Ijuí

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Ptbosta.gif Este artigo tá uma bostinha.
Ele está pequeno, chato e sem graça. Será que teria alguma alma caridosa capaz de fazer uma boa ação, tipo a de editar e colocar coisas engraçadas, de forma que ele fique mais engraçado e menos idiota? Só tome cuidado porque o Moderador Malvado está de olho em VOCÊ!
Verdade.
Verdade.
Este artigo contém...

VERDADES!

(pelo menos foi o que a Veja disse)

Material verídico: Use com moderação.


Gnome-searchtool blue.png Ijuí é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
A prefeitura fica no mesmo quarteirão que o cartório e o da única agência bancária do Banco do Brasil.

Sciences de la terre.svg.png
Observe que Ijuí é uma cidade tão normal quanto as casas que ela tem.

O nome da cidade Gaúcha de Ijuí (ou Ijuilândia, ou "Ichui", na língua comum da Germanofilândia- complexo de cidades fundadas por imigrantes germânicos e que até hoje se consideram herdeiros de uma etnia superior, apesar de sua herança cultural estar restrita à cuca e ao joelho de porco) vem do indigena "cidade que tem mania de grandeza e acha que é o centro do mundo". Tal complexo de superioridade se justifica por Ijuí estar cercada de pequenos e primitivos agrupamentos humanos, tais como Ajuricaba, Bozano, Cruz Alta, Catuípe, Augusto Pestana, Coronel Barros vilarejos que reproduzem fielmente a vida de 1850 até os dias de hoje.

História[editar]

Antigos povos aborigenes, vindos de varias partes do mundo, chegaram nessa regiao por volta do século XD com o objetivo de ocupar a região conhecida como culo del mondo-terrestre, já que as partes boas estavam lotadas. Hoje a cidade é povoada por colonos, estudantes, patys e agroboys escrotos que acham que vivem no centro do mundo (remanescentes dos antigos povos), políticos médicos, médicos políticos, idiotas filhinhos de papai se achando marginais, entre outros que não vale a pena lembrar porque também não são importantes.

Cidade natal do técnico famosão da seleção brasileira, mais conhecido por "Dunga Burro".

Características Geológicas[editar]

Ijuí é muito conhecida por sua topografia altamente desenvolvida. Tão altamente que é necessário subir muito para chegar a qualquer lugar na cidade. O solo é composto por uma mistura de terra, água e colorau, que dão aos calçados uma característica cor avermelhada que é impossível de ser removida, uma vez que já esteja instalada.

Diversão[editar]

Famosa pela competição de quem está com o maior som na praça no domingo; os ijuienses contam com o monopólio de casas noturnas, criadoras da "rota absoluto" realizada em prossição durante o sábado como ritual de acasalamento. Esta constitui-se em passar em volta da praça seguindo pela rua do comércio a 10km/h e fazer o balão na primeira rua depois da boate, torcendo para que alguém o note. Caso ainda assim não for notado, o camarada irá dar uma patinada na esquina para ter a certeza de que é um completo idiota, mas em contrapartida um idiota que consegue ser notado.

Se ainda assim alguém não o notar, ficar mais de 10 minutos parado no sinal interrompendo o transito apenas pra pagar de babaca gera resultados. Quem não tem carro, fica dando voltas e voltas pelo "centro" da cidade, vendo os carros passando, e sonhando em algum dia ter um. Ou ainda dizendo "bah, mas que feia aquela roda" quando na verdade se tivesse uma daquelas no carro, aliás, se tivesse um carro estaria é louco de faceiro mesmo...!

Mas agora na cidade, a moda é ver policiais atacando transeuntes! Isso demonstra a alta segurança que a cidade possui, já que sendo você criminoso ou não, levará uma surra de cacetete, só pra garantir.

Domingo é o dia em que os acima citados se reúnem nos postos de gasolina(!) para continuar a competição do mais alto som do carro, juntamente com a competição de quem bebe mais. Tradicionalmente, domingo é um tédio, e segunda é o dia da ressaca geral, e de se voltar para a rotina rotineira de todos os dias.

Ijuí foi alvo de uma ogiva nuclear russa, por suspeita de que o local esteja infestado de nazistas (que devem acordar todo o dia com um Panzersfaust para eliminar os vermelhos). A cidade foi dizimada, sorte que Ben 10 e seu Alien X nos salvaram. Se você não sabia disso, cuidado, caso haja uma van preta na frente da sua casa (após ler esse documento), lembre-se: você não sabe nem o nome da sua rua!

Esta linda cidade possui a Rua do Comércio, composta por lojas de roupa, sorveterias e micro-lojas sem utilidade no universo, onde à noite se você estiver na área mais alta pode ver a cidade toda brilhando com seus prédios e fingindo ser uma metrópole. Seria errado dizer que não é uma bela vista da cidade a noite naquela região, ainda mais que ela deságua na praça central, que é um local maravilhoso quando não tem cracudos pôr perto.

Temos a loja de brinquedos Santo Antônio, cuja os produtos são absurdamente caros, se você tiver 10 anos, prepare-se, pois com 18 ainda não superei o meu Lego City que está esperando na loja desde meus 9 anos (ainda vou comprar aquela obra prima de plástico que custam inaceitáveis 700 reais).

Ninguém encontra dificuldade para achar uma farmácia, já que Ijuí possui 1 farmácia por esquina, causando as típicas disputas por clientes, como a que os vendedores de melancia fazem. Temos mercados ótimos como Zafari e Walmart, cujos tem um interior excelente, porém preços questionáveis. As linhas dos ônibus da famosa brincadeira, ou Marco-Polo se preferirem, mais conhecidos por serem uma polenta barulhenta, potente e desconfortável, onde cada viagem pode ser única, onde você conhece o amor da sua vida ou alguma idosa indígena que sentavam do seu lado (se você estiver na janela e alguém sentar do seu lado, saí com todo o cuidado para não cairmos no colo da pessoa ao seu lado, o ônibus é uma merda instável, aviso por experiência própria...). Sorveterias se encontram no mesmo número que farmácias, o que é ótimo, já que somos manipulados pela terrível indústria da Cremilk, que faz sorvetes cheios de um produto químico que o faz querer entrar em falência na hora. Temos um asfalto de alta qualidade (sério, essa merda é boa demais para o padrão Br), feita com borracha reciclada, fazendo com que seja um asfalto liso e sem rachaduras com alta durabilidade.

A cidade é também sede da famosa Expo-Ijuí Fenadi, onde possui a maior concentração de colonos por metro quadrado da região, todos querendo comprar bugigangas pra lavoura e ver as tradicionais casas aborigenes. Tudo isso agitado pelo alto nível dos shows que ultimamente tem sido realizado (Ex.: Lucia Luft/ Hori/Luan Santana/duplas caipiras). Mas a moral da Expo mesmo, é se entortar de cerveja ruim vendida como chopp na casa dos alemães e ir na casa árabe só para ver as moças de umbigo de fora já que ninguém vai conseguir agarrar nenhuma mesmo. Além de contar com uma experiencia sensorial única, já que dentro dos pavilhões onde você fica espremido meio à milhares de outras pessoas que se arrependeram de entrar ali, a temperatura se eleva o suficiente pra seu suor entrar em ebulição. A gastronomia do evento, é também bastante peculiar, já que é praticamente uma aventura escolher qual a barraquinha que vende o crepe que não vai lhe dar uma infecção intestinal mais tarde. Caso você tenha paciência e falta de amor próprio, pode também optar por comer nas casas de cada etnia. Onde elas vendem "comidas típicas" que na verdade são iguais à de todas as outras casas.

Outro fator interessante do evento, é que não importa que dia você vá, sempre vai chover, ventar e você vai pensar que o apocalipse está chegando. 15 minutos depois de deixar o local, com medo pela sua vida, o tempo voltará à ficar limpo. Esse é um dos grandes mistérios meteorológicos que ninguém consegue explicar.

Pontos de encontro da Cidade[editar]

Absoluto: também conhecido como "neja" (toda quarta e sexta proporciona uma noite de horrível música sertaneja para os cidadãos ijuienses). Conta com atrações como duplas sertaNEJAs, cantores sertaNEJOs e semelhantes. Na parte da frente, conta com um espaço estilo restaurante, exceto pelas cadeiras desconfortáveis e pela falta de comida boa e na parte de trás uma boate, cheia de frescuras como camarotes VIP's pra quem na verdade não é importante e as chamadas "suítes" que servem como um quarto de motel, só que sem limpeza.

Paiol 451: mais uma "neja" para a cidade de Ijuí, mas essa é só na terça-feira. Quinta é pop rock e nos outros dias ninguém sabe, pois quando outros lugares estão em funcionamento, ninguém vai lá.

Benjamin's: Era o lugar onde os alternativos, hipsters, posers e supostos descolados da cidade se reuniam. Um ambiente bem Old School, cheio de gente que também se achava Old School e queria fingir que não nasceu numa cidade como essa. Infelizmente, no ano de 2012 o local foi atacado por um grupo de hipsters, o que causou a abertura de uma fenda temporal e fez o local deixar de existir.

Point 931: Lá se reúnem pessoas que não tem nada melhor pra fazer, sempre com as mesmas programações chatas, com aquelas músicas chatas, que ninguém aguenta mais ouvir, um lugar onde todo sábado quando acontecem as festas (famosas "junções") a policia faz questão de estar lá fazendo uma pequena Blitz.

Bosque dos Capuchinhos: Motel ao ar livre.

Mato da Unijuí: Outro motel ao ar livre.

Ensino[editar]

Unijuí é a faculdade local, onde 60% dos alunos cursa direito, já que não conseguiram passar em nenhuma federal como o dono deste site e quem adora editar essa linha da página como se sua vida fosse melhorar. Justamente por não passar em nenhuma federal, cursam na Unijuí somente este tipo de alunos, pois o vestibular é uma redação, que nem é avaliada. Esta atinge zero kelvin durante o inverno, passando a ser insuportável sair de baixo das cobertas, que você somente sai quando lembra da facada que está pagando.

Na unijui você também paga os olhos da cara por ser ensinado por dinossauros que anos luz atrás ajudaram a fundar o reino animal.

Já no fator de ensino público, Ijuí pode contar com 3 principais instituições de ensino médio. O Polivalente, onde além da grade normal de matérias, é também ensinado como reagir à assaltos, devido a alta criminalidade que ronda o colégio. O Poli, como é carinhosamente chamado pelos alunos, também conta com um bosque, onde pode ser encontrado montes gigantes de camisinhas usadas e quase em mesma quantia, bitucas de "cigarros artesanais".

O 25 de Julho, é onde os CDFs ou Nerds que preferem gastar dinheiro com seus PCs gamers ao invés de pagar uma escola particular pra ir acabam indo estudar, até porque se quiserem pagar por uma escola boa de verdade, teriam que se mudar de estado. Também é a escolha de 2 entre 10 habitantes da cidade que querem seguir a maravilhosa carreira de técnico em alguma coisa e provavelmente vão se arrepender dessa escolha anos depois, mas que ao mesmo tempo terão concretizado e alcançado mais coisas na vida do que o pessoal que faz o Ensino Médio normal, já que estes acabam indo trabalhar no Rei das Frutas como empacotador ou indo trabalhar de atendente na SorveBella. (Quem não conseguiu nem passar pelo Médio, vai diretamente pra falecida Cotrijui, atualmente conhecida como Cotripal) Todas as salas contam com climatizadores, algumas salas contam com projetores, toda a escola tem WiFi em cada metro quadrado, também tem 3 quadras gigantes tamanho GGGGG, 2 de vôlei, e 1 de futsal, e como se não bastasse tem também um salão de educação física no qual tem uma mesa pebolim, e 2 de tênis de mesa (apesar de só 1 estar operacional), também nas proximidades tem um CTG que ninguém nunca viu e nem ouviu falar, mas o pessoal do grêmio jura que existe. Só a área de educação física conta com 3 banheiros, e 4 chuveiros pro caso de você querer tomar um banho depois de uma corrida. Na hora do recreio, o grêmio coloca algumas músicas boas de vez em quando pra evitar um motim interno, mas na maioria das vezes toca música lixo. O Técnico de Informática conta com 4 salas, 3 de aula normal e 1 de manutenção, em 2 salas os computadores tem Intel Core i3 de 3ª Geração, e 4GB de RAM, e na última sala que é do último ano, os computadores tem Intel Core i5, com 8GB de RAM. A Internet também é a melhor que a cidade oferece, um plano de fibra óptica de 50MB, mas com todo mundo da escola utilizando os WiFi do Técnico, a velocidade que cada computador consegue alcançar é 1MB/s. A prova definitiva de que a internet é boa, são os programas de download e de torrent encontrados nas maquinas, o que deixa claro que todo mundo faz download durante a aula.

No Ruyzão, as coisas são bem melhores. Toda manhã tem lanche razoavelmente bom, então os alunos fazem uma fila maior que a do SUS, comandada pelo famoso mágico das cartas: César, "onde ninguém pode furar a mesma". Sorte minha que ele e as tias da merenda são meus parceiros e eu sempre acabo repetindo antes da maioria pegar pela primeira vez. No recreio só colocam músicas de merda, mas pelo menos na cantina você pode comprar 15 mini xis por 7 pila. As coisas ali são dividas entre 4 grupinhos: os normais, os vileiros, as que se acham patricinhas e gostosas (mas não são nada disso) e os baitolas. O tio da portaria sempre me deixa entrar atrasado. Também tem o tio Hélio, o faz tudo da escola e o Fábio responsável pela "gigantesca" biblioteca da escola, onde os alunos só vão para utilizar o wi-fi porquê não tem internet em casa mesmo. No quesito professores o Ruyzão contém um alto escalão de profissionais do ensino.. Composto por professores como Fábiãnus, Bitoca (mais conhecido como #PartiuBailinho), véia Gladis Nazista, a centenária Sarlene Magave e o requisitado por vários centros de ensino em escala mundial, o grande mestre, doutor, phd, filósofo e pensador contemporâneo Ronei Schneider. Tem os alunos que acabam tirando sempre tudo S (meu caso), mas também tem os que só tiram P e R que só vem para a escola por 3 motivos. Porque são obrigados pelos pais, para comer o lanche e para passar piolho mesmo. Mas no final do ano sempre acabam aprovados mesmo não sabendo nada, sendo que os mesmos só ficam falando de formatura. Mas depois de formados terão que ter a difícil decisão de qual profissão escolher, entre pedreiro, gari ou lixeiro. Neste ano foram instaladas câmeras na escola, mas apenas no entorno da sala da diretoria fazendo diferença nenhuma, pois os alunos estão pouco se fodendo se algo acontecer. Já que toda putaria e consumo de drogas ocorrem nos banheiros. Olhando por fora, a escola parece uma fortaleza, mas estando por dentro parece um presidio mesmo. Em todas as salas tem TV's (que alguém sempre acaba roubando o cabo HDMI) e climatizadores (Raramente utilizados), alta tecnologia que fica uma beleza em contraste com as rachaduras das paredes, sem falar das mesmas completamente descascadas. No segundo andar do prédio, os banheiros possuem um sanitário especial para deficientes físicos, este que nunca foi usado pelos mesmos, afinal a escola não possui rampas e a menos que ou o indivíduo tenha poderes especiais como teletransporte, terá que ir rastejando até o local (Mais um belo investimento da verba governamental, uma baita aula de economia e além disso foi mais um ótimo exemplo para provar que sem planejamento empresa, escola ou governo, nunca deu e nem nunca dará certo) . O Ruyzão possui um belo gramado de futebol 7 e uma quadra para a prática de variados esportes, que mesmo sendo coberta, ironicamente sempre que chove, acaba molhando mais dentro do que fora. A quadra que possui o famoso nome de Home of Rocketman, atualmente está praticamente abandonada e sem manutenção alguma por parte da escola. Graças a isso diariamente a mesma é tomada por drogados e marginais disfarçados de skatistas, que a transformaram na nova Cracolândia misturada com a favela do Alemão.


Na Efa, chamada Escola Francisco de Assis, só se encontra quem rodou no CEAP ou no CSCJ, e quer um ensino mais fácil. As atividades didáticas são condizentes com o desenvolvimento intelectual dos alunos, contando com um amplo programa de atividades envolvendo pintura a dedo e massinha de modelar até o final do ensino médio.

No Colégio Augusto Pestana e CEAP, tem os playboyszinhos, patricinhas, CDFs bolsistas, filhos de médicos e advogados. Os alunos desta instituição costumam ser uma versão nacional de Barrados no Baile dirigida por germanófilos fervorosos. A qualidade do ensino é efetivamente superior, já que os alunos que não passam em um vestibular de faculdade decente são relegados ao ostracismo social. TODO MUNDO LÁ TEM IPHONE. dizem que o lanche é bom, e tem climatizador na sala de aula. Há uma profecia que será cumprida no Ensino Médio, quase todos os alunos DEVERÃO acertar apenas 10% do primeiro teste da Jorgina do ano. Se acertar mais que 50% pode ser considerado um NERD Supremo e não terá amigos.

Na Escola de Ensino "Fudermental" Anita Garibaldi, tem os que se acham "playboy", as que se acham "patricinhas", as crianças e adolescentes do lar da criança, os retardados,e claro Funkeiros que tem vergonha de colocar a porra do fone. Nesta escola você não vai nunca encontrar: Amigos de verdade,Pessoas interessantes, Wifi sem senha, Professores que seguem o padrão de ensino, Estudantes sem celular, Sala sem nenhum aluno que use drogas e traga facas para as aulas, Lanches bons, Quadra Coberta, Torneiras no Banheiro com o "bagulho de girar" e papel higiênico, e muito menos uma namorada, já que todas as garotas, ou são putinhas ou tem namorado, ou estão procurando qualquer coisa menos a pessoa certa. Existe uma minoria legal, que assim que percebe que a escola é ruim, troca.(O que não demora muito.) Ahh e quase que me esqueço, todas as salas tem climatizadores, mas nunca são ligados, porque segundo a escola, a DEMEI precisa ir lá fazer algumas alterações, mas as salas da diretoria pode ligar os climatizadores.

Deveria estar escrito "Espaço de jogar bola, injustiça, grávidas e gente burra."


No "Colégio" Emil Glitz, você encontra de tudo, já que fica no Bairro Getúlio Vargas, o lanche é melhor do que no Anita, mas você também só vai encontrar funkeiros sem fone e pior ainda, a "rádio" da escola transmite funk na hora do recreio ou seja, se fode aê huehuehuehue. Não fale com ninguém, qualquer pessoa lá pode te atacar do nada, ir na direção, chorar e dizer que você bateu nela, sair ileso e a direção irá chamar seus pais, nunca vão fazer a coisa certa, a direção é totalmente do contra, nunca alguém que disse a verdade ficou sem ser punido, por isso minta sempre!

Carlos Zimpel "Isso" não podia ser chamado de "Colégio" por ser apedrejado todo dia e quando chove alaga traficantes estudam la e só tem funkeiros que não usam fone o "Colégio" é cheio de bandidos e um pessimo lugar para se estudar.

Escola Estadual de Ensino Fundamental Ijui, ah sim, ela existe pra o desprazer de muitos e alegria de poucos... Nessa escola, você vai pela primeira vez na sua vida, sentir como se estivesse em uma família, não sabemos como a escola conseguiu criar esse sentimento, mas enfim, apesar disso, o lanche é muito ruim, a escola parece ter feito um contrato com os Aliens do planeta da Uva, pois temos um estoque de milhares e milhares infinitos de litros de suco de uva, jamais vai acabar, pode confiar kk, você nunca vai conseguir repetir na hora do lanche, a não ser que roube, a diretoria toda é muito chata, pqp, eles são justos, no entanto, são chatos, você não pode nem namorar na hora do recreio(na mente "adulta" da diretoria, assegurar a mão de uma menina é namorar), você vai encontrar garotas bonitas que são as patricinhas, e garotas feias(muito feias, acredite), que são as pobres, mas não se decepcione, nessa escola você consegue pegar qualquer garota, só depende da sua vontade e da disponibilidade das garotas. Se você é uma pessoa inteligente e preguiçosa, que quer pegar umas ppks, mas não quer ficar estudando muito, essa escola é perfeita... mas atenção, a matéria de Artes é horrível, se você não sabe desenhar, vai sofrer um bullying mortal da professora.

Esportes[editar]

Ijuí conta com vários locais dedicados à prática do esporte, como por exemplo o fantástico estádio 19 de outubro, sede do Esporte Clube São Luiz, com capacidade de receber toda a população da cidade em sua arquibancada com incríveis 3 metros de largura.

Além disso, o recentemente inaugurado poliesportivo, estrategicamente escondido atrás do ginásio de esportes municipal, consiste em um campo de macega, que é aparado esporadicamente para que as crianças do bairro possam praticar a tradicional pelada de domingo, rodeado por uma pista de chão batido, muito utilizado por senhoras de meia idade que praticam sua caminhada matinal no local, as vezes é usado por adolescentes para fumar maconha.

Mídia[editar]

As mídias impressas de Ijuí são totalmente parciais, mas tudo bem já que metade da população não entende ou dá a mínima pra política, apenas gosta de ver a página social. Outro ponto forte do meio jornalístico ijuiense é seu gosto pelo sensacionalismo. Basta algum site fazer piada com a cidade, que algum jornal irá falar disso por semanas, como se fosse algo que deveria ser levado à sério e a cidade fosse um grãozinho de areia especial em meio à tantos outros, que também são alvo da mesma piada e sabem rir dela. Jornalistas gritarão que é uma falta de respeito e o povo facilmente manipulável irá entrar em desespero. Mas basta alguém da cidade morrer de uma forma horrível e que facilite uma matéria sensacionalista, que todos esquecem o fato...

Recentemente, Ijuí ganhou um canal de TV regional, o qual tem como audiência apenas algumas pessoas que passaram sem querer pelo canal enquanto zapeavam entre outros canais da televisão.

Curiosidades[editar]

Durante o Verão atinge 35-40 °C. Durante o Inverno atinge 0 Kelvin. La só nevou uma vez Conhecida na Onu por ser a única cidade (pode ser considerada cidade?) do mundo que não possui cinema, pois seu antigo cinema se tornou filial de uma famosa igreja. Também não possui shoppping, só um prédio ocupado por meia dúzia de lojas, sete ou oito consultórios médicos e um cursinho barato, todos pensam ser um shopping, principalmente quem nunca saiu da cidade.

Sem contar com nenhum prédio de estacionamento, todos os trabalhadores de Ijuí fazem das ruas do centro seu local de estacionamento, marcando o ponto as 7 da manhã até as 6 da tarde, impossibilitando qualquer pessoa que queira fazer algo no centro de estacionar. (Muitas vezes, o motorista buscando aonde estacionar, acaba estacionando a quadras de sua casa sem perceber).

Mas, no ano de 2011, Ijuí entrou para o rol das cidades modernas. Ganhou a sua primeira escada rolante. Semana passada ela saiu denovo na tv, dois atletas afroangolanos foram a lotérica e foram confundidos com assaltantes de cruz alta, a policia local com toda a sua preparação rendeu os dois colocando suas caras afroangolanas no asfalto quente, sendo reverenciada pela policia norte americana.

Ijuí além de ser terra natal do ex-técnico Dunga (um dos sete anoes) e ser a cidade com maior quantidade de subidas do mundo (lá vc desce a subida), é a terra natal de uma das maiores bandas brasileiras (embora 1% da população Ijuiense saiba disso) de Brutal Death Metal (que provavelmente seja da pessoa que escreveu isso). A Krisiun (se você faz parte do 1%, procure por "Krisiun" na Wikipédia). Esta banda, nasceu em Ijuí, porém como praticamente não existe metaleiros em Ijuí, a banda teve que se virar e vazar para o exterior para fazer sucesso, e hoje é uma das maiores bandas brasileiras no mundo, com turnês em vários países.

Dios1.png Importante! A Igreja Universal quer sua atenção!

Deus quer que este artigo seja ampliado.
Aqueles que o fizerem, serão ajudados pelos seus tentáculos. Os que ignorarem, irão para o inferno pra sempre.
Não seja herege e obedeça a verdade única e divina!