Iguatu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Igual a tu? Cquote2.png
Google sobre Iguatu
Cquote1.png Você quis dizer: Iguatu Cquote2.png
Google sobre Iguatu
Cquote1.png Lá se faz estágio antes de ir para o inferno, para ir se acostumando com o calor. Cquote2.png
Caronte sobre Iguatu
Cquote1.png É um cu de cidade. Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Iguatu
Cquote1.png É muito longe, não dá pra ir no Aero-Lula. Cquote2.png
Lula sobre Iguatu
Cquote1.png Meu ganha-pão. Cquote2.png
Faxineiros do IFCE sobre Iguatu
Cquote1.png Que mulesta é essa?. Cquote2.png
Cearense sobre Iguatu
Cquote1.png Que porra é essa?. Cquote2.png
Paulista sobre Iguatu
Cquote1.png Foi onde eu perdi as botas. Cquote2.png
Judas sobre Iguatu
Cquote1.png E isso é uma cidade é?. Cquote2.png
Habitante da capital sobre Iguatu
Cquote1.png O nosso ensino é uma merda é bonzinho. Cquote2.png
Iguatuense sobre Iguatu
Cquote1.png Tô cagando um monte pra esta cidade Cquote2.png
Ricardo Teixeira sobre a importância da cidade no cenário do futebol

Cedro é um vilarejo que localiza-se na Região Centro-Sul do Ceará. Clima bom para se assar carne em calçadas, mas, calma: Apesar de ser menor que o estádio do Maracanã, não morrem menos de 5 cinco por dia (só de facada). Este município muito peculiar, como todos do estado do Ceará, tem a sua população composta não apenas de comediantes e vendedores de redes, como se espera de todo cearense que se preze, mas também, é visto por aquela terra, homens famosos por nunca terem sido lembrados pela história.

História[editar]

Restaurante chique e luxuoso de Iguatu

Na região onde hoje localiza-se o Iguatu, inicialmente foi habitada por índios que não tinham mais o que fazer (como é de se esperar de um legítimo índio) e como estavam cansados de morrer de sede em outros lugares, mudaram para lá em busca de uma caninha boa. Iguatu é uma região cheia de boas lagoas, tão bonitas como um bocal de uma caneta BIC estourada e muito bem cheirosas como tal qual (deve ser por isso que atraíram os índios cachaceiros), sendo seu aroma semelhante ao que deve ter sido exalado pelo corpo do Michael Jackson que, depois de morto, esperou mais de uma semana para ser enterrado. Sim, pois a lagoa (que ao exemplo do urubu que aguarda a carniça vorazmente) é sempre rodeadas de gatos para fisgar um peixinho, que de vez em quando dá bobeira e aparece morto boiando na água.

Outro fator histórico para Iguatu é que o atual mandatário da cidade já levou para a câmara de vereadores um projetício de lei, na qual a partir do ano de 2052 (ano no qual será reeleito pela 17ª vez como prefeito da cidade), a alteração da bandeira municipal. Esta será semelhante a bandeira nacional, mas invés de "Ordem e Progresso", constará na bandeira: "Ordem de Serviço". Isto deve-se ao seu grande feitio de ter atualmente, cerca de 223 obras em andamento, sendo que 220 são praças públicas e que, provavelmente, se estenderá até o ano de aprovação do projetício de lei pelos labutantes vereadores. O próximo projeto do poder municipal é instalar praias às margens do rio Jaguaribe, com areia importada do litoral do Piauí ou de Minas Gerais, pois a cidade já é bastante iluminada (o que atrai muitos turistas) no natal e o projeto de instalação de praia é mais um atrativo turístico da região e gerador de renda para os seus milhares de agricultores sem assistência em períodos de seca.

Por ser o pólo psico-sócio-econômico-cultural de sua região, a cidade de Iguatu exerce uma força sobre os municípios limítrofes (como Cedro, Cariús, Icó, entre outras) que dependem economicamente dela. Iguatu foi presenteado com um grande incêndio em uma de suas masmorras (A tuboforma). Muitos acreditam que o incêndio resultou de um pacto com Satan mal-sucedido realizado pelo alto escalão da empresa, outros dizem que foi um efeito-colateral normalíssimo, devido a temperatura amena da cidade. Recentemente houve a parada gay em Iguatu, que contou com a participação apenas das ovelhas negras de cada família juntamente com os alunos do curso de enfermagem, já que no município só existem cabras machos.

Clima[editar]

O clima é ameno, com agradáveis 51°C na sombra. À noite é um pouco mais abafado, principalmente nas casas onde não possuem ventiladores, item indispensável para o "Iguatuan way life" (traduzindo para o português "modo de vida iguatuense"). As poucas árvores são os únicos refúgios que os iguatuenses podem contar, seriam o ideal se tivessem folhas. Em Iguatu existe uma grande biodiversidade, com animais de todas as espécies, como podemos ver lagartixas, gatos-de-rua, vira-latas, tiús, preás e gambás, que é o rei da selva iguatuense. Ainda sobre a "flora iguatuense" podemos citar a grande quantidade de matos de várias espécies, tais como capim, vassourinha e dente de leão, que proliferam de forma impressionante em logradouros públicos e praças. No entanto, já sabemos que há estudos na faculdade de biologia da USP, para identificar porque esses exóticos vegetais surgem praticamente do nada, da noite para o dia na paisagem urbana da "rainha do ouro Branco". Dizem alguns curiosos que as palmeiras facilitam a circulação do denominado 'Vento do Aracati', que todas as noites, de julho a dezembro "invade " a cidade, porém, outros afirmam que são árvores que proporcionam muita sombra o que de certa forma, ameniza os efeitos do terrível calor que tanto nos incomoda. Ah! que saudade da sombra das Mangueiras, dos Oitizeiros da praça da estação, dos pés de Castanhola da Praça do Cine Alvorada, do Colégio Adail Barreto... Continuo acreditando que essas palmeiras são Fitoparasitas infiltradas no nosso Bioma da Caatinga. Prefiro dizer (catinga) dos esgotos lamacentos e fétidos que teimam em transbordar nas ruas dessa mais bela cidade do Planeta.

Economia[editar]

Como toda cidade do Nordeste brasileiro, esta é muito rica, deixando para trás grandes centros como Nova York e Tóquio.

A economia é pujante, principalmente quando se fala no comércio de rapaduras e meiotas de 0,25 centavos. Outra grande atividade exercida é o mototaxismo deliberado. A estimativa é que exista pelo menos 2 moto-táxis para cada habitante. Outra grande impulsionadora da economia de Iguatu é o campo de concentração da Dakota, indústria que usa o pretexto de dar empregos para acobertar o trabalho forçado e depois transformar os seus escravos em sabão. O restante da economia é composto por Bolsa Família e Aposentados.

Transportes[editar]

Pedestre atravessando durante o sinal verde

O sistema de transportes do Iguatu conta com uma frota de motos dos anos 90, que ao contrário do que todos pensam, composta apenas de 98,4% de todos os veículos que contém motores mecânicos, pois as carroças são as prediletas dos iguatuenses. Existe até um projeto futuro para que se possam também regular a profissão de carroço-taxista, atividade também desenvolvida pelos seus habitantes. Os motoristas são muito respeitadores. É bicicleta querendo passar em cima de pedestre, moto em cima de bicicleta, carro em cima de moto e por fim, os caminhões em cima de tudo.

Sem falar que não existe mais vaga para estacionamento de moto, a não ser pra moto-táxi umas 300 vagas. E o resto que leve multa do Demutran, colocando as motos nas calçadas do povo e em qualquer buraco.

O jumentódromo é também, além das 220 praças em construção, outra importante obra em andamento pois, além de utilizar um animal quase sem utilidade para outros lugares nos tempos modernos esse precioso animal(jumento) vai servir como importante meio de deslocamento da maioria da população através de suas imensas ruelas escuras. Vale salientar que as suas fezes ao mesmo tempo servirão de adubos para o mato que enfeita os canteiros das ruas e praças e jardins ao estilo europeu-suiço.

O trânsito municipal controlado pela PM é considerado, assim, modelo para exportar a diversos países de primeiro mundo. As carroças serão todas emplacadas e proibidas de circular à noite como em Roma Antiga e durante o dia podem até estacionar em frente à prefeitura para pagar o pedágio. Haverá velocímetro para cada um delas, pois a lei que regulamenta esse antigo meio de transporte já foi aprovada extraordinariamente pelos laboriosos sanguessugas da Câmara Municipal e o burro que exceder a velocidade será multado em Mil Réis. Será construído também em breve um Metrô todo subterrâneo ligando o suposto bairro Suassurana a José de Alencar que passará a 27 metros de profundidade abaixo do rio Jaguaribe. Considerando que essa obra é muito necessária pois há um trafego de pessoas calculado diariamente em torno 150 passageiros entre os dois distrito todos os dias.

Educação[editar]

Estagiários iguatuenses.

Iguatu possui alguma faculdades como URCA, IFCE, UECE e UVA. Esta rede de universidades muito bem equipadas e altamente munidas de bons livros contando com estudantes muito aplicados. Explicando as citações acima podemos notar que realmente os livros são tão bons que até as traças leem.

Os estudantes conseguem ficar até o final da aula e resistem bravamente, até as últimas forças ao chamado do bar. Dentre as atividades desenvolvidas pelos estudantes como trabalho de pesquisa, podemos encontrar: Pesquisa de como dosar pinga na quantidade certa ao ponto de se embriagar e não ficar com seu cu sem dono (desenvolvida pelos estudantes de Mecatrônica); Construir carrinhos de brinquedo e fazer leds piscarem (também desenvolvida pelos estudantes de Mecatrônica; Somar quantas bicicletas e motos existem na cidade. Atividade desenvolvida junto a prefeitura, órgão que é o principal responsável pela exportação do dinheiro dos iguatuenses. (atividade desenvolvida pelos alunos de Matemática); Fazer dominós com números, que serão oferecidos para o ITA e caso eles não queiram serão oferecidos para o MIT (atividade desenvolvida pelos alunos de Matemática)

Dentre os cursos mais significantes, oferecidos pela cidade, constam:

Lazer[editar]

Iguatu reserva para seus vistantes um "estádio" de primeiro mundo (não vai sediou a Copa de 2014 por pouco) e nele jogam os times de vários sítios da cidade,inclusive o time municipal, que atualmente conta com grandes craques e se encontra em 19º lugar da 38ª divisão do Campeonato Cearense.

A noite em Iguatu, (se você atreve-se de sair) é o habitat natural do usuários de crack, mesmo assim a população se arrisca para não perder as poucas opções de festas (98% de forrozões, 1% de pagodes de mesa e o outro 1% de gente que se aglomera para ver uma briga). Os restaurantes da cidade, finíssimos, têm uma enorme variação de comidas e preços: R$ 1,00 para meio-caldo, R$ 2,00 para caldo inteiro, R$ 3,00 para cai-duros e R$ 4,00 para os de Morte Completa).

Há um problema muito sério na cidade quanto ao lazer da população de jovens e idosos : "Os nados nas inúmeras ruas baixas da cidade" em época de chuva, devido às constantes secas na região. Como oferecer o lazer saudável para essa população que aprendeu a nadar em meio a esgotos e ruas? Segundo informações de um blogueiro (babão) da cidade, esse problema está sendo resolvido pois há um político "muito forte" trabalhando em Brasília para mudar a tranposição das águas do Salgado para passar por dentro da cidade. Pronto. Isso vai melhorar o lazer e a renda das famílias mais abastadas da cidade.