Íker Casillas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Iker Casillas)
Ir para: navegação, pesquisa
Futebolista chaves22.JPG Este artigo é sobre um futebolista

Ele é caneleiro, vive descendo a lenha e é melhor que o Eto'o!
Se você torce pra esse perna de pau analfabeto, o problema é seu.

Veja outros futebolistas aqui.

Pele33.jpg
Ficha Técnica
Casillas
Casillas-taça.jpg
Nome Completo: Iker Casillas Fernández
Nacionalidade: Bandeira da Espanha Espanha
Data de Nascimento: Favor ver na Wikipédia
Altura: Baixo, para um goleiro
Peso: A julgar pela impulsão, uns 130kg.
Posição: Goleiro.
Clubes: Real Madrid
Estilo de Jogo: Paradão
Gols: 0 (e continua contando!)
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Iker Casillas.

Cquote1.png Você quis dizer: Casinhas Cquote2.png
Google sobre Íker Casillas
Cquote1.png Experimente também: Beijoqueiro Cquote2.png
Sugestão do Google para Íker Casillas
Cquote1.png Vai que é tua, Casillas! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Íker Casillas
Cquote1.png Filho duma p... Cquote2.png
Arjen Robben sobre Íker Casillas
Cquote1.png Lindo! Cquote2.png
Sara Carbonero sobre Íker Casillas
Cquote1.png Sou melhor! Cquote2.png
Julio César sobre Íker Casillas
Cquote1.png Duvido muito! Cquote2.png
Iker Casillas sobre comentario acima
Cquote1.png Casillas! Cquote2.png
Mussum sobre sobre o tal goleiro pegador

Iker Casinhas Fernández, San Iker ou El Pegador, é um goleiro espanhol, que defende o Real Madrid e a Seleção Espanhola de Futebol. Também é conhecido por pegar Sara Carbonero, a jornalista mais sexy do mundo.

Infância e entrada (ui!) no futebol[editar]

Iker nasceu no interior do subúrbio de Madrid, no início da década de 80(1981). Como a família tinha que comprar o pão de cada dia, desde pequeno o futuro goleiro teve que trabalhar. Como não tinha muita vocação para isso, acabou indo parar em uma escolinha de futebol, mais precisamente no Real Madrid. Com apenas dezesseis anos, sabe-se lá o porquê, ele passou a fazer parte da primeira equipe. Possivelmente, tenha feito algum trabalho a mais, a fim de convencer o treinador. Em 1999, foi convocado para a seleção juvenil da Espanha, o que deu muito orgulho a sua família que só pensava em quanta grana ele iria ganhar.

Real Madrid[editar]

Como não tinha ninguém melhor, Casillas foi ganhando seu espaço no clube madrilenho. Entretanto, na temporada 2001/2002, o goleiro perdeu a titularidade, supostamente por demonstrar incompetência insegurança, ironicamente quando o clube era treinado por Vicente del Bosque, atual treinador da Fúria. No entanto, o goleiro César que havia assumido a titularidade, estranhamente se lesionou às vésperas da final da Liga dos Campeões da Europa, e Iker foi escalado. Desde então, nunca mais perdeu a posição. Nos anos seguintes, ganhou um mol de títulos, vários prêmios de melhor goleiro e um contrato de apenas 113 milhões de euros.

Vai que é tua, Casillas!

Real Selección Española de Fútbol[editar]

Casillas viveu bons e maus momentos na seleção de seu país. Na verdade, as derrotas que ele sofreu com a Fúria não querem dizer nada para um jogador que ganha tanto por mês como ele, mas enfim. Na Copa do Mundo de Futebol de 2002, ele havia sido convocado como reserva de Santiago Cañizares. Este estava de aniversário, e, gentilmente, Iker lhe enviou um frasco de perfume de sua terra, Móstoles. Estranhamente, dias antes do início da concentração para a Copa, Santiago derrubou o frasco em seu pé e teve de ser cortado da Seleção, e o goleiro madrilenho teve de assumir a titularidade. Para variar, a Seleção Espanhola foi eliminada nas quartas-de-final.

Em 2006, mais uma vez estava lá Casillas, mas o fiasco na Copa do Mundo de Futebol de 2006 foi pior, e a eliminação veio nas oitavas-de-final. A descrença na Fúria era crescente, e a necessidade de renovação era imperiosa. Nesse sentido, Luis Aragonés e Vicente del Bosque trabalharam duro (ui!) para mudar as coisas, mas alguns nomes permaneceram na equipe, como o de Casillas, possivelmente porque del Bosque tenha ficado com remorso de tê-lo mandado para o banco em sua época de Real Madrid. O resultado disso veio em 2008, com o título da Eurocopa, e, sobretudo, com o fim da zica espanhola: Espanha campeã do mundo em 2010. Casillas fez uma boa Copa, apesar da desconfiança, e na final agarrou tudo e mais um pouco, especialmente as tentativas do incompetente e previsívelatacante holandês Arjen Robben.

Beija eu, beija eu, me beija!

Vida pessoal[editar]

Nos últimos tempos, a vida pessoal de Casillas tem chamado tanto a atenção da mídia quanto o seu desempenho nos gramados. Mais especificamente, o seu desempenho na área amorosa. Iker era conhecido por ser um solteiro convicto, ou seja, pegava geral em campo e fora e não se apegava a ninguém, o que não é muito difícil para alguém tão rico boa pinta como ele. No entanto, isso mudou quando ele conheceu Sara Carbonero uma gostosa jornalista espanhola. Depois de muita conversa mole, o goleiro a conquistou.

Na Copa do Mundo, Sara foi duramente criticada por supostamente distrair o goleiro, e prejudicar as suas atuações. Entretanto, a Espanha foi campeã mundial e, após a final, Casillas fez questão de demonstrar o amor pela jornalista e provar para todo mundo que ele tava pegando a mulher mais sexy do jornalismo desportivo mundial.

Ver também[editar]

Flag of Spain.svg
Flag of Spain.svg

Goleiros: ZubizarretaCañizaresCasillasValdésMiguel AngelZamoraArconadaBuyoRamalletsUrrutiIribar •- Zagueiros e laterais: HierroFerrerSalgadoCamachoPuyolBarjuanGordilloPeriko AlonsoZocoAlexancoCamarasaHelgueraCampoPiqué - Meias: XaviGuerreroMendietaGerardAmorEtxeberriaFàbregasBusquetsCamineroPep GuardiolaCamineroLuis Enriquedel BosqueAlonsoSenna do Brasil - Atacantes: RaúlTorresBakeroSantiago Bernabéudi StéfanoVillaSilvaSalinasButragueñoSantillanaPirriBegiristain