Idade do Bronze

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
T-rex.jpg
Este artigo ou seção de artigo trata do passado. A partir daqui, só os dinossauros, o Dom Quixote e outros fanfarrões da idade média ou da pré-história estavam presentes.
O Brasil e seu futebol na eterna Idade do Bronze.

Cquote1.png É Bronzeeeee, é do Brrrrrrrrrrrrraaasilllllllllll! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre a Idade do Bronze brasileira que até hoje se perpetua nas Olimpíadas.
Cquote1.png Que coisa mais out, prefiro a idade do ouro e diamantes, honey. Cquote2.png
Paty sobre Idade do Bronze.
Cquote1.png Essa idade é quando você fica bronzeada. Cquote2.png
Piriguete sobre a Idade do Bronze.

Idade do Bronze é mais um dos diversos momentos históricos pelo qual a humanidade passou e que recebeu outro nome absurdamente tosco por parte dos historiadores que gostam de ficar dividindo a história para poder fazer mais capítulos em seus best-sellers de banca de jornal e sebos.

O Bronze[editar]

Arte em Bronze, típico da época.
60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Idade do Bronze.

O Bronze é um metal desenvolvido após a complexa equação de:

Cu + Sn = Bronze

Essa mistura ocorre sob alta temperatura e libera quilos de radiação gama e, até mesmo, radiação delta. Após o processo da mistura do Cobre (Cu) com o Estanho (Sn), surge um novo metal, mais forte e resistente, isso até você precisar dele como escudo que aí sim quem o usar poderá ver outra propriedade do Bronze: a maleabilidade.

A Idade do bronze inicia-se quando a humanidade passa a utilizar... O bronze! Para qualquer coisa, desde armas e arados até brinquedos infantis e adultos. O Bronze ganhou espaço na metalurgia da antiguidade desbancando o Cobre puro que é uma merda e só serve para fazer fio. No entanto séculos depois o Bronze perde espaço para o ferro que se mostra mais indicado para a fabricação de panelas.

Avanços da época[editar]

De uma forma geral, pode-se dizer que a Idade do Bronze foi a mais de cinco mil anos atrás, isso variando de um lugar ao outro, o bronze surgiu na Tailândia por volta de 3300 a.C. e só chegou ao Brasil nas Olimpíadas. Cada povo descobriu o bronze em um momento, o que diferencia cada Idade do Bronze, mas existem características muito comuns nessa época a todos os povos.

  1. As cidades não existiam — Na era do Bronze não haviam formações urbanas, o máximo que haviam eram aldeias muradas, parecidas com um feudo de 5ª categoria, no entanto a maioria das aldeias eram abertas e sofriam saques diários cada vez de um povo vândalo diferente.
    Observe como o Bronze é incrível e como uma armadura desse material é fantástica.
  2. A agricultura dava dinheiro — Nessa época em que não havia indústria e eletricidade, quando a pornografia ainda não reinava absoluta entre os adolescentes, traduzindo, quando a vida era absurdamente monótona, a agricultura era a única fonte de riqueza conhecida.
  3. Nascem os heróis — Passaram a existir os primeiros Cavaleiros do Zodíaco, sendo todos de Bronze e com armaduras esfarrapadas, pareciam mendigos em vez de defensores da justiça, os de prata, ouro, diamante e urânio só viriam depois.

O fim[editar]

A Idade do Bronze chega ao fim lá em 1700 a.C., quando a mulherada cansada das mesmas joias sempre com aquela cor amarronzada puseram um fim a essa moda, inaugurando a Idade do Ferro, que é quando os machos da espécie subjulgaram as fêmeas e as mandaram para a cozinha lavar panelas de ferro e passar roupa, situação essa que se manteve intacta até o sexo feminino decidir se rebelar e queimar sutiãs lá no século XX de nossa era.

Ver também[editar]


Prehistoria2.jpg
Partes da História
v d e h

Divisão positivista clássica: Pré-História (Pedra - Cobre - Bronze - Ferro) - Idade Antiga - Idade Média (Baixa - Alta) - Idade Moderna - Idade Contemporânea - Idade Pós-Contemporânea

Divisão de modos produtivos: Primitivo - Oriental - Colonial - Escravista - Feudal - Mercantil - Capitalista - Socialista - Comunista - Alienígena