Rodes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Ilha de Rodes)
Ir para: navegação, pesquisa
Av-6054.gif "ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, este artigo é grego! Ele pratica beijo grego, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa, além de estar endividado pra caralho.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Você quis dizer: Rodo? Cquote2.png
Google sobre Rodes
Cquote1.png Adoro essa cidade, sempre me traz grandes lembranças Cquote2.png
Kratos sobre sua ultima visita à Rodes
Cquote1.png Ão ão ão, segunda divisão Cquote2.png
Torcedores de Rodes sobre seu próprio time.


Rodes, também conhecida como A ilha da rosas ou A ilha das bixas loucas é a maior ilha do Dodecaneso (que significa "doze ilhas", mas o complexo tem treze ilhas, coisa de grego mesmo!) e que só ficou conhecida por ser a cidade natal do famoso Colosso de Rodes, uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo, que foi destruída por Kratos quando este descia do Monte Olimpo para proteger Esparta do seus invasores, que estavam em Rodes(?).

História[editar]

Rodes nos dias atuais. Fotografia tirada por um profissional.

Reza a lenda que a ilha nasceu da união de Helios, o deus mais puto e safado do Olimpo, com uma putinha qualquer, chamda Rhodes. Após comê-la por um bom tempo, ela deu a luz a 3 filhos: Kamiros, Ialysos e quase Lindos. Quando estavam crescidinhos o bastante para se virarem sozinhos, o casal viajou para o Egito, deixando assim a três ilhas como herança para seus filhos, e uma delas era a ilha de Rodes, as outras não nos interessam.

Mais tarde, por volta do ano tal, os persas tentaram invadir a ilha, mas foram totalmente detonados pelos exército da deusa Atena Parabólica. Como prova de gratidão, os habitantes de Rodes, bem como os seus donos, decidiram que iriam participar do Campeonato Ateniense de Futebol Society, entrando diretamente na Série A deste campeonato. Na sua primeira temporada, ficaram a uma posição de serem rebaixados para a Série B, mas com uma vitória no tapetão e graças as inúmeras denúncias de Paulo Schmitt, se salvou do rebaixamento, continuando na Série A deste campeonato até os dias atuais.

Após participar de inúmeros campeonatos de futebol, os habitantes de Rodes resolveram que a cidade precisava de uma nova capital. Mas logo após a construção da tão esperada nova capital, a cidade foi invadida pelo povo com Cáries nos dentes. Mas essa invasão não durou muito tempo, pois foi nesta mesma época que estavam sendo feitas as gravações do filme de Alexandre o Grande, e assim, a cidade foi retomada pelos gregos.

Rodes nos dias atuais[editar]

Treinamento do time de Rodes.

A cidade está divida da seguinte forma: Rodes Nova e Rodes Medieval.

Na Rodes Nova acontecem todas as coisas que são normais nas cidades atuais: fome, pobreza, assaltos, seqüestros relâmpagos, manifestações do MST, manifestações indígenas, garotos cheiradores de cola, shopping centers e etc.

Na Rodes Medieval é tudo como era na época da fundação da cidade, tudo de acordo com a Idade Média: bruxas sendo queimadas em praça pública, cavaleiros com armaduras de aço, ruas pequenas onde as barracas dos feirantes ficam nos cantos, onde um porco sempre está passeando livre por elas, e volta e meia aparece um americano tentando dar uma de camponês medieval sem sucesso.

Ver Também[editar]