseguir pedaços de pau, flechas ou bolinhas de gude, sendo que você pode conseguir isso de graça no mato.

Mas a maior diversão continua mesmo sendo a matar monstros.

[editar] Monumentos

Os principais monumentos de Hyrule são os templos, onde você entra, mata os monstrões e sai de lá com bijuterias para deixar Zelda contente. Apesar de serem atrações turísticas, os templos não cobram entrada, você só precisa tocar uma música para entrar. Os templos são...

[editar] Forest Temple

Lugar escondido na Lost Woods, sendo que você desperdiça metade dos corações tentando chegar nele. Para este templo, é necessário ter muita inteligência, tornando-o o 2º mais difícil.

Este templo possui um passado horrível: foi lar do Bandido da Luz Vermelha, por isso todos os habitantes são fantasmas, incluindo o chefão do lugar Ganon from Hell.

Ao matar o fantasma, você consegue o medalhão verde, uma bijuteria tão lascada que nem o Medalhão Persa teria coragem de vender.

[editar] Fire Temple

Link dentro do Fire Temple

O Fire Temple é localizado em Death Mountain, sendo que para chegar lá você só precisa empurrar uma estátua e empurrar uma pedra. Este templo é igualmente terrível e entediante, portanto, é recomendável que você vá com um mapa.

Na verdade, este templo é apenas o escritório do Volvagia, o síndico de Goron City. Os gorons enganam Link a ponto de ele achar que Volvagia é do mal. Como Volvagia foi morto, os gorons não precisam mais pagar aluguel.

Em recompensa, Link ganha outro medalhão.

[editar] Water Temple

Mapa do Water Temple: não se sabe como fizeram isso.

O templo mais apelão e difícil, é mais fácil parar um trem com a mão do que sair dele.

Chega-se lá depois de conseguir um equipamento de mergulho com Steve Irwin, tornando a aventura mais emocionante. Esse templo foi construído de modo que a pessoa pudesse aprender a nadar na marra, correndo o risco de perder corações, algo bastante arriscado.

Para completar a missão, ou seja, pegar mais um medalhão, você enfrenta uma água viva possuída com o espírito de Irwin, que está puto por você ter dado o calote nele.

[editar] Shadow Temple

Depois de ir para o fundo do poço, literalmente, você vai pro centro espírita do lugar.

Utilizando uma lupa macumbada, você é capaz de ver as aparições e demais entidades. Este templo também possui um passeio de barco. O curioso é que, por ser cheio de espíritos e espíritas, o nome deveria ser Spirit Temple, mas uma confusão dos construtores ocasionou uma troca dos letreiros dos templos.

Você mata um monstro encarnando Chico Xavier e ganha mais um medalhão, para variar.

[editar] Spirit Temple

Este templo não é lá grande coisa, sendo que você acha difícil se for um retardado. A única coisa legal nesse templo são as novas luvas que você ganha, tornando possível levantar blocos gigantes, caminhões, continentes e galáxias.

Este templo é o único onde o chefe é um 2 em 1, duas bruxas gêmeas velhas lésbicas, que se fundem em uma gostosa de 20m de altura para tentar vencê-lo. Em vão, se você for esperto.

[editar] Polêmica Hyrule X Termina

Uma coisa que deixa qualquer fã de Zelda com dor de cabeça é a discussão de que reino é melhor: Hyrule ou Termina. Existem muitas teorias que favorecem ambos os lados, e listamos aqui as principais.

[editar] Pontos a favor de Hyrule

  • Nome à prova de piadinhas idiotas.
  • Mais mulheres por metro quadrado.
  • Você não precisa percorrer tudo em apenas 3 dias.
  • Não existem aqueles ratos com bombas no rabo.
  • Você não precisa usar máscaras de carnaval.
  • A lua não te trai fica quietinha no seu lugar.

[editar] Pontos a favor de Termina

  • Tem um relógio, ou seja, da para ver as horas de um modo que não seja vendo o Sol se mover.
  • Não existem galinhas assassinas.
  • O rancho é mais desenvolvido.
  • Não existe monarquia: as pessoas votam nos governantes.

[editar] Ligações externas

Link e o péssimo atendimento nas shops.


v d e h
The Legend of Zelda
Zelda 2005 link art new hobby consolas.gif

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas