Ilha de Itamaracá

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Seria melhor ter ido ver o filme do Pelé. Cquote2.png
Chaves sobre visita turística à Itamaracá

Ilha de Itamaracá, ou simplesmente Itamaracá, do tupi-guaraní "Pedra que Canta" (WTF?) é mais uma praia de Recife que acabou virando um município isolado do mundo, situado no litoral do estado de Pernambuco.


História[editar]

O que você espera encontrar em Itamaracá
O que realmente te aguarda...

A história desse município é a mesma de 99,9% dos municípios brasileiros que foram colonizados, ou seja, era uma terra que só tinha mato e pau-Brasil onde só moravam índios fazendo suas indíces, mas, como sempre apareceu algum gringo filho da puta que expulsou todos dali e criou um resort de baixa qualidade. No caso de Itamaracá, foram os holandeses que chegaram estuprando as índias, botando os índios para serem escravos e trocando o pau-brasil por porcarias como apitos, pedaços de espelho, cacos de vidro e outras coisas que para os homens das cavernas índios eram tecnologia de ponta. E assim, os holandeses conseguiram roubá-los ganhar a confiança dos índiozinhos e ficarem com a terra. Para se defender dos outros gringos que queriam fazer a mesma coisa que os sortudos conseguiram fazer antes, construíram até um forte, o Forte Orange, que hoje só serve para porra nenhuma dar dinheiro para o município, cobrando preços absurdos para os gringos entrarem e verem canhões todos enferrujados.

Geografia[editar]

Apesar do nome, o município é tão insignificante que nem a tal ilha de Itamaracá ele possui por inteiro, ficando só com metade do território desta, deixando a outra metade para Itapissuma.

Como o próprio nome do município já diz, Itamaracá é uma Ilha, e o único meio de você chegar nesse município é através do transporte fluvial, pegando uma carona de canoa com uns índios que te exploram e passando por um monte de rios mais poluídos que o Tietê ou a Baía de Guanabara. Nesse município ninguém tem acesso a uma internet decente, a não ser aquelas redes de internet via rádio de fundo de quintal que demoram mais de uma hora para carregar a página do Google e vivem perdendo o sinal.

População[editar]

Todo ano o IBGE vem de bote até esse município fazer sua pesquisa anual, e o Vegeta estima que a população desse município seja de mais de 8000 pessoas.

Cquote1.png 8000? Isso deve ser um engano! Esse aparelho deve estar quebrado! Cquote2.png
Nappa sobre população da Ilha de Itamaracá

Educação[editar]

O sistema de educação desse município até que consegue ser razoável[carece de fontes], tendo algumas escolas públicas com um ensino mais ou menos, que sempre dão materiais de ótima qualidade para os alunos(as), como cadernos do Luan Santana e do Justin Bieber para os retardados do ensino médio. O ensino do ensino médio é super avançado. Lá eles aprendem a somar e a subtrair.

Saúde[editar]

Essa cidade tem apenas um mísero hospital, que mesmo assim encaminha todo mundo para hospitais em outros municípios (Recife), a não ser que você tenha tomado mais de dez tiros, porque o hospital sempre está lotado de gurizinhos retardados ou gringos surfistas que foram mordidos por tubarão ou queimados por alguma água viva.

Cultura[editar]

O pessoal que puxa o saco diz que Itamaracá é a terra da Ciranda e que isso é muito legal e cultural, mas nesse município o que você mais encontra são moleques criados a ovomaltine ouvindo Funk ou Tecnobrega nos ônibus. Só a velharia da cidade gosta da tal Ciranda, e ficam putos com a prefeitura pelo fato de não ter dinheiro para chamar algum artista decente para ficar cantando nos trios-elétricos no carnaval e ter que contratar artistas (se é que podemos dizer assim) de fundo de quintal que cobram cinquenta reais por duas horas de show, para tocarem forró, axé, funk, mas nunca a tal ciranda.

Lazer[editar]

Nessa cidade, para qualquer direção que você for, você vai encontrar uma praia, então os gurizinhos da cidade todo dia se reúnem para ficar tomando banho de praia, jogando bola na areia e curtindo um orégano na beira da praia. Resumindo, Itamaracá é um município bem mais ou menos. Visite o local apenas se for para ser explorado.

Turismo[editar]

O turismo é o grande forte (literalmente) desse município, é o que o sustenta, já que tudo nessa cidade, principalmente nos pontos turísticos, é caro pra cacete e visando explorar gringos e turistas desavisados. O que mais tem nessa cidade é praia, por isso é uma das cidades mais visitadas por gringos em Pernambuco.